Home Aviação de Ataque Caças Gripen suecos ajudam a apagar incêndio com bombas

Caças Gripen suecos ajudam a apagar incêndio com bombas

17367
38
Gripen com bomba para atacar incêndio
Gripen recebendo bomba para atacar o incêndio

Os suecos combateram o fogo ontem enviando caças para bombardear uma área atingida por incêndios florestais.
Incêndios florestais estão queimando a floresta em Älvdalen, centro da Suécia, por 13 dias.

Para piorar a situação, o fogo está em uma área de prática de alvo que contém ogivas não-detonadas. Isso tornou difícil para os bombeiros terem acesso seguro ao fogo no solo, e outras opções até agora se mostraram infrutíferas.

Ao meio-dia de quarta-feira, as Forças Armadas enviaram dois jatos de caça JAS 39 Gripen para lançar bombas nas chamas como último recurso, com a esperança de que a pressão da explosão ajudasse a conter o incêndio.

“O oxigênio do fogo pode ser removido com a ajuda de uma bomba e, neste caso, foi possível experimentá-lo, porque o fogo está em um campo de tiro”, disse o chefe da equipe de bombeiros e resgate, Johan Szymanski, em um comunicado.

“Nossa avaliação preliminar agora é que isso teve um bom efeito.”

A bomba, modelo GBU-49, de acordo com o tabloide sueco Aftonbladet, caiu de 3.000 metros, atingindo velocidades de 550 km/h, antes de acertar seu alvo com a precisão do medidor.

Conseguiu extinguir incêndios até 100 metros do alvo, de acordo com relatórios iniciais.

Mais de 40 incêndios florestais ocorreram na Suécia às 15h de ontem e cada vez mais municípios impuseram a proibição total do fogo, tornando ilegal fazer churrascos mesmo em jardins privados.

Na segunda-feira, as autoridades disseram que uma área de 25.000 hectares estava queimando, incluindo 2.500 hectares em Dalarna, 8.500 em Gävleborg, 500 em Västernorrland e 8.500 em Jämtland.

Isto é significativamente maior do que os 14.000 hectares que queimaram em um incêndio em 2014 em Västmanland, que na época era o incêndio mais grave da Suécia em 40 anos.

A Suécia, onde as temperaturas normais de verão estão mais próximas dos 23ºC, está mal equipada para lidar com este tipo de crise e tem recebido ajuda de vários outros países da UE e do EEA.

FONTE: The Local

Subscribe
Notify of
guest
38 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Glaison
Glaison
2 anos atrás

Peçam ajuda para a Russia.
Da algumas passadas ali com uns 2 Tupolev e acaba o incêndio.

jota ká
jota ká
Reply to  Glaison
2 anos atrás

Uma Tzar Bomb acho que extingue todo incêndio num grande raio.

Bosco
Bosco
Reply to  jota ká
2 anos atrás

J K,
A Tzar Bomb destruiria tudo num raio de uns 30 km. Sem dúvida acabaria com o incêndio original.
Você deve estar se referindo à FOAB.

Guizmo
Guizmo
Reply to  jota ká
2 anos atrás

kkkkk, eles querem extinguir o fogo, não o país inteiro…

nonato
nonato
2 anos atrás

Precisam comprar uns KC 390.
Pensei que eles tinham testado minha ideia.
Bomba de água. Seja água pura, em estado natural ou espalhada em gotículas ou mesmo com produtos químicos.
Essas bombas só podem ser utilizadas nesse tipo de situação. Em campos de treinamento.

Thom
Thom
2 anos atrás

Comprem o KC-390. hahahahahaha.

nonato
nonato
2 anos atrás

Água sobre áreas habituadas podem ser um problema. Até mesmo a água jogada de aviões especializados pode ferir alguém (muito embora, em tese, dentro do 🔥, não deva existir ninguém).
Uma possibilidade seriam bombas estilo balões de aniversário que se abririam a certa altura do solo.
Outra possibilidade seriam mínimisseis lançados do solo ou do ar.
A cerca de 2 km do fogo levaria água sem precisar de um avião sobrevoando.

jss
jss
Reply to  nonato
2 anos atrás

200 kq de aço para 100ml de água

Ricardo
Ricardo
2 anos atrás

Bomba termobárica.

Pedro Rocha
Pedro Rocha
Reply to  Ricardo
2 anos atrás

Eu tinha pensado nessa bomba! Ricardo você foi mais rápido!

MARCOS KLEBER
MARCOS KLEBER
2 anos atrás

PRIMEIRO MUNDO É OUTRO NÍVEL , EXTINGUIR INCÊNDIO COM BOMBAS GUIADAS A LASER , COM GRIPEN !

Pedro Rocha
Pedro Rocha
2 anos atrás

Olá senhores! Mestre Bosco a mãe de todas as bombas é termobárica? Acho esse procedimento bem interessante se houver a garantia da detonação pode ser usada para incêndios florestais! O KC-390 ainda está na Europa? Como entusiasta queria muito que o KC-tão fizesse uma demonstração / homologação da capacidade de anti-incêndio, mas deixa quieto!

Bueno
Bueno
Reply to  Pedro Rocha
2 anos atrás
nonato
nonato
Reply to  Bueno
2 anos atrás

Mas se já estivesse testado em combate a incêndios, poderia voltar e passar uma semana trabalhando todos os dias…
Quem quer vender tem que aproveitar as oportunidades.
Na pior das hipóteses, apenas um gesto de gratidão dentro da parceria do gripen.

Marcelo Martinez
Marcelo Martinez
Reply to  nonato
2 anos atrás

Concordo com vc Nonato! Melhor isso do que ficar “carregando” ministros vagabundos pra cima e pra baixo! Mesmo q isso seja legal, infelizmente!

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Pedro Rocha
2 anos atrás

O KC-390 ainda não tem equipamento certificado para combate de incêndios, deve ser estudado se o MAFFS do C-130 que a FAB tem pode ser usado no KC-390, pois os tubos de saída do MAAFS são dimencionados para o C-130 e pode ser necessária alguma modificação para ser usado na rampa de carga do KC-390.
. https://encrypted-tbn1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcS9Tq16cbwiTAMtJBeT3AsoXBkEGAzGKKVJ2jZfMV2ivLyXJgaxMw

Caerthal
Caerthal
Reply to  Walfrido Strobel
2 anos atrás

E precisamente para isso que existe uma Campanha de Certificação. A do KC-390 está em curso e as funções mais avançadas serão certificadas paulatinamente.

Bosco
Bosco
Reply to  Pedro Rocha
2 anos atrás

Pedro,
A MOAB não é termobárica não. Ela é de explosão “maciça” mesmo.

Bosco
Bosco
Reply to  Pedro Rocha
2 anos atrás

Nem a BLU-82 (do Vietnã) era termobárica. Também era de explosão maciça.
A bomba termobárica mais pesada americana é (era?) de 2000 lb, a BLU-96B, feita para explodir em campo aberto. Já deve estar fora de operação.
A outra maior é a BLU-109B, também com 2000 lb, feita para penetrar em rochas, atingir um local específico, espalhar sua carga e detonar. Foi usado no Afeganistão.

Rommelqe
Rommelqe
2 anos atrás

Apenas observando, no combate a incêndio o fluido aspergido é uma mistura de agua e um gel especial, o que resulta nessa cor alaranjada (ou em alguns casos, em outra tonalidade) que se ve na foto postada pelo Walfrido. Esse gel tem por finalidade manter a agua em estado liquido quando atinge o foco de incêndio, pois, de outra forma, a simples dispersao de agua pura nao teria a mesma eficacia. Lembrar tambem que para certificar o KC390 neste tipo de açao requer uma serie de ensaios especificos, definindo a faixa de altitudes e velocidades ideais, a influência de ar… Read more »

Rodrigo M
Rodrigo M
2 anos atrás

Falando em bomba, alguma notícia sobre o desenvolvimento da bomba termobárica nacional?
Será que foi mesmo encerrado esse projeto? Seria uma pena.

https://www.aereo.jor.br/2017/11/08/trocano-mae-de-todas-as-bombas-brasileira/

Rui chapéu
Rui chapéu
2 anos atrás

impuseram a proibição total do fogo, tornando ilegal fazer churrascos mesmo em jardins privados.

Cara, isso seria o Apocalipse aqui no sul !

Bruno Vinícius Campestrini
Bruno Vinícius Campestrini
Reply to  Rui chapéu
2 anos atrás

Iriamos ter a Revolução Francesa à brasileira se fizessem isso por aqui

Beto Santos
Beto Santos
2 anos atrás

Caramba tem incêndio toda semana assim em Brasília, bem que a FAB poderia utilizar este método quando estiverem brigando e falando palavrões no Congresso, quer dizer quando o clima estiver pegando fogo em Brasília, kkkkkkk.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
2 anos atrás

Imagina se a FAB fizesse isso toda vez que tem incêndio no serrado. haha
Depois que eu descobrí que a URSS usou uma bomba nuclear pra acabar com um incêndio um poço de petróleo, eu não me espanto com mais nada…

Humberto
Humberto
Reply to  Willber Rodrigues
2 anos atrás

Sim, o interessante que foi uma explosão subterrânea, temos que reconhecer que eles não brincaram no serviço hehehehe.

Bosco
Bosco
Reply to  Humberto
2 anos atrás

Isso aconteceu??? Será que foi no meu período de hibernação??

Bruno Vinícius Campestrini
Bruno Vinícius Campestrini
Reply to  Bosco
2 anos atrás
Bosco
Bosco
Reply to  Bruno Vinícius Campestrini
2 anos atrás

Valeu!
Não sabia disso!
Obrigado a todos.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Bosco ( ignore o sotaque do narrador ) :

https://youtu.be/_pn5R-O0BE0

Admiro a maneira como os russos resolvem seus problemas. Kkkk

ScudB
ScudB
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Aconteceu amigo Bosco.E não foi uma vez.
Se procurar , como exemplo , sobre projeto “Globus-1” vai ver que a explosão nuclear “pacifica” aconteceu uns 350 km da Praça Vermelha! E tem outras situações tb. Uma palavra – russos! Eles tem ate uma espécie de brincadeira tipo : como alguém não tem medo da gente se nos temos medo de nos próprios? Ou algo assim.
Uma boa fonte sobre o tema : https://e-reports-ext.llnl.gov/pdf/238468.pdf
No final tem coordenadas de todas as explosões “pacificas” deles.
Um grande

Paulo Costa
Paulo Costa
2 anos atrás

Tem que haver uma coordenação entre as equipes de campo e os bombeiros do ar,a fumaça confunde as áreas de incêndio.Pontas de cigarro acesas,cacos de vidro no sol,escape de motores diesel turbo,soltam fagulhas,iniciam grandes incendios

Silvano Conti
Silvano Conti
2 anos atrás

Incêndios florestais também são provocados depois de uma chuva, desde que em seguida, faça sol novamente, é que as gotas de água que ficam nas folhas, capim e grama, se tornam uma espécie de mini lente de aumento, fazendo com que os raios solares que incidem sobre elas aumente de intensidade, provocando o fogo. Na África muitos incêndios começam dessa forma, e no Brasil deve ocorrer o mesmo. Muito triste essa situação, a Europa está passando por uma terrível onda de calor, li que este incêndio na Suécia já tinha consumido uma área equivalente a 60% da área do Rio… Read more »

Mauro Gardusi
Mauro Gardusi
2 anos atrás

Mas precisaria ser uma bomba guiada? Ou eles não têm bombas burras?

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Mauro Gardusi
2 anos atrás

Proveitaram para testar umas bombas, é claro que não é séria a ideia de sair bombardeando os campos em chamas.

Flanker
Flanker
2 anos atrás

O brabo foi ver o repórter no Jornal da Globo de ontem, dizendo que as bombas lançadas eram de água!!

Luiz Henrique
Luiz Henrique
2 anos atrás

25 mil hectares? isso é uma área absurda