Home UAV Governo federal abandona programa de combate ao tráfico usando aviões-robôs

Governo federal abandona programa de combate ao tráfico usando aviões-robôs

218
28

Equipamentos de projeto no qual já foram gastos R$ 73 milhões estão parados em hangar

 

Leia matéria da revista Época clicando aqui.

28
Deixe um comentário

avatar
28 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
19 Comment authors
Leandro RQAQUINO CORREIA JAPIASSÚ FERROJuarezEDurvalricardo santos Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Daglian
Visitante
Daglian

Ah sim, gastaram 73 milhões para depois cancelarem tudo. Lógico, é dinheiro público, quem liga?

Não irei nem entrar no “mérito” político disto…

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Alguém acha que o governo brasileiro vai tomar alguma medida para prejudicar o índio e cumpanhero cocalero ou aquela turma de revolucionários armados lá da Colômbia?

Depois querem o caça francês! É outro que vai ficar em solo.

joseboscojr
Visitante
Active Member
joseboscojr

Para um país que constrói ponte no meio do nada, estrada que vai de nenhum lugar pra lugar algum, etc, não me espanta que também não tenha havido planejamento para usar esse VANT. Somos um país tão atrasado que quando fiquei sabendo que iríamos usar um VANT para vigilância nem dei muita atenção ao fato porque sabia que era “chama de palha”, coisa pra inglês ver, que no dia da “inauguração” tem toda a pompa e circunstância com direito a discurso, hino nacional e mão no peito. E se brincar até algumas lágrimas rolaram. Depois, o “entusiamo” acaba e como… Read more »

ci_pin_ha
Visitante
ci_pin_ha

Isso é por que estão previstos mais 13 Vants.

jacubao
Visitante
jacubao

Tá parecendo até aquela história das locomotivas compradas pelo estado de São Paulo da França ha várias décadas e nunca foram usadas e hoje são puro ferro velho.

Vader
Visitante
Active Member

Descaso, incompetência, arrogância, tudo isso misturado com a pressa estúpida que fez do PAC o maior desvio de verbas desde os anões do orçamento.

É isso aí minha gente. O Brasil do PT é isso aí. Nada mais.

E aí ainda vejo neguinho defendendo o caça mais caro de adquirir e com a manutenção mais complicada do FX2.

Blind Man's Bluff
Visitante
Blind Man's Bluff

Por que investir em VANTS para combater o trafico de drogas, armas e contrabando? Bastava legalizar as escutas telefonicas e investições contra os “oficiais” do Brasil e teriamos muito mais resultado. No final fica claro quem se beneficia com todo esse proibicionismo, sejam eles de drogas, de armas ou simplismente do ato de investigar e punir.

Nick
Visitante
Member
Nick

Transfere tudo para a FAB, apesar que esse sistema não é Elbit.

[]’s

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

E daí que esses UAS não são da Elbit??? Aonde está escrito que a FAB só pode usar, se for da Elbit, ou pior da “laranja gaúcha” desta??? Reservas de mercado não levam a nada, como já deveríamos estar carecas de saber. Na informática foi assim e nos helicópteros é assim e o país não ganhou nada c/ isso. Tanto melhor que não sejam da Elbit, até pq esses UAS da IAI, tem capacidades diferentes daqueles outros “emprestados” á FAB. O mais importante nem isto é (sic), mas o descaso c/ o dinheiro público e o desiteresse calculado do próprio… Read more »

Grifo
Visitante
Grifo

Senhores, equipamento sem necessidade comprado às pressas na véspera das eleições por gente que não entende nada do assunto dá nisso.

Só torço para que estes equipamentos NÃO sejam entregues a FAB. Tentar consertar a trapalhada agora vai sair muito mais caro do que simplesmente parar.

Grifo
Visitante
Grifo

Senhores, lembrando que os VANTS já são usados no policiamento das fronteiras. Só que por quem sabe:

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5377248-EI306,00-Com+aviao+naotripulado+FAB+apreende+t+de+drogas+na+fronteira.html

Ozawa
Visitante
Member
Ozawa

Meu único consolo é que o/A responsável por isso, um dia…, um dia…, também estará encaixotado/A em algum lugar. Porque, por aqui, e por isso, nada irá acontecer com ele/A…

Agora, se fosse aeronave do GTE…

Tadeu Mendes
Visitante
Member
Tadeu Mendes

A palavra chave no Brasil e: Improvisacao.

Tudo feito sem planejamento, sem organizacao e sem um delineamento claro do plano operacional e objetivos de longo prazo.

Se a ate a PF esta em greve (um verdadeiro absurdo, imaginem o FBI em greve), o que mais podemos esperar dessa grande baderna em que se tornou o Brasil????

Tadeu Mendes
Visitante
Member
Tadeu Mendes

Vader,

O GF matou o FX-2 porque a Dassault nao tem condicoes de competir com a Boeing.

O Brasil perdeu o bonde outra vez.

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Nenhuma novidade…. há pelo menos 500 anos isto acontece.

Nas próximas eleições os idiotas votarão novamente….

Paredão gente….. paredão….. este país precisa de exemplos….. e não de programinhas de loiras idiotas e novelinhas imbecis….. sobre gente que um dia vive no lixo e no outro é milionário…

Vamos acordar…. e cobrar dos responsáveis este tipo de coisa….

Sds

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

Bem, eu cantei esta m…..a antgecipadamente lá forum da alkide a uns dois anos quando compraram estes UAVs, e então todos os esquerdopatas psicóticos caíram de pau em cima. Muito bem tái, mais uma vez aquele velho ditado da logística aeronáutica: COMPRAR NÃO SIGUNIFICA OPERAR…….. Por isto a FAb optou começar por um UAV tática de médio porte para aprender a doutrina e em seguida evoluior para um Estatégico, e ainda aopção pela Elbit é bem simples. manutenção fácil e parte dela feita no Brasil em POA, peça chegado no outro dia via Sedex. Agora, nós contribuintes estamos com a… Read more »

fragatamendes
Visitante
fragatamendes

Isto é “PT”……….Só quero saber quem foi que levou os 20% da compra.Abraços do MENDES.

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

Não sei se foi 20, 10 ou 30%, mas ajudou a financiar uma campanha eleitoral que elegeu um governador. E nós patetas pagamos…

Grande abraço

ricardo santos
Visitante
ricardo santos

Cancelaram porque, tinha uma grande change de funcionar….

EDurval
Visitante
EDurval

Senhores, Uma matéria para fazer barulho mais que contem o âmago do problema: “A origem do imbróglio está em divergências na cúpula da PF desencadeadas em 2011. Em janeiro daquele ano, a direção-geral da PF mudou de mãos, passando ao delegado Leandro Coimbra. Ele assumiu o posto no lugar de seu colega de profissão Luiz Fernando Corrêa, que defendia para Dilma o emprego dos aviões-robôs. Na gestão de Coimbra, contratos foram interrompidos. A mesma empresa que forneceu os aviões, a Israel Aerospace Industries, treinaria uma congênere brasileira para cuidar da manutenção do programa no futuro. O argumento usado pela área… Read more »

Grifo
Visitante
Grifo

Caro Edurval, o negócio já começou errado ao selecionarem uma aeronave que não tem manutenção no Brasil, sabe-se lá porque critérios. Passa também por escolherem um modelo de maior porte, muito além das necessidades policiais e somente usado no resto do mundo por Forças Armadas, que fez o custo de operação e a estrutura necessária ficar ainda mais maiores. Depois fazerem um enorme investimento (treinamento de *13* pilotos??) sem ter sequer um mínimo de doutrina de operação. Tudo feito às pressas para o negócio sair antes das eleições. Dizer agora que as causas do fiasco são meras “divergências” pessoais, ou… Read more »

EDurval
Visitante
EDurval

Grifo disse: 13 de agosto de 2012 às 11:35 Discordo que o aparelho seja inadequado para o tamanho das fronteiras do Brasil, que é praticamente um continente, a maioria das demais forças policiais do mundo não tem uma área de fronteira tão extensa para patrulhar. Concordo que o projeto deveria ter começado com um aparelho menor para aprendizado da doutrina de operação de Vants. Mais pode se ler na matéria que a troca de comando da força afetou o projeto, isso me lembra que a base de Anápolis quase foi cancelada por mudança de comando da FAB, aqui no Brasil… Read more »

Juarez
Visitante
Juarez

Senhores! Isto aí, como eu já disse anteriormente, é um somatório de irresponsabilidade com o erário público, irresponsabilidade com a segurança de vôo, dada a falta absoluta de critérios e parãmetros de operação para este tipo de aeronave que somente agora após a FAB realizar varios vôos, começa a delinear um manual de operação e ainda também, a já famosa “comission by me” envolvendo a coisa pública…

Segue o funeral, previamente agendado……

Grande abraço

Vader
Visitante
Active Member

Pois é, isso é para esfregar na cara de um certo “jornalista especializado” que agora consta andar a dar consultoria no MD. E de muitos outros trolls de internet e habitantes de “bunker´s” eletrônicos a soldo de um determinado ParTido, que encheram nosso sacolé quando dissemos aqui que a defesa aérea das fronteiras estava sendo repassada à PF à revelia da FAB, que tem tal atribuição. Esse acordo só se deu porque o mentecapto do Ministro da Justiça da época queria montar sua própria Força Aérea, sem incluir a FAB na coisa toda. Deu no que deu. Arrogância, pressa eleitoreira,… Read more »

Vader
Visitante
Active Member

PS: ah sim, o que ele tentou sem sucesso fazer na PF ele tentará fazer de novo no RGS.

AQUINO CORREIA JAPIASSÚ FERRO
Visitante
AQUINO CORREIA JAPIASSÚ FERRO

TAL SITUAÇÃO É FALTA DE CAPACIDADE TÉCNICA. A VIGILÂMCIA SÓ PODE SER FEITA COM PESSOAL QUALIFICADO.

AQUINO CORREIA JAPIASSÚ FERRO
Visitante
AQUINO CORREIA JAPIASSÚ FERRO

RETIFICAÇÃO: VIGILÂNCIA = VIGILÂMCIA = GF=BRASIL=BRAZIL.

Leandro RQ
Visitante
Leandro RQ

Pessoal, esse é o Brasil do PT.
Eu não esperava nada diferente disso.
Na época da compra tudo isso foi avisado aqui.
Terminou exatamente do jeito que os colegas previram.