É o reforço ao dispositivo Titan de proteção à Guiana Francesa

Três Rafales da 4º Esquadra de Caça da Força Aérea e Espacial da França foram desdobrados de sua base em St Dizier para a Guiana Francesa. O objetivo é fazer o alerta de defesa aérea  do Centro Espacial da Guiana, fortalecendo a segurança para o lançamento do foguete Ariane 6, previsto para 9 de julho.

Integrados ao dispositivo Titan, complementarão os helicópteros Fennec e Puma no alerta de defesa aérea para proteção a este lançamento estratégico, que é o primeiro da nova série de foguetes Ariane 6.

Em 2021, a França também enviou caças Rafale à Guiana Francesa para garantir o lançamento de três satélites militares do espaçoporto europeu em Kourou.

O espaçoporto europeu em Kourou, localizado na Guiana Francesa, é um dos principais centros de lançamento de foguetes do mundo, e está localizado na região da Amazônia.

Operado pela Agência Espacial Europeia (ESA) e pela Arianespace, este complexo de lançamento desempenha um papel vital no envio de satélites e outras cargas úteis ao espaço. Desde sua inauguração em 1968, o espaçoporto tem sido um pilar na exploração espacial europeia e global, destacando-se por sua localização geográfica estratégica e suas instalações de ponta.

A escolha da Guiana Francesa como local para o espaçoporto não foi acidental. Situada apenas 5 graus ao norte do equador, Kourou oferece uma vantagem significativa em termos de eficiência de lançamento. A proximidade com o equador permite que os foguetes aproveitem ao máximo a rotação da Terra, o que resulta em um impulso adicional de velocidade.

Isso é particularmente útil para o lançamento de satélites em órbitas geoestacionárias, reduzindo a quantidade de combustível necessária e permitindo o transporte de cargas mais pesadas.

 

 

 

 

 

O desdobramento de 7.000 km de St. Dizier para a Guiana Francesa durou nove horas, com os três caças Rafale apoiados por um avião-tanque A330 Phénix MRTT da 31ª Ala Aérea Estratégica de Reabastecimento e Transporte.

O jato A330, além de reabastecer os caças em voo, transportou o pessoal de apoio, proteção e mecânicos, proteção e apoio. Pelo planejamento, os voos de familiarização e treinamento para reagir em caso de ameaças começaram na quarta-feira, com os caças armados pelos seus mecânicos.

Uma curiosidade é que os três caças Rafale (fato informado pela própria nota da Força Aérea e Espacial da França) são do modelo biposto.

Subscribe
Notify of
guest

115 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo LD

O problema da amazônia, aqui e lá, são os pequenos aviões e helicópteros de garimpeiros e contrabandistas. Caças de alto desempenho não servem para nada nessa região. Não entendi o tom alarmista da reportagem….vão tomar a região norte inteira com 3 aeronaves????

Last edited 9 dias atrás by Rodrigo LD
BK117

“Caças de alto desempenho não servem para nada nessa região.” Na minha visão, caro Rodrigo, são cenários diferentes. Normalmente sim, o maior risco são aeronaves de baixo desempenho cometendo algum ilícito, para os quais um Tucano (ou até mesmo um helicóptero) basta. Fora isso, se for, por exemplo, um avião comercial sem comunicação rádio, dá pra pedir algum avião próximo para tentar comunicação ou deslocar caças a jato de alguma base mais distante. No caso de um lançamento, o tempo de reação é crucial para proteger tanto o veículo quanto a própria aeronave invasora. Faz bastante sentido colocar vetores de… Read more »

Last edited 9 dias atrás by BK117
Fernando "Nunão" De Martini

Mas não tem nada demais na chamada.

Os caças Rafale estarão de alerta, numa base lançadora de foguetes que fica na região amazônica.

Daí as palavras Alerta, Rafales e Amazônia no título.

Camargoer.

Olá Nunão… tem gente que já fica se coçando achando que é por causa da Venezuela…

Fernando "Nunão" De Martini

Quem coça seus males adoça.

BK117

Realmente, caro Nunão. Não há nada demais, mas creio que ele deixa um espacinho para a imaginação.

Fernando "Nunão" De Martini

A chamada foi pensada assim apenas para deixar o leitor um tiquinho mais… alerta!

Leandro Costa

Para mim foi uma estratégia sagaz para evidenciar os teóricos da conspiração mais ardorosos para que nos brindassem com posts altamente hilários, para não dizer ridículos e nos fazer rir.

Talvez isso seja uma teoria conspiratória minha, mas ei… se eles podem, eu também posso! 😛

BK117

Funcionou, caro Nunão. Quando li o título, por uma fração de segundo, bateu um desespero.
Medo de uma invasão francesa? Não. Medo de ser algum documento vazado da FAB testando Rafale na Amazônia srsrsrsrsrsr
Depois da história do F-16 eu tô é alerta 24hrs! 😂😂

Last edited 7 dias atrás by BK117
Caravaggio

Chamada “click bait”. ….

MMerlin

“…Caças de alto desempenho não servem para nada nessa região…” Se fosse seguir esse pensamento (bastante errado por sinal), o programa Gripen deveria ser encerrado, uma vez que os únicos problemas são pequenas aeronaves e helicópteros. Entenda que as FA não servem apenas para questões sociais, ataque e defesa, mas também é principalmente presença. E a região amazônica nacional é, sem polemizar, uma riqueza sim, bastante cobiçada. Peguemos por exemplo a Argentina, diferente do Chile, este país prefere fomentar o turismo nas regiões da Cordilheira em vez de extração de minérios. É qual é um dos motivos (não o único… Read more »

Last edited 8 dias atrás by MMerlin
Camargoer.

Caro. O título é mais uma brincadeira. Os Rafales estão na Guiana em razão do lançamento do foguete.

Nem a Guiana irá invadir os vizinhos nem os vizinho vão invadir a Guiana… é uma ação de proteção do foguete.. talvez mais preocupado com um ataque terrorista nos moldes de 11 de setembro que um ataque militar

Rodolfo

F22 e lançamento de Falcon em Cape Canaveral

https://youtu.be/OYZTWi-R18w?si=gJg9iVUu5PtgrF–

Rui Mendes

Boa análise, sincera e sem segundas intenções, parabéns, em poucas palavras disseste tudo.

Chris

Voce leu a reportagem ? É apenas um protocolo de segurança para a proteção dos foguetes ! Se voce tem o material disponivel… Por que não se precaver ?

De resto… Voce mesmo deu a dica… Caças de alto desempenho… Signifca chegar no alvo rapidamente. O que seria desnecessario, é lançarem missseis caros !

vendéen

Bonjour le Brésil,

A palavra “Alerta” no título talvez ainda inicie algumas mensagens suculentas lol.

Caso contrário, em relação ao Rafale na Amazônia parece/diz-se:
A presidência da Colômbia anunciou recentemente que havia pré-selecionado o Rafale para substituir os últimos 18 caças Kfir, enquanto o ministério da defesa da Colômbia explicava que o Rafale era a melhor opção para o país em termos de preço, eficiência e operabilidade.
(15 Rafale, novas aeronaves padrão F4 e aeronaves usadas padrão F3-R posteriormente atualizadas para a versão F4)(?).
Dito isto, ainda não há contrato… então ainda não há alerta! lol

Jadson S. Cabral

Comentário nas doses certas de sarcasmo, lucidez e humor

Dudu

Eu adoraria ter um Peugeot 5008, nem que fosse usado. Mas quando vejo o preço, quantos quilometros faz por litro, o preço da manutenção e das peças; dou graças a Deus por ter conseguido comprar e pagar o meu VW Polo 2024.

Kkkkkkkkkkkk

Last edited 9 dias atrás by Dudu
vendéen

Bonsoir Dudu,

O “conteúdo automotivo” da sua mensagem significa para mim que você queria me mostrar que o seu deus é na realidade alemão ou pró-VW.
Ok, não tem problema, eu confio em você lol.

Alerta ! devemos evitar fazer uma comparação/analogia incongruente com o Rafale lol.
essai-renault-rafale-hybride-2024-un-nouveau-suv-prometteur-30033974-miniphotos.html

Dudu

Non mon ami. Vous avez tort. Je voulais dire que tous les aviateurs du monde rêvent d’avoir un Rafale, neuf ou d’occasion. Mais vouloir n’est pas pouvoir. Dans l’hémisphère Sud, la distance entre la volonté et le pouvoir s’élargit presque à l’infini. Et avec les normes de qualité européennes, tout ce que vous pouvez obtenir est une Gripen NG ou une Leonardo M 345. J’ai parlé de la VW Polo 2024 car c’est une voiture populaire au Brésil : abordable à l’achat, à la conduite et à l’entretien. Ceux qui l’ont devraient remercier Dieu d’avoir de l’argent pour pouvoir acheter,… Read more »

vendéen

Bonjour Dudu, Não tem problema, sua explicação esclarecida fez parte do meu entendimento do “conteúdo automotivo” da sua mensagem que termina com “Kkkkkkkkkkkkk” (sic) versus o conteúdo da minha mensagem em que o ministro da defesa colombiano especifica isto: “o Rafale foi a melhor opção para o país em termos de preço…” Dependendo do engraçado caminho explicativo do carro que você escolheu, optei por responder a você com uma piada. Ainda no modo brincadeira, na mesma categoria de cidade do polo o 208 não é muito ridículo lol. Dito isto, as comparações ou analogias têm limites mesmo no que diz… Read more »

Dudu

Bonjour mon ami! Bon sang, vu la longueur de nos livraisons, je pense qu’il est plus facile pour les Colombiens d’acheter des Rafale d’occasion à l’Armée de l’air, de les faire moderniser et de les livrer, que de laisser nos derniers sortir des usines. Mais comme il s’agit d’un projet en cours de développement, nous accordons une réduction. À propos de cette idée, vous avez dit que l’armée de l’air colombienne acheter à l’Armée de l’air serait une bonne affaire pour les deux parties : les Colombiens obtiendraient une machine fantastique et les Français une raison d’augmenter leurs commandes auprès… Read more »

Dudu

Salud, ami! Rapaz, do jeito que as entregas dos nossos estão demorando, acho mais fácil os colombianos comprarem alguns Rafales usados da Armée de l’air , vocês modernizarem e entregarem do que o último dos nossos sairem das fábricas. Mas como é um projeto em desenvolvimento, a gente da um desconto. Sobre essa ideia que você disse da Força Aérea Colombiana comprar da Armiée de l’air seria um bom negócio para os dois lados: Os colombianos ganhariam uma máquina fantástica e os franceses uma razão para fazer um aditivo em suas encomendas a Dassault. Falo isso porque na primeira tentativa,… Read more »

MMerlin

Nessas horas, é importante levar em consideração a opinião de especialistas, como fazemos aqui neste espaço.
E sigo amigos engenheiros e mecânicos. Todos falamos que carro francês, especialmente Peugeot e Citroën são dor de cabeça.
Claro que alguns vão vir aqui dizer que tem e que o carro nunca dá problema e faz 50km/l. O primeiro é exceção. O segundo é migué.

Rinaldo Nery

Tive dois Picasso e duas Captur. Qdo levar seu carro na Citroën prepare-se para vender um rim. Menos ruim na Renault.

Dudu

Esse é o problema do carro francês: O auto preço das peças porque sao produzidas na França. Mas isso vai mudar, porque a Stellantis começou a usar motores da FIAT nos carros Peugeot. Isso vai baratear muito o uso e manutenção dele.

Rui Mendes

Engraçado, na Europa é ao contrário, carros Franceses são dos mais baratos, quando precisa de mecânico também é dos mais baratos e têm excelente cobertura de concessionários.
No resto, os dois melhores carros de sempre, que vi na F1, foram Mclaren-Honda e Williams-Renault.

Marcos Bishop

Esse carro não teve uma propaganda bem alegre?

Victor

Ainda bem que o Brasil não comprou esse Peugeot aí, preferiu um Saab que é muito mais durável. kkk

BK117

Extremamente preocupante…

Que eles vêm para proteger o foguete, mas pra Cruzex… Rafale “que é good nóis num have“… Já estão aí mesmo, fica até novembro e tudo numa boa, poxa! rsrsrsrs

Last edited 9 dias atrás by BK117
Tutor

Tem-se registro na história de que o ex-presidente francês, Charles de Gaulle, teria dito que o Brasil não é um país sério (e de fato não é). Fake news ou não, o fato é que, aos olhos dessas potências, não temos relevância alguma, a não ser fornecer commodities.

Afonso Bebiano

A frase não foi dita por De Gaulle, mas pelo diplomata brasileiro Carlos Alves de Souza Filho (sim, um diplomata brasileiro).
Versões falsas costumam se perpetuar, se forem mais interessantes do que a verdade.

Dudu

Não foi ele que disse. Quem disse foi um embaixador brasileiro na França durante a tensão naval com os franceses na Questão da Lagosta. Ele disse falou para esfriar os ânimos dos franceses.

Rinaldo Nery

Não foi De Gaulle quem falou.

Augusto

Enquanto isso alugamos Alcântara, uns dos melhores lugares para se lançar satélites no mundo, para os Yankees..

Jmgs

Augusto, o quê lançamos de Alcântara? Nem foguetes temos, exceto os de São Joäo. Não é melhor fazer um extra para ajudar a pagar nossos nobres poli e jui?

Iran

Temos aquela piada chamada de VLM

Rafael Oliveira

Melhor do que ficar lá sem uso algum, né?
O contribuinte agradece que pelo menos aluguem a base de Alcântara.

Marcelo

SNME, os EUA não lançaram nada de lá. Quem lançou um foguete suborbital foram os sul-coreanos, e parece que o próximo passo para eles é lançar um cuja carga alcançará órbita. Com a tendência dos foguetes americanos serem reutilizáveis, não acho que irão investir em estrutura no Brasil para recuperação e manutenção dos foguetes para o próximo voo.

Nativo

Essa história de aluguel de Alcântara, foi só a pá de cal, nas aspirações espaciais do Brasil. E como se lê nos comentários, tem grande apóio dos nacionalistas de Itu, porque Itu já lhes basta.

Dudu

Não lançaram, não vao lançar e nem seria bom que lançassem. A melhor coisa que a gente faz é pegar os recursos do aluguel e mandar para o ministério da infraestrutura para este construir um centro espacial novo, no lugar originalmente planejado: O Amapá. Depois investir no Ministério da Ciência e Tecnologia para ele atender as demandas da AEB e da iniciativa privada para desenvolverem um lançador de satélites geoestacionarios até 2040. E Alcântara deixa pra ganhar dinheiro com lançamentos estrangeiros pontuais.

Last edited 9 dias atrás by Dudu
Nativo

Claro o melhor é começar tudo do zero, um novo projeto a moda da casa das FAS, só que isso já sabemos que dá em nada com lugar algum,

Rinaldo Nery

A AEB é um cabide de empregos inútil.

Allan Lemos

O que as “aspirações espaciais do Brasil” alcançaram antes do acordo?

Nosso programa morreu em 2003, quando esses tais “nacionalistas” não estavam no comando. Então distribua a culpa para outros.

Waldir

Sua afirmação tem sentido se tiver usado ironia em relação ao nosso programa espacial. Tipo: ao invés de lançarmos os nossos foguetes, alugamos. Mas mesmo assim não tem sentido. Mesmo se lançássemos foguetes valeria a pena alugar para gerar renda. Afinal não sobra dinheiro para nada aqui. Nosso estado balofo e seus 3 poderes perdulários sugam tudo o que podem do povo.

Rommelqe

Até hoje não ficou publicamente esclarecido em quais circunstâncias ocorreu a explosão do VLS e da torre de lançamento de Alcântara. Algumas notícias esparças citaram objetos estranhos flutuando proximos das praias na região e mesmo de navios dotados com sistemas eletrônicos adequados para monitorar lançamentos…Eles sabem quais são, sim, as ameaças que poderiam comprometer lançamento de satélites militares.

Rinaldo Nery

Ficou sim. O relatório final é público. Está na Internet. Leia. Aliás, já foi matéria aqui.

Last edited 8 dias atrás by Rinaldo Nery
MMerlin

Além do relatório, um dos diretores do programa já participou de lives e artigos.
Fixou bdm claro os motivos que facilitaram o incidente e não, não foi nada relacionado ao artefato francês muito menos sabotagem de outros países antes que alguém diga.

Jadson S. Cabral

o relatório tem pouco mais de 100 páginas. Já o li e ele escancara todos os problemas que o programa espacial brasileiro tinha. E tbm desmistifica muita falácia. Mas repetir teorias da conspiração é mais fácil que ler 100 páginas

Victor

“””Acidente”””

Jadson S. Cabral

Se alugássemos mesmo era até bom. A realidade é que ninguém quer operar lá nas condições atuais e a base continua sendo desperdiçada.

Allan Lemos

O Brasil não usa aquela base para nada e mesmo se usasse o contrato não impediria a nossa atuação ali.

Dr. Mundico

Tá, e qual o problema em alugar uma instalação e lucrar com isso?
Ou você queria que emprestasse “de grátis”?
Mas é cada uma…..

Fernando Vieira

E nem os americanos lançam nada de lá porque eles não precisam. Eles tem Cabo Canaveral.

Victor

Exatamente, e custo pra trazer um foguete pro BR, é semelhante ao combustível a mais pra compensar a diferença da rotação da terra.

Fernando Vieira

Deve ser até maior. Imagine que a SpaceX queira lançar de Alcântara. Como ela vai levar o Falcon 9 até lá? Não tem porto que permita isso e mesmo que consiga, como atravessar com aquele foguete do porto até a base? E na base não há estrutra. O VAB de Alcântara é uma piada para o Falcon 9 pois foi construído para o VLS, a quantidade de investimento ali para fazer essa base viável para os grandes é absurda. Se você arrendasse essa base para a SpaceX eles não iam fazer isso porque já fizeram toda essa infra em Cabo… Read more »

MMerlin

Esse papo de que o CLA é o melhor (ou um dos melhores) centros localizados no mundo é bem relativo.
Depende de alguns fatores.
Além disso, pode colocar qualquer foguete lá que, mesmo aproveitando do seus benefícios, o mesmo lançamento utilizando um foguete da SpaceX saí 15% do valor que seria cobrado aqui.
O grande, mas grande problema do CLA, é a logística do local. Desde fornecedores (pra tudo) até transporte de equipamentos até o local.
Alguns especialistas dizem que foi um erros sua criação. Deveria ter sido feito uma maior investimento no CLBI.

Jorge Cardoso

“Alguns especialistas dizem que foi um erro sua criação.”

Não sou especialista, mas, lembro bem que CLBI funcionava a contento no final dos anos 70, início dos 80.

Aí, entrou um presidente civil, eleito pelo CN, abandonamos CLBI e começamos Alcântara, onde? No MA.

O Dudu comentou algo certo acima. Se era para fazer outro, que fosse no AP.

Dudu

O plano original sempre foi fazer no Amapá. O Presidente da época mudou para Alcântara, para beneficiar o seu Estado-natal. Por isso, alguma correntes querem construir outro centro espacial no Amapá.

Rodolfo

Ate onde se noticiou, nem a ULA nem SpaceX tem qualquer interesse em Alcantara.

MMerlin

Um ex-ministro do MCTI, conhecido por ser bastante sorridente e vender o travesseiro da NASA, ajudou espalhar esse boato de que a SpaceX era uma das que possivelmente viriam. Incrível que o que menos fez o ex-astronauta foi ajudar o PEB.
Agora tente imaginar levar toda aquela estrutura atual da SpaceX para o CLA.

Camargoer.

Olá M. Pontes foi um ministro fraco e sem iniciativas. O CNPq teve sucessivos cortes em seu orçamento durante sua administração. Os editais universais do CNPq (que servem para financiar todos os ramos da pesquisa) foram cancelados.

Ele nunca foi no Congresso defender o MCTI e pedir mais recursos.

Conheci o seu sucessor, o Paulo Alvim. Quase ninguém lembra dele por ter um perfil técnico. Esteve no MCTI por seis meses e fez mais pelo ministério que o antecessor que ficou mais de trẽs anos.

Rodolfo

Nao acho q foi culpa dele
Nao tinha orçamento, nao da pra fazer magica
Alias ele passou a vergonha de ver o Brasil chutado da ISS porque o 1o mandato do Lula bloqueou os 180 mi de dolares que o país precisava investir (depois de ja ter o valor reduzido pela metade) e pegar carona na Soyuz por 10 milhões de dolares.

MMerlin

Ele gastou um terço do orçamento do PEB só em viagens, não fomentou em nada a indústria nacional espacial e não tem culpa? Falando só PEB, é unânime, ele foi péssimo.

Rodolfo

Quanto a SpaceX, tem a estrutura mas o fato que transportar o Falcon 9 da California pro Maranhao de barco tambem mata qualquer vantagem economica. O foguete custa 50 mi de dolares e é transportado da California ate a Florida de carreta. Custa 200 mil dolares pra abastecer o foguete. Alias outra complicaçao é que o Falcon 9 é abastecido com combustível ainda refrigerado minutos antes do lançamento, o que adiciona ainda mais complexidade.

Rodolfo

Fora a estrutura pra recuperar e reprocessar o 1o estagio

MMerlin

Além deste custo para transporte marítimo, o problema do CLA está na estrutura para levar os equipamentos até a base de lançamento.
Para ter uma ideia, o que existe para atracar um navio na região é um porto “provisório”, que possui uma limitação de tamanho.
Além desse problema, outro maior é que a estrutura rodoviária necessita que os equipamentos desembarcados passem por dentro de Alcantara, o que traz uma razoável questão relacionada a segurança.

Dudu

Também teve a lorota da parceria entre a Vaya Space e a Avibras para fabricar no Brasil foguetes kkkkkkkkkk

Marcos Bishop

Mas até onde sei esse contrato não é excludente. O Brasil pode lançar o que quiser de lá também.

Bruno Vinícius

Alerta! França desdobra caças franceses dentro do território francês.

Iran

Sei que foi sarcasmo, mas a propaganda anti-França e alarmismos com relação a ela no Brasil é bem popular

Santamariense

Justamente por isso é que o Galante colocou esse título na matéria. Para os fãs de uma conspiração pirarem…e nós, rirmos.

Maurício.

Nem sempre é alarmismo, né? É bom sempre ficar de olho nesses países…

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/story/2003/08/030801_francacg

bjj

Sim. Já imagino algum vídeo no Youtube com o título: “Urgente! França envia caças para a América do Sul”. Na capa, um recorte da cara do Macron com uma expressão séria, ao fundo dois Rafales e na parte superior a seguinte frase “Vão invadir o Amazônia?”. Para fechar, nos comentários coisas como “precisamos de uma bateria Astros em cada cidade”, “precisamos de 50 Gripen em cada estado”, “vamos fazer uma aliança militar com o BRICS”. E claro, milhares e milhares de visualizações.

Fernando "Nunão" De Martini

França desdobra caças franceses dentro do território francês para fazer… alerta!!!

Jorgemateus77

Caso eles desdobrem além de suas posses territoriais (+- algumas milhas além da borda sul da Guiana) ficará por isso mesmo…. e segue o baile

Jadson S. Cabral

Nada de novo! O que me surpreende é o Brasil não ter caças na fronteira para proteger nossos interesses e evitar qualquer “desentendido”…
Nos impressionamos com os vizinhos fazendo seu dever de casa porque não fazemos o nosso!

Orivaldo

Eu ficaria surpreso se o Brasil tivesse caças na fronteira kkkk

Allan Lemos

Fale isso e os defensores da FAB irão te dar 1000 justificativas sem pé nem cabeça para terem tirado os caças da Amazônia.

Jorgemateus77

Já teve um ____________que em um comentário acima falou que não faz sentido ter um esquadrão de caças (caça de vdd, sem ser turbohélice com .50) na região Amazônica.

COMENTÁRIO EDITADO. MANTENHA O RESPEITO SE QUISER SER RESPEITADO.
LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Moriah

Com os russos por perto, melhor garantir

Iran

Espero que o lançamento do Ariane 6 seja um sucesso

Rodolfo

Deve ser, mas o foguete vai ter mercado bem restrito. Os europeus tem que correr pra desenvolver um concorrente ao Falcon 9 e Heavy, nao da pra competir com custo de foguete reutilizáveis.
E 10 anos atras o chefe do programa Arianne riu quando a SpaceX tinha anunciado planos pra realizar 100 lançamentos por ano. Em 2024 a SpaceX deve passar de 140 lancamentos.

Vitor Botafogo

Os Franceses bem que podiam comprar Super Tucanos para proteger a Guiana Francesa permanentemente , coibir os voos ilegais e também proteger os lançamentos de baixas ameaças. Alô Embraer.. !

Filipe Prestes

Se não estou enganado a Armeé de l’Air opera alguns PC-21, na École Nationale, então bastaria comprar os pods de metralhadoras e transferi-los para a Guiana. Seria emular o que foi feito aqui com o T-27 que tb usou pods subalares.

Rodolfo

França nao compra material militar estrangeiro.

Leandro Costa

comment image

Francês.

Leandro Costa

comment image

Francês.

Leandro Costa

comment image

Francês.

Tomcat

Faltou o E-2 Hawkeye

Marcelo Tatsch

Como não. Usam o EMB-121 Xingu até hoje, na instrução multimotor para novos pilotos. E usaram o tucano.

Last edited 8 dias atrás by Marcelo Tatsch
Fernando "Nunão" De Martini

A doutrina deles é usar Fennec nessas missões, considerando a área relativamente menor a ser protegida contra voos ilícitos de aeronaves de baixa performance.

Carlos Campos

Imagens lindas, parece que o rafale nasceu para ser fotografado com a Amazônia ao fundo kkkkkkk e nem gosto de adimitir isso

José de Souza

E percebam que o cocar da Armeé de L´Air é colorido, não tem essa de pintura de baixa visibilidade não…

Dudu

“Uma curiosidade é que os três caças Rafale (fato informado pela própria nota da Força Aérea e Espacial da França) são do modelo biposto.” Os três são bipostos porque enquanto um pilota e vasculha o espaço aéreo a procura de ameaças, o segundo tripulante opera o sistema de guerra eletrônica buscando alguma anomalia eletromagnetica no solo oriunda de um dispositivo eletroeletrônico capaz de causar interferencia e sabotar o foguete ou as instalacoes. É assim no mundo todo. Mas segundo alguns comentaristas desse blog, “o Gripen E consegue fazer todas essas missões sozinho”. O Gripen F é só pra FAB ganhar… Read more »

Last edited 9 dias atrás by Dudu
Santamariense

“ Mas segundo alguns comentaristas desse blog, “o Gripen E consegue fazer todas essas missões sozinho”. “

Eu fui um dos que disse isso. Disse, digo e reafirmo. E espero que tu justifique o motivo das Forças Aéreas pelo mundo todo, operarem muito mais aeronaves monoposto do que biposto.

Dudu

“Eu fui um dos que disse isso. Disse, digo e reafirmo.” ________ ________ ________ ________ ” E espero que tu justifique o motivo das Forças Aéreas pelo mundo todo, operarem muito mais aeronaves monoposto do que biposto.” Santamariense, inicialmente os avioes de caça bipostos foram desenvolvidos pensando na instrução dos pilotos: Enquanto o instrutor pilotava e ensinava o aluno a se familiarizar com a aeronave, podendo passar o controle da mesma. Nos conflitos e com a evolução dos simuladores, as versões bipostas passaram a ser usadas em missões de operações eletrônicas: Guerra eletrônica, supressão de Defesa antiaéreas, bombardeiros, controle de… Read more »

Last edited 8 dias atrás by Dudu
Leandro Costa

Olha, depois dessa viagem, fico com o Santamariense.

Santamariense

Cara….tu já te queimou até com os editores, e olha que tu chegou ontem aqui na Trilogia. Desse jeito, não vai durar muito por aqui …hehehehe Quanto ao meu lugar? É igual ao de qualquer outro aqui…colocar o que penso. Tu mesmo disse que é formado em nível técnico, em que mesmo? Mecânica de automóveis ou algo que o valha, não é? O que isso te coloca no grupo dos experts em aviação militar? De resto, tudo que tu escreveu não vale nem a pena responder, porque é eivado de clichês, padrões tipo super trunfo e situações criadas por tua… Read more »

Fabio Araujo

É um evento corriqueiro por conta do lançamento do Ariane 6, depois do lançamento vão embora. Mas não deixa de ser uma demonstração de força. Havendo necessidade eles rapidamente podem trazer um esquadrão de Rafales.

Last edited 8 dias atrás by Fabio Araujo
Rodolfo

Os franceses tambem deslocam Rafales corriqueiramente ate a Polinesia Francesa como exercício de projeção de poder.

Rodolfo
Toro

Não dá para negar que esse avião vai para todos os cantos. Bom para eles…

No momento tem outros 6 que estão na Polinésia e voando pela Ásia em exercícios.

Jadson S. Cabral

Os caras são enxeridos, né? Por isso conseguem justificar alto investimento e grandes quantidades de armamento.
Fica difícil é para nós justificar a necessidade de 200 caças e outras centenas de aeronaves.

Neto

O Rafale é um senhor avião.
.
Olhando a pintura dele… teria uma tinta RAM* (não sei se é assim que escreve)?
.
A pintura dele tem um aspecto que me lembrou o dragão chinês.

Santamariense

Se tem tinta RAM eu não sei, mas o que aparece ali nas fotos desses Rafale é o desgaste e sujeira normais do uso intenso. Chama atenção também a quantidade enorme de painéis na fuselagem, um verdadeiro quebra-cabeça. E não é uma crítica, apenas uma constatação fácil de se confirmar visualmente.

Jonathan Pôrto

Já superaram todas Força OBSOLETAS de caças sul Americanos ! Vergonha para nossos políticos, ficam de blá blá blá

Bispo de Guerra

Chamada meio alarmista..

03 mosquitos mosqueteiros …rs

França é café pequeno militarmente… há outro player que “encosta” seu PA , no cerne da pátria e a _____
_____
_____

COMENTÁRIO EDITADO. NÃO USE O ESPAÇO DE COMENTÁRIOS PARA PROVOCAÇÕES INÚTEIS AO DEBATE NEM PARA ATACAR SEUS DESAFETOS.
LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.aereo.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Rodrigo Maçolla

O Rafale é bonito, só esse probe de reabastecimento fixo que destoa do resto e estraga a belezado desenho. “Pô Franceses deviam ter escondio isso dai”…..

Marcelo Andrade

O Rafale e uma maquina linda!!!

Caravaggio

“O Rafale é uma máquina linda”

O Gripen é mais bonito.

Bueno

Beleza dos canardinianos kkk