Home Aviação de Caça Chefe da Força Aérea dos EUA voa o jato de combate Tejas...

Chefe da Força Aérea dos EUA voa o jato de combate Tejas na Índia

4751
25

NOVA DELHI: o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea dos EUA, David L Goldfein, voou no dia 3/2 o avião de combate autóctone da Força Aérea Indiana, Tejas, da base da IAF em Jodhpur, Rajasthan.

Esta é a primeira vez em que o Light Combat Aircraft (LCA) foi voado por um chefe militar estrangeiro.

Goldfein interagiu ontem com os aviadores e pilotos na base. “Sua visita foi um gesto de cooperação mútua entre as forças aéreas indiana e americana, ambas as quais são consideradas as melhores do mundo”, disse o oficial.

Fabricado pela Hindustan Aeronautics Limited (HAL), o avião de combate monomotor e multifunção foi introduzido na Força Aérea Indiana em julho de 2016.

Goldfein está na Índia em uma visita oficial e é acompanhado pelo Comandante da Força Aérea dos Estados Unidos do Pacífico, Terrence O’Shaughnessy.

O general conheceu o marechal do ar B S Dhanoa na sexta-feira e discutiu maneiras de reforçar ainda mais a cooperação entre as duas forças.

FONTE: The Times of India

Subscribe
Notify of
guest
25 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Arthur Knosti
Arthur Knosti
2 anos atrás

A Índia é o Brasil que deu certo. Em termos tecnológicos estão anos-luz à nossa frente, sendo que o Brasil está parado, ou seja, a distância só aumenta.

Ivanmc
Ivanmc
2 anos atrás

É isso aí. Dorme em berço esplêndido.

nerudarruda
nerudarruda
2 anos atrás

????

Ivanmc
Ivanmc
2 anos atrás

A primeira foto parece ser o gripen.

Ivanmc
Ivanmc
2 anos atrás

O a barba do guerreiro levará uma advertência na parada diária.

Rodrigo
Rodrigo
2 anos atrás

Saiu uma matéria na IstoÉ, justamente sobre isso metade da indústria brasileira está parada no tempo da tecnologia, se isso continuar vai dificultar o Brasil concorrer com outros países na exportação. Brasil precisa de um investimento urgente em todas áreas frabis dele.

Flick
Flick
2 anos atrás

Eu arriscaria dizer, forçando muito a barra ou não, que o Brasil precisa de uma ameaça séria e factível. Talvez assim possamos ver o quadro mudar. Fora disso….

Ivan BC
Ivan BC
2 anos atrás

“”Chefe do Estado-Maior da Força Aérea dos EUA””
Nos últimos 2 anos os indianos se aproximaram muito dos EUA. Os indianos realmente estão preocupados com o Paquistão e China.
O bom de ter um parceiro como os EUA é a garantia de saber que eles estarão lá quando for necessário…os EUA realmente vão para a guerra quando necessário.

Ronaldo de souza gonçalves
Ronaldo de souza gonçalves
2 anos atrás

O tejas é um fiasco,o grispen e varias vezes melhor,a India gasta muito mas é uma pobreza das braba lá,até subnuclear em tem mas a que preço de uma população esfomeadas e sem direito a saúde e saneamento básico.Comparem o Brasil,mas não com a India talvez com china,ou coreia do sul que fica mais legal é nos podemos concordar.

Wilton Feitosa
Wilton Feitosa
2 anos atrás

Filandia, Noruega, Austrália, Bélgica, e mais um tanto de países, não fazem nem teco-teco, e em absoluto isso que dizer que estão atrás da Índia ou do Brasil no quesito desenvolvimento ..
Aliás, pra muitos aqui, desenvolvendo é sinônimo de poder bélico…

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
2 anos atrás

Como é que um país que tem um conflito eterno com seu vizinho, Paquistão, e já brigou com outro, a China, não terá desenvolvimento tecnológico e bomba nuclear? Só falta acabar com a miséria do povo. Quem esteve na Índia sabe o lixo que é.

Farroupilha
Farroupilha
2 anos atrás

Ronaldo de souza gonçalves 4 de Fevereiro de 2018 at 20:35
Sabe o subnuc novinho deles?
Foram submergir com uma escotilha aberta e quase afundou. A água salgada do mar estragou vários componentes.
Não sei se já voltou a operar. Os caras são feras mesmo…
Coisas da Índia.

Walfrido Strobel
2 anos atrás

IvanBC, eu não apostaria que os EUA entrariam em uma guerra pela Índia contra a China ou Paquistão, mais fácil ficarem assistindo.

MBP77
MBP77
2 anos atrás

Walfrido Strobel 5 de Fevereiro de 2018 at 8:38 * Concordo com seu apontamento. Por outro lado, será (bem) difícil vermos a China apoiando abertamente o Paquistão numa eventual guerra com a Índia, pois não vão querer desagradar o seu principal parceiro comercial (EUA). Os indianos estão se aproximando dos norte americanos para equilibrar a balança naquele TO e, na minha opinião, garantir a “neutralidade” da China. Inclusive, o mais mais provável é que ambos os gigantes (China e EUA) apenas assistam a contenda, se é que ela vai ocorrer um dia (duvido muito). Por fim, se eu tivesse que… Read more »

André Luiz.'.
André Luiz.'.
2 anos atrás

Ivanmc 4 de Fevereiro de 2018 at 17:56 “ O a barba do guerreiro levará uma advertência na parada diária.” — se você se refere ao piloto na foto, ele deve ser Sikh, que tem como preceito os homens não cortarem os cabelos nem a barba, daí o uso dos turbantes! Creio que a Força Aérea Indiana tenha protocolos de apresentação pessoal de seus membros que acomodam isso, talvez com alguns limites (como manter a barba aparada e limpa!, imagino) Mas, falando do Tejas: por mais que esse avião ainda seja deficiente, eu parabenizo o esforço indiano em desenvolver seu… Read more »

Ivanmc
Ivanmc
2 anos atrás

André Luiz.’. 5 de Fevereiro de 2018 at 9:46.
.
É isso aí. Eu estava só descontraindo.
Na minha época no exército de recruta eu tinha que estar sempre barbeado e o cartão de cabelo em dia, se não levaria advertência e ficaria de pernoite. Na FAB sim poderia deixar o bigode bem aparado e só.

Fernandes
Fernandes
2 anos atrás

Suponho que o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea dos EUA, David L Goldfein, está buscando alternativas para o problemático F-35…

pgusmao
pgusmao
2 anos atrás

Legal ver a aproximação da Índia com os americanos, estão saindo rapidamente da órbita russa, vide a quantidade de equipamentos americanos comprados nos últimos tempos e aumentando, as compras são de bilhões de dólares.

M.Silva
M.Silva
2 anos atrás

O piloto deve ser Sikh (cabeça coberta e barba)?

A Índia tem problemas com a China e é BRICS. Como assim? Globalismo demais e nacionalismo de menos?

PAULO SANT ANNA
PAULO SANT ANNA
2 anos atrás

Essa coisa do Brasil está parado, tecnologicamente falando, não cheira a corrupção não? Fácil qualquer País corromper nossos políticos para manter nosso atraso, não?

S Diniz
S Diniz
2 anos atrás

Com todo o respeito aos entendidos do site, mas quando eu vejo tudo que a Índia faz em matéria de investimento militar, logo penso num IMENSO, ABSURDO, GIGANTESCO esquema de propinas. Mesmo com tudo isso eles precisam ter equipamento militar de ponta, pois tem vizinhos barra-pesada. Não tem como comparar com o Brasil nesse quesito. Aqui não temos nem uma fração das ameaças que eles têm. Não temos (graças a Deus e não vejo vantagem em ter) vizinhos com armas nucleares, exércitos gigantescos, centenas de caças de primeira linha ou milhares de tanques prontos a cruzar a fronteira. Ok, eles… Read more »

tassios
tassios
2 anos atrás

Brasil que deu certo? Para com isso kkkk

Rommelqe
Rommelqe
2 anos atrás

A India realmente é um pais de contrastes, conjugando aspectos sociais que vao desde de populaçoes extremamente pobres até familias riquisimas. Há hoteis em Nova Deli de luxo extremado e, contudo, saindo às ruas, existe muita pobreza e problemas sociais evidentes. Mas uma coisa é certa: sao tecnologicamente muito avançados. So para ficar com alguns exemplos, quem quizer veja quantos professores da USP, UNiCAMP, ITA, UFPR, UFSC etc, sao hindus. Ja tive oportunidade de trabalhar com varios (na industria…) e sao muito bons. Quem consultar um site, por exemplo, como o Research Gate, podera ver quantos brasileiros publicam algo e… Read more »

Rafael M. F.
Rafael M. F.
2 anos atrás

A Índia tem uma tradição milenar na matemática, e usa esse trunfo na área de Tecnologia da Informação, onde eles são fortíssimos. Vão ver quantos indianos trabalham no Vale do Silício, por exemplo.

E são extremamente dedicados e disciplinados. Trabalhei com um e me impressionou o foco que o mesmo possuía no seu ofício.

Mario Favaratti
Mario Favaratti
Reply to  Rafael M. F.
1 ano atrás

Verdade pura. A Microsoft tem uma quantidade enorme de indianos (mentes brilhantes) trabalhando pra ela.