EUA enviam bombardeiros B-52 e caças F-22 para exercícios conjuntos com a Coreia do Sul

A Força Aérea dos EUA juntou-se à Coreia do Sul em exercícios aéreos conjuntos exibindo várias aeronaves em um ato de força em meio às ameaças da Coreia do Norte.

Os caças sul-coreanos F-35A e F-15K também participaram dos exercícios conjuntos, que foram realizados na zona de identificação de defesa aérea da Coreia do Sul.

A zona em que os exercícios foram realizados fica a sudoeste da ilha de Jeju, no sul da Coreia, de acordo com um comunicado do Ministério da Defesa Nacional de Seul.

O exercício conjunto faz parte da “dissuasão estendida” dos EUA contra a Coreia do Norte, disseram os militares da Coreia do Sul, informou o VOA News.

É a mais recente demonstração de força da Coreia do Sul contra a Coreia do Norte e, como aliado da Coreia do Sul, os EUA combinaram forças depois que as autoridades concordaram no mês passado em reforçar seu compromisso de proteção a Seul.

A Coreia do Norte reforçou sua retórica em relação aos EUA e à Coreia do Sul neste ano.

O país também realizou um número recorde de testes de mísseis este ano.

Os EUA aumentaram seus exercícios militares conjuntos e tornaram mais regular a presença de ativos estratégicos americanos, incluindo bombardeiros de longo alcance e porta-aviões.

O Ministério da Defesa da Coreia do Sul mencionou o acordo de proteção, observando que os EUA “continuarão a fortalecer a postura de defesa combinada” da aliança Coreia do Sul-EUA.

A declaração do ministério mencionou a aliança em resposta às ameaças nucleares e de mísseis da Coreia do Norte.

A Coreia do Norte lançou um par de mísseis balísticos de médio alcance no início desta semana, informou o VOA News.

Diz-se que os mísseis fazem parte de um “importante teste de estágio final” que em breve resultará no primeiro satélite espião do país.

Subscribe
Notify of
guest

15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Kommander

Isso aí não intimida a Coreia do Norte, a gente sabe que a única maneira de resolver um problema é jogando uma nuke na cabeça de ovo do Kim, mas muitas vidas inocentes seriam ceifadas.

Allan Lemos

Que problema? A Coreia do Norte está tomando conta da vida dela. Tenho ojeriza a tudo o que o regime desse país representa, mas essa história de “eixo do mal” já encheu o saco, os EUA têm que aprender a viver em um mundo multipolar onde nem todos se submetem as suas vontades. Se for para jogar uma nuke na cabeça de cada líder que faz coisas ruins, então deveriam começar pelos que moram na Casa Branca, que se apresentam como paladinos da moral e da justiça diante das câmeras mas que apoiam ditadores companheiros, prisões secretas, golpes de estado,… Read more »

Adriano Madureira

“Se for para jogar uma nuke na cabeça de cada líder que faz coisas ruins, então deveriam começar pelos que moram na Casa Branca, que se apresentam como paladinos da moral e da justiça diante das câmeras mas que apoiam ditadores companheiros, prisões secretas, golpes de estado, espionagem de países aliados e etc entre quatro paredes”. F.A.L.O.U T.U.D.O AMIGO ! Eles acham que o mundo é seu playground particular, onde podem destituir regimes mal vistos por eles e que não são cooperativos politicamente e economicamente, acham que podem fragmentar países e enfraquecê-los militarmente como fizeram com a Sérvia e como… Read more »

Ataul

A Coreia do Sul é território sob ocupação militar dos EUA; esse sempre foi o motivo da tensão na região, para variar… > 30.000 tropas yankees e o controle de fato das “FAs” sul coreanas… É absolutamente óbvio que se não fosse os EUA, para variar, já haveria, no mínimo, uma relação cooperativa e não bélica entre a Coreia dividida. Todo ano manobras militares de intimidação; mas claro, para quem repete mídia mainstrean ocidental a “ameaça” é a Coreia do Norte… Pyongyang aprendeu muito claramente as lições do Iraque e Líbia… O regime criminal e covarde dos EUA só invade… Read more »

Agressor's

A propaganda estadunidense sempre diz que seus inimigos são uma ameaça para o mundo ou que são terroristas e assassinos. No entanto, a história já mostrou que o país que mais promove guerras no mundo são os EUA. São o único país até hoje a utilizar bombas atômicas sobre população civil dizimando centenas de milhares de inocentes que não eram sequer militares. A pouco tempo os estadunidenses também foram expostos ao mundo pelos vazamentos do wikileaks. Estavam utilizando a NSA para espionar chefes de Estado do mundo todo, incluindo até aliados como a ex-chanceler alemã Angela Merckel e a nossa… Read more »

Thiago A.

Não sei qual foi o seu livro de história, mas episódios como o grande expurgo de Stálin, a revolução cultural chinesa de Mao, o #enocídios cambojano perpetrado por Pol Pot ( discípulo desses dois), os gulags, as limpezas étnicas na Sibéria e no Cáucaso, as deportações dos tártaros da Criméia, o #enocídio dos circassianos entre tantos outros… não me parecem o ápice da evolução humana…

Thiago A.

Esqueci. Curiosamente vocês se sentem incomodados pelas base estadunidenses na AL, a interferência na política e economia da região. Perfeitamente legítimo, só vale lembrar que não existe nenhum ator na região capaz e com vontade( gastar recursos ,investir, desdobrar tropas e meios … que pressupõe vontade política e opinião pública favorável ) de substituir essa presença, é inútil reclamar … O mais interessante é que vocês acham ilegítima a vontade dos vizinhos da Rússia de se libertarem dessa presença incomoda e tirana, um vizinho que cometeu crimes e abusos 10 vezes piores do que os EUA na AL … Pimenta… Read more »

Thiago A.

Foi por pouco, mas com essa você conseguiu escrever a maior bobagem do ano… Antes da virada do ano, parabéns 🥳 Logo a Coreia do Norte que nem existiria sem a intervenção dos soviéticos e dos chineses. Existe e resiste por concessão chinesa . Um buffer state/estado-tampão cuja principal função era impedir que as tropas americanas estivessem diretamente a contato com uma fronteira chinesa tão importante. São séculos que os vários impérios que controlavam a China continental controlavam também, diretamente ou indiretamente ( estados tributarios), a península coreana disputando e repelindo diversas invasões jáponesas . A península sempre proporcionou uma… Read more »

Allan Lemos

Qualquer país que possa exercer um contraponto aos EUA é importante para o mundo. Apesar de abominar o regime da Coreia do Norte politicamente, respeito muito o fato deles terem se mantido firmes em sua busca pelo status de potência nuclear plena, isso mostra muita determinação e coragem, duas coisas que faltaram ao Brasil. Tivéssemos nós continuado com o Programa Paralelo, hoje talvez seríamos uma nação respeitada e capaz de proteger nossa soberania.

Jagderv#44

Enquanto a China usar a Coréia do Norte como tampão/fantoche, milhares (eu diria milhões) de pessoas sofrerão e morrerão nas mãos do cabeça de ovo.

RenanZ

Na imagem:
De um lado, veteranos aviões cansados pelo tempo, a caminho de sua merecida aposentadoria,

do outro os B-52 ainda na labuta

Emmanuel

Nunca li tanta verdade sabedoria num único comentário.
O futuro substituto do F-22 vai se aposentar e o B-52 ainda vai estar voando.

Emmanuel

Se o Brasil só tivesse uma dúzia desses caças, ainda assim, seria a melhor força aérea da América latina.

Thulio manhaes

Será páreo duríssimo p os mig 17 norte coreanos!!!😂😂😂😂

Grifon Eagle

Vai dar guerra…