Home Aviação de Ataque Boeing vai modernizar caças F/A-18E/F Super Hornet da US Navy

Boeing vai modernizar caças F/A-18E/F Super Hornet da US Navy

4083
101
Advanced Super Hornet F/A-18F com tanques conformais

ARLINGTON, Virgínia, 1 de março de 2018 – A Boeing recebeu um contrato para modernizar a frota da Marinha de caças F/A-18E/F dos EUA, estendendo a vida dos Super Hornets existentes de 6.000 para 9.000 horas de voo. No início dos anos 2020, a Boeing começará a instalar atualizações iniciais para a aeronave que converterá os Super Hornets Block II existentes em uma nova configuração Block III.

A conversão Block III incluirá capacidade de rede melhorada, maior alcance com tanques de combustível conformais, um sistema avançado de cockpit, melhorias de assinatura e um sistema de comunicação aprimorado. Espera-se que as atualizações mantenham o F/A-18E/F no serviço ativo nas próximas décadas.

“O foco inicial deste programa ampliará a vida da frota de 6.000 para 9.000 horas de voo”, disse Mark Sears, diretor do programa SLM. “Mas o SLM expandirá para incluir a conversão do Bock II para III, manutenção de sistemas e restauração e tarefas de manutenção de nível O destinadas a fornecer uma aeronave mais sustentável com uma vida prolongada e mais capacidade. Cada um destes jatos voará outros 10 a 15 anos, de modo que torná-los uma aeronave da próxima geração é crítico”.

O contrato de entrega indefinida é de até US$ 73 milhões. O trabalho começa em abril em um lote inicial de quatro aeronaves no centro de produção da Boeing St. Louis. Uma linha de produção adicional será estabelecida em San Antonio, Texas, em 2019. Podem ser concedidos mais contratos de acompanhamento nos próximos 10 anos. A frota da Marinha dos Estados Unidos é constituída por 568 Super Hornets.

Advanced Super Hornet F/A-18F

FONTE: Boeing

101
Deixe um comentário

avatar
83 Comment threads
18 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
36 Comment authors
Leônidas PereiraIvan Martins da RosaRodrigoWellington GóesJacinto Fernandes Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Petardo
Visitante
Petardo

Outro Highlander. Pau pra toda obra.

Roberto F. Santana
Visitante
Roberto F. Santana

Outra aeronave que terá tela única, da AEL (?), mas com medidas de 19 x 10 polegadas, creio que maior que a tela do Gripen.

Marcos Aryeh
Visitante
Marcos Aryeh

Eu ainda acho que o Brasil deveria comprar alguns exemplares do F-18 SH

Ter várias opções de caças deve dar uma melhorada em qualquer tipo de exercício. Os F-5 não vão dar nem para o cheiro contra os Gripens

Se a parceria com a Boeing der certo, o Brasil poderia sim conseguir alguns F-18 a preço de custo.

Imaginem o seguinte cenário

2020 ~ 2030

Gripen NG
F-5
AMX A-1
F-18 Super Hornet

Que sonho, que sonho.

Bardini
Visitante
Bardini

A FAB não precisa de Super Hornet para dar “melhorada em exercício”. A FAB precisa de mais Gripen E/F para proteger o nosso espaço aéreo.

Flight
Visitante
Flight

Completando o pensamento do Bardini, falta também recursos para mantê-los voando e a proficiência em voo dos seus aviadores. Ter rainhas de hangar não tem graça.

Uma Força Aérea sem aviões de combate que possam combater é um aeroclube.

Delfim
Visitante
Delfim

Acho que o F-35C vai subir no telhado. A USNavy não nutre amores por aeronaves stealth.
.
Combo high-low sempre é desejável. Como vai ficar o alcance com tanques conformais seria interessante saber dado o nosso território. Mas tudo depende de $$$.

Ronaldo de souza gonçalves
Visitante
Ronaldo de souza gonçalves

o f-18 é uma aeronave muito boa mas estamos servidos de grispen,é acho que os EUA não nos beneficiará nem com uma unidade ,lembre-se que o f-18 perdeu para o grispen,isto deve ter doido um pouco,(perdeu não pelo aparelho,mas não transferência de tecnologia,espionagem do governo Brasileiro)É acho que essa parceria,construção de uma terceira firma não nos ajudariam nesta parte militar.

Flanker
Visitante
Flanker

Ronaldo, só uma sugestão: você sempre se refere ao Gripen como griSpen. Não existe nenhuma aeronave chamada grispen, muito menos o novo caça da FAB.

Ozawa
Visitante
Ozawa

Cada macaco no seu galho
Cada caça nos seus céus
Super Hornet é pra
Super Potência
Super Carrier
Super Navy
Se muito
Aliados

God Save The Super Hornet!

Roberto F. Santana
Visitante
Roberto F. Santana

Super Hornet é pra piloto invocado, piloto ‘badass’.
Quero ver um Sukhoi cortar a proa de um caças desses e sair rindo depois.

Bosco
Visitante
Bosco

Um Hornet com tanque conformal passa a seguir o conceito russo, que compromete parte da carga útil com mais combustível interno (o tanque conformal passa a ser um tanque integrado já que não pode ser descartado em voo). A carga paga do Super Hornet é de 8 t. O Super Hornet leva 6,8 t de combustível interno e com dois tanques conformais adiciona 1,6 , indo para um total de 8400 kg de combustível interno. Tanto quanto um F-35. Isso incrementa em torno de 300 NM ao desempenho do caça. Supondo que cada tanque pesa vazio uns 400 kg e… Read more »

Gabriel
Visitante
Gabriel

O Super Hornet era meu sonho para a FAB , um avião robusto e pronto par atuar em país de dimensões do Brasil…mas custa muito caro para a FAB!

Joao
Visitante
Joao

Isso ai no cabide central é um irst? Leva combustível e armamento tbm?

Bosco
Visitante
Bosco

Será que vão integrar o IRST?

Bosco
Visitante
Bosco

João,
É um pod furtivo de armas.
Tem um IRST integrado a um tanque de combustível que é levado na linha central mas não é esse aí não.

Joao
Visitante
Joao

Valeu Bosco

Delfim
Visitante
Delfim

Bosco, obrigado pela informação sobre a autonomia,
.
Ronaldo de souza gonçalves
F-18 perdeu por causa da PresidANTA que deu piti por causa do Snowden.
.
Quem disse que o F-18 é “um projeto antigo, que não permite aperfeiçoamentos” deve estar a morder a língua.
.
“O contrato de entrega indefinida é de até US$ 73 milhões”, por cada caça ?
.
Não foi citado radar AESA, mas como não rolar ?

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Gostaria de ver o SH na FAB, mas baseados no litoral. 24 ou 36 unidades para apoiar os navios da MB.

Na verdade, meu preferido para isso seria o Su 34.

De qualquer forma, é viajar na maionese. Prefiro que o foco seja no segundo lote do Gripen e, quem sabe, um terceiro, no futuro.

Bosco
Visitante
Bosco

Felipe,
A vantagem do Su-34 é se você quiser usar aqueles mísseis de 4 toneladas para atacar navios. Se deixarmos de lado o padrão russo de mísseis antinavios e adotarmos o padrão ocidental não há muito diferença de desempenho não. Um Super Hornet resolveria.

Thiago Mibach
Visitante
Thiago Mibach

Bosco, acompanhando seu raciocínio, seria possível a decolagem com os CFT vazios e completa-los em voo?
Acredito que aumentaria o tempo on station dele certo?

Guizmo
Visitante
Guizmo

O canhao do nariz foi retirado do Super Hornet?

Roberto F. Santana
Visitante
Roberto F. Santana
Nunão
Visitante
Nunão

Não, no caso da aeronave das fotos pode ter sido retirado para instalar equipamentos de testes em voo.

Guizmo
Visitante
Guizmo

Valeu Nunão

Ozawa
Visitante
Ozawa

A USN agora torce no campo místico e trabalha no campo técnico, ou vice-versa, para em 15 anos o projeto F-35 estar tecnologicamente amadurecido e financeiramente equilibrado e também um novo CDF estar em condições de substituir o então lendário (já o é) e vetusto (será) Vespão.

Dos CDF que vi voarem o Phantom ficou por 26 anos, o Tomcat por 32 anos, e agora o Vespão estará por 36 anos …

Assim, a tecnologia da aviação ainda não dessa vez reduziu a cronologia da renovação, especialmente pelos custos crescentes – e por vezes contraproducentes – da sua evolução …

Augusto L
Visitante
Augusto L

Sera que esse black iii vira com as baias de armas externa ? O texto não fala nada mas como essa nova configuração emprega muita coisa do advance SH fiquei com uma “pulga atrás da ‘zorelha’ ” kkkkk. Quanto ao SH sempre quis ele mesmo depois da escolha do gripen, ainda sonho do brasil comprar uns 12-24 SH para substituir os f-5 ate o segundo lote dos grifos e depois pedir pra boeing converte-los em growlers, melhor que criar uma versão EW do gripen como alguns “lunáticos” querem.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Sim. É simplezinho. Não precisa nenhuma adaptação de obras civis nas bases, nenhum curso, ferramental, bancadas, suprimentos, publicações técnicas, formação de pessoal etc. Vou ali na BOEING pegar um F-18 e trazer voando. Vou tirar a naftalina do macacão. É só preencher o plano de vôo. ..
Qual seria a dificuldade ou empecilho em utilizar um F-39F na missão de combate eletrônico?

Augusto L
Visitante
Augusto L

Simplezinho, custo! O custo que vc faz tudo isso ai que vc falou e traz um Growler, pronto pra voar.

JT8D
Visitante
JT8D

Mas coronel, o F-39 não é americano. Tem que ser americano, F-18 ou F-35

Augusto L
Visitante
Augusto L

E ainda consegue tirar o gap da saida do f-5 e a chegada dos próximos lotes do Grifo.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Sim, claro. É só arrumar alguns bilhões de dólares. Facinho! Vou avisar o EMAER que você encontrou a solução.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Cursos on line e obras pré moldadas. Hangaretes de MDF. Simples!

Bardini
Visitante
Bardini

Existem as viúvas enrustidas do Rafale…
Existem as viúvas lunáticas do Su-35…
Existem as viúvas russófilas, que ainda sonham com Su-34 na MB!
Mas as mais chatas, sem dúvida nenhuma, são as viúvas do Super Hornet.
.
Toda matéria, sobre qualquer caça que seja, é mesmo mimimi de sempre. Tá loco!

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Pior é pensar que implantar uma aeronave da complexidade do F-18 é questão de CUSTO. Parece que vão à concessionária e saem dirigindo. É só emplacar! Moleza.

Augusto L
Visitante
Augusto L

É vai continuar, não que o gripen seja um mal caça, acho ele ate melhor que o SH, eu apoio o SH pra ter uma versão EW, que será mais barato que desenvolver uma versão nacional com a mesma capacidade, sem contar que podem suprir um gap como disse que pode acontecer. Rinaldo, pode lá falar, pq se não tiver dinheiro pra adquirir um caça EW ja existente muito menos terá pra desenvolver um! Parece que alguns aqui não gostam de ter suas ideias confrontadas! Ai vem o clubinho todo defender!

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Falou bem. Idéia é bem diferente de realidade. Pode tê-las à vontade. Já participou de alguma implantação de aeronave na FAB? Eu já.

Bardini
Visitante
Bardini

Deixem de perder tempo com Super Hornet/ Growler e leiam um pouco de algo que realmente importa: https://saab.com/globalassets/commercial/air/electronic-warfare/self-protection-systems/arexis/product_sheet_arexis_webb_17096.pdf

mf
Visitante
mf

O Gripen NG não deve nada em tecnologia para as versões mais recentes do F-18, Rafale, e outros da mesma categoria geração 4.5

Para combate a curto alcance, ainda me arrisco a dizer ser o mais efetivo pela menor assinatura de radar e manobralidade.

Infelizmente só poderemos esperar um segundo lote em 2024 quando todos os 36 tiverem sido entregues.

Augusto L
Visitante
Augusto L

Então, Bardini, parece ótimo mas ê quanto ao custo é viavel ? É mais viavel que uma aeronave pronta ? No mas acho que já saímos do topico e vou voltar a minha pergunta anterior. Será que esse block iii vira com as baias stealth externas ? Como será esse block iii? Igual o advance SH ou se tera algumas tecnologias do mesmo ?. Sempre achei uma otima ter aeronaves de 5gen combinadas com aeronaves 4,5 ou 4++ modernizadas com tecnologias como as baias externas dentro outros sistemas, o ideal ao inves de uma forca “full” stealth.

Lewandowski
Visitante
Lewandowski

Aquele velho carteiraço do tipo “eu já implantei aeronaves na FAB”… “esse aí é um que quis entrar e não conseguiu…”… “já comandou tropa em campo? Pois é, eu já…” e assim por diante… . Olha, obras civis… um único SH sai na casa dos U$ 80 milhões… com esse valor, dá para realizar todas as obras necessárias em todas as bases aéreas da FAB… quiçá nas poucas que implantarão as aeronaves… . Ferramental, pilotos, documentos… isso é necessário para toda e qualquer aeronave, seja de alto ou baixo desempenho… então, essa não serve… . Custo… sim, a implantação de… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

“parece ótimo mas ê quanto ao custo é viavel ? É mais viavel que uma aeronave pronta ? ”
.
O Gripen E/F tem quase tudo do “AREXIS”, só falta o POD de Ataque Eletrônico, que a SAAB vem desenvolvendo. É mais barato comprar Growler ou alguns POD?

Augusto L
Visitante
Augusto L

“falta o POD de Ataque Eletrônico, que a SAAB vem desenvolvendo” Bardini e isso é barato ? A Saab vem mesmo desenvolvendo? Ou só apresentou uma ideia ? O Brasil se comprar ira comprar pronto ? Ou ira querer TOT? A Fab nao vai querer a AEL no meio ? É a conversão da aeronave para EW?

Bardini
Visitante
Bardini

Cara… Deixa eu desenhar pra vocês : A Austrália requisitou a compra de 12 Growlers. Sabe quanto estimaram o pacote dessa brincadeira toda?
U$ 3,7 BILHÕES.
http://dsca.mil/sites/default/files/mas/australia_13-05_0.pdf
.
Não é só comprar o caça. Esqueçam isso!

Augusto L
Visitante
Augusto L

E vc acha que o da Saab esta que nem esta pronto é mais barato ? Bom, no growler ainda tem a opção de ser adquirido por FMS, muito mais facil de pagar. No, mais eu so disse que se fosse pra adquirir uma versão EW do gripen era melhor comprar um growler, não disse pra Fab comprar um caca de guerra eletrônica.

Augusto L
Visitante
Augusto L

E que era meu “sonho” ver uns 12 ou 24 SH fazendo dupla com o gripen ate os 106 que a FAB quer estarem operacionais e depois disso converte-los para o Growler.

Possani
Visitante
Possani

Quando eu vejo essas pessoas desrespeitando um coronel e defendendo suas loucuras, ai eu entendo pq o pais ta uma merda. Você pode até jogar futebol, mas nunca vai saber mais de futebol que um Ronaldo, Romário e varios outros, sabe pq? Pq eles jogaram com os melhores jogadores do mundo. Vergonha alheia pelo Augusto e Lewandowski, vcs deveriam ir pro cantinho da vergonha kkkkkk.

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

Bardini percebeu que o caça no folder do arexis é o fs2020?

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

Queria entender a lógica usado por você Augusto, utilizar um caça de outra cadeia logística, que precisa de um treinamento específico, é mais caro de adquirir e manter, sendo que existe a opção de utilizar um outro vetor com a mesma capacidade sem essas desvantagens. Isso é puro capricho de querer o f-18 ou tem alguma razão lógica nisso?

Delfim
Visitante
Delfim

Então o conceito “high-low” caiu em desuso ?