Home Aviação de Caça Caça F-15E abate drone iraniano sobre a Síria

Caça F-15E abate drone iraniano sobre a Síria

5329
48
Shaheed-129

Uma aeronave dos Estados Unidos derrubou um veículo aéreo não tripulado armado pró-regime sírio avançando sobre as forças da coalizão no sul da Síria, em 20 de junho.

O UAV armado Shaheed-129 pró-regime foi derrubado por um caça F-15E Strike Eagle aproximadamente às 12h30, depois de exibir intenções hostis e avançar sobre as forças da Coalizão.

As forças da Coalizão estavam em um posto avançado de combate no nordeste de At Tanf, onde estão treinando e assessorando as forças terrestres parceiras na luta contra o ISIS. Este é o mesmo local onde outro UAV pró-regime lançou munições perto das forças da Coalizão antes de ser derrubado, em 8 de junho.

O F-15E interceptou o UAV armado depois que foi observado avançando sobre a posição da Coalizão. Quando o UAV armado continuou a avançar sem desviar o curso, foi derrubado.

Shaheed-129 em reportagem local

A Coalizão deixou claro a todas as partes publicamente e através da linha de conflito com as forças russas que a intenção e ações hostis demonstradas de forças pró-regime em relação à Coalizão e forças parceiras na Síria que conduzem operações legítimas contra o ISIS não serão toleradas.

Existe um mecanismo de redução do conflito (“de-confliction”) com as forças russas para diminuir a incerteza neste espaço altamente disputado e mitigar as chances de erro de cálculo estratégico. Dado os recentes acontecimentos, a Coalizão não permitirá que as aeronaves pró-regime ameacem ou permaneçam em estreita proximidade com a Coalizão e as forças parceiras.

A presença da Coalizão na Síria aborda a iminente ameaça que o ISIS na Síria representa globalmente. A Coalizão não busca lutar contra o regime sírio, ou contra as forças russas ou forças pró-regime em parceria com elas, mas não hesitam em defender a Coalizão ou as forças parceiras de qualquer ameaça.

A Coalizão exorta todas as partes a concentrar seus esforços na derrota do ISIS, que é o nosso inimigo comum e a maior ameaça para a paz e segurança regional e mundial.

DIVULGAÇÃO: U.S. Central Command

48
Deixe um comentário

avatar
48 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
24 Comment authors
Boscodonitz123pedro soaresBrunoFabiano Martins Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
kfir
Visitante
kfir

depois que aeromodelos passaram a usar gps e telefone iridium, qualquer um faz um troço destes.. desperdício de recursos usar um F-!5 para isso;;; receita motor de fusca 1600 ( só serve 1600 pq fica engraçado) estrutura de alumínio ( pode usar um tubo) https://www.youtube.com/watch?v=k3_W30sLPOA gps um pc xt pode usar um 286 (pros antigos um z80 resolve) mas se vc for chato popde usar um i7 cameras sony Sony Alpha a7R II , com lentes diferentes TC4328-PT ultra-long range double FOV thermal imaging camera google maps na memoria do pc, para saber a posição do drone sem uso do… Read more »

donitz123
Visitante

Em outro espaço foi comentado que os russos estariam acompanhando com interesse o uso em combate deste UCAV iraniano.

donitz123
Visitante

kfir 20 de junho de 2017 at 12:42
.
O gato saiu do saco. Os UAVs foram popularizados.
Apesar disso, é importante lembrar que o Irã não apenas aderiu a “modinha” dos UAVs. Os iranianos os desenvolvem desde a segunda metade da década de 90, muito antes que muitos países por aí.

JPC3
Visitante
JPC3

Não disseram ontem que iam abater os aviões americanos na Síria?

Bueno
Visitante
Bueno

kkk Aguardando o mimi da Rússia

Antônio de Sampaio
Visitante
Antônio de Sampaio

Seria interessante ver a conduta desses valentes diante de um Su-30 ou Su-35 da Rússia.
Aí a pegada é outra.

Guizmo
Visitante
Guizmo

Será que usou canhão ou míssil?

Guizmo
Visitante
Guizmo

Outra coisa, será que deve ter sido a 1a vez na História que um caça pilotado abate em combate um veículo não-tripulado?

Peter Lenhart
Visitante
Peter Lenhart

O próprio ofício americano de certa forma põe panos quentes na polêmica. O problema todo é que existem ao menos sete forças com interesses distintos na região: sírios, russos, americanos, rebeldes, estado islâmico, rebeldes e curdos. Fora os vizinhos com seus próprios interesses como os iranianos e os turcos. É uma grande bagunça difícil de ter uma solução ainda mais agora, com essa aparente falta de diálogo…

Peter Lenhart
Visitante
Peter Lenhart

Aonde eu disse rebeldes de forma replicada, são as forças para-militares pró-governo, que detém parte do poderio militar do exército sírio…

carcara_br
Visitante
carcara_br

Com este foram dois UAVs iraniano abatidos, contudo não chega a ser um problema, ontem eles deram o recado podem muito bem realizar uma ataque a partir do IRÃ com seus mísseis balísticos.

Alexandre Galante
Visitante
Member
horatio nelson
Visitante
horatio nelson

senhores essa noticia melhorou em 100% meu dia 🙂 estou muito feliz 🙂 axo q agora qualquer aeronave armada q se aproximar da coalizão serão neutralizados…tenho q admitir q está começando uma escalada em q vão existir muitos abates de aeronaves russo-iranianas-sirias-hezzbolaitas kk
pergunta : será q o f-15 vai ter essa marca pintada na fuselagem ?

Guizmo
Visitante
Guizmo

Opa, estou atualizado, apenas 9 anos atrás, kkk

kfir
Visitante
kfir

Austrália suspende ataques aéreos na Síria após derrubada de caça e ameaças da Rússia Moscou disse que irá tratar as aeronaves da coalizão que voam a oeste do Rio Eufrates como alvos em potencial, e admitiu que está mudando postura militar depois que os EUA abateram um avião militar sírio . O Estado de S.Paulo . 20 Junho 2017 | 11h11 . SYDNEY, AUSTRÁLIA – A Austrália informou nesta terça-feira, 20, que suspendeu temporariamente os ataques aéreos na Síria depois de os EUA derrubarem um caça militar sírio e da ameaça subsequente da Rússia contra aeronaves da coalizão liderada por… Read more »

GILMAR
Visitante
GILMAR

Tô cansado de ler postagens de internautas dizendo que: Os russos protegerão a Síria com S-300, S-400, Pantsir, que vão mandar SU-30 e SU-35. Bolas! essa “tralha” toda não está resolvendo. A força aérea de “tio Jacó” bombardeia até o aeroporto de Damasco, destroi baterias anti-aéreas. Os EUA despejam mísseis tomawank sobre base aérea, SH derruba SU-22, F-15 detona drone armado, etc, etc, etc. Esse “guarda chuva russo” tá meio merreca. Tá parecendo com aquele incauto que foi ao bar com um amigo valentão. Chegando lá arrumou confusão e já foi levando um tremendo soco na cara. Daí o amigo… Read more »

Mauricio_Silva
Visitante
Mauricio_Silva

Olá.
Se uma “caixa de sabão Omo” voar e for capaz de cumprir uma missão, está valendo.
Não precisa ter tecnologia de ponta para ser eficaz em missões militares.
Acredito que o F-15E usou o canhão para abater o VANT.
SDS.

Jeff
Visitante
Jeff

Muito bom esse vídeo do abate, e ainda mais porque as imagens são do drone abatido, e não do jato russo que abateu. Contei uns 4 segundos entre o disparo e o impacto.

Timuskukii
Visitante
Timuskukii

So uma observação, essa área que o drone foi derrubado não tem contato com o ISIS, a área esta cercada pelas Forças Armadas Sírias, portanto essa informação é mentirosa, a intenção deles é de atrapalhar o governo Sírio.Se quiserem saber melhor, vistem o Syria Live Map, mostra atualizações 24 horas sobre os acontecimentos na Síria e os territórios ocupados.

Jeff
Visitante
Jeff

Motivos para derrubar o drone com míssil ao invés do canhão? Talvez para ver a efetividade contra drones, treinar os pilotos, etc. Só testando mesmo, porque de PDFs supermegafodásticos estamos cheios, o que vale mesmo é isso ali, teste real.

kfir
Visitante
kfir

pode-se por no drone um missil ar ar, e um raio laser mais um radar e é só apertar o botão…
é evidente que não ficaria por isso mesmo derrubar um avião assim… mas dá pra fazer.

carcara_br
Visitante
carcara_br
kfir
Visitante
kfir

carcara_br
realmente é isso, e com baixa assinatura…
https://www.youtube.com/watch?v=gmJxlAfonoc

joshua
Visitante
joshua

Quem é que vai encarar um F-15 Eagle ainda mais modernizado para 2040c com 16 misseis com radares e sensores mais avançados, sistema data-link capaz de conectar o F-15 com o moderno F-22 raptor.

Bosco
Visitante
Bosco

Kfir,
O Reaper é habilitado a portar o Stinger e o Sidewinder.

Os americanos têm um UAV stealth, o RQ-170 Sentinel, que em tese pode atuar em teatros de alta intensidade. “Em tese”, porque foi ele que foi capturado pelos iranianos em 2012.
http://avia.pro/sites/default/files/pictures/katastrofi2/rq-170-sentinel-robohub-org1_1.jpg

Vader
Membro
Vader

Uaaaaiiiiii???!!! . Cuma???!!! . Cuméquié???!!! . Um F-15E abate um drone dos aiatolás impunemente em pleno espaço aéreo sírio, mesmo após a Ursinha Chorosa ter alertado que consideraria toda e qualquer aeronave americana no espaço aéreo sírio como “alvo em potencial”??? . Oras, mas cadê a toda-poderosa força aérea da Ursinha Carinhosa, com seus milhares de caças acrobáticos “Pugachev-Cobra”, que não viu um “alvo em potencial” Strike Eagle abatendo um drone dos seus aliados aiatolás no espaço aéreo sírio? . Como é que pode o Tio Sam, apenas dois dias depois de ter sido alertado que teria todas as suas… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

kkkkkkkrsrsssssss

carcara_br
Visitante
carcara_br

Porr@ Putin, agora a gente tem que aguentar o Vader! Derruba pelo menos um UAVzinho ta na moda!

Bosco
Visitante
Bosco

Por mais fantástico que sejam os mísseis S-300/400 eles obedecem às mesmas regras de qualquer outro sistema de mísseis sup-ar. Pela sua dimensão e desempenho eles apenas expandem os limites, mas continuam com as mesmas limitações relativas. Um míssil sup-ar com alegados 250 km de alcance máximo (Ex: 48N6E) só consegue esse “feito” contra alvos de baixo rendimento (C-130, AWACS, C-17, E-8, etc.). Contra caças, essa distância pode ser reduzida em 50% e assim mesmo, em condições ótimas de temperatura e pressão. A zona letal de um sistema SAM é muito maior que a zona sem escapatória. Se um míssil… Read more »

kfir
Visitante
kfir

Bosco

obrigado, pela gentileza de seu comentário, seus comentários me enriquece e sempre leio.

Bosco
Visitante
Bosco

E pelo amor de Deus! Não estou falando mal dos mísseis russos. Isso aí serve pra todos, inclusive os Patriots, Standards, etc. Os mísseis russos ainda têm uma vantagem cinética que pode complicar para o atacante que é a alta velocidade de alguns, que é dita ser de Mach 7, além de subir para a estratosfera antes de descer contra o alvo (trajetória loft), o que dá uma mexida nessas contas aí de cima que eu fiz (chutei), em desfavor do alvo, já que adiciona a energia cinética resultante da transformação da energia potencial, o que incrementa a zona sem… Read more »

carcara_br
Visitante
carcara_br

Bosco acho bem pertinente sua análise, além disso aeronaves ágeis sempre podem manobrar se detectarem um míssil muito distante vindo na sua direção, basta aponta o bico pra baixo e controlar a velocidade até sair do horizonte radar

XFF
Visitante
XFF

Os EUA agem no território Sírio como se estivessem no país deles e ainda abrem a boca para falar dos direitos e leis internacionais. Como não bastasse, treinam e armas terroristas para combater o exército Sírio em solo Sírio.

ScudB
Visitante
ScudB

Amigo Bosco! Alguns dos mísseis fazem uma subida “curta” suficiente para atacar avião por cima (S-200 , por exemplo).E outros procuram chegada com certo angulo para que os elementos (após detonação) formam um tipo de serra-copo (Buk) : com maior distancia de detonação – maior será o diâmetro do “anel” formado. Outra. Todos os sistemas 300/400 russas estão posicionados nos pontos importantes para defesa das bases .Ou seja , não se trata de criação do sistema AA da Síria. Controle , observação, fornecimento de informação – sim.Inclusive A-50 esta regularmente circulando la por perto. Mas se alguém abater alguma coisa… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

Carcara! Pois é! Eu digo isso porque tem muita gente que pensa que um sistema S-300/S-400, que é dito ter um radar com alcance de 450 km e um míssil com 250 km de alcance (ou 400 km como algumas fontes divulgam), pode ao apertar de um botão interceptar um F-15 que esteja a 20 km de altitude se afastando a Mach 2.5 a 250 km de distância, ou um F-18 a 60 m de altitude nessa mesma distância. Há inúmeras variáveis (RCS, altitude, atitude, velocidade, etc) relativas ao “contato” (alvo) que modificam o desempenho ótimo do sistema (dos radares… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

Scud,
Mas além dos S-300/400 dos russos para proteger suas bases creio que os Sírios tenham adquirido o S300. Ou não???
Um abraço.

Diplomata92
Visitante
Diplomata92

Boa noite meus caros
Bosco Isso que eu chamo de comentários produtivos! Kkkk
Não querendo abusar;mais si voce ou os demais amigos poderem responder fico grato!
Lembrei que navegando na Net li uma vez que a distância de um decoy rebocado para a aeronave era de 100 metros isso é verdade ?

ScudB
Visitante
ScudB

Sim.Mas tenho duvidas em relação dessas unidades.Desde 2013 os sírios estavam fazendo cursos na Rússia e , possivelmente , tem gente para operar.Mas não tenho informação se as baterias foram entregues na integra e estão operantes.Se for positivo provavelmente estão cobrindo somente a área da capital e residência da família Assad.Mas , como o avanço dos Tigres e Quinta Brigada aconteceram recentemente de proporção inesperada (com entrada nas províncias Raqqah e Deir ez-Zor , tb na região de Akerbat, fronteira com Iraque etc) não houve nenhum tipo de deslocamento confirmado.Logo , acredito que (99%) S-300 operantes na Síria pertencem somente… Read more »

carcara_br
Visitante
carcara_br

Scud.
Algumas semanas atrás foi noticiado que a artilharia antiaérea síria havia disparado contra aviões israelenses, na época se especulou o uso do S-300, mas a maioria das reportagens falava nos S-200.
Israel andou bombardeando artilharia antiaérea (segundo informações) no aeroporto próximo a damasco alguma possibilidade de serem os S-300/200? cheguei a ouvir rumores sobre isto, mas a verdade é que eu nunca vi uma propagando do governo sírio demonstrando os S-300…
Já do governo russo você acha um monte, algumas bem recentes inclusive…

ScudB
Visitante
ScudB

Lembrei uma coisa.
Muita gente não visualiza COMO estão distribuídas os sistemas AA (no sentido universal) .
Quando Você explicava sobre questões de aproximação , trajetória e cinética dos mísseis AA faltou somente um momento : os lançadores podem estar a quilômetros de distancia dos radares e qual deles (lançadores) , em que momento com que tipo de míssil vai disparar ninguém sabe. E MAWS fica gritando ..
Um grande abraço!

Felipe
Visitante
Felipe

eu acho esse caça f-15 espetacular por ele ter conseguido abates reais confirmados e além de bonito é pra mim é o melhor eu ainda acho ele melhor do que o f-22, pra mim essa maravilha maquina jamais sairá de linha, eu gosto muito de games no computador e todos simuladores que pilotei desse caça tive uma bela impressão de que realmente esse aviao tem uma certa superioridade aérea kkk que fica so nos games simulados

Fabiano Martins
Visitante
Fabiano Martins

Kkk meu deus é de dar risada gente defendendo EUA ou Rússia, na boa eles só defende os interesses deles e nada mais, no dia de amanhã se precisar por algum interesse maior passar em cima de nós eles passarão kkkk.

horatio nelson
Visitante
horatio nelson

tem q se levar em conta tbm q são milhares de voos centenas de aviões em espaço aereo sirio diariamente…avioes franceses,ingleses,americanos,russos,sirios,iranianos,turcos,sauditas,israelenses,jordanianos,iraquianos,australianos e por ai vai…

kfir
Visitante
kfir

Fabiano Martins:

perfeita observação

Bruno
Visitante
Bruno

Os iranianos vão lá e fazem um UAV armado, se é zoado ou não, tanto faz, o dia em que a FAB for querer um UAV/UCAV vão querer chamar alguma empresa de fora com “transferência de tecnologia” e vai levar 5 anos pra sair do papel e uma fortuna, e o armamento ainda vai ser importado! Quanto a Síria ter adquirido ou recebido (na faixa) misseis S-300, se não me falha a memória, alguns anos atrás eles receberam sim misseis de médio alcance dos russos e o Tio Jacob foi lá e deu um fim neles, e se não me… Read more »

pedro soares
Visitante
pedro soares

Também há fatores para o lado do defensor… Ninguém sabe ao certo quantas baterias S3000/S400 foram deslocadas para a Síria? Elas podem estarem inativas em locais preparados, como Banks subterrâneos, entre outros, esperando para ficarem ativas. Também tem sistemas de alerta precoce Russos na Síria. O alcance e incerto, pois a estratégia da Rússia pode ter sido de aumentar ou diminuir o raio de ação, das baterias, para confundir o adversário. —————— Bosco… Salvo engano as baterias da Síria são S200. Em 2013 houve uma tentativa de acordo, de venda, mas não achei informações se foi ou não concluída. Quando… Read more »

donitz123
Visitante

Um pequeno detalhe que passa desapercebido para aqueles que questionam o motivo da Rússia não ter engajado o F-15 com seus S-300/400 é que as defesas antiaéreas russas mais próximas estavam a 340km de distância do local do incidente. Mas antes de mais nada é preciso lembrar a Rússia NÃO TEM A OBRIGAÇÃO de defender uma aeronave iraniana e mesmo uma síria que opere fora da área de cobertura dada pelos russos. Qualquer aeronave síria que se aventure além dela está por sua conta e risco e “nadando com os tubarões”.

Bosco
Visitante
Bosco

Claro que os lançadores podem se encontrar distantes dos radares, mas isso não é comum. A ligação entre os subsistemas é ou por fio, por fibra óptica ou por RF. A RF é a que possibilita um distanciamento maior, mas esse distanciamento não costuma ser grande. Se fosse grande, como por exemplo hipotético do lançador ficar mais avançado que os radares uns 30 km, o desempenho do míssil ficaria prejudicado, principalmente no nível mais baixo já que o lançador estaria na sombra do horizonte radar. Em geral lançadores e radares ficam próximos para que os mísseis possam desempenhar na plenitude… Read more »