sábado, maio 15, 2021

Gripen para o Brasil

F-X2: uma visão otimista de um setembro com ‘céu de brigadeiro’

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Mirage IIIE - F-103 FAB na frente do PAMA-SP - foto 5 Nunão - Poder Aéreo

vinheta-opiniao-aereoOutro dia, publicamos aqui um editorial com o título “Me acordem quando setembro acabar”, numa referência à música “Wake me up when september ends” do Green Day, trazendo também uma visão pouco otimista sobre o desfecho do programa F-X2, que visa adquirir 36 novos caças para a Força Aérea Brasileira.

Vale lembrar que a referência a setembro deve-se ao fim da validade das atuais propostas dos competidores, havendo dúvidas se as empresas concorrentes estariam dispostas, após tantos adiamentos, a revalidá-las mais uma vez, pois o ambiente de grandes dificuldades econômicas e políticas do Brasil não fornece prognósticos positivos ao desfecho do programa.

Porém, mudemos o disco e tentemos ver a coisa por um prisma otimista, para variar um pouco!

Hoje estava ouvindo a música “September” da fantástica banda “Earth Wind and Fire” e reparei que a letra fala de um mês de setembro cheio de amor, onde não houve “um único dia nublado” (never was a cloudy day). Ora, a ausência de nuvens normalmente é chamada, no jargão aeronáutico, de “céu de brigadeiro” (jocosamente, as condições meteorológicas perfeitas em que veteranos brigadeiros se aventuram para matar a saudade de assumir o comando de aeronaves).

Apesar de pouca gente achar que o F-X2 chegue a setembro “voando em céu de brigadeiro”, ou sem um único dia nublado, tudo é possível nesse programa de tantas reviravoltas. Na sua opinião, quais seriam as possibilidades de um desfecho otimista do F-X2, “chasing the clouds away”? O que poderia acontecer para afugentar as nuvens que envolvem o programa, como ocorreu no dia em que foi tirada a foto do velho Mirage III “espetado” aí em cima, numa semana que vinha nublada até que o sol saiu e acabou colaborando para uma sessão de fotos?

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

8 Comments

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Baschera

Nunão,

Embora eu goste “pacas” das músicas do EW and F (e muitas outras da época, tanto que tenho mais de 1 mil músicas em arquivo/disco/cd)…acho que a música certa para “quando setembro chegar”…. é “Funeral March” de Chopin…..

Do you remember !

Sds.

Baschera

Heheheheh…..

A letra também fala de esperança.

Remember how the stars stole the night away….. sabe qual é a “estrela”…. aquela do Partido……

🙁

Sds.

Nick

Probabilidade de “desfecho otimista do FX-2” : 0,0000001% 🙂

Depois da “primavera brasileira” no inverno, não acredito mais na possibilidade do FX-2 ter um desfecho. Mais provável o cancelamento do mesmo, e aguardar o novo presidente (não acredito que a Dilmona dispute a próxima presidência) retomar o assunto.

[]’s

Ozawa

Acho que a trilha musical para o atual estágio do FX2 seria: “O pulso ainda pulsa O pulso ainda pulsa…” Agora… Falando em Snowden…, as FFAA dizem que não há indícios de que tenham acessado informações militares… É possível, não há nada de novo para acessar mesmo ! E a Comissão de Relações Exteriores do Senado quer saber se os EEUU interceptaram informações sobre… o FX2 ! “— Queremos saber detalhes objetivos, como, por exemplo, se a NSA teve acesso a projetos estratégicos brasileiros, como o pré-sal e o FX-2, por exemplo — adiantou o presidente da comissão, senador Ricardo… Read more »

DrCockroach

Entrando no espirito musical:

U Can’t Touch This… by MC Hammer

Cold on a mission so fall them back
Let ‘em know, that you’re too much
And this is a beat, uh, you can’t touch

http://www.youtube.com/watch?v=gxm_mwz9sRo

[]s!

Fighting Falcon E/F

Gente,
Compra 12 com opção para mais 24 a ser exercida futuramente…
É complicado? É, mas é menos difícil…

marciomacedo

Fighting, acho que é isso que vai ocorrer, financiado generosamente pelos norte-americanos. Acredito até que podem vir 16 ou 18 F-18,com alguns deles saindo das esquadrilhas da US Navy.

Reportagens especiais

Fumaça 60 anos: meu nome é Hornet, Super Hornet

A foto acima foi tirada na última apresentação do Super Hornet nos 60 anos da Esquadrilha da Fumaça (EDA...
- Advertisement -
- Advertisement -