Segundo o jornal El País, o Uruguai decidiu comprar seis aviões de combate do Brasil por US$ 100 milhões, para renovar a frota da Força Aérea Uruguaia (FAU). A decisão do governo de Luis Lacalle Pou foi informada por fontes do Poder Executivo ao jornal.

O ministro da Defesa do Uruguai, Armando Castaingdebat, anunciou o andamento das negociações com a Embraer para aquisição de 6 exemplares do Super Tucano. A compra estimada em 100 milhões de dólares poderá ser paga entre 10 e 15 anos.

O jornal destacou informações, da própria Embraer, sobre o Super Tucano ser líder mundial na sua categoria com mais de 260 aeronaves encomendadas e mais de 500 mil horas de voo voadas, das quais cerca de 60 mil em operações ativas.

Ainda segundo o jornal El País, o ministro Armando Castaingdebat atualizou os senadores de todos os partidos, nesta segunda-feira, sobre o processo desta aquisição. Enquanto isso, técnicos da Embraer chegaram ao Uruguai neste final de semana para manter intercâmbio com o pessoal da FAU.

O noticiário Subrayado destacou a fala do ministro da Defesa, ao sair do Parlamento, afirmando que essa aquisição representará “um antes e depois na Força Aérea Uruguaia, numa política de blindar o máximo possível a fronteira do Uruguai”. A compra deverá incluir um pacote tecnológico.

O ministro também informou a aquisição de um avião Brasília.

Subscribe
Notify of
guest

156 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Moriah

Boa! Ótima notícia Uruguai!

BLACKRIVER

Para se ter uma ideia do quanto é boa essa notícia em termos de UP GRADE

Uruguai: 176.215 km²
X
Brasil: 8.510.000 km²

Quando se trata de comparar km² coberto por cada avião, seria o equivalente ao Brasil ter 290 ST

Eu Eu Eu

Nós temos o gripen, F5 e Amx.. e, eles o que tem para entrar nessa conta? Descabido isso…. Pois o Tucano praticamente vai ser o único vetor…

BLACKRIVER

Eles não tem nada…
Até mesmo por que não precisam, o problema deles são basicamente os mesmos que os nossos: TRAFICANTES
E para cuidar de traficantes intrusos o ST é o avião perfeito, basta estar baseado no local certo… algo que o Brasil ainda não fez decentemente.

E me conta uma coisa…
Quantos F5temos?
Quantos AMX temos?
Quantos GRIPEN temos?
Onde eles estão baseados?
Qual a autonomia desses caças?
Temos reabastecedores de prontidão 24/7?
Quanto tempo eles demoram para chegar até as ameaças?
Temos Infraestrutura para deslocar de imediato e operar esses vetores nos pontos mais remotos do país?

Last edited 12 dias atrás by BLACKRIVER
Amaury

Desculpe mas sua base de cálculo não faz muito sentido. Você deveria levar em conta a extensão das fronteiras secas em quilómetros dos dois países e até a extensão do litoral. Mas a área não parece fazer sentido para a missão para a qual os aviões serrão destinados. E comparando extensão de fronteiras temos uma relação avião / Km melhor para o lado brasileiro….Claro que falando apenas em números

BLACKRIVER

Pra você ter uma ideia a área a ser coberta por avião é o equivalentemente há 3.000,000 campos de futebol.

Marcelo

Se no Brasil tivesse um politica de estado séria e não essa putaria politica atual,era para todos países da america do sul ter comprado o super tucano com financiamento via BNDES para ajudar a industria nacional.
Mais o Brasil não é para amadores !!!

BLACKRIVER

Complementando…
Poderíamos ser um uma excelente fonte de suprimentos, aviões e munição para os vizinhos da américa do sul e central.

Camargoer.

Exato.. já comentei aqui da necessidade de um FMS-BR.

Contudo, acho que precisa estar envolvida em um processo de offset para incrementar a industrialização dos países que aderiem ao programa.

Quando falo em OffSet pode ser em qualquer setor. Por exemplo, um investimento na agricultura no Paraguai daria um grande impulso na produtividade lá.. mas isso é apenas um exemplo, Pode ser qualquer coisa.. produção de medicamentos para o setor pecuário, industria de construção civi… etc

Last edited 12 dias atrás by Camargoer.
TeoB

FMS BR pra levar calote de pseudo democracia sul americana?
Só pra refrescar a memoria nao faz muito tempo que um dos Camaradas vizinhos passou a mao em instalações da petrobras com o discurso populista de nacionalizar os recursos do povo bla bla bla.
Fora porto, gasoduto, metrô… Brasil toma calote de todo mundo, menos do povo pagador de impostos! Esses tem que pagar tudinho pq se não o leão pega!
Não doi a toa que o gigante virou anão diplomático.

Fernando "Nunão" De Martini

Brasil toma calote de todo mundo

TeoB,

Segundo o próprio BNDES, foram feitos empréstimos para financiar exportações para cerca de 40 países, e (ao menos conforme as informações de alguns anos atrás, quando isso virou polêmica) em apenas 3 países houve problemas de calote.

https://agenciadenoticias.bndes.gov.br/detalhe/fatoboato/Boato-BNDES-so-empresta-para-Cuba-Venezuela-Angola-e-Mocambique/

https://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/imprensa/noticias/conteudo/nota-sobre-financiamento-a-exportacao-de-servicos

Alejandro Pérez

Os ST do Uruguai serão financiados pelo BNDS em 15 anos. A compra foi anunciada depois de uma reunião entre Lula e Lacalle Pou.

Dudu

Vão ser novos ou usados ?

Guacamole

Acho que novo porque cada ST custa uns 15 milhões.
Os 10 que faltam deve ser algum tipo de off-set naquele pacote de técnologia.

Eduardo

E mais o Brasília. Esse sim, usado.

Thunder

Esse Embraer Brasília já foi comprado de uma empresa do caribe. A intenção é substituir o bandeirante que foi perdido em um incidente no aeroporto uruguaio

Alejandro Pérez

O Brasilia foi comprado.

Osmar

Mas um super tucano é tão barato assim ?

Camargoer.

O valor do avião muda dependendo do pacote de apoio logístico e do tipo de sensores adquirido.

Eu chuto que o avião em si custe algo em torno de US$ 6,8 milhões.. um pouco mais ou um pouco menos.

Estou curioso sobre o pacote financeiro. Terá sido BNDES?

Deutsch

Orra da mais de 500 milhões de reais .

Camargoer.

Oi. Isso… o contrato inteiro deve ser da ordem de R$ 550 milhões… dinheirão.. cada A29 seco (sem apoio logistico nem nada) deve ser da ordem de R$ 40 milhões

Alejandro Pérez

Radares Saber?

Orivaldo

Meteu a faca heim

Eduardo

Uma pena serem só 6. Caberiam mais no orçamento, no mínimo 8 a 10 para quem não tem nenhum e vai pagar em 10 anos. E, antes tarde do que nunca esses aviões.

Rafael

Pensei a mesma coisa.
Mas parcelar 100 milhões de dólares em 10-15 anos me chamou a atenção.
Se um dia resolverem operar caças vão propor 50 anos de prazo para pagar…

FABIO MAX MARSCHNER MAYER

O Uruguay tem o PIB menor que o do Paraná e 1/3 da população, é um país que, embora ostente bom IDH e pouca pobreza, não é rico. E certamente sofre com o alto preço de equipamentos militares: todas as suas compras militares são muito bem negociadas, pelo menor preço possivel…

Camargoer.

Caro. Itaipu foi construída com um financiamento de 50 anos… o ProSub e o Fx2 também têm financiamentos internacionais. Obviamente, é melhor uma exportação financiada que perder a exportação. Explico. Um importador assina um financiamento com o país exportador. O agente financeiro faz o aporte para a empresa exportadora produzir o bem. A empresa recebe o dinheiro praticamente a vista ou em poucas parcelas, dependendo do cronograma de produção. O importador recebe o bem, usando-o imediatamente enquanto faz o pagamento parcelado para o agente financiador. O agente financiador recebe juros. Se o importador precisar de 10 ou 50 anos, isso… Read more »

Jadson S. Cabral

Melhor para quem vive de juros. No caso, os bancos. Nunca vi banco chiar para não querer parcelar. Geralmente já oferecem com um numero de parcelas enormes para você se encantar com o valor baixo da parcela. Depois o ferro entra

Camargoer.

Então… o crédito é a base do capitalismo, algo e surge lá em Veneza durante o mercantilismo.

A alternativa é o comunismo.

Last edited 13 dias atrás by Camargoer.
Carlos I

Vi tua resposta em outro comentário mas me faltou tempo para responder então vai aqui já que coloca a mesma alternativa. De maneira teórica a economia planificada do comunismo foi enterrada por Hayek, isso até me entristece um pouco, embora nunca tenha usado possuo um diploma em Ciências Contábeis e quem deveria ter feito isso era um contator que trabalhasse com contabilidade de custos, dito isso nunca nenhum economista chegou perto de me dizer como seriam calculados os custos em uma economia assim. Na prática, depois de tantos fracasos e milhões de cadáveres, somente alguém muito sádico com fome de… Read more »

Camargoer.

Olá Carlos. Eu nem defendi nem ataquei o capitalismo ou o comunismo. Eu afirmei que o crédito é a base do sistema capitalista. Em outros momentos, lembrei também que o capitalismo tem ciclos de crescimento e de recessão, os quais podem ser mais longos e intensos dependendo do tipo de politica anticíclica aplicada Tem muita gente que quer ser capitalista mas se coloca contra a ideia do crédito. Crédito é dívida. Por isso, o capitalismo é essencialmente baseado em dívida, seja ela pública ou privada. Sem dívida, ou crédito, não existe capitalismo. Além disso, como o capitalismo oscila entre recessão… Read more »

FABIO MAX MARSCHNER MAYER

E quando o banco é estatal, caso do BNDES?

Jadson S. Cabral

Aí pode oferecer juros baixos sob sob a justificativa de que está fomentando a industria nacional e mantendo empregos no país, o que, por tabela, gerará muito mais retorno para o estado em impostos e consequentemente para a população. Faz sentido que seja assim! Precisamos que um banco público de fomento exista, que ele seja maior e mais abrangente

FABIO MAX MARSCHNER MAYER

Mas ele funciona porque cobra juros, se não os cobrasse, nem existiria!

Atirador

Os esquadrões da FAU costumam ter isso ai 6 aeronaves

Alejandro Pérez

Ano eleitoral…milagre fechar o negócio. Aqui foi política acima de tudo.

Camargoer.

Então.. uma compra destas é também política… é preciso costurar muita coisa. Eu não sei como uma venda de meia dúzia de aviões possa afetar eleições municipais, a não ser em Gavião Peixoto. Gosto muito de um sociólogo que analisa eleiçoes, o Alberto Almeida. Ele propõe que as eleições municipais possuem uma dinâmiica própria. Ele inclusive postula uima escala de preferẽcia interessante. 1) prefeito tentando reeleição 2) ex-prefeito que tenta uma nova eleição 3) vice prefeito. Além disso, ele divide as eleições majoritárias em dois tipos 1) continuação e 2) mudança. Ele fez uma avaiação de todas as eleições mojoritárias… Read more »

Jorge Cardoso

“Eu não sei como uma venda de meia dúzia de aviões possa afetar eleições municipais, a não ser em Gavião Peixoto”.

https://www.poder360.com.br/internacional/uruguai-define-candidatos-a-presidencia-esquerda-lidera-pesquisas/

Santamariense

Se tu fosse um pouco menos “professoral”, querendo dar aula em cada comentário, teria percebido que o Alejandro Pérez é uruguaio e ele se referiu às eleições presidenciais no Uruguai, que acontecem nesse ano de 2024.

Jorge Cardoso

Tchê, todos os comentários, apenas nesse post (que novidade! 🤔), divergem do tema.

Mas, o pior, é não lembrar do Alejandro.

Forista, das antigas, que fala, única e exclusivamente, sobre a República Oriental do Uruguay, país que, pela simples leitura de seu nome, presumo que ele seja natural.

Se for, espero que ganhem a Copa América.

Rafael Oliveira

Essa compra está atrasada uns 20 anos.
Que bom que saiu agora e que o fato do governo uruguaio ser de Direita não atrapalhou a compra de um país governado pela Esquerda.

EduardoSP

Pois é, precisamos abandonar esse maniqueísmo esquerda/direita.
O mundo é muito, mas muito mais complexo do que esses esquemas binários e burros.

Caravaggio

É pq o governo do Uruguai é de direita, a direita clássica, não a extrema-direita. A direita civilizada e alfabetizada. Veja o que ocorre na Argentina.

AVISO DOS EDITORES: O ASSUNTO JÁ DESVIOU TOTALMENTE DO TEMA DA MATÉRIA. VOLTEM AO TEMA PRINCIPAL.
LEIAM AS REGRAS DO BLOG:
https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Camargoer.

Olá C. Exato. Você tem razão em lembras que os regimes extremistas estão fora do arranjo democrático Eu defendo que inexiste o centro neutro, mas existe o centro democrático ocupado pela esquerda e pela direita democrática, as quais são bastante difusas. Dentro do centro democrático pode-se encontrar os progressistas, conservadores, trabalhistas, liberais, socialistas… etc.. todos comprometidos com a democracia. Fora da democracia, existem os arranjos de direita e esquerda extremistas, como por exemplo os fascistas. Há certa confusão nesta discussão… um deles é assumir que capitalismo é sinônimo de democracia. São coisas diferentes. Outra coisa é assumir que ou a… Read more »

LeoRezende

“Extrema-direita”…rs.

Jadson S. Cabral

E qual compra militar também não é política? Aliás, qual projeto do governo, seja ele qual for, não é político?

Eduardo

Parabéns, agora no aguardo pelas vendas ao Paraguai também.

Funcionário da Petrobras

Não sabia que o ST custava tudo isso.

Osmar

Tudo isso ? Para mim tá de graça , nunca vi uma tecnologia tão barata , n ser que n seja novas

Fernando EMB

São novas. Esse é o preço de um ST… Na casa dos USD 15 milhões a unidade (o que pode variar de acordo com a configuração).

EduardoSP

Aviões são caros. Um bimotor pequeno, a pistão, para 9 passageiros custa cerca de US$ 3 milhões (Tecnam P 2012).

Fabio Araujo

Mas você esque da tecnologias militar embarcada que não é barata, armamentos, sistemas de comunicação criptografados, blindagem, assentos ejetores e etc, tudo isso encarece o preço.

Camargoer.

O valor considera o apoio logístico, treinamento…. Como tem um financiamento, não sei se inclui os juros tambem

Antonio Neto

Solo los Hermanos que no hacen nadica de nada.

Filipe Prestes

Não espere nada vindo da Argentina. No mais eles tem o T-27, Texan II e o produto nacional que é o Pampa III, então não é como se o A-29 fosse algo prioritário para a FAA. Mas dali que não se espera nada é que não virá nada mesmo.

Rafael Oliveira

Após a compra do Texan II, não faz mais sentido para a Argentina comprar o Super Tucano.

JS666

Pois é, só para complementar, eles estão modernizando os Tucanos deles e tem um projeto super antigo de remotorizar os Pucarás para os trazer de volta a vida (Pucará Fênix), 0 chance de ST por lá.

Kleber Peters

Acho que este do Pucará pode esquecer. O molho sai mais caro que o peixe.

Rafael Oliveira

Pelo jeito a Embraer terá que colocar a todo vapor a linha de produção do Super Tucano em Gavião Peixoto.

Waldir

Excelente notícia para ambos os países. Uruguai vai estar muito bem servido com o super tucano. Melhor da categoria.

Gabriel BR

Excelente! Uma América do Sul forte é do interesse de todos

Filipe Prestes

6 STs nem de longe mudam alguma coisa no panorama da AS.

Camargoer.

Então…. os A29 são eficientes para atua contra aviões pequenos e COIN. Eles possuem um esquadrão de velhos A37… provavelmente com dificuldade para obter peças de reposição.

Provavelmente vai mudar o panorama de contrabandistas.

Santamariense

Para a AS, com certeza, não. Já a FAU vai evoluir décadas, saindo dos vetustos e arcaicos A-37 para o A-29. E, no entorno do Uruguai, vai ter mais efetividade e colaboração no combate à ilícitos.

Last edited 13 dias atrás by Santamariense
JS666

Muda pro Uruguai: vão poder operar de noite plenamente, além de eventual capacidade de ataque de precisão.

Camargoer.

Olá Gabriel. Eu defendo muito a integração dos países latino-americanos. Quando mais integrada, melhor para todos.

Marcos

Essa classificação como latino americanos é interessante.
Existe um abismo entre Chile e Nicarágua, por exemplo.
Ou entre México e Uruguai.
O fato de todos terem sido colônias de Espanha não é pouco para serem todos colocados no mesmo cesto?
E o Brasil? Os próprios brasileiros não se sentem parte de uma comunidade latino-americana.
Porque essa integração é tão importante?

Camargoer.

Caro. Insisto na ideia. Durante a Convenção de Versalhes, após o fim da I Guerra, Keynes, que fazia parte da comitiva inglesa, abandonou a Conferência por discordar das sanções duras contra a Alemanha, chegando a escrever um livro “O preço da paz”. Keynes defendia, corretamente, ser impossível um país ter estabilidade social, política e econômica em um contexto no qual seus vizinhos são instáveis. Portanto, deste ponto de vista, o bem estar brasileiro depende do bem estar dos demais países latino americanos. É como dominós. Se o bem estar no Brasil depende do bem estar na Bolívia, o bem estar… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini

Só para ajudar na discussão de vocês (porém solicitando que não estendam a ponto de sair do tópico que é a respeito de equipamentos de Defesa – no caso o Super Tucano). A própria classificação e conceito de “América Latina” é discutível. Foi cunhada por um intelectual francês no século XIX, mais ou menos na época em que um imperador (Maximiliano) foi imposto ao México por Napoleão III… Eu recomendo a leitura do relato de uma excelente palestra que tive a oportunidade de presenciar há quase 10 anos, reunindo diversos historiadores de países latino-americanos para discutir se o próprio conceito… Read more »

Camargoer.

Olá Nunão… obrigado pelo texto. Li naquela toada… mas vou precisar ler de novo com calma e procurar alguma coisa complementar… mas foi significativo. Atiçou minhas caraminholas.

Obrigadão.

Felipe

Muito bem apontado, Camargoer.

Machado

Parabéns Professor. Só pra completar o que vc falou, a Constituição Federal da República do Brasil inclusive contém em seu dispositivo essa idéia de integração dos povos latino americanos. Deve ser estimulado pelos nossos governantes. Vc não consegue ser forte se seus vizinhos são fracos. Seus inimigos podem explorar essas fraquezas pra chegar até vc.

Jadson S. Cabral

Embora eu concorde com o Camargoer, acho essa questão de integração dos povos latinos (que eu nunca ouvi falar) e a autodeterminação dos povos na constituição um tanto complicada e com brechas para interpretações… digamos… não tão boas

Camargoer.

Caro. Integração significa livre transito de pessoas e mercadorias, construção de infraestrutura compartilhada, padronização de protocolos de comunicação, integração de sistemas de segurança pública, iniciativas culturais, esportivas e científicas conjuntas, mobilidade acadêmica, convergência legislativa por meio de um parlamento plurinacional, política externa harmonizada… câmaras de compensação de pagamentos… eventualmente uma moeda única… unificação de tarifas e legislação tributária.. a integração pode ter diferentes níveis e momentos.. no limite, até mesmo a unificação administrativo em torno de um governo federativa Existem vários exemplos… os EUA são uma união federativa. A URSS foi uma federação.. a comunidade europeia é um exemplo bem… Read more »

Jadson S. Cabral

O problema é quem vai pagar por isso tudo. Já temos histórico demais de obras que se iniciam e param pela metade depois de fortunas gastas… corrupção demasiada, atrasos ad infinitum… nossos vizinhos não estão muito melhores que nós nesse quesito não (para dizer o mínimo). É aquela velha questão do viaduto do gás boliviano que acabamos chupando dedo, a tal ferrovia atlântico-pacifico que nunca sai do papel… eu tenho muita dificuldade em acreditar que qualquer obra gigantesca desse tipo que dependa do Brasil e seus vizinhos venha a acontecer. Itaipú talvez tenha sido o único caso de sucesso

Camargoer.

Caro. A integração é um processo político que orienta as decisões econômicas, culturais, tecnológicas e tudo mais.. não é um processo que se compra na prateleira. Por exemplo, todos os países demandam investimentos em infraestrutura, os quais se pagam cedo ou tarde. Gosto muito de citar Itaipu porque é um exemplo de sucesso. Resultou de um entendimento entre dois países, e um investimento de infraestrutura, foi financiada por bancos estrangeiros, levou 50 anos para ser pago e beneficia dois países. antes nada existia… agora existe uma das maiores hidrelétricas do mundo. então… considerando isso, quem paga a conta do investimento… Read more »

Bartolomeu

O barão do Rio Branco já falava isso: um vizinho instável é sempre perigoso. Agora integracão latino-americano e para o longínquo futuro. Agora o desafio seria uma integração sul-americana, pensando em um horizonte de 25-30 anos.

Guizmo

Essa teoria keynesiana nao se encaixa no contexto atual. Vide Israel, cercada por países miseráveis. O Mercosul nunca será de fato um bloco eficaz, principalmente pela mentalidade de países como a Argentina – que sempre que pode boicota e sobretaxa produtos brasileiros.

Camargoer.

Caro. A avaliação de Keynes, foi feita no contexto de uma situação de paz. A estabilidade de uma região resulta do bem estar de toda a região. A deflagração da II Guerra e o estado permanente de conflito entre Israel e o vizinhos reforçam este conceito. O Mercosul foi fundado por Brasil e Argentina logo após a redemocratização dos dois países, que são as duas maiores economias da região; A ideia que a estabilidade da região depende do crescimento de todos, inclusive dos países mais pobres como Paraguai, continua valendo, ainda que alguns países eventualmente possam sabotar o Mercosul. Aliás,… Read more »

André Macedo

Existe um abismo entre Japão, Austrália e Espanha, mas todos esses são considerados Ocidente no sentido político-cultural. O Brasil não achar que faz parte da AL é apenas uma falta de conhecimento ou uma certa barreira criada pelo isolamento linguístico

Gabriel BR

Estamos juntos nessa então , amigo.

Camargoer.

Já somos dois… mais alguns a gente enche uma van

MAB

Antes de pensar em integração com vizinhos, tem que arrumar a própria casa. Somos a República Federativa do Brasil, uma federeção que não funciona como tal. Com o poder centralizado e mal exercido. Estados que pagam 2x para união e recebem de volta x/15. Mundo utópico vs realidade ! Mundo utópico na sala de aula , mundo real, o que vivemos (Brasil) a décadas e náo funciona.

Com relação ao assunto da reportagem, muito bem escolhido pelo Lacalle. Pragmatismo sem ranço ideológico em prol das necessidades de seu país, algo impensável na banalândia.

Ander

A Europa se uniu criou a OTAN para se proteger, a comunidade Europeia para ser forte comercialmente e o Euro para se proteger da especulação do Dólar, aqui no Brasil quando se fala de unir a América Latina é ideia comunixxxta, de criar uma moeda é ideia comunixxxta, criar uma “OTAN latina” é uma ideia comunixxxta.

Rinaldo Nery

Quem criou a OTAN foram os EUA.

ANDER

Qual país fora da Europa além dos EUA e Canadá faz parte da OTAN? Eles se protegem se algum for atacado, e nós aqui na América do Sul o que faríamos se algum país fosse atacado? Bem provável que alguns ajudasse o atacante. Quer maior síndrome de vira lata que isso? Exemplo: Chile ajudando o Reino Unido nas Malvinas.

Alejandro Pérez

Bom dia!!

Bom, falo desde um olhar uruguaio.
Será um enorme salto tecnológico para os pilotos da FAU. Sairemos de uma tecnología analógica para uso de Data Link, navegação e ataque de precisão.

Veremos os detalhes da venda. Aparentemente tbm seriam comprados radares Saber no pacote.
Parabêns Embraer e FAU.
Voltamos a adquirir equipamento de defesa NOVO!!!!!

Santamariense

O A-29 colocará a FAU na era do glass cockpit, HOTAS, CCIP/CCRP, NVG, etc. Já o data link eu não sei. O Uruguai possui um sistema de data link? Ou você se refere aos rádios criptografados?

Rinaldo Nery

Os A-29 tem uma rede própria.

Santamariense

É isso é padrão em todos? Tipo, item de fábrica?

Rinaldo Nery

Sim. Faz parte dos rádios Rhode&Scharws.

Santamariense

Mas, isso não seriam rádios com sinal criptografado, com salto de frequência, característica presente nos rádios R&S que equipam os A-29 e F-5M, por sem-pulo, e data link seria uma coisa maior, com mais abrangência, tipo o Link BR 2, que o Brasil está desenvolvendo? Um data link consegue compartilhar imagens e uma infinidade de outros dados. Um rádio, como os R&S, consegue fazer isso? Meu ponto é esse.

Rinaldo Nery

Conseguem. Fui da III FAE e do 2°/6°. Quem começou com data link na FAB foi o 2°/6°. Creio que entendo um pouco disso. Os A-29 e os F-5M possuem uma rede própria.

Santamariense

Rinaldo, onde tu trabalhou e o que fez eu já sei, pois tu falou várias vezes aqui. Eu fiz uma pergunta simples. Se eu tivesse conhecimento pleno do assunto, não teria perguntado.

Rinaldo Nery

Respondi. Conseguem.

Rinaldo Nery

Como exemplo, o líder de uma esquadrilha de A-29 recebe, via data link, a posição dos alas no MFD, o combustível de cada um, o armamento de cada um, e também mensagens de texto, transmitidas pelo UFCP do HUD. Tudo criptografado. O WhatsApp que usamos diariamente é nada mais que um data link, como comparação.

Santamariense

“Como exemplo, o líder de uma esquadrilha de A-29 recebe, via data link, a posição dos alas no MFD, o combustível de cada um, o armamento de cada um, e também mensagens de texto, transmitidas pelo UFCP do HUD. Tudo criptografado.“ Sim, isso eu sei. É um data link limitado. Minha dúvida, ou meu ponto, que parece que eu não consigo explicar ou ninguém está entendendo, é: No meu entendimento, para dizer que o Brasil possui data link, como o link 16 usado pela OTAN e outros países, precisaria ser uma rede que integre todos os vetores, em uma verdadeira… Read more »

Rinaldo Nery

Não. Os A-29 só conversam entre eles, assim como os F-5M. Os E-99 conversam com o Centro Amazônico, único habilitado ao data link. Não deixa de ser data link, apesar de limitado. O LinkBR2 está nos finalmente.

Santamariense

Do link que você colocou: Key benefit: This transceiver of the SOVERON airborne radio family provides national data links that bring real-time, jam-resistant secure transfer of data, voice and navigation information between widely dispersed elements. Essas informações eu já tinha conhecimento. O tráfego de dados e voz entre os A-29, entre os F-5M, etc, já é realidade há muito tempo na FAB. Mas, quando se fala em data link, como o BR2, é um sistema muito maior, que envolve mais e melhores capacidades e que interliga praticamente todos os vetores da FAB, além de vetores do EB e MB. Rádio… Read more »

Rinaldo Nery

O Link BR2 ainda não está operacional. É outra coisa. O data link das FFAA brasileiras.

Santamariense

“ O Link BR2 ainda não está operacional.”

Sim, eu sei. Um dos esquadrões que está trabalhando no desenvolvimento é o Pampa.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER

Boa notícia!

O Uruguay vai entrar numa nova era na sua aviação militar.

E ainda há boa expectativa em relação às vendas para Paraguai e Portugal. Ou seja, o SuperTucano continua sendo um sucesso.

Marcelo M

E Holanda!

Bueno

Sim , já tinha ocorrido anuncio mes 5/2024 da assinatura do Paraguai de intenção de compra de 6 A29

link de matéria da concorrência :-]

https://www.cavok.com.br/paraguai-assina-acordo-para-adquirir-seis-aeronaves-super-tucano-do-brasil

Senhor Maskarado

Boa notícia, parabéns Uruguai e parabéns Embraer pelos produtos de primeira qualidade sempre torcendo por nossa indústria mesmo que haja problemas.

Gilson

Será porque o Uruguai, não quis pedir ( F16 ), aos EEUU, pelo mesmo preço dos Argentinos?

Maurício.

Não sei se a força aérea Uruguaia tem condições financeiras de operar o F-16 ou qualquer outro caça. Mas eu gostaria de ver eles operando um lift com radar e mísseis ar-ar, poderia ser qualquer um, desde o M-346, passando pelo FA-50, L-15, entre outros.

Camargoer.

Suponho que quem tem A29 dispense caças a jato leves.

Agora, o pŕoximo passo será criar o esquadrão de transporte compartilhado usado Kc390

Maurício.

Camargoer, eu penso que um lift do nível do FA-50 coreano, com um bom radar e mísseis BVR, poderia ser até o Derby de nova geração, colocaria a força aérea Uruguaia em outro nível. Na minha opinião simplesmente não dá para comparar um M-346 ou FA-50 com o A-29 na função de defesa aérea, mesmo que de “baixo” orçamento.
Quanto ao “esquadrão de transporte compartilhado”, não vou nem me meter nessa polêmica…😂🤣 Mas na minha opinião, não daria muito certo…

Rinaldo Nery

Isso jamais ocorrerá.

Camargoer.

Olá RInaldo… futuro é aberto. Passado é fechado

rurik

No mundo em que vivemos, nem o passado é garantido….

Caravaggio

Sim,o negacionismo está aí mesmo.

Aéreo

No Brasil, infelizmente até o passado é “aberto”

Camargoer.

riso… acho que foi uma frase do Pedro Malan… continua muito boa

Santamariense

É óbvio que essa ideia de um esquadrão de transporte de uso comum entre países da região é uma ideia sem fundamento, mas não adianta tu querer argumentar … a teimosia é mais forte.

Jadson S. Cabral

Embora eu concorde com o Camargoer, no sentido de que seria muito bom ver uns 12 C-390 voando numa força conjunta latino-americana… A FAB então teria 19 exemplares próprios + uns 5 pelo menos o tempo inteiro?

Mas entendo que isso nunca vá acontecer pela dor de cabeça que teríamos com os vizinhos não pagando sua parte e querendo utilizar as aeronaves do mesmo jeito e da falta de interesse da própria FAB.
Certas vezes já tenho a impressão que não há tanta integração assim entre as próprias forças armadas brasileiras… imagina

Reginaldo

Seria interessante se os países do Mercosul se reunissem para comprarem uns 2 KCs pra uso compartilhado. Seria bom pra Argentina que não pode comprar nada, seria bom para os países que sofrem com queimadas se tiverem um Maffs agregado e pra todos de forma geral, mas como ninguém aqui se interessa em nada…

Camargoer.

Seria bom também para os países pequeno, como Uruguai, Paraguai e quem mais quiser. È mais viável pagar por um determinado número de horas por ano que manter um avião caro com grande ociosidade.

Santamariense

O problema é que a ideia é de o Brasil comprar esses aviões e oferecer horas de voo. Só que o Brasil mal pode comprar os seus próprios e eles estão chegando para a FAB no “fantástico” ritmo de 1 aeronave por ano! Nesse ano, o Equador recebeu um C-130H doado pelos EUA e, nos últimos três anos, Argentina (1 aeronave), Colômbia (3 aeronaves) e Chile (2 aeronaves) também foram presenteados pelos EUA com o cargueiro da Lockheed-Martin. O Peru (2 aeronaves) e Uruguai (2 aeronaves) adquiriram C-130 usados da Espanha. E os EUA tem outras centenas de C-130H que… Read more »

Bardini

O cara viu que na Europa fazem este tipo de operação e passou a querer enfiar isto dentro do nosso contexto regional, sem sequer ter entendido a motivação fundamental que levou a implementação deste tipo de operação na Europa.
.
Lá, eles treinam e operam em conjunto em diversas regiões, executando diferentes missões, dentro do contexto de integração militar estabelecido pela OTAN. Por aqui, não existe nada parecido. Se não temos nada parecido em nossa região, simplesmente não faz sentido estabelecer um sistema de apoio logístico nestes moldes.

Santamariense

Exatamente! Não existe a menor semelhança entre a situação de lá e uma hipotética situação aqui. Mas…a teimosia é forte…

cipinha

Não acho que dispense, uma vez que esses jatos leves tem maior capacidade de interceptação dada a sua maior velocidade, e isso é particularmente mais importante quando pensamos em um país pequeno

Camargoer.

Então…. o valocidade do A29 é da ordem de 550 km/h, maior que a de um Caravan ou de um Cesna, aviões que podem ser usados para contrabando ou tráfico. Neste contexto, o A29 é muito apropriado. Também serve para COIN. Um treinador a jato ou caça leve deve voar em torno de 800 km/h, algo que suponho deve ser a velocidade dos velhos Dragonfly A37 que serão substituidos. Talvez, para o Uruguai, os A29 cumpram todas as missões que os velhos A37 faziam, com um custo de operação menor. Talvez cumpram quase todas as missões. Quero dizer. Se o… Read more »

Cipinha

Pode até ser que no caso do M346 você esteja correto, mas quando falamos de FA-50 é outro mundo desconhecido da FAU, capacidade supersônica, lembrando que foi integrado neles IRIS-T, falam até em meteor, sem contar mísseis e bombas de ataque ao solo

FABIO MAX MARSCHNER MAYER

Há uns tempos atrás, se comentou que haveria interesse em A29 e em M346, mas em pouca quantidade. Talvez seja um processo gradual, o primeiro lote de A29 agora, um segundo lote em alguns anos e depois um lote de M346 (usados).

Gilson

Maurício, eu fiz essa pergunta e obrigado por responder. Mas eu penso que: tem países da África, que são mais pobres que o Uruguai, e opera seu não estou enganado aviões Russos. Será mesmo que o Uruguai, não teria dinheiro para operar F16, usados. Mas tudo bem talvez não precisam de F16, e o Super Tucano, atende sua força aerea. Honduras, por exemplo tem F5, na sua força aérea.

Bueno

Aguardando mais um anuncio, as 6 unidades pretendidas pelo Paraguai!

Que maravilha o Tucano 1 e 2 voando em muitos países da America do Sul

Last edited 13 dias atrás by Bueno
Rinaldo Nery

O que são Tucano 1 e 2?

Bueno

Tucano 1º geração (independente das variantes) T1 / EMB-312 Tucano /T-27/T-27M
Tucano 2º geração EMB-314 Super Tucano /A-29

Last edited 13 dias atrás by Bueno
Alvarenga

EDITADO:
COMENTÁRIO BLOQUEADO DEVIDO AO USO DE MÚLTIPLOS NOMES DE USUÁRIO.

Bartolomeu

E parece que a Holanda também está interessada.

https://www.lrcadefenseconsulting.com/index.html?m=1

Jadson S. Cabral

Fecha logo o pacotão A-29 e C-390. Não duvido que a demora na assinatura do contrato do C-390 seja por isso. Devem estar querendo incluir tudo de uma vez.

Seriam dois países da OTAN operando a aeronave. E por que não outros?

Mario Del Ferro

Ótima aquisição para os uruguaios e empregos gerados aqui

daniel botura

Deveríamos, vender-lhes uns 15 nossos reformados e adquirirmos 15 zeros, né………….será que ninguem pensa deste lado _______
______

EDITADO. MODERE O LINGUAJAR.
LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Jadson S. Cabral

E será que eles querem 15? Será que eles conseguem operar 15? Já se perguntou isso??? Se você vai a padaria comprar 6 pães, é culpa do padeiro não conseguir vender 15 pães se você não precisa de 15 pães? Como que existe gente que não consegue pensar o óbvio?

daniel botura

Cade meu comentario……………………

RESPOSTA DOS EDITORES. FOI LIBERADO AGORA. LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Jorgemateus77

Ao contrário dos comentários abaixo q defendem cegamente qqer coisa da indústria nacional…… esse preço Unitário poderia ser mais baixo para ser mais atrativo….
550milhoes de reais em 6 A-29 é grana de mais

Camargoer.

Então… a FAB pagou US$ 6 milhões por cada A29 há 20 anos. Este valor seria equivalente US$ 10 milhões hoje. Assim, apenas os aviões custariam 60% do contrato.

Isso significaria algo em torno de US$ 6,5 milhões por aeronave de apoio logístico e treinamento dos pilotos e equipes de manutenção.

Claro que seria preciso considerar outros aspectos, como por exemplo os dispositivos OTAN que podem estar fora desta conta, supondo que estes dispositivos serão instalados em Portugal.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER

Olha, se o governo brasileiro adquirisse 6 super tucanos novos, o faria por um preço bem mais baixo: não teria custos de treinamentos, preparação logística, etc…

Jadson S. Cabral

Oxente, produza você um produto e venda sem lucro. Se esse comentário fosse sobre itens de uma cesta básica, sobre alimento, eu o defenderia. Ninguém deveria passar fome para que outros precisem lucrar. Agora, equipamento militar? Cobre-se o valor necessário e paga quem quiser.
Eu divido muito que esse valor esteja inflado. Tem gente aqui achando até barato… e depois, cuidado com a conta de padaria. Como foi que você chegou o valor unitário?

Camargoer.

Olá Jadson. Você tem razão. A gente até pode crias cinco ou seis categorias. 1) certa básica e medicamentos livre de impostos. 2) bens de capital que também poderia ser livre de impostos. Quando uma empresa compra um novo equipamento para aumentar a produtividade ou amplia a produção, os ganhos tributários são de longo prazo e superam muito o valor do subsídio. 4) bens de consumo básico e de luxo, Uma roupa tem que ter impostos menores que uma roupa de grife. Um carro popular tem que tem impostos menores que um carro de luxo. 5) patrimônio e renda. 6)… Read more »

Gilson

Pessoal já que estamos falando de aviões: só pra ninguém esquecer que; até agora não chegou nenhum F39 GRIPEN, vindo da Suécia.Sera porquê em?

Magalhaes

Ué como até agora não chegou nenhum ? E os aviões que estão na Embraer e no GDA ? Vieram de onde ?

Last edited 12 dias atrás by Magalhaes
Santamariense

Talvez ele esteja falando dos Gripen previstos para serem entregues nesse ano. Já estamos em julho e nenhum dos 3 previstos para 2024 chegou ainda e nem o exemplar que faltou entregar no ano passado.

Iran

Está perdoada por eliminar o Brasil da Copa América kkk

Camargoer.

Riso., por mim, se a Alemanha comprar Kc390, eles podem ganhar de 10 x 0 da seleção..

comment image:large

Fabio Araujo

O Uruguai esta precisando para ontem, ele esta perto de não ter nenhum meio para garantir a defesa aérea do país. O A-29 sozinho não é suficiente para fazer a defesa set de um país, contra pequenos aviões ele é excelente mas ele é um meio complementar para a defesa aérea. O Uruguai esta pensando em caças lift mas até ter algo do tipo vão ter que ficar só con o A-29.

Toro

Ótimo

Resta saber qual configuração e quem sabe em seguida venha o Paraguai.

Néstor

Estimados como Uruguayo que soy podré decirles que, es muy bien venida la compra de lo Súper Tucanos. Es el remplazo natural de los Pucara y el ideal para la misión encomendada de lucha contra el narcotráfico. Dicho esto, la Fuerza Aérea Uruguaya (FAU) quería y quiere reactores con radar a bordo para sustituir a los A-37, lamentablemente no se llegó a buen puerto en ello, a pesar de haberse ido a ver distintos modelos, desde el Chino L-15, Checo L 159 y L39 NG, así como el Leonardo M365. También estuvo por concretarse una de dos ofertas por Hawks… Read more »

Marco Paulo Lopes de Araújo
Marco Paulo Lopes de Araújo

Boa tarde Fernando “Nunão”.
Tive a oportunidade de pesquisar sobre o tema, enquanto aguardava a aprovação do comentário…
Já fui tarde… =)

alexandre

Que bom Uruguai comprando equipamento novo, para patrulhar suas fronteiras…

Marco Paulo Lopes de Araújo

Boa tarde companheiros. Também Portugal equaciona adquirir o Super Tucano, podendo consultar o site português, passarodeferro.com… 😉 3ª tentativa de publicação de comentário, vamos ver se desta feita passa… =) AVISO DOS EDITORES: SEU COMENTÁRIO JÁ ESTAVA PUBLICADO NA PRIMEIRA TENTATIVA, HORAS ATRÁS, E VOCÊ CONTINUOU A PUBLICAR O MESMO COMENTÁRIO VÁRIAS VEZES MESMO ASSIM. HÁ TAMBÉM UMA RESPOSTA DE UM DOS EDITORES DO SITE AVISANDO QUE O ASSUNTO JÁ FOI TEMA DE MATÉRIA AQUI. SOLICITAMOS QUE PRESTE MAIS ATENÇÃO E ATUALIZE A PÁGINA PARA NÃO REPETIR COMENTÁRIOS. LEIA AS REGRAS DO BLOG, ESPECIALMENTE ESTAS: 7 – Os comentários não… Read more »