segunda-feira, dezembro 5, 2022

Gripen para o Brasil

Primeiro KC-390 da FAP já está em Portugal

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Já está em solo português a primeira aeronave KC-390 adquirida pelo Estado Português.

Escoltados por dois F-16M da Força Aérea, eram 10H00 de 16 de outubro quando aterrou em Beja, na Base Aérea N.º 11, a primeira de cinco aeronaves com as cores nacionais.

Segue-se agora a fase de integração dos equipamentos NATO e certificados pela Autoridade Aeronáutica Nacional, antes da entrega à Força Aérea.

Recorde-se que Portugal adquiriu cinco aeronaves KC-390 e um simulador, em 2019, e a primeira tripulação portuguesa concluiu com sucesso o curso de qualificação em novembro de 2021.

FONTE: Força Aérea Portuguesa

- Advertisement -

71 Comments

Subscribe
Notify of
guest

71 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Teropode

Cara , isso é o Brasil que eu quero !

Joao Argolo

Calma, ele está voltando dia 30.

oswaldo

Voltando pra cadeia?

Joao Argolo

Sim, cadeia de projetos

Wellington Góes

Bacana!!! Parabéns aos lusitanos pela aeronave e participação no projeto…

Grozelha Vitaminada Milani

Que seja o início de muitos!

Parabéns a FAB, Embraer e a FAP.

Sucesso e vida longa ao KC/C – 390!

Marcos Silva

Parabéns fab????

Camargoer.

Olá Marcos. A FAB participou do desenvolvimento do projeto. Os requisitos do KC390 foram elaborados pela FAB.

Rinaldo Nery

E ministrou instrução pras primeiras tripulações portuguesas em Anápolis.

EduardoSP

E arcou com os custos de desenvolvimento e construção dos dois protótipos.

Jota

Acho interessante ressaltar que o C390 foi “encomendado” pela FAB. As especificações são da FAB. As primeiras unidades são da FAB. E os royaltes do projeto são da FAB. A FAB é a proprietária do projeto , que foi desenvolvido, modelado e construído (sob contrato) pela Embraer. Ou seja , quando voce encomenda algo , com suas especificações, voce deve bancar ou arcar com o projeto. Inclusive acho que a Embraer viu uma oportunidade de vendas futuras na aeronave e certamente bancou parte do projeto, se tornando dona parcial do projeto, sócia da FAB. Bom pra FAB, bom pra Embraer.… Read more »

Camargoer.

Olá Jota. A Embraer tinha um projeto de um avião cargueiro empregando partes do Emb195. Este projeto foi revisado e a FAB levantou questões importantes, como a necessidade de transporte de carros de combate, o que levou á decisão de fazer um projeto completamente novo. Inclusie, lembro da construção de uma mockup de maderia para testar a entrada e saída de cargas e carros de combate. Então, umas das vantagens do KC390 é que ele foi projetado já pensando na otimização da fabricação e manutenção empregando uma sala virtual 3D.

Nonato

E bancou o desenvolvimento, não foi?
Sem a FAB bancando, não haveria KC 390…

Camargoer.

Olá Nonato. Vocẽ tem razão. Só é preciso lembrar que os recursos da FAB são oriundos do Tesouro. A FAB não gera recursos nem tem independência financeira para efetuar gastos sem a aprovação do orçamento pelo Congresso e pela autorização do MinEconomia.

Davison

Força aérea portuguesa

Henrique

KC chegando na OTAN

Last edited 1 mês atrás by Henrique
Jagdverband#44

Vai depender do alinhamento do governo brasileiro…
Se for pró Brics/Iran, esquece.

Matheus

Brasil quando era governo de esquerda era bem afobado com Otan.
O que faria ser diferente agora?

Adriano Madureira

brevemente será a vez do húngaro fazer sua viagem para casa…

comment image

Jagdverband#44

Tomara que vendam dezenas, centenas deste ótimo avião multifuncional Adriano.

Pablo

Fico feliz do primeiro Milenium em solo estrangeiro. Sucesso!!
So uma dúvida, Portugal não tinha adquirido o C390?

Henrique

C390 é o Millennium

TR xavante

Acho que a dúvida do colega, é por causa do KC que é versão reabastecedora.

peter nine nine

Portugal adquiriu o KC390, até porque o avião que entrou em análise e mais tarde selecionado e descrito na documentação referente, por exemplo, ao orçamento aprovado, é o KC-390 Millennium, não o C390. Aliás, quando a FAP selecionou o avião, não estou em erro, sequer existia o C sem o K. Podemos ver o “corno”, claramente, na “cabeça” do avião português. Por outro lado, relembro que, dentro do meu saber, o que distingue ambas as versões é a capacidade de ser abastecido em voo mais do que abastecer em voo. Esteticamente, portanto, o que claramente distingue ambas as versões, é… Read more »

Fabio Araujo

Que coisa linda e maravilhosa, temos que nos orgulhar desse feito, um belo avião produto de nossa engenharia!

HLopes

Que seja bem-vindo à FAP. Estou certo de que vai fazer um bom trabalho.

Gostava de ver também o A330 MRTT na FAP, falta-nos transporte estratégico, mas isso já é um sonho difícil de concretizar.

Last edited 1 mês atrás by HLopes
ORIVALDO APARECIDO SALVADOR JUNIOR

Não é por nada não, ficou muito mais bonito nessa cor

Camargoer.

Olá. O. FIco pensando em um KC390 todo verde escuro ou mesmo naquele cinza escuro da USAF.

Tutu

Vamos ter um gostinho, tanto Holanda como Hungria usam um cinza mais escuro.

Datafire

O húngaro tem exatoamente a mesma cor do da FAP.
comment image

Datafire

e para quem tem duvidas:
comment image

É a mesma cor,

Quem também é usada na FAP com o C295
comment image
E na Roménia com os C27J
comment image

E é provável que os 390 da RNAF também seja claro como parece ser a tendência dos novos cargueiros táticos da NATO.

Nos cinzas depende muito da luz solar.

Stemp

Falo isso desde o princípio! Pra mim foi uma burrice nao terem pintado um dos protótipos dessa cor!

TR xavante

Antes eu achava um absurdo nosso esquema de cores, até que eu vi aquela fotos dos F5. O padrão da FAB para nossa realidade é extremamente funcional

Bille

Agora é certificar o REVO em tudo que é avião lusitano, pra aumentar as vendas na Europa.

HLopes

O KC390 só poderá fazer REVO aos EH101, os F16 são fazem Revo por Boom e o KC390 é probe and drogue.

Por curiosidade, os A330 MRTT novos, normalmente fazem a certificação com os F16 da FAP.

Wilson Look

Já surgiu a informação de uma parceria entre a EMBRAER e a L3 HARRIS para uma versão do KC-390 equipado com lança, o objetivo pelo que foi divulgado é atender a USAF.

Talvez, se houver a possibilidade, no futuro algum dos KC-390 portugueses pode ser transformado nessa versão.

Bruno Palma

Portugal não irá modificar qualquer KC, mal teve dinheiro para os comprar e a próxima compra será dentro de 2-3 anos irá ser o F-35 e com esse o saldo da conta ficará esgotado por alguns anos. Se tiver algum reabastecedor com lança será um A330 civil convertido ou entrar no programa da NATO com os A330MRTT o que a segunda hipótese é a que faz mais sentido.

Wilson Look

Não entendi, se mal teve dinheiro para comprar os KC, como vai ter dinheiro para comprar os F-35, e que tem uma hora/voo muito mais cara do que os F-16 ou mesmo o KC-390.

E como eu disse, essa versão com lança do KC ainda é um conceito, nem os custos de tal conversão sabemos, apenas após ter um voando e com os custos conhecidos poderemos mensurar se é vantajoso a conversão ou não.

Bruno Palma

Vai ter que arranjar de qualquer maneira, mais ano menos anos Portugal irá ficar para trás vai ficar para trás em relação aos outros países da NATO, os F-16M irão ficar limitados em certos tipos de missões daqui a uns anos.

HLopes

Tenho dúvidas de que tal seja possível.

Wilson Look

Por isso falei de possibilidade, pois tem muitas coisas que ainda não sabemos, sobre essa versão Agile Tanker do KC-390.

São muitos ses, que só o tempo respondera.

Everton Maganin

Os merlin de portugal não tem capacidade de reabastecer em voo. Salvo em engano, só a Itália optou pela sonda na versão CSAR Caeser.

HLopes

Os Merlin de Portugal têm capacidade de reabastecimento em voo sim, pelo menos na versão CSAR, quatro unidades. Não voam normalmente com a sonda de reabastecimento, mas têm essa capacidade.

Bruno Palma

Portugal tem 4 sondas de reabastecimento para os EH-101, só que estão armazenadas por não terem utilidade o que irá mudar com o KC-390, até há umas fotos de alguns anos logo no inicio de operação dos helis com um com a sonda instalada.

Last edited 1 mês atrás by Bruno Palma
HLopes

Os Merlin de Portugal têm sim capacidade de reabastecer em voo.

20101007_LPCS-122s.jpg
peter nine nine

O EH-101 MERLIN é um helicóptero de transporte médio, trimotor, com trem de aterragem triciclo, semi-retrátil, com rodas duplas em cada unidade e rotor principal de 5 pás. A FAP adquiriu 12 EH-101 em três variantes distintas para três tipos de missões diferentes. A frota consiste em 6 de variante SAR (Busca e Salvamento), 2 de variante SIFICAP (Sistema de Fiscalização das Pescas) e por 4 de variante CSAR (Busca e Salvamento em Combate). Possui flutuadores de emergência, 2 barcos internos de 20 pessoas, 1 guincho primário e um guincho secundário, NITESUN e FLIR. É equipado com um RADAR de… Read more »

Fabio Araujo

Se o projeto Agile Tanker for bem sucedido os proprietários de C-390 e KC-390 deverão ter a possibilidade de fazer o upgrade para ter a capacidade de reabastecimento por flying boom.

peter nine nine

Você está a esquecer o próprio Millennium… Portugal poderá abastecer em voo um Millennium com outro Millennium, estendendo o seu alcance e permanência em voo. Portanto, EH101, o próprio Millennium e outras aeronaves e helicópteros NATO, caso sejam alcançadas as devidas certificações para diferentes modelos. Não descarto a possibilidade de, no advento da criação, na FAP, de tal doutrina, conversões baratas não possam ser feitas noutras aeronaves de forma a, pelo menos, se tornarem potenciais receivers, como por exemplo os C295 também em serviço na FAP e que Espanha com a Airbus já testaram para tanto função receiver como refueler:… Read more »

Grifon Eagle

A Holanda tbm já encomendou 05 unidades dos KC-390 para substituir seus antigos C-130 Hércules.
Parabéns ao nosso Brasil, é assim que deve ser!!!

Von Richtoffen

Encomendou C-390, não tem o “K”, não é para reabastecimento.

Jose Marinho

Os olhos atraiçoam, porque parece que ele escureceu na cor vindo do Brasil para Portugal

Camargoer.

Olá José. Acho que a intensidade de luz, a hora do dia (no fim do dia a aumenta a proporção de luz amarela devido o espalhamento de luz) e até o ângulo da câmara em relação ao sol. Provavelmente, imagens obtidas próximas ao meio-dia com céu sem nuvens resultarão em um cor mais clara. Com nuvens, a intensidade luz é menor e há menos brilho também. Dá para perceber o ângulo da luz solar pela sombra no estabilizados vertical, que aparece em dois tons de cinza. Eu queria saber fotografar com este pessoal para tirar vantagem de todas sutilezas. Sou… Read more »

Neto

Opa Camargoer, dá pra ver pela sombra que de fato é perto do meio dia. O Contraste fica muito alto. para diminuir o contraste acaba-se escurecendo um pouco a foto.
.
Tá lindo o bixo!

BK117

Caro Camargoer, desde que vi a primeira foto do KC30 e achei que a pintura era mais escura, eu vejo pelo menos 3 fotos pra identificar o tom de uma aeronave cinza hehehehe

Imagino que, além dos fatores citados, a falta de outras cores na aeronave para os olhos (e sensor da câmera) compararem deixem aeronaves monocromáticas mais vulneráveis a ilusões (Talvez relacionadas à exposição, como uma tela de projetor?), mas posso estar falando uma besteira enorme. Digo isso por ser mais difícil perceber grande diferença entre fotos nas partes cinzas de um KC390 da FAB, por exemplo.

a330.png
Jefferson Ferreira

Que o bichão ficou bonito demais nessa cor, ficou!

Nativo

Ótimo e que pra aqui o governo e parte do público dêem mais valor a esse projeto.

Silvano

Como assim? o programa é do governo, quem paga é o governo, e sem o governo este programa não existiria. Quer mais valor do que isso? O mais provável é que as 28 unidades tenham sido super estimadas, a maioria iria ficar parada, o Brasil não tem força expedicionária, nenhum país sul americano tem ou precisa, o nosso uso é interno e no máximo regional, 15 ou 16 unidades seriam mais do que suficiente, fora os C-295, os recursos são escassos e deve-se trabalhar com uma realidade econômica e em prioridades, se foi para dar lugar a mais Gripen parece… Read more »

Von Richtoffen

Não para esse governo, que se despede em 31 de dezembro…

Rinaldo Nery

Acho q não… Veremos.

Jagdverband#44

Essa é a pintura definitiva da FAP?

Datafire

Sim

Jagdverband#44

Obrigado, nobre colega.

Nemo

O próximo sucesso da Embraer será o AEW&C baseado no Praetor 600 em parceria com a israelense IAI. Muito bom.

Stemp

Vão me apedrejar, tô C&A, mas vou comentar mais uma vez: SE UM DOS PROTÓTIPOS QUE EXCURSIONOU PELO MUNDO TIVESSE ESSA PINTURA EU TENHO CERTEZA DE QUE AS VENDAS SERIAM ALAVANCADAS! Xinga, podem me xingar, mas é a opinião de quem trabalha com publicidade! Ferrari amarela é horrorosa, se pintura não fizesse a diferença as mulheres não se pintavam! E tenho dito!

Rinaldo Nery

Rosa Marykai..

Stemp

Nunca ouvi falar, mas se você falou é porque conhece bem!

LucianoSR71

Com todo o respeito, mas vc acha que os militares vão se deixar influenciar pela cor que está pintado um Cargueiro Tático? Os pontos a serem analisados serão as especificações técnicas, condições comerciais, apoio pós venda etc, até porque quem decide esquema de pintura é o comprador, não há sugestões por parte do fabricante e ele sempre será entregue conforme o desejo do cliente.

Stemp

O motivo pelo qual são pintados com a CAMUFLAGEM é ESTRATÉGIA, concorda? Eu sei que sim. Agora vamos lá, a EMBRAER tirou este avião da prancheta e a intenção era VENDER… Em vendas, parceiro, estratégia é tudo! Eu nunca imaginei que a FAB devesse usar no padrão português porque tenho a plena consciência de que não é conveniente para a nossa realidade, agora, se a intenção da EMBRAER era VENDER, aí a estratégia deveria entrar no jogo. É a opinião de um ignorante em assuntos estratégicos, mas é o que eu penso, e sei que posso estar errado, mas é… Read more »

André Bueno

O melhor é pintar com a tinta do avião invisível da Mulher Maravilha.

Camargoer.

Olá André. Sempre achei engraçado que o avião era invisível, mas ela não.

invisivel.jpeg
Heinz

Que espetáculo de aeronave.

Últimas Notícias

UAC entregou ao Ministério da Defesa russo um lote de novos caças Su-35S

A Komsomolsk-on-Amur Aviation Plant (KnAAZ) em homenagem à Gagarin United Aircraft Corporation (UAC, parte da Rostec) entregou ao Ministério...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -