domingo, dezembro 4, 2022

Gripen para o Brasil

Marinha dos EUA aterra 193 jatos de treinamento T-45C por falha no motor

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A frota de jatos de treinamento com capacidade de operar em porta-aviões da Marinha dos está parada há quase uma semana devido a uma falha no motor descoberta no início deste mês, disseram oficiais da Marinha ao USNI News em 20/10.

Os 193 treinadores T-45C Goshawk do serviço usados ​​para treinar pilotos da Marinha e do Corpo de Fuzileiros Navais estão agora em uma “pausa de segurança” após uma falha na palheta do motor descoberta durante uma verificação pré-voo em 11 de outubro na Estação Aérea Naval Kingsville, Texas, informou Elizabeth Fahrner, uma porta-voz do Programa Executivo de Programas de Aeronaves Táticas (PEO(T)), ao USNI News.

Uma análise de engenharia subsequente do motor Rolls-Royce Turbomeca F405-RR401 levou ao aterramento da frota T-45C pelo contra-almirante Richard Brophy, chefe do treinamento aéreo naval.

“O Escritório do Programa de Sistemas de Treinamento de Voo de Graduação Naval, a Divisão de Aeronaves do Naval Air Warfare Center, o Chefe do Treinamento Aéreo Naval e a Equipe de Apoio à Frota têm trabalhado ininterruptamente com o parceiro da indústria Rolls Royce para identificar a causa raiz da recente falha na palheta do motor do T-45. A análise de engenharia está em andamento e continuará até que possamos retornar com segurança a frota T-45 a um status de voo para apoiar o treinamento do CNATRA”, disse o contra-almirante da PEO T John Lemmon, em um comunicado de 18 de outubro.

Uma mensagem deixada com um porta-voz da Rolls-Royce pelo USNI News não foi repondidade imediatamente.

Os Goshawks, capazes de aterrissar e decolar usando catapultas em um porta-aviões, são a principal aeronave de treinamento para pilotos de caça da Marinha e do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA.

Os pilotos em treinamento estão contornando o aterramento do T-45C, participando de mais instruções em sala de aula e treinamento em simulador, disse um porta-voz da Marinha ao USNI News.

Em todas as plataformas, o CNTRA tem a meta anual de formar cerca de 1.100 pilotos por ano para a Marinha dos EUA.

FONTE: USNI News

- Advertisement -

12 Comments

Subscribe
Notify of
guest

12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rinaldo Nery

Sábia e prudente decisão. Ainda bem que descobriram a falha no solo. Tá aí um avião que gostaria de voar.

Atirador 33

Respeito muito essa prática de transparência dos americanos com seus contribuintes, e seus ativos operacionais. As vezes leio comentários de quedas de aviões americanos, e o que é um problema para alguns foristas é a transparência das forças, aqui no Brasil temos essa pratica também, de informar o acidente, investigar e disponibiliza os resultados das averiguações.
Rússia e China não possuem a pratica da socialização de quedas e falhas de projetos.
Abs.

Alex Faulhaber

acidentes com aeronaves militares aqui no Brasil, as causas não costumam serem divulgadas, ou estou enganado?

Tana

tem a meta anual de formar cerca de 1.100 pilotos por ano para a Marinha dos EUA”

Mesmo que formem metade da meta, é um número elevado, não?

Rinaldo Nery

Diria absurdo…

Underground

Normalmente quantos pilotos são embarcados em um PA?

Rinaldo Nery

Depende de quantos Esquadrões embarcam. E quantos aviões cada um possui.

Rafael Pinheiro Machado

Um número relativamente pequeno de pilotos da US Navy estão embarcados em porta-aviões. A esmagadora maioria está em dezenas de bases terrestres ao redor do mundo.

Franklin

Esses aviões não teriam sido mais interessantes e capazes p/ marinhas como a nossa já na época da aquisição dos A4?

Neto

Eles não são armados.
.
Entretanto, talvez, quando derem baixa sejam o mais acessível para MB. Uma bela de desgraça.

Neto

Em tempo, talvez seus substitutos possam ser um caminho para a MB lá no futuro.

Wellington Góes

Daí porquê muitas forças (as de fato relevantes) têm mais de um modelo de aeronave a disposição, especialmente na primeira linha, um único problema e toda a força fica no chão.

Últimas Notícias

UAC entregou ao Ministério da Defesa russo um lote de novos caças Su-35S

A Komsomolsk-on-Amur Aviation Plant (KnAAZ) em homenagem à Gagarin United Aircraft Corporation (UAC, parte da Rostec) entregou ao Ministério...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -