Home Treinamento Lá vem a cesta: fotos e depoimento sobre como é reabastecer o...

Lá vem a cesta: fotos e depoimento sobre como é reabastecer o Gripen em voo

684
0

Piloto tcheco que participou de treinamento de reabastecimento em voo, na Suécia, dá alguns detalhes de como é feita essa operação com o Gripen

No início do mês, o Ministério da Defesa da República Tcheca publicou mais uma nota a respeito do treinamento de reabastecimento em voo de seus pilotos de Gripen, iniciado na Suécia no final de fevereiro.

Ainda no último dia de fevereiro, os pilotos  “fizeram história” para a Força Aérea da República Tcheca quando realizaram sozinhos, pilotando aeronaves monopostas JAS 39C, a operação de reabastecimento em voo apoiada por um avião reabastecedor C-130 Hercules sueco. Cada um deles conectou a sonda do Gripen diversas vezes, com sucesso, à cesta do C-130. Participaram do treinamento dois pilotos tchecos, o major Jaroslav Tomaňa e o capitão Petr Dřevácký.

O major Tomaňa disse que “reabastecimento em voo é, definitivamente, uma das missões mais complicadas, especialmente na fase inicial do treinamento, quando o piloto, sem qualquer prática, passa da teoria ao treinamento de voo. Durante as aulas teóricas são projetados vídeos e, em alguns casos gravados em que o piloto não responde à situação da maneira correta, realmente a tarefa parece intimidadora.”

Como evidenciado na descrição a seguir, não é uma tarefa fácil. Na fase final, o piloto busca conectar a sonda a uma velocidade relativa de 5 km/h em relação à cesta, o que pode ser comparado à velocidade de caminhada. Se a conexão é bem sucedida, a borda da cesta fica a aproximadamente 30 cm do canopi. No ar, onde a “proximidade” normal é contada em dezenas de metros, realmente isso é muito perto.

Para fazer uma boa conexão, o piloto deve fazer correções de no máximo 20 cm, quanto à posição relativa da aeronave. Ele não deve concentrar sua atenção na cesta, e sim apenas justar sua posição baseado em referências visuais do avião reabastecedor. O piloto converge para a cesta de uma forma que parece que ela vai bater no canopi. Porém, quanto mais próxima a cesta está, o fluxo do ar ao redor do avião faz com que ela se desloque para a posição correspondente à sonda, e então a posição fica correta para a conexão.

O coronel  Petr Lanči, comandante de base aérea, parabenizou os dois pilotos e acrescentou: “Quanto mais duro é no campo de treinamento, mais fácil é no campo de batalha.”

FONTE / FOTOS: Ministério da Defesa da República Tcheca

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments