terça-feira, dezembro 7, 2021

Gripen para o Brasil

Novos ângulos do EC-725

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Saiba mais sobre o EC225/725 clicando aqui.

- Advertisement -

31 Comments

Subscribe
Notify of
guest
31 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mauricio R.

Não adianta, podem postar milhares de fotos, desta tranqueira, que será somente isto; uma tranqueira c/ milhares de fotos.
De útil, não tem nada aí.

Clésio Luiz

Fruto da colaboração entre franceses e britânicos, o Puma está aí, sendo produzido até hoje.

Grandes projetos são assim, permanecem em produção mesmo depois da entrada em serviço de seus sucessores.

Mauricio R.

“Grandes projetos são assim, permanecem em produção mesmo depois da entrada em serviço de seus sucessores.”

De fato, o Lynx já está indo p/ a 3ª encarnação e continua firme e forte.
Seu substituto na França será o NH-90 Caiman e na RN será o Lynx Wildcat.
Vai ver que é por isso que os britânicos tem a maior frota de Chinooks, fora dos EUA.
Ou em conjunto c/ os italianos, desenvolveram o Merlin.
Ou os demais países europeus, incluindo os franceses, desenvolveram o NH-90.
Pq chega uma hora, que helicóptero capenga, cansa!!!

Clésio Luiz

Mas quem está capengando é o NH-90, não o EC-725. Até hoje o modelo moderno ainda está enfrentando dificuldades, enquanto o EC-725 está cumprindo missões pelos quatro cantos do mundo, incluindo teatros de guerra.

Por mais que você e outros tentem denegrir a imagem dos produtos franceses eles estão por aí, vendendo e cumprindo missões para seus operadores. Se fossem tão ruins quanto você apregoa, jamais seriam utilizados por tantos operadores. E jamais seriam empregados na linha de frente.

uitinaxavier

Clésio Luiz disse: 11 de março de 2012 às 16:00 Faço de suas palavras minhas palavras pra papagaiada franco fóbica de plantão, falar e malhar e fácil demais querer isso e não querer aquilo também o ruim e projetar e construir e declarar operacional, se um decimo dos falastrões de plantão pegassem uma prancheta uma régua e um lápis, e projetassem um helicóptero e um caça melhor dos que existem hoje, o mundo ia agradecer as vossas genialidades pois isso tá em falta. Que coisa feia ao denegrir a imagem de um produto estão ofendendo milhares de pessoas que participaram… Read more »

Marcelo

lindas fotos, vão para a minha coleção. Que máquina imponente!
Grande aquisição para as nossas forças armadas!

Marcelo

E o que é melhor, com TOT para medias e pequenas empresas ao redor da Helibrás!

Roberto F Santana

Esse helicóptero é muito bom, sem dúvida nenhuma.
Mas essa primeira foto…um trator de terraplanagem tem sua parte inferior mais aerodinamica e lisa que isso.

ricardo_recife

Por que a França comprou mais de 130 NH-090 e 20 EC-725? Alguém responde? Eu respondo! É simples, eles sabem que o Caracal já chegou a seu limite. Por mais upgrades que eles façam o EC-725 no fundo é um helicóptero dos anos 80. Ele ainda vende porque é um bom helicóptero para missões off-shore e SAR. O EC 725 tem menos de cem unidades compradas. O NH-090 tem 700, muito delas francesas. Quanto ao teatro de guerra. O EC 725 não é um bom helicóptero para um missões militares no front, mas sim para transporte atrás das linhas e… Read more »

Marcos

Caro Mauricio R.

Perfeito o seu comenterio.

Marcos

Desculpe, saiu errado, Comenterio não e sim COMENTARIO

Mauricio R.

Aliás essa ToT é bastante curiosa, pois é “d’eu p/ mim mesmo” e nenhuma das empresas envolvidas está montando conjuntos inteiros, somente parte, o restante vem da França prontinho.
Menos aquilo que nos foi negado, então tivemos que pagar p/ trocar.

Marcos,

Obrigado!

ci_pin_ha

Cade o Flir?

Marcos

O “brema” é o preço do dito parafuso voador.

Enquanto nós desembolsamos US$60 milhões por cada um dos SP,
os franceses estão desenvolsando US$37 milhões pelos NH90.

Marcos

Portanto, povo, povo meu, não se trata se o parafuso voador é duzamericanumalvadu ou dos fraceisbonzinho, se é bonito ou feio,
se voa ou não voa, se serve ou não serve, o “brema” é us$ PREÇO.

Marcos

É assim: enquanto os europeus operam os A-330 e os americanos operam o B-767, e agora estão, respectivamente, caminhando para o A-350 e B-787, por aqui todo mundo está eufórico com a aquisição do B-707, um avião sem dúvida maravilhoso, que muitas e muitas companhias aéreas e FAs em todo mundo ainda operam e ainda operarão por muitos e muitos anos.

Marcos

Mais importante ainda é que os franceisbonzinho irão transferir tequinologia par nóis tudo. Talvez até nos ensinem a dar umas demãos de tinta na aeronave.

Não estou brincando. É que pelo jeito nós ainda não sabemos pintar. Tanto é verdade que, pelo menos é o que parece, o incêndio no NAe São Paulo foi propagado pelo uso de tinta inflamável.

Marcos

E um bom nome para o EC-725 poderia ser Carcará.

Mauricio R.

“Cade o Flir?”

Não tem.

O F-ZWBY (1ª e 2ª fotos) tem o suporte do flir, mas está vazio

O F-ZKCC (demais fotos) não tem o suporte do flir sob o nariz, mas tem um Nite Sun(?) ou equivalente, sob a porta do lado direito.

E o esquema das janelas da cabine, tb é diferente.

Carcará 01

Epa, dar meu nome pra heli capenga não!! kkkkkk!!

Pra quem não sabe, Carcará é um passaro imponente e letal aqui do Nordeste, algo parecido com um gavião, sendo o nome do esquadrão de aero fotogrametria da FAB cediado aqui em Recife

Almeida

Ruim ele não é, mas se era pra comprar 50 unidades pra três forças armadas com transferência de tecnologia pagando-se um preço altíssimo, por que não compramos um helo mais moderno e com mais escala e futuro no mercado?

Eu não questiono as qualidades do Caracal, mas sim esta compra, do jeito que foi feita, empurrando um número arbitrário de unidades divididas de maneira igualmente arbitrária entre as três forças, pagando-se os olhos da cara sem licitação em embromação do governo. Com certeza alguns levaram um dinheiro nisso e não foram os empresários…

DrCockroach

Marcos lah de cima (tem dois?) estah divertido… 🙂 Mas realmente o modo de escolha, o preco absurdamente alto sao relevantes, nao adianta mascarar. Mas no fim, o debate chegarah no seguinte: – Foi carissimo, talvez nao seja o melhor heli p/ as missoes, a ToT eh discutivel, etc, mas enfim foram adquiridos (com o seu, o meu, o nosso $) 50 helis. Vcs queriam ok: a) Nada, como sempre? b) 50 helis, mesmo que nao tenha sido a melhor escolha? E o DrCockroach responderia assim: Gostaria que nao vivessemos nao pais de segunda (com todo respeito) em que soh… Read more »

DrCockroach

Meio offtopic, os editores que me desculpem, mas gostaria de prestar solidariedade aos dois Marcos (um sem avatar e outro com dois jets). Um dia neste Blog teve um sujeito postando bobagens tb como DrCockroach, nao resisti, precisei falar algo p/ ele: – “O bobalhao! para de escrever bobagens e assinar como DrCockroach “; – “Bobagem suas as tuas falas, nunca li tanta coisa sem sentido junto!; – “$%!^%@%(!& !%@(!” – “!#)!!*!&@^^) (&&&#&!” – ” WTF!?, ainda usando o mesmo avatar…” – “WTF!? , realmente estranho…” Na verdade, o DrCockroach tem dupla personalidade e nao tinha percepido as proprias postagens,… Read more »

Vader

Roberto F Santana disse:
11 de março de 2012 às 17:20

“Mas essa primeira foto…um trator de terraplanagem tem sua parte inferior mais aerodinamica e lisa que isso”

Achei que só eu tinha notado isso.

Alguém precisa avisar o tal de André Luis (fb) que a Boeing é a americana e a Elbit israelense…

Marcelo

Messier Cafard,
Dadas as 2 alternativas, é claro que escolho a b. Mas acho que a escolha não foi ruim não. Para mim, esse heli só carece de uma rampa traseira, como no Eh-101, que é mais caro.

edcreek

Olá, Fantasticas imagens, e o melhor não precisamos ficar só olhando teremos de cara meia centena deles por ai, e num segundo momento quem sabe mais de uma centena com produção local de pelo menos uns 80% ou mais!!!!! Apesar de a tropa anti-frança falar o contrario o EC-725 é usado extensivamente no Afeganistão, que está dividido em partes sobre o comando de cada pais, mas isso não impediu os ECs de salvarem as tropas Americanas em grande altitude lugar onde o aclamado baba-ovo UH-60 perde potencia, é só ir you tube que tem um monde de video dele, vcs… Read more »

Marcelo

P.S> o UH-60 (que, pela milésima vez, NÃO é concorrente do EC-725…) também não tem rampa traseira.
8)

DrCockroach

Prezado Marcelo, Embora nao entenda sobre helis como os colegas acima, eu nao acho que o EC725 seja um heli ruim, pelo contrario; gosto muito deste video do irmao dele: http://www.youtube.com/watch?v=afI58PRmTJ0 Minhas objecoes sao se estes helis estao dentro dos objetivos prioritarios das Forcas; que terao utilidade acredito que sim, mas seriam as prioritarias? Outro problema eh o preco de US$ 50-60 milhoes por heli (preco de caca). Aqui entao uma “ideia” especulativa da barata: Utiliza-se este valor por heli p/ comprar 50 F-16 novos (ou 36 + refueling adjustments). Basicamente troca-se 50 helis por 50 F-16s. E com a… Read more »

Mauricio R.

“…em todo caso, perguntem a Sikorsky do porque eles terem desistido da concorrência da FAB que culminou na oferta do Caracal.” Será que não foi a “oferta por fora” dos franceses, a “fabricação” desta tralha no Brasil, p/ melarem uma concorrência perdida??? Aliás uma empresa do grupo Embraer (Eleb?), é parceira de risco da Sikorsky no S-92. “Para mim, esse heli só carece de uma rampa traseira, como no Eh-101, que é mais caro.” Faça-nos um favor, mais respeito qndo falar do Merlin, aquilo é H-E-L-I-C-Ó-P-T-E-R-O, faz ASW, faz AEW, que a tralha francesa não faz. O Mi-17V-5 tem ramapa… Read more »

HRotor

Não podemos negar que a “família Puma” consagrou-se como um excelente projeto de helicóptero. Basta verificar todos os modelos, desde o SA330 Puma ao AS332 Super Puma, EC225/EC725, etc, nas mais variadas versões (FAe, FTer, FNaval, off-shore, VIP, etc), usado por dezenas de países, desde 1970. A cada nova geração, há ganhos inegáveis no desempenho, na aviônica e nos equipamentos específicos (FLIR, blindagem, sonda para ReVo, etc). Cabe a cada operador avaliar a relação custo-benefício que a máquina tem para cumprir a missão. Lamentavelmente, constata-se que essa compra dos 50 EC 725 para as FFAA brasileiras foi política e o… Read more »

Mauricio R.

“Apesar de a tropa anti-frança falar o contrario o EC-725 é usado extensivamente no Afeganistão, que…”

A imensa frota de 3 aparelhos Caracal, perdidos em um mar de BH, Hip, Chinooks, etc, etc, etc….

Últimas Notícias

Alto oficial da Força Espacial diz que a China está desenvolvendo capacidades ‘duas vezes mais rápido’ que os EUA

Para o general David Thompson, China pode ultrapassar os EUA em capacidades espaciais em 2030 O vice-chefe de Operações Espaciais...
- Advertisement -
- Advertisement -