Home Noticiário Internacional Peru vai de KT-1 e Super Tucano fica na saudade

Peru vai de KT-1 e Super Tucano fica na saudade

345
16

O Governo do Peru anunciará a aquisição de aviões turboélices de treinamento e ataque leve KT-1 da empresa Korea Aerospace Industries (KAI), durante a próxima visita do presidente Ollanta Humala à Coreia do Sul entre os dias 10 e 12 de maio.

A negociação seria financiada com parte das verbas aprovadas pelo Congresso Nacional no valor de aproximadamente 515 milhões de dólares. O acordo inclui um primeiro pagamento de 30% do montante total.

Segundo informes oficiais, a KAI entregará dois KT-1 e o “Servicio de Mantenimiento” (SEMAN) da Fuerza Aérea del Perú montará as outras 22 unidades.

FONTE: infodefensa

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: Poder Aéreo

NOTA DO EDITOR: com a formalização desta compra, as chances do Super Tucano na FAP agora são iguais a ZERO. Na verdade esta aquisição é mais um passo na formação de uma aliança estratégica do Peru com a Coreia do Sul, onde recentemente foi firmado um acordo de modernização de várias unidades navais peruanas com sistemas coreanos (ver post no blog do Poder Naval)

VEJA MAIS:

16
Deixe um comentário

avatar
16 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
11 Comment authors
Tadeu MendesFabio ASCGuilherme Poggioalphasr71aVader Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
ivanildotavares
Visitante
Member
ivanildotavares

Ruim para o Brasil, bom para o Chile. Porque em caso de confronto entre o Peru e o Chile, este poderia usar os Super Tucanos enquanto o Peru não teria o mesmo armamento para um emprego equivalente.

GUPPY

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

A concorrência bata á porta.
Isso que dá ficar aporrinhando os americanos, por causa de 20 aeronaves.

Clésio Luiz
Visitante
Active Member
Clésio Luiz

Se eu não estou enganado, os coreanos estavam com problemas de desenvolvimento desta aeronave. Eles acabaram contratando o Kovacs, que o líder no projeto do EMB-312 Tucano na Embraer. Com ele atuando como consultor, resolveram os problemas e o KY-1 entrou em produção.

Observador
Visitante
Observador

Senhores, Isto demonstra como a turma do PT enraizada no GF NÃO trabalha pela nação. Moveram os pauzinhos para ajudar a eleger o sujeito e não pediram nenhuma preferência para os produtos brasileiros. O GF fala que quer fomentar a indústria de defesa brasileira, mas é só da boca para fora. Não é capaz de mover um dedo para ajudar a venda de equipamentos militar aos vizinhos.´ É bola nas costas o tempo todo: além do Peru, a Bolívia comprou K-8 Karakorum, e o Uruguai estuda comprá-lo também, todos governados pela mesma esquerdinha festiva que o PT ajudou a eleger… Read more »

Optimus
Visitante
Optimus

Mais uma perfeita observação, caro observador! 😉

Parece que os únicos que não se importam em comprar material de defesa do “império brasileiro” são os chamados “lambe-botas de yankees” Chile e Colômbia… já nossos cumpanheiros bolivarianos de “luta anti-colonialista/imperialista” só vivem a nos dar rasteiras…

Tudo isso com aplausos do nosso GF… e de seus fanáticos e incondicionais apoiadores…

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Quanto custa um KT-1 e quanto custa o ST?

O que a KAI ofereceu que a Embraer não ofereceu?

O que o governo sul coreano ofereceu que o governo brasileiro não ofereceu como contra partida?

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Kt-1 … US$ 7 milhões
E-314… US$ 9~14 milhões (dependendo da configuração)

Marcos
Visitante
Member
Marcos

A PetroBó fez investimentos nos EUA e até agora usamericanumalvadu não tomaram as refinarias, já a cumpanherada bolivariana…

Vader
Visitante
Active Member

Falar o que? Os amigos já disseram tudo.

Por isso que digo que esse projeto de integração latrino-americana só é bom para a retórica da comunalha.

ivanildotavares
Visitante
Member
ivanildotavares

E hoje militares do exército boliviano andou desrespeitando brasileiros residentes próximos à fronteira, confiscando gado e intimando a deixarem suas casas o mais depressa possível. O Itamarati pediu explicaçoes sobre os acontecimentos que incluíram ateamento de fogo em propriedades de brasileiros. Vamos acompanhar e ver se a Dilma vai aliviar para o Índio.

alphasr71a
Visitante
alphasr71a

Não vai dar em nada…

Fabio ASC
Visitante
Fabio ASC

Cadê agora os defensores da tal UNASUL? Bando de comuna safado.

Quanto aos índios da bolívia (sim com B minúsculo), vão acabar matando os brazucas da fronteira.

Quem mora em São Paulo deveria ir nos bairros onde são fabricadas roupas e ___________________ de lá.

Tenho vergonha desse governo brasileiro (sim com G minúsculo).

COMENTÁRIO EDITADO

Fabio ASC
Visitante
Fabio ASC

Peço desculpas aos Moderadores (com M maiúsculo mesmo), mas não dá pra aguentar…. é demais para um pobre Patriota.

“Você sabe de onde eu venho
Venho dos morros do engenho…..

Dos pampas dos……

Ergue-te BRASIL!!!!!!!

Tadeu Mendes
Visitante
Member
Tadeu Mendes

Caro Observador,

Gostei do seu avatar, HAL 9000.

So para complementar, soldados bollivianos entraram dentro do territorio brasileiro, armados (violacao de direito internacional).

Eu teria mandado uma Brigada de PQDs. para a cidade de Capixaba, fechava a fronteira, entrava na Bolivia e baixava o porrete.

O uso de meios militares tambem serve como linguagem diplomatica.

O problema e a fantasia revolucionaria que ainda alucina as cabecas fracas dos recalcados, ignorantes e despeitados.

Sera que ja estao sabendo ai no Brasil que o Chavez esta formando uma alianca militar com a Bolivia???

Como eu gostaria de me encarregar desse problema, a minha maneira.

Observador
Visitante
Observador

Caro Tadeu: É mesmo o olho do HAL 9000. Por falar nisto, o nome dele é um anagrama. É só trocar as letras H-A-L pelas seguintes do alfabeto que o verdadeiro primeiro nome do computador aparece. O avatar anterior era a Nebulosa Helix. Só que como avatar era irreconhecível. Tive que trocar. Bom, sobre seu comentário, nosso Brasil varoníl já perdeu dúzias de chances de mostrar aos vizinhos que paciência e bondade tem limite. Muito melhor oportunidade foi quando houve aquele ataque covarde no Suriname em que brasileiros e chineses foram atacados a golpes de facão. Nem um mero muxoxo… Read more »