domingo, novembro 27, 2022

Gripen para o Brasil

Caça TF-X de 5ª geração da Turquia começa a tomar forma

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O caça TF-X de 5ª geração da Turquia já está na linha de montagem. Está programado para deixar o hangar pela primeira vez em 18 de março de 2023.

O TAI TF-X (Turkish Fighter) é um caça bimotor furtivo para todos os climas em desenvolvimento pela Turkish Aerospace Industries (TAI) e da BAE Systems como contratada. A aeronave deverá substituir os F-16 da Força Aérea da Turquia em 2030 e também ser exportada.

Mockup do cockpit do TF-X

- Advertisement -

72 Comments

Subscribe
Notify of
guest

72 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alberto

A Turquia participou do programa do F-35 desde o início, inclusive com uma participação bem significativa, muito inteligente o Erdogan, participaram do projeto, aprenderam e pularam fora e agora irão ter o seu próprio caça ao invés de terem ficado fornecendo peças e comprando o caríssimo e duvidoso F-35. Enquanto isso no Brasil um engenheiro nuclear dos EUA ofereceu ao Brasil todo o projeto de reator nuclear de submarinos, o governo brasileiro entregou ele ao governo dos EUA. Até Israel espiona os EUA…Por isso que todo mundo no mundo gosta do Brasil…

BLACKRIVER

Tivemos essa chance com os russos no atual SU57, mas…

Andre

Mas… ainda bem que, assim como turcos e indianos, pulamos fora dessa roubada.

Alfredo

Não adianta chorar.
China, Rússia, EUA e agora a Turquia.
Daqui a pouco, talvez a Coreia.
O clube está crescendo.

JS666

Os indianos pularam fora do SU-57 justamente porque os russos não queriam transferir tecnologia. Se tivessemos embarcado nessa furada também iríamos sair de mãos vazias.

Andre

As notícias foram que os indianos pularam fora porque, de acordo com eles, o avião não entregaria o que prometia:

A IAF acredita que o caça Sukhoi Su-57 (T-50 PAK-FA), que o Ministério da Defesa da Índia (MoD) designou como Persistente Multi-Role Fighter, não atende aos requisitos de furtividade, aviônicos de combate, radares e sensores. “

https://www.aereo.jor.br/2018/04/21/india-se-retira-do-projeto-fgfa-deixando-a-russia-sozinha/

Alfredo

Mas, o F-35 também não entrega o prometido e os americanos continuam empurrando para os seus aliados.
Fora os relatos frequentes de graves problemas técnicos e quedas, já tivemos notícias de pais sem piloto suficiente, e outros dois (Suíça e Dinamarca) cujos processos de seleção foram fraudados.
Deixa de chororô.

Pablo

Graças a Deus nao participou. Reclamam da demora do gripen, mas esse su57 ja ta mais que demorado.

Marcos Silva

Quando? Teve propsta oficial?

Antonio Cançado

Tivemos?

Plinio Jr

Este Su-57 é uma barca furada que ninguém quer, sem falar os passos de tartaruga que o programa anda….

Rui Mendes

A Turquia não teve nenhuma empresa Turca, a construir o F-35, a única empresa que participou foi a BaeSystems e mesmo assim foi uma participação menor, a construtora principal do F-35 e dona do projecto, é a Locked Martin, e a Turquia não caiu fora, como sócia desse programa, foi expulsa.
Nos drones sim, eles participaram em alguns programas de drones, na Europa, mas esses projetos nunca avançaram para a fase de produção e aí eles saíram também, mas não sei sequer se foi a empresa Bayraktar ou outra.

Alberto

TAI produz ainda componentes do F-35… não procede a sua informação.

Bardini

“A Turquia não teve nenhuma empresa Turca, a construir o F-35”
.
comment image:large
.
O envolvimento das empresas turcas no F-35 é capaz de ser maior do que o envolvimento de empresas “brasileiras” no KC-390, rsrsrs…

topol

É Baykar, a empresa, Bayraktar é o modelo TB-2

Walsh

A Turquia não pulou fora do F-35, ela foi colocada pra fora e saiu esperneando muito. E só na cabeça de gente delirante que o caça turco, um país que nunca projetou um caça complexo assim, terá a mesma qualidade do F-35.
Mas deixa os malucos sonharem.
No mais, parabéns a engenharia turca, espero ver esse bicho voando.

Romão

“Enquanto isso no Brasil um engenheiro nuclear dos EUA ofereceu ao Brasil todo o projeto de reator nuclear de submarinos, o governo brasileiro entregou ele ao governo dos EUA.”
.
A ABIN, na prática, é um puxadinho do MinDef, o MinDef é um escritório do Planalto, que não perde uma oportunidade de mostrar sua lealdade à Washington. Isso aqui é uma vergonha.

Allan Lemos

Enquanto isso no Brasil um engenheiro nuclear dos EUA ofereceu ao Brasil todo o projeto de reator nuclear de submarinos, o governo brasileiro entregou ele ao governo dos EUA.

Sim, maior burrice que eu já vi na vida, inacreditável. É por isso que eu falo que o Brasil merece se ferrar todo santo dia.

Teropode

Bobagem , poderia ter sido um cavalo de troia , alrm disso as ingormacoes soobre o acontecido sao bem genéricas.

Adriano Madureira

“Enquanto isso no Brasil um engenheiro nuclear dos EUA ofereceu ao Brasil todo o projeto de reator nuclear de submarinos, o governo brasileiro entregou ele ao governo dos EUA”. Eles nunca viram nosso submarino nuclear com bons olhos,tanto que eles até o chamam de elefante branco. Dois telegramas produzidos pela Embaixada dos EUA em Brasília no início de 2009 fizeram duras críticas à Estratégia Nacional de Defesa lançada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em dezembro de 2008. Em um desses dois despachos aos quais a Folha teve acesso, ambos assinados pelo então embaixador norte-americano no Brasil, Clifford Sobel, havia uma… Read more »

Marcelo

Ser nacionalista da pouco lucro,agora ser vassalo do primeiro mundo vc fica milionario rapidamente,agora é so vc escolher !!!

Santos

Na verdade, os turcos não pularam fora do programa do F-35, mas foram expulsos pelo fato de terem comprado o sistema russo de defesa aérea S-400.

Pablo

A Turquia foi expulsa por ter comprado o S400, nao saiu por conta propria

Coutinho

A Turquia não pulou fora do Programa F-35. Foi praticamente expulsa por comprar o Sistema de Defesa Aérea S-400 da Rússia.

Marcos Silva

“aprenderam e pularam fora”…. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkklklkkkkkkk. Sabe de nada. Fizeram a Turquia “pular fora”.

Teropode

Se publicarem a quantidade de paises e empresas europeias envolvidas no projeto turco ele muda de nick name novamente !

RPiletti

aprenderam e pularam for”, boa maneira de dizer que levaram um passa fora de quem manda no projeto…

Carlos Campos

pularam fora nada, foram expulsos mesmo

Teropode

Bobagem , a turkia foi sócio de segundo nivel e ela nao pulou fora do projeto , ela foi pulada fora , inclusiva o blogue ta cheio de noticias que confirma isto e , sey segundi paragrafo ta confuso , acalme-se e leia com calma…..

Sensato

Os turcos não pularam fora. Foram expulsos. É bem diferente.

Underground

Eu ia comentar, mas infelizmente não sei o que dizer quando relaciono isso com nosso país, que não desenvolve nada, não produz nada e ainda tenho de aguentar os passadores de pano dizendo que a culpa é dos outros, no caso os estadunidenses.
Deve ter um tesouro escondido por aqui que só os gringos conhecem e assim, a revelia do resto do Mundo, só conspiram contra nós.

Andre

Temos a terceira maior empresa aeronáutica do mundo, muito por causa da tot do amx, que acabou de lançar o kc390, mas nosso país desenvolve nada.

Está faltando informações ai amiguinho.

Underground

O programa AMX tem quarenta anos. Depois levamos vinte anos para decidir comprar um caça de prateleira. AMX não teve TOT, teve trabalho duro e uso massivo daquilo que vai dentro da caixa craniana, e graças a isso que a Embraer é o que é. Você usa TOT para superar coisas específicas. Daí uma empresa privada desenvolveu uma aeronave para substituir o Universal. Deu em nada. Daí a Embraer apresentou uma proposta de desenvolvimento de uma aeronave para substituir o Bandeirante, o STOUT. Deu em nada. Daí a Embraer apresentou uma proposta de desenvolvimento de um caça furtivo não tripulado.… Read more »

Guacamole

Postei a relação de gastos e o inventário das forças armadas turcas e brasileiras a efeito de comparação mas por algum motivo, precisa de aprovação.
No minimo ou não vai ser aprovado ou será malandramente aprovado alguns dias depois de hoje para dar tempo do fio esfriar.

Allan Lemos

É mais fácil culpar os outros do que reconhecer a própria incompetência, o maior exemplo disso é o VLS e aquela ladainha de que fomos sabotados que gostam de repetir ad nauseam. Os americanos sabotaram o MAR-1 também? E o A-Darter? Sabotaram o Prosuper original?

Mas é só você falar umas verdades que logo vêm os sabichões e os corporativistas para passar pano.

Andre

Quem repete essa bobagem de que fomos sabotados no VLS mostra conhecer muito pouco de programas espaciais e ignora os diversos acidentes que tantos americanos quanto russos tiveram.

Hellen

Evolução da indústria aeronáutica turca é impressionante !!! Parabéns

Rui Mendes

Aeronáutica e não só, a naval e terrestre também cresceu, como eu nunca vi em outro país.

Eduardo Angelo Pasin

Parabéns para os turcos, com Israel possuindo o f35 não dá para ficar para traz.

Rui Mendes

Israel mas principalmente os Gregos.

Eduardo Angelo Pasin

Tinha me esquecido deles, os turcos estão cercados de adversários relativamente poderosos.

Last edited 4 dias atrás by Eduardo Angelo Pasin
BLACKRIVER

Olha só a Turquia https://s.w.org/images/core/emoji/14.0.0/svg/1f1f9-1f1f7.svg
Que feito em, merece ser aplaudida de pé.
Livro ‘Guido Pessotti – Mestre do Design
Aeronáutico’
https://www.aereo.jor.br/2015/12/02/livro-guido-pessotti-mestre-do-design-aeronautico/

Quem leu o livro acima mencionado sabe o que eu estou falando, aos que não leram, recomendo ler…
E por falar em leitura, também recomendo o link abaixo, que vai ajudar a entender por que as empresas brasileiras do setor de defesa não conseguem progredir…
Em pleno ano de 2022 ver uma notícia dessas, só pode ser piada!
Entidades de classe do setor de Defesa e Segurança entram na Justiça contra a Boeing para proteger a soberania nacional
https://www.aeroflap.com.br/entidades-de-classe-do-setor-de-defesa-e-seguranca-entram-na-justica-contra-a-boeing-para-proteger-a-soberania-nacional/

Nemo

Li o post. O que eles pretendem fazer, prender os engenheiros no porão?

Pedro Fullback

Perderam engenheiros pq a Boeing paga muito melhor e tem mais benefícios. Se a Embraer pagar bem os seus engenheiros, ninguém vai querer sair da Embraer.

Mirão

Protecionismo é apenas uma de muitas tradições que se instauraram no Brasil no ultimo século e que por algum motivo digno de estudo cientifico, o brasileiro ainda insiste que pode dar certo um dia.

Leo Barreiro

Meu caro, trabalho com T.I, e se tem uma coisa que eu mais vi na pandemia foi amigos meus que eram plenos, mas com conhecimento de especialista, serem disputados no tapa! Com aumento de até 70% do salário, isso quando o povo não era contratado por empresas estrangeiras, ai o céu é o limite! O que tem que ter é salário! A depender do que o profissional faz o salário tem que se basear em uma média mundial! Para esses casos, onde há uma empresa estratégica ou processos o BNDS, deveria ter uma linha de crédito de “fundos perdidos”, como… Read more »

Joanderson

Os turcos tem capacidade de construir motores para caças ?
Até a china sofre para produzir um motor de qualidade.
Tou ancioso para ver se esse caça vai ter mais cara de 5 geração do qui o Su57.

Teropode

Ha duversas empresas europeias envolvidas nos projetos turcos ( não tirando o merito deles ), are eletrônica, motores , radar …..

Guacamole

Forças Armadas Turcas: Orçamento: 15,5 bilhões de dólares. Força Aérea Turca: 50.000 homens 46 Phanton F4 243 F16 4 Boeing AEWeC 7 KC 135 Stratotanker Exército Turco: 260.000 homens. 355 Tanques Leopard 1 339 Tanques Leopard 2 785 M60T TTS 750 M48 Patton 2270 IFVs ACV-15 2703 m113 57 PARS III 6×6 55+ PARS III 8×8 2000+ BMC KIrpi MRAP 1850 Otokar CObra IFV 94+ Kaplan Tank Destroyer Marinha Turca: 45.000 homens 12 submarinos 16 frigatas 9 corvetas 1 navio de inteligencia 18 navios de ataque rápido 16 navios patrulhas 11 navios de contraminagem 34 navios anfibios Forças Armadas Brasileiras… Read more »

Last edited 4 dias atrás by Guacamole
Victor Filipe

Só queria corrigir uma coisa, onde ta escrito “Marinha Brasileira” deveria ser corrigido para “Guarda Costeira do Brasil”

Leo Barreiro

Em números absolutos até que não estamos tão ruins… brincadeira, mas se formos por na balança que não temos todos os subs operacionais… ai é dificil.

Seria interessante termos a comparação com equipamentos operacionais, ai vamos passar ainda mais vergonha.

Aéreo

Disse tudo.

Tutor

Banalização dos 5ª Geração.
Mas, sinceramente acho que, a exemplo de tudo, vão ter os que prestam e os que não prestam.

Heinz

Todo dia é um tapa na cara do brasileiro, não dá mais!

Foxtrot

Enquanto que no bananasil com seus “manifestantes” dementados e alucinados, que tentam contato com aliens e sonham com golpes (KKK).
Não conseguiram nem replicar localmente seu caça de 4° geração, mesmo com o fabricante internacional ajudando.
Primeiro o Hurjet, agora o 5° geração.
Deus que inveja viu.

Augusto

O golpe já está ai, só não vê quem não quer.

Foxtrot

Chora na cama que é lugar quente, dói menos !

Hans

Ia comentar sobre isso,a Turquia conseguir desenvolver uma aeronave de caça de 5 geração sem ter experiência nenhuma na indústria de aviões. É um feito extraordinário ou há uma mega ajuda oculta.

Teropode

Oculta não, há empresas específicas contratadas , mas o mérito de administrar o projeto é turco , além disso há partes sensíveis do.inadas por eles , isto é a edição de um aprendizado, fazem isto nas áreas terrestres, aéreas e navais …..

topol

A estabilidade regional a qual estamos inseridos não permite que nossos legisladores e quiçá chefes do executivo tenham uma visão estratégica de defesa tendo em vista os milhões de iminentes problemas econômicos, de infraestrutura, saúde e por aí vai, resumindo, é muito difícil convencer a opinião pública a aceitar que um país inserido em um contexto totalmente pacífico venha a empenhar bilhões em armas com tantos problemas urgentes sangrando e precisando de atenção imediata… sim é uma visõ míope e eu concordo totalmente que é errada mas infelizmente só irá mudar o dia em que tivermos uma ameaça direta batendo… Read more »

Teropode

Bobagem , culpar estabilidade e falta de grana não faz sentido, os caras aqui dexttjbuem grana pra políticos sem critério e depois cortam da saúde educação segurança e ciências !

João Fonseca

Parabéns aos Turcos, parabéns à China, ao Paquistão, à Índia e às Coreias que de alguma forma buscam a independência tecnológica e científica ! E o Brasil que vá à merda com essa apatia e submissão ! País de plantadores de milho e banana ! Um Embraer só não fez, não faz e nunca fará verão !

Adriano Madureira

Mudou muito se comparado ao conceito apresentado anteriormente lá em 2014…

Os turcos como sempre surpreendendo na área militar.

comment image

Lembra muito o design do KFX – C-200/300,que seria uma parceria entre os sul-coreanos, da indonésia e da Saab

comment image

comment image

comment image

comment image

Last edited 3 dias atrás by Adriano Madureira
Pedro Fullback

A Grécia está ficando cada vez para traz! Enquanto os turcos buscam a sua autonomia e desenvolvimentos próprios, os gregos apenas compram de prateleira.

Maurício.

“A Grécia está ficando cada vez para traz!”

A Grécia está comprando mais caças Rafale, que é um caça superior a tudo que a Turquia tem atualmente, esse caça turco, se ficar pronto e operacional, ainda vai levar muitos e muitos anos.

Regis

Off Topic: no Zhuhai Airshow 2022, a empresa chinesa CETC mostrou seu novo drone. Pelo design, ele é claramente uma cópia do drone turco TB2.

BVR

Parabéns aos turcos.
Não que faça muita diferença (pois o F-35 não possui); mas acreditei que o empuxo vetorado seria uma das características de todo o caça de 5a. geração construído após o F-22.

Aliás, não sei se estou certo, nem o caça chinês possui essa capacidade.

Relaxando um pouco, diante disso poderíamos classificar os 5a geração como “5a popular” e “5a plus”, sendo aqueles que são plus possuidores de empuxo vetorado. Rsrsrs…

Saudações.

FERNANDO

Pois é, o Brasil perdeu o fio da meada do progresso.
Infelizmente desgovernos colaboracionistas fruto de nosso passado colonial.

Fernando Lemos

O Brasil deveria desenvolver armento em consórcio com outros países em desenvolvimento (Turquia, India, Indonésia, Africa do Sul etc), para mim isto é bem claro. È uma forma de diminuir os riscos e os custos, e depender menos da vontade política das grandes potências. Se tivessemos proposto este modelo para a Turquia há uns 15 anos atrás, que sabe não poderíamos ter participado deste projeto.

Antonio Cançado

A FAB e a Embraer deveriam estar nesse programa…

dretor

Parabéns a turquia, tal avanço so ocorre pois la é uma politica de estado o investimento na indústria nacional….. no brasil também temos tal politica, investimos bastante em trator e em colheitadeira e ainda mas em estádio de futebol( coisa que deveria ser deixado para empresas e nao o estado gastar) para depois o mesmo esta descascando 2 anos depois

Ocimar

Eu fico pensando! Nós temos uma das maiores montadoras de aviões do mundo, que é a Embraer, embora seja focada em aviões comerciais, possui uma parte que trabalha com aviões militares, a exp. o Super Tucano, que é turbo hélice, no entanto, embora já tenha produzido o AMX em parceria com  AMX Internacional, ficou apenas nisso, não procurando criar novas tecnologias para produzir outras opções de aeronaves militares supersônicas. Hoje vemos países como China, Turquia, India, Coreia do Sul, Japão desenvolvendo seus próprios projetos de avião de 5ª geração, e nós ainda dependendo de outros países para fornecer aeronaves de… Read more »

Últimas Notícias

Russos dispararam mísseis de cruzeiro nucleares sem ogiva contra a Ucrânia

https://twitter.com/DefenceHQ/status/1596389927733927937 Aparentemente a Rússia está removendo as ogivas nucleares de antigos mísseis nucleares de cruzeiro e disparando as munições...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -