quarta-feira, novembro 30, 2022

Gripen para o Brasil

VÍDEO: Primeiro teste de motor do Gripen E pela GKN Aerospace na Suécia

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A Suécia levou para casa a manutenção do novo motor do Gripen E. Agora, o primeiro de três equipamentos de teste foi concluído e um motor foi iniciado pela primeira vez.

Quando a Suécia fez o pedido à Saab do caça de nova geração Gripen E em 2013, a ideia era que a manutenção dos motores fosse realizada pela Marinha dos Estados Unidos, controlada pela fabricante General Electric.

Vista em corte do Motor GE F414 do Gripen E

Mas devido à deterioração da situação no mundo, as Forças Armadas Suecas mudaram de ideia. Em 2020, ocorreu uma reviravolta completa, o que significa que o suporte e a manutenção do produto ocorrerão na Suécia, na GKN Aerospace em Trollhättan (anteriormente Volvo Aero).

A manutenção dos motores nos EUA levaria muito tempo no caso de um ataque armado ou alerta máximo.

- Advertisement -

21 Comments

Subscribe
Notify of
guest

21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Kommander

E o Brasil, como fica nessa história?? A manutenção dos nossos vai ser feita onde?

Fernando Vieira

a GE Celma tá aqui em Petrópolis aguardando contatos.

RenanZ

onde for mais barato e rápido, de preferência

Camargoer.

Olá K. De fato, a Celma poderá ser homologada para fazer a manutenção dos motores do F39. Isso demandará algum investimento, mas parece adequado que a manutençao do F414 seja feita no Brasil. Considerando os dois lotes de F39 e alguns motores sobressalentes, seriam cerca de 70~80 unidades. Imagino que a FAB tenha cerca de 100~110 motores J85 dos F5 que são revisados na Celma. A alternativa seria usar as instalações suécas.

Fabio Araujo

Como são feitas as manutenções nos motores dos aviões da FAB? A FAB já opera uma infinidade de motores a jato, então já deve ter algum planejamento para fazer isso fora ou alguma estrutura para fazer isso na própria FAB!

Rinaldo Nery

As revisões menores serão realizadas em Anápolis.

Fabio Araujo

E no caso dos motores dos F-5 que também são GE as maiores são na PAMA ou na GE CEMA?

Rinaldo Nery

Eram na CELMA. Acho que ainda são. Tem uma empres em Confins que também é autorizada. Faz as revisões dos motores dos A-4 da MB.

BK117

Caro Nery, essa empresa seria a IAS? Se sim, não sabia que eles trabalhavam nos A4 também. Interessante.

Last edited 1 mês atrás by BK117
Rinaldo Nery

Acho que sim. Estiveram na COPAC em 2009, pois queríamos que assumissem as revisões dos motores P&W dos C-105. Mandei um ofício pro Canadá, e nem responderam!

BK117

Obrigado! Não é muito profissional da parte da PW simplesmente ignorar um ofício de um cliente importante como a FAB.
Dei uma pesquisada e parece que os canadenses acabaram por ceder, não é? Achei um vídeo de testes de PW127G sendo testado na IAS.

Last edited 1 mês atrás by BK117
Rinaldo Nery

Que bom! Deve ter sido posterior à minha saída da COPAC.

Afonso

Curiosidade, a CELMA trocou recentemente o maquinário de câmeras de segurança e software de vigilância e monitoramento de EPI, que anteriormente eram de fabricação chinesa, para maquinário americano, pois irão realizar manutenção de motores de aeronaves americanas aqui no Brasil e foi uma exigência do governo dos EUA.

Dêmisson Silva Rios Junior

Esse já é um bom tema para uma matéria…

Cristiano Salles (Taubaté-SP)

Acho que vai ser a Embraer juntamente com a Celma em Gavião Peixoto…, já que a Embraer vai construir as aeronaves também, não vai querer perder a oportunidade de adquirir expertise e também ser um centro de revisão autorizado pela Ge no hemisfério Sul…, tudo muda…, daqui a pouco a Celma vira um braço da Embraer…

Abraço a todos…

Fiquem com DEUS…>>>

Ivanmc

Motor do F-18 Super Hornet.

Luiz Antonio

Entendo que as revisões devam ser realizadas na CELMA e sua homologação de caráter urgente. A crise pela guerra na Ucrânia faz com que as manutenções nos EUA fiquem comprometidas e a Suécia trazendo para si não garantiriam absolutamente nada, aliás, seria até pior, pela proximidade do cenário critico.
Na CELMA seria estratégico até para a Suécia.

Last edited 1 mês atrás by Luiz Antonio
Fabio Araujo

Pode não ter sido divulgado nada, mas a FAB já devia ter um planejamento e caso algo tenha mudado por conta dessa guerra na Ucrânia já devem ter bolado ou estão bolando outra solução.

Rinaldo Nery

Óbvio que o COMGAP já sabe, há tempos, onde vai fazer a revisão dos motores. Embora muitos idiotas aqui chamem de ¨aeroclube¨, a FAB é gerida por profissionais.

Camargoer.

Olá Rinaldo. Você sabe onde serão feitas as manutenções dos moteres do F39 d FAB? Aqui, EUA ou na Suécia?

Rinaldo Nery

Não sei aonde as revisões maiores serão realizadas. Posso me informar. Com certeza alguma coisa será realizada em Anápolis.

Últimas Notícias

Chegam a Anápolis-GO os primeiros caças F-39 Gripen operacionais

Por Juliano Lisboa (Reportagem e Fotos) Os primeiros caças Saab F-39E Gripen operacionais da Força Aérea Brasileira pousaram hoje na...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -