A Northrop Grumman Corporation (NYSE: NOC) está desenvolvendo o AN/APG-85, um avançado radar Active Electronically Scanned Array (AESA) para o F-35 Lightning II. A Northrop Grumman atualmente fabrica o radar de controle de tiro AN/APG-81 com varredura eletrônica ativa (AESA), a pedra angular do conjunto de sensores do F-35 Lightning II.

O AN/APG-85 é um sensor multifuncional avançado que será compatível com todas as variantes da aeronave F-35 e será capaz de derrotar ameaças aéreas e de superfície adversárias atuais e projetadas.

O desenvolvimento e a integração do APG-85 incorporarão algumas das mais recentes tecnologias disponíveis e ajudarão a garantir a superioridade aérea. Este sensor avançado fornecerá uma percepção situacional incomparável do campo de batalha que se traduz em letalidade, eficácia e capacidade de sobrevivência da plataforma.

A Northrop Grumman desempenha um papel fundamental no desenvolvimento, modernização, manutenção e produção do F-35. Além de produzir os radares AN/APG-85 e AN/APG-81, a empresa fabrica a fuselagem central e revestimentos das asas da aeronave, produz e mantém vários sistemas de sensores, aviônicos, sistemas de missão e software de planejamento de missão, piloto e software de curso de sistemas de treinamento de manutenção, capacidade de teste de simulação de guerra eletrônica e tecnologias de baixa observação.

Sobre a Northrop Grumman

A Northrop Grumman é uma empresa de tecnologia focada em segurança global e descoberta humana. Nossas soluções pioneiras equipam nossos clientes com os recursos necessários para conectar, avançar e proteger os EUA e seus aliados. Impulsionados por um propósito comum de resolver os problemas mais difíceis de nossos clientes, nossos 90.000 funcionários definem o que é possível todos os dias.

FONTE: Northrop Grumman

Subscribe
Notify of
guest

42 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo

Esse projeto do F-35 está em constante evolução !!!!

Emerson

Vou te falar que a geração que vai extrair 100% dele nem nasceu ainda.

Andre

É difícil falar em “extrair 100%” mas é bem comum aviões atingirem maturidade em versões lançadas após a inicial. O F-16 entrou em operação em outubro de 1980. A primeira grande atualização veio já em 1981 no block 15. Em 1984 estreou a versão C/D. Podemos considerar que ele atingiu maturidade na versão block 50/52, lançada em 1991. Foram 15 anos entre o voo do F-16A e sua versão F-16C/block50, quando o F-16 deixou de ser um caça diurno de superioridade para um avião multimissão em todas condições meteorológicas. Pessoalmente, vejo o desenvolvimento do F-35 mais comparável ao do F-14.… Read more »

Jadson S. Cabral

OFF TOPIC: Alguém aqui acha que num futuro não muito distante a industria brasileira (leia-se Embraer, AKAER e IACIT) poderia desenvolver radares para caças e outros tipos de aeronaves, dado que já dominamos a tecnologia AESA e já estamos dando os nossos primeiros passos nessa ária há algum tempo?

Joanderson7

Brasil domina tecnologia AESA ?
Nem su-34 e 35 possuem esse radar ainda.

Diego Tarses Cardoso

A embraer está desenvolvendo o radar M200 que é AESA.

Rogério Loureiro Dhiério

BRADAR que é do grupo EMBRAER, más este radar em questão do MS200 é terrestre e não embarcado.

Jadson S. Cabral

E o que nós temos a ver com, su-34 e su-35? Problema dos russos

Andre

ele apenas comparou os dois aviões mais modernos que a Rússia tem em operação. A pergunta dele, para quem ingressou a pouco tempo na escola, poderia ser assim: “Se nem a putência Rússia tem AESA em seus mais avançados aviões, o Brasil já tem?”

Joanderson

Cara realmente a Rússia é uma grande potência e bota grande nisso, não chega a 4 a quantidade de paises que fabricam um caça, submarino,misseis e tanque com tecnologia totalmente nacional.
Tem seu proprio sistema de orientação por satélite construindo e lançando seus satélites sem ajuda de nem um outro pais.

Andre

Sobre seu próprio sistema de orientação via satélite, recomendo você ler o artigo:

https://www.aereo.jor.br/2021/08/02/pilotos-russos-usaram-receptores-gps-feitos-nos-eua-durante-missoes-de-combate-na-siria/

Mas país que já liderou a exploração espacial, teve sob sua esfera de influência quase metade do mundo e rivalizou lado a lado com os EUA, hoje vê a China ocupando quase todos esses lugares. Já foi uma superpotência, hoje é uma grande potência, em constante decadência.

Joanderson

A Rússia é uma potência bélica e Até hj ainda não desenvolveu seu radar AESA então acho estranho o Brasil possuir.

Carlos Campos

A Rússia tem radares AESA sim, pode pesquisar, a questão é Pq não colocou nos caças? pq alguns ainda tem rada PESA? é por falta de dinheiro? é pq não acho que vale a pena?

Teropode

Estão tentando reduzir o tamanho dele , o AESA russo é do tamanho de um C130 !

Maurício.

O radar Zhuk que apareceu no Mig-35, e os radares N036 Byelka e N036B do Su-57 são do tamanho de um C-130?🤔

Carlos Campos

de onde tu tirou isso?

Diego Tarses Cardoso

A embraer seria a grande aposta para isso, o radar M200 é de tecnologia AESA. Porém esperar algo desse nível neste governo é ilusão, as empresas de defesa têm que se preocupar em sobreviver agora.

Jadson S. Cabral

Todo o resultado que estamos vendo agora é fruto de acordo e aquisições que ocorreram neste governo. No governo passado é que eu não vi nenhum programa estratégico ser lançado, nenhum grande acordo e nenhum benefício para a indústria nacional. Pelo contrário, fecharam a única fabricante de chips da AL, continuaram e acentuaram os cortes na ciência e educação…

Rinaldo Nery

Saiu na imprensa ontem que o governo atual vetou aula de programação e de robótica na grade do ensino fundamental e do ensino médio….

Frederick

Por quê?

Rinaldo Nery

Boa pergunta. Parece q o caboclo aí sabe a resposta.

Frederick

Procurei buscar a razão. Parece que há um ritual do Executivo que o Legislativo não observou.
De todo modo, veto pode ser derrubado no Congresso.

A ver.

AEquilirium

Rinaldo tava lá invadindo, desconsiderem ele

Marcelo

Normal,vetou porque o centrão estava aprovando kit robótica no orçamento secreto (corrupcao) para escolas que nao tinha carteira direito para os alunos e a merenda era suco com bolacha !!!

Joanderson

Qual o motivo ?

Coronel James Braddock

Na certa a aula de programação será substituída pela linguagem neutra, debates sobre gêneros, etc…

Teropode

Você fala como se o governo passado tivesse feito algo relevante , ninguém mais cai neste papo , aliás cite ai uma , umazinha decisao positiva do govpassado a respeito da educação, pode dar a resposta daqui a 10 dias , esperaremos !

Cristiano GR

Eu te respondo.
Zerou as dívidas dos estudantes universitários com as universidades particulares.
Incentivou a criação de mais escolas cívico militares, que são muito melhores na formação e ensino de crianças e adolescentes que as escolas públicas com professores com se preocupam mais em fazer militância e fazer lavagem cerebral nos estudantes ou não ensinam nada.
Combateu a militância e escancarou a degeneração e degradação das universidades federais causada por professores militantes.

Teropode

Fake , isto é choradeira dos derrotados !

Cristiano GR

Derrotados? Se tu tem onde mamar no governo, com certeza não é derrotado, mas se é um cidadão comum, não é funcionário público e depende do seu esforço e dedicação para formar sua renda, ou tem de mostrar resultados para manter o emprego, sinto muito mas tu deve se referir a ti também como derrotado. Aliás, derrotado não. Logrado. Porque uma pessoa que não pode nem sair na rua não tem como ganhar eleição alguma.

Adriano RA

Radar não, pois já existem players suficientes no mercado, mas talvez pudessem desenvolver sistemas embarcados de guerra eletrônica para “substituir” o que faltou no Gripen downgraded da FAB.

Teropode

O novo vetor da FAB é equipado com um radar AESA. 🤨

Andre

Off Topic:

https://www.airdatanews.com/su-75-checkmate-maiden-flight-delayed-to-2024/

começou…se seguir o mesmo ritmo do antecessor….lá por 2050 entra em operação.

Adriano RA

A Argentina vai querer testar. 😉

Rogério Loureiro Dhiério

Vc esqueceu de mencionar a quantidade.
Entrada em serviço de ……uma…única unidade. Dai uma cadência de 2 ao ano. Em 5 anos subsequentes eles formam um esquadrão para lutar contra os futuras “Naves Espaciais” de EUA, UE, China, Turquia, Coreia do Sul, e se bobear até a Índia ultrapassam os russos, lançando um TEJAS de Sexta ou Sétima geração.

Rogério Loureiro Dhiério

O que já é bom, ficará ainda melhor.

Carlos Campos

Bem já tem o melhor radar do mundo embarcado em um caça, e já vai se superior ao que já tem, se esse monstro já é capaz de cegar outros radares tanto de caças quanto de baterias AA, imagina agora. em patrulha deve ser capaz de ver além 300Km um caça 4G

Teropode

Prepare os lençóis , aliás a Northrop possui excelências no setor eletrónico, estão envolvidos até o pescoço no programa G6 e aeroespacial…, será que possuem um Instituto semelhante ao da Locheed para produzir design futuristas ?

Carlos Campos

A Northrop sempre teve no limite da tecnologia, vide B2 YF23, AEGIS e radares.

Teropode

Melhorar o que ja é excelente 🤔🤔🤔🤔🤔🤔🤔🤔, os yankee enchem a humanitas de orgulho , o resto corre por fora se esforçando para imitar , aliás liiiiiii dia destes num site russo que o F117 será modernizado para operar por mais 15 anos , sim 15 anos , os russos desconfiam que serão utilizados para missões clandestinas uma vez que ele opera em total silêncio eletrônico e a sua velha baía teve o formato das portas redesenhado . O RCS dele é o menor de todas aeronaves já fabricadas !

Carlos Crispim

Esse caça está sendo um divisor de águas, além de sucesso estrondoso em venda, não pára de evoluir, e os críticos tendo que engolir o sucesso dele aumentando a cada dia, deve ser horrível.

Arthur

Que ótimo. Se funcionar sem que o avião decole, melhor ainda…