Israel aterra 11 caças F-35A após acidente com F-35B no Texas

Israel aterrou onze de seus caças furtivos F-35A seguindo a recomendação do F-35 Lightning II Joint Program Office (JPO).

Os dados e descobertas do recente acidente de um caça a jato F-35B dos EUA no Texas indicam a necessidade de uma inspeção dedicada para determinar se o sistema israelense corre o risco de um mau funcionamento semelhante.

“A Força Aérea de Israel (IAF) analisará as descobertas do incidente e tirará conclusões e recomendações para o retorno seguro da aeronave ao serviço operacional”, disse a Unidade de Porta-voz da IDF.

Israel tem 33 caças F-35A entregues até agora e eles são operados pelos esquadrões 116º Lions of the South e 140º Golden Eagle.

SAIBA MAIS:

Acidente com caça F-35B Joint Strike Fighter no Texas

Subscribe
Notify of
guest

24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Atirador 33

É preciso prudência por parte dos operadores de equipamentos militares, ocorre um problema investiga, analisa, diagnostica, corrige e repara.
O problema é o tempo desse ciclo de reparo, Israel é uma bomba relógio.

Kommander

Tá soltando pecinha kkk

Rômulo

Peças soltando a altas velocidades são mortais.

Kkkkkk

100nick-Elã

Soltou pecinha (2)

Gabriel

Impiricamente falando, parece que o F-35 tem apresentado um volume de problemas acima da média, mesmo considerando a complexidade do avião.

Porém, sem uma análise ampla, é difícil ter uma opinião formada.

De qualquer maneira, me parece que toda prudência é necessária, particularmente em momento de paz.

Por fim, é necessária a consideração que no mundo ocidental tudo é noticiado, diferente do que acontece em terras chinesas e russas. Assim, os projetos de 5ª geração talvez também estejam sofrendo problema semelhantes naquelas bandas.

Victor Filipe

A Analise mais ampla ta aqui. o F-35 tem menos acidentes por hora de voo do que outros aviões da USAF. mas duvido que esse tipo de informação vai ser muito divulgada. não gera clicks

https://www.youtube.com/watch?v=5pyDNOxbb-Q&ab_channel=MilitaryAviationHistory

Gabriel

Muito obrigado pelo esclarecimento.

George

Sem falar que esses problemas são reportamos. Ao contrário de certos países que escondem problemas com Sukhois e xinglings que a gente nem sabe o que acontece.

Salim

Muito esclarecedor este vídeo, esclarece até a razão da não produção do f22. Pena que não exista nada em relação a caças oriundos de outros países . Quem pode monetariamente e zela pela defesa do país, vai de F35, o resto vai com mais do menos.

Underground

Já foi trazido aqui no Aéreo uma das causas dos problemas do F-35, que foi utilizar tecnologias que ainda não estavam maduras durante o desenvolvimento da aeronave.
Posto isso, um mix de aeronaves de 4ª e 5ª geração me parece mais sensato.

Gabriel

Agradeço a informação.

Emmanuel

Juro que eu li enterra.

Rômulo

Junto com os orçamentos dos países.

Kkkkkk

Emmanuel

kkkkkkkkkkkkkkkk

Ataul

Os problemas críticos do F-35 sempre serão amenizados, relativizados e naturalizados como problemas de desenvolvimento normais por seus defensores ocidentalizados.

O fato inexorável é que são fruto da imensa corrupção do cartel do complexo aeronáutico contemporâneo dos EUA…

Será que em uma década após introdução suas variantes serão caças confiáveis? …

Mad in USA? Tudo certo, natural…

Victor Filipe

Da uma olhada no vídeo que mandei ali em cima. F-15 e F-16 tem literalmente mais acidentes por hora de voo do que o F-35.

vamos comparar com os Sukhois e MiG? ah pera, não da, a Russia não revela esses tipos de dados…

Gabriel

O pessoal normalmente fica chateado com a afirmação que não é possível obter a mesma transferência nas informações da Rússia e China, mas infelizmente é um fato.

Marcelo

Vc quer comparar o f-35 com f-16 e f-15 que esta voando a 50 anos ???
Que comparação mais sem lógica !!!

Victor Filipe

vc tbm não viu o video né? ele comparou horas de voo totais e apenas após o F-35 começar a voar por exemplo

Por exemplo digamos que o F-35 entrou em operação em 2010 (não foi) ele calculou horas de voo por acidente do F-35 a partir de 2010 e do F-15 e F-16 também.

Que tal ver o video que mandei? o link ta ali em cima, ai vc não precisa fazer perguntas que já tiveram suas respostas atendidas.

Marcelo

A indústria militar americana com orçamento 800 bilhões de dólares anual =4 trilhões de reais patrocina as mídias especializadas do meio militar no ocidente em vários paises então vc não vai ver ninguém falando mau do produto americano ate pq o governo americano também faz chantagem e pressão aos governo colonia !!!

Maurício Veiga

Vocês foram avisados, não reclamem corram atrás da garantia…

Rômulo

Alguém surpreso?

Alberto

Alguém já tem informação sobre a nova versão do j-20 já com os motores ws-15 ? Eu li em um site indiano, inclusive foi fotografado

Nilton L Junior

O galera pega leve a maravilhosa armas made atlanticista é stealth não inquebrável, não será problema para os sionista fazer o reparo necessário.