Home Infraestrutura Aeroportuária Major Olympio assume o comando do Núcleo da Base Aérea de Santos

Major Olympio assume o comando do Núcleo da Base Aérea de Santos

691
1

Base Aérea de Santos - no Guarujá - foto 4 Nunão - Poder Aéreo

O major Januzzi deixa o posto para cumprir missão internacional na Coreia do Sul

ClippingNEWS-PAO major Olympio de Carvalho Mendes Neto assumiuMo Comando do Núcleo de Base Aérea de Santos (Nubast), onde será implantado o Aeroporto Civil Metropolitano de Guarujá. Na oportunidade da troca de comando, o major Alexandre Januzzi, que cumprirá missão internacional na Coreia do Sul, transferiu o cargo para o seu sucessor.

A cerimônia contou com a participação do Comandante do IV Comando Aéreo Regional (IV Comar), Major-Brigadeiro do Ar, José Geraldo Ferreira Malta; da prefeita de Guarujá, Maria Antonieta de Brito; os secretários adjuntos Maria Eunice Grötzinger (Turismo) e Adilson Cabral (Desenvolvimento Tecnológico e Logístico); e do vereador Luciano Lopes (China).

Em seu discurso de despedida, o major Januzzi recordou que ficou dois anos e 11 meses à frente do Nubast. “Ao ter o privilégio de ter esta experiência brilhante, reconheço e agradeço a oportunidade de exercitar a liderança em prol do cumprimento da Força Aérea”. Ele citou ainda que foi um compromisso desafiador, “uma verdadeira escola de vida conduzir esta imensa nave chamada Nubast e pilotar esta nau às margens do maior Porto da América Latina”, ilustrou.

Januzzi complementou ainda que o engrandecimento enquanto ser humano por conta de tudo que viveu é o que fica desta experiência. Questionado sobre os momentos mais marcantes vividos à frente do comando da Nubast, o major respondeu que foram “a indicação para vir comandar a Base Aérea; a assunção ao posto, que é o desafio; e a missão cumprida, com a assinatura da outorga do Aeroporto Civil Metropolitano”, pontuou.

A prefeita Antonieta ressalta que o Núcleo de Base Aérea é emblemático para a identidade de Guarujá e Vicente de Carvalho. “Quem mora na nossa Cidade não consegue enxergar sua história sem a Base. Há anos venho de muitas lutas, com a então deputada Mariângela Duarte, hoje minha secretária de Cultura, para a manutenção e permanência da Base Aérea em Guarujá. O amor que o cidadão guarujaense tem pela Base Aérea é muito grande porque ela está aqui antes de Guarujá e Vicente de Carvalho se tornarem independentes de Santos. Já no meu governo, nós conseguimos algumas conquistas junto à Força Aérea, como a assinatura da outorga do Aeroporto. O Aeroporto é estratégico para a Região, Estado e para o Brasil”, relatou.

Trajetória – O novo comandante da Base Aérea, major Olympio, nasceu em Volta Redonda, no estado do Rio de Janeiro, e ingressou na Força Aérea em 1996. Formou-se em 1999 e seguiu o caminho de aviação de caça, pilotando as aeronaves AMX e Xavante. Ele conta que teve uma carreira voltada à área operacional e agora, com a evolução natural, passa a ocupar uma posição de administração da Base Aérea, e proverá o apoio para as unidades da Força Aérea, que venham necessitar.

“Quero aproveitar a oportunidade para exaltar o trabalho realizado pelo major Januzzi. É inegável a sua dedicação no Núcleo de Base Aérea e vou me empenhar para dar continuidade a este excelente trabalho. Tenho 18 anos de Força Aérea e o amor por ela e pela Nação só aumentam. A oportunidade que ela nos proporciona de aprender a lidar com o ser humano e liderar pessoas, seja pilotando uma aeronave de caça ou conduzindo uma tropa de cadetes. O mais importante é o sentimento de dever cumprido na direção dos objetivos da Força Aérea”, concluiu.

Base Aérea de Santos - no Guarujá - foto Nunão - Poder Aéreo

Guarujá e Santos pedem uso da Base Aérea durante a Copa do Mundo

A prefeita Maria Antonieta e o prefeito Paulo Alexandre Barbosa encaminharam ofício ao presidente da Anac

A Baixada Santista deve receber três seleções durante a Copa do Mundo 2014: Bósnia, que deve se hospedar em Guarujá; e México e Costa Rica, que ficarão em Santos. Para facilitar o deslocamento das delegações dos três países, a prefeita de Guarujá, Maria Antonieta de Brito, e o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, encaminharam um ofício ao diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Pacheco dos Guimarães, na última segunda-feira, solicitando a realização de operações eventuais para receber aeronaves das seleções no período da Copa do Mundo.

O pleito foi realizado pelas duas cidades porque o Comitê Organizador (COL) indicou o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, para ser utilizado pelas delegações. Como o equipamento fica a 95 quilômetros da Baixada, os prefeitos entendem que o deslocamento provocará desconforto aos jogadores por conta da altitude da Serra do Mar e o congestionamento de carretas que trafegam em direção ao Porto.

Como as federações estrangeiras têm a expectativa de uma operação mais facilitada, ambos os municípios apontam no ofício que as instalações do Núcleo de Base Aérea são viáveis para o evento internacional, considerando ainda a manifestação da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). Neste sentido, as cidades solicitaram que a Anac avaliasse a possibilidade da realização de uma operação eventual no aeródromo de equipamento de pequeno e médio porte.

Antonieta e Paulo Alexandre se comprometeram ainda a enviar nas próximas semanas laudo feito por especialistas para fundamentar o pedido.

FONTE: Diário do Litoral, via Notimp

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás

Já decolei e pousei como passageiro, é fantástico.

Fico imaginando no comando de uma aéro.