Home Noticiário Internacional Primeiro AMX modernizado pela Embraer voará antes de julho

Primeiro AMX modernizado pela Embraer voará antes de julho

229
8

A Embraer espera que o primeiro caça AMX modernizado voe pela primeira vez antes do mês de julho, segundo relatório do primeiro trimestre do ano.

Dois aviões para testes e oito aeronaves de produção já estão nas instalações da empresa esperando pela modernização. A Embraer informa que um total de 43 aeronaves serão modernizadas pelo programa. O AMX foi originalmente produzido em cooperação com a Itália.

A modernização inclui um painel tipo “glass cockpit”, novos sistemas de contramedidas eletrônicas e outros itens.

Paralelamente, o programa de modernização dos 12 caças Boeing A-4 Skyhawk da Marinha do Brasil segue sua trajetória. Os jatos são localmente conhecidos como AF-1.

“Dois deles estão nas nossas instalações em Gavião Peixoto,” informa a Embraer. “A fase de configuração já foi concluída em 2011 e o detalhamento das modificações e a modernização está em andamento.”

Adicionalmente, o A-29 Tucano (sic) vai muito bem, embora a USAF tenha cancelado o seu programa LAS. Mas a companhia espera receber um novo contrato LAS da USAF em 2013. A Embraer compete com a Hawker Beechcraft, mas teme que a mudança dos requisitos do contrato pela USAF.

No último trimestre do ano passado o Brasil também firmou contratos com Bukina Faso, Angola e Mauritânia para o turboélice de ataque leve. O valor total do contrato com os países africanos gira em torno de US$180 milhões.

Já o programa do KC-390 continua e a fase da seleção dos maiores colaboradores já foi feita.

FONTE: Flight Global

NOTA DO EDITOR: a matéria acima do Flight Global não apresenta nada de novo em relação ao que o Poder Aéreo já andou publicando aqui nos últimos meses. Mas é provável que esta pequena nota, na verdade um resumo das atividades da Embraer Defesa e Segurança neste primeiro semestre do ano, tenha como público alvo leitores do exterior. Destaca-se que o Flight Global esqueceu totalmente dos avanços no programa do EMB 145 AEW&C da Índia, cujo segundo avião voou há menos de um mês e o primeiro deles deverá ser entregue em junho.

8
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
VaderGuilherme PoggioBascheraNickMauricio R. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcos
Visitante
Member
Marcos

Por quê 43 e não 54 AMX a serem modernizados????

Marcos
Visitante
Member
Marcos

O total de F-5 a serem modernizados serão de 46 unidades.

Como os AMX são aeronaves de ataque ao solo e os Mirages serão desativados, nossos caças se resumirão a somente esses 46.

Fazendo conta de botequim:

Os Rafale tem custo estimado em US$150 mi;
Os Gripen tem custo estimado em US$75 mi;

Ao invés de adquirir 36 Rafale, pode-se adquirir 72 Gripen. Já é alguma coisa.

Mas por enquanto a preocupação é em adquirir o novo avião presidencial: o “Vassourão”.

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Sinceramente, desativava sem dó.
E c/ a verba economizada tratava de se previnir, qnto ao fim da vida útil das células dos F-5.
Mas principalmente parava de levar a Embraer pela mãozinha, é empresa privada, não tem que ser paparicada.
Deixa lá eles c/ seus ERJ’s, Phenoms e Lineages, são experientes e sabem mto bem como se virar no mercado.
No mais:

#embraerforadofx2

É bom p/ a FAB e melhor ainda p/ o Brasil.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

A alternativa do “embraerforadofx2” é “odebrechtfabricandocaçacomcumpanheropresidentedanovaempresa”.

Nick
Visitante
Member
Nick

Boa Marcos 🙂

É por ae mesmo.

Sobre o AMX serão 43 porque os demais não estão em condições de serem retrofitados e servirão como “fonte de peças”.

E concordo que 72 Gripen NG fariam uma diferença grande por aqui.

[]’s

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Na verdade, como foi amplamente noticiado e discutido aqui mesmo…as unidades restantes de A-1 aparentemente “apodreceram” em S. Cruz por falha na manutenção de um desalinizador.

Quanto a matéria, Poggio “meu filho”…. corrige, aí no texto, esta info : ” Boeing A-4 Skyhawk” ….. para “McDonnell Douglas A-4 Skyhawk”….

Sds.

Vader
Visitante
Member

Marcos disse:
1 de maio de 2012 às 13:36

“A alternativa do “embraerforadofx2″ é “odebrechtfabricandocaçacomcumpanheropresidentedanovaempresa”.”

Então não muda muito, porque já PeTralizaram a Embraer.

Sds.