Home Indústria Aeronáutica Ação da Bombardier cai após grande pedido por jatos da Embraer

Ação da Bombardier cai após grande pedido por jatos da Embraer

181
3

CSeries Complete Airframe Static Test (CAST) nas instações de St-Laurent em Québec - foto Bombardier

Nicole Mordant

vinheta-clipping-aereoA ação da Bombardier caía nesta quinta-feira após o anúncio de que a fabricante rival de aeronaves Embraer anunciou uma grande encomenda de jatos regionais nos Estados Unidos, tradicionalmente forte para a Bombardier.

A Embraer firmou acordo avaliado em até 4 bilhões de dólares para fornecer jatos regionais para a rede regional da American Airlines.

A Embraer e a Republic Airways assinaram um contrato por 47 jatos E-175, com uma opção de adquirir mais 47 aeronaves. As novas aeronaves serão operadas pela Republic sob a marca American Eagle, da AMR.

Embora não conseguir o contrato seja decepcionante para a canadense Bombardier, a Republic e a Embraer têm um longo histórico de cooperação, dificultando para a Bombardier bater a concorrente, disse o analista Chris Murray, do PI Financial.

“Não é como se não houvesse outras encomendas que esperamos ver fora dos EUA”, disse ele.

Outras aéreas norte-americanas que podem renovar suas frotas regionais no curto a médio prazo são a United Continental e U.S. Airways. Um executivo sênior da Embraer disse à Reuters que a companhia espera mais demanda da American Airlines mesmo após o pedido da Republic.

A ação da Bombardier chegou a cair 2 por cento na bolsa de valores de Toronto nesta quinta-feira. Às 16h05 (horário de Brasília), o papel recuava 1,2 por cento, para 4,08 dólares canadenses, num dia de mercado em alta.

FONTE: Reuters

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Corsario137
Corsario137
7 anos atrás

Um dia é da caça… 😉

Nick
Nick
7 anos atrás

Sentiram o golpe… 🙂

Gilberto Rezende
Gilberto Rezende
7 anos atrás

Mais uma notícia boba, igual a “perda” da Embraer da encomenda da Delta Air Lines em dezembro.

http://www.aereo.jor.br/2012/12/07/bombardier-leva-contrato-disputado-com-embraer/

A Delta opera frota Bombardier e CONTINUOU…

A Republic opera frota Embraer e CONTINUOU…

NADA MUDOU PORTANTO…

Este tipo de notícia é RELEVANTE e algum fabricante PERDE DE FATO quando um empresa que operava com seu avião TROCA-O pelo modelo do concorrente na nova compra. O que é MUITO DIFÍCIL, pois o mercado vê com maus olhos pois aumenta os custos de logística, treinamento e manutenção da empresa. No cenãrio atual NENHUMA empresa aérea OUSA dar este tipo de sinalização ao mercado…