quarta-feira, outubro 20, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Caças Mirage F1 franceses chegam à Lituânia para policiar o Báltico

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Arrivée des mirage F1CR

Em 26 de abril, quatro jatos Mirage F1CR franceses pousaram na Base Aérea de Siauliai, na Lituânia, para uma missão de 4 meses de policiamento aéreo dos Países Bálticos, num revezamento mantido pelas forças aéreas dos países da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte).

Sob o mandato da OTAN, a França assumirá nesta terça-feira, 30 de abril, a missão de policiar o espaço aéreo da Lituânia, Letônia e Estônia, mantendo o alerta 24 horas por dia, sete dias por semana. Nessa missão, os quatro jatos Mirage F1CR do Esquadrão de Reconhecimento 2/33 “Savoie”, normalmente estacionados na Base Aérea 118 de Mont de Marsan, na França, substituem caças F-16 da Dinamarca que cumpriram a tarefa nos últimos quatro meses.

O destacamento precursor de cinquenta militares franceses, de várias especialidades (mecânica, infraestrutura, comunicações etc) já havia sido deslocado. No total, 90 militares garantirão o cumprimento da missão.

Arrivée des mirage F1CR

FONTE / FOTOS: Ministério da Defesa da França (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em francês)

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

9 Comments

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Guilherme Poggio

Olha só quem vai salvar os suecos agora.

aldoghisolfi

Os F-1 não estavam sendo desativados?

Ivan

O mapa é claro: http://www.guiageo-europa.com/mapas/mapa/baltico.gif Poggio, Salvar suecos, alemães, dinamarqueses e os poloneses do norte. 🙂 Falando sério agora, este destacamento da OTAN é muito importante para manter unidades de vários países membros e aliados com experiência operacional no policiamento desta importante passagem. Entretanto penso que estão apenas gastar as horas de vôo do Mirage F1, pois este não é um vetor adequado para esta missão. Melhor uso teria os Mirage 2000 C, mesmo que armado apenas como AAM Magic II, pois para prontidão 24/7 com possíveis interceptações noturnas ou com mau tempo um bom radar doppler é essencial. Um… Read more »

Ivan
Ivan

Nunão, Naquela esquina do Mar Báltico o caça ideal para o Armée de L’Air combater seria o Mirage 2000-5, com radar RDY e mísseis MICA. As distâncias são curtas, as fronteiras próximas e não há espaço para disparos de mísseis de longo alcance, como os novos/futuros Meteor e AMRAAM AIM-120D. Mas a situação atual não é de combate, longe disso. Para policiamento aéreo, com aeronaves em QRA, acredito que o melhor para os franceses é usar as horas ainda disponíveis dos Mirage 2000 mais anticos, os ‘C’, apenas com mísseis WVR IR Magic II e canhões. Os trinta e poucos… Read more »

Galeão Cumbica

Pq nao mandam os Rafales pra fazer uma propaganda, sera que e por causa do tipo de missao?
GC

Últimas Notícias

ADEX 2021: SAAB propõe o GlobalEye para o requisito AEW-2 da Força Aérea da República da Coreia

O sistema de vigilância aerotransportada multifuncional GlobalEye da Saab está sendo proposto pela empresa sueca para atender ao requisito...
- Advertisement -
- Advertisement -