domingo, fevereiro 28, 2021

Gripen para o Brasil

Delta comprará E190 da Boeing

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

E-190_london_city-foto-Embraer

ClippingNEWS-PA A companhia aérea Delta Air Lines comprará 20 aviões Embraer E190 que hoje são da Boeing e 40 novos 737-900ERs da fabricante norte-americana, após a ratificação de um acordo de trabalho envolvendo mais de 12 mil pilotos.

O acordo foi aprovado pelo Conselho Executivo da Delta na associação de pilotos de companhias aéreas e prevê aumento de salários dos pilotos, assim como revisão da distribuição de lucros da companhia aérea a partir de 2016.

No caso dos jatos Embraer, a Delta disse que adquirirá as aeronaves da fabricante brasileira atualmente em posse da Boeing e anteriormente operadas por outra empresa aérea.

Os E190s entrarão no serviço da Delta no quarto trimestre de 2016, disse a empresa em comunicado, acrescentando que os E190 serão empregados em rotas domésticas nos Estados Unidos.

FONTE: Reuters, via R7

- Advertisement -

7 Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos

Ex Canadá?

Mauricio Silva

Olá.
Confesso que não entendi. Afinal de contas, por que a Boeing tem 20 E-190? Será que foi parte de um acordo comercial?
Estranho…
SDS.

Luiz Fernando

Nada estranho…

Estes 20 E190 são da frota da Air Canada e foram adquiridos pela Boeing como parte de pagamento por uma encomenda de aeronaves.

E ano que vem serão transferidos para a Delta.

Apesar de não participar diretamente do negócio, isso é bom para a Embraer, muito bom.

Mauricio Silva

Olá.

Obrigado pelo esclarecimento, Luiz Fernando. Então essas aeronaves fizeram (fazem) parte de uma negociação entre a Air Canada e a Boeing.
Meu estranhamento se deve ao fato da Boeing estar “vendendo” as aeronaves da Embraer (e, de certa forma, “ajudando” uma outra empresa).
Mas não é bem assim: os aparelhos também “entraram” numa negociação de compra de aeronaves Boeing (tipo promoção “compre um e leve outro junto”).
Nada de “amizades” ou “parcerias”. Only business.
A situação como todo ficou mais clara agora.
SDS.

Marcos

off topic
Recentemente a Azul encomendou um lote de 50 E2.
Pergunta: esse pedido é para atender a própria Azul ou para a TAP?

ricmoriah

que marketing para a Embraer hein? muito bom!

Adriano Bucholz

A boeing pegou os E-190 no rolo abaixo da FIPE, deu um talento e vendeu por mais $$$$$ …….rsrsrsrrss

- Advertisement -

Combates Aéreos

F-15 usa o novo Legion pod para abater alvo com o míssil Sidewinder AIM-9X

O Legion Pod permitirá que os F-15 e F-16 detectem e engajem até mesmo aeronaves furtivas, sem ter que...
- Advertisement -
- Advertisement -