domingo, dezembro 4, 2022

Gripen para o Brasil

KC-390 a caminho de Portugal

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O primeiro KC-390 adquirido pelo Estado Português para equipar futuramente a Força Aérea já está a caminho de Portugal.

A aeronave descolou hoje, dia 15 de outubro, de Gavião Peixoto, São Paulo, em direção à Europa.

Após tocar solo português, o KC-390 passará por uma fase de integração dos equipamentos NATO e certificados pela Autoridade Aeronáutica Nacional.

Recorde-se que Portugal adquiriu cinco aeronaves KC-390 Millennium e um simulador, em 2019, e a primeira tripulação portuguesa concluiu com sucesso o curso de qualificação em novembro de 2021.

FONTE: Força Aérea Portuguesa / FOTO: Embraer

- Advertisement -

82 Comments

Subscribe
Notify of
guest

82 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bruno Palma

Bom…vamos ver como ele se comporta nas mãos da FAP, mesmo não gostando muito dele lá estarei a registar a chegada á Base de Beja antes de ir para Alverca 😉

Fabio Araujo

Ele esta indo para a OGMA uma empresa parceira da Embraer em Portugal onde será finalizada colocando os equipamentos padrão OTAN e só será entregue em Março de 2023! Mas com certeza quando estiver em serviço na FAP vai ser um excelente garoto propaganda do KC-390 e vai fazer bonito!

elias

éé!!?? nao gosta dele…..caro lusitano , vc leu o que o comandante da força holandesa ao argumentar o motivo da compra do kc390 (procure vc mesmo ..). entao vc nao vai duvidar mais que existe na FAP pessoas coerentes e competentes que o escolheram …

Bruno Palma

Os Holandeses escolheram o KC-390 porque não precisam de um avião maior já que têm o C-17 da SAC e o A330MRTT, já nós Portugal temos 2 aviões iguais, o C-130 modernizado e o KC-390, e mais uma coisa não foi a FAP que escolheu o KC, foi o governo por ter amigos na Embraer porque o que a FAP queria era um avião com maiores capacidades e construído na Europa e montado em Sevilha, Espanha.

Last edited 1 mês atrás by Bruno Palma
Tutu

Vocês não tem dois aviões iguais, vocês tem um avião substituindo outro da mesma categoria com larga vantagem em vários pontos, C-130H, mesmo que modernizados, especialmente os seus recebidos em 1977 são fim de carreira, vão voar no máximo até o último C-390 ser entregue.

Bruno Palma

Se o KC vai substitui-los porque é que os C-130 estão a ser modernizados? é porque não irão sair tão cedo 😉

Tutu

Até onde eu sei, a modernização é extremamente pontual, sem os novos sistemas simplesmente não poderiam mais voar pela Europa, estou errado?

Bruno Palma

Tem um cockpit totalmente renovado.

Tutu

Isso é o básico de uma modernização, a estrutura foi alterada?, aviões antigos como os seus já devem ter restrições de peso e G, assim como os nossos.
Os chilenos recentemente substituíram até as hélices por um semelhante a do C-130J.
E os argentinos para devolver as seus suas capacidades de carga originais substituíram todo bloco central das asas.

Joelson Almeida

Meia sola!

Joelson Almeida

Então terá dois aviões para cumprir melhor suas missões.

Antonio Cançado

Por quê você não faz essa pergunta a eles?

Antonio Cançado

Perfeito.

Dirceu

Este camarada (É português mesmo????), quer tirar emprego de Portugal e mandar para a Espanha, muito bem, excelente ideia, mas acredito que os portugueses que trabalham na OGMA, não irão gostar muito

Bruno Palma

A Airbus também tem fábricas em Portugal e está em expansão cá

Dirceu

Nossa, querer comparar 250 funcionários da Airbus Portugal, com cerca de 1800 da OGMA, são quase iguais….

Bruno Palma

A OGMA não trabalha apenas com a Embraer muito pelo contrário, faz manutenção dos C-130, C-295,P-3, EH-101, F-16….

Joelson Almeida

Não é Português não, é “Europeu”.

Dirceu

Nossa, eu não sou Português, sou Europeu, noooossaa.

Velame

Tenho um amigo que realizou um curso no Exército Português e voltou bem impressionado com suas capacidades e profissionalismo. Acredito que na FAP não seja diferente. Por isso duvido muito que eles comprassem um material apenas por questões políticas.

Last edited 1 mês atrás by Velame
Joelson Almeida

Perderam a identidade.

Antonio Cançado

E vocês precisam de um avião maior, por acaso?
Pra quê?
Pra ir aonde?
Fazer o quê?
E se precisam tanto, por quê não desenvolvem e produzem um próprio, adequado às suas necessidades?
Ora, vá te catar…

Bruno Palma

Neste momento estamos dependentes de outros países para levar material para as missões de Portugal na RCA e Moçambique, os atuais C-130 e futuros KC levam mais de 1 dia a lá chegar, têm de fazer 2/3 escalas.

Carlos Campos

é pessoal dele, baseado em nada, deixa ele fala sozinho

Matheus

Meu deus do céu, cês pegam pilha muito fácil.
O cara só disse que não gosta e voces escrevem uma parede de texto.

Parecem essas adolescentes no twitter quando falam mal do ídolo k-pop dela.

Antonio Cançado

O comentário do Bruno Palma carece explicação…

Santos

Como esperado, você apareceu fazendo mais um de seus comentários e demonstrando sua “insatisfação” acerca desta aeronave.
Se não gosta muito dele, por que perde tempo fazendo comentários sobre ele aqui no site e em outros locais?

Bruno Palma

Nem perco muito tempo a escrever comentários, aliás só escrevo aqui e de vez em quando em outra página e que eu saiba há a liberdade de expressão mesmo que não gostem do que comento apesar que quase todos os meus comentários levam largas horas para serem aprovados vai-se lá saber porquê…

Joe junior

Exactamente, mas eles não sabem fazer diferença entre o não gosto e o não presta.
Temos que compreender que! para os nossos amigos brasileiros a língua portuguesa ainda vai ser difícil pour alguns séculos

Joelson Almeida

Infelizmente não tivemos escolha, se pudéssemos escolher…

Atirador 33

Caro Bruno Palma, respeito muito a sua falta de simpatia pelo KC390, mas espero que o avião supere as expectativas e que faça voce mudar de ideia. Essa aquisição não foi uma mera compra de pratileira, e sim uma parceria econômica e estratégica entre governos e para a Embraer. Uma quantidade de itens desse avião já são construido por ai, empreģos e riquesas “tributos” são gerados por ai.
Acredito que o KC 390 será um ótimo equipamento para uma força aérea que não dispõe de grandes volumes orçamentários.

Abs, e boa sorte com o vetor.

Carlos

Meu caro Atirado 33, não se trata de simpatia, trata-se mesmo de clareza técnica e interesse. O meu interesse seria pela A400 porque leva mais carga e voa mais longe do que o KC390 e enquanto o KC390 é um avião brasileiro não importa onde seja construído e/ou projetado, é montado em Gavião Peixoto, o A400 é um avião europeu, não importa onde seja construído e a Airbus tem fábricas na Espanha, França e Alemanha e também no Reino Unido, mas o UK saiu da UE e a usina não vai para lado nenhum, mas os investimentos na usina no… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Carlos
Tutu

Mostra que os aviões da Airbus são melhores? Aviões diferentes, funções diferentes, o novo A200 que o diga. Os europeus usam A400 e A330MRTT, lá o 330 tbm é melhor que o A400? E outra coisa, avião maior tbm é mais caro de operar, 4 motores ou invés de 2, motores complicados e únicos diga-se de passagem. O C-390 foi projetado tendo em vista as distâncias do Brasil, um país continente, o que exatamente vocês querem fazer que o C-390 não faz por custo muito inferior aos a400? Pelo o que falam parece que Portugal está a 14 mil km… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Tutu
Hcosta

Não estou a perceber.
Afirma que o A400 tem menos alcance e capacidade de carga do que o KC-390?
Um aumento de 50% da capacidade de carga e a um preço não muito diferente.

E se for necessário levar 28 ton de carga para a RCA? Como fazemos? Vão dois KC-390? Aí já não tem grande vantagem económica…

Mas comparar com o A330 já é brincadeira…

Pablo

Tu falar que nao gosta do kc 390 ate entendo. Mas falar que o A400 é melhor, beira o ridículo. Como tu vai comparar aviões diferentes?

Camargoer.

Olá Pablo; Você tem razão quando diz que o fato de alguém gostar dou desgostar do KC390 é irrelevante. Contudo, dependendo do contexto do debate, é possível comparar aviões de categorias diferentes exatamente para analisar as qualidades e limitações de cada um, como custo de aquisição e operação, capacidade de transporte, envelope de operações e até mesmo arrasto tecnológico na economia local. Por exemplo, um A400 é muito mais caro quem um KC390, enquanto que o avião da Embraer é mais limitado que o avião da Airbus. Talvez dois KC390, usando REVO ou escalas poderiam cumprir a tarefa de um… Read more »

Hcosta

Mesmas funções, capacidades diferentes…

E neste caso podemos comparar os dois. Compensará ter menos unidades e ter aviões de maior capacidade? Ou ter mais aviões com vantagens para a sua disponibilidade?

A diferença nas capacidades é considerável e o preço não é muito diferente… Ainda faltam dados sobre a manutenção de ambos mas o preço de compra favorece o A400.

Wilson Look

O que determina isso, não é apenas as capacidades e o preço, mas também a necessidade do operador.

Um exemplo o Japão desenvolveu o C-2 porque precisavam de um avião que fosse capaz de transportar alguns equipamentos que os C-130 não podiam.

E a disponibilidade tem mais haver com os custos de hora/voo e a disponibilidade de peças no mercado.

Por fim a pergunta deveria ser, quais são as necessidades de transporte tático da FAP?

Hcosta

É mais fácil ter mais disponibilidade com mais unidades. E neste cenário em que ainda não sabemos os custos de manutenção de cada um. Podemos estimar mas isso só o tempo dirá. Mas, à partida o KC, terá custos de manutenção muito mais baixos a não ser que as coisas corram muito mal. A questão será se com mais aviões e os custos de manutenção destes cobrem o menor número de A400 e os eventuais maiores custos. Mas também dão mais margem de manobra e mais facilidade de planeamento com um maior número. Acho que o KC 390 se adequa… Read more »

Carlos Campos

se for comparar os dois é besteira mesmo, mesmo assim o KC390 é melhor, afinal não foi um amontoado de erros de projeto igual o A400

Last edited 1 mês atrás by Carlos Campos
Hitoera

Aí sabe, o cara comparando pêras com maçãs… Não viaja 👍

Camargoer.

Olá H. Interessante o que você comentou. É comum as pessoas dizerem que é proibido somar maças e bananas (para explicar as operações básicas para crianças). Recentemente, li um artigo publicado no Journal of Chemical Education discutindo a limitação deste afirmação. O autor explica que em determinados casos é possível somar maças e bananas, desde que o objeto do problema seja contar o número de frutas. Parece uma coisa pequena, mas isso me deu uma nova perspetiva sobre a análise de diversos problemas (inclusive em sociologia e geopolítica). Perceba que a importância de definir claramente qual o escopo da análise.… Read more »

Joelson Almeida

Não sabe nada!!!! Só leia por favor.

Osvaldo

“O meu interesse seria pela A400 porque leva mais carga e voa mais longe do que o KC390 e enquanto o KC390 é um avião brasileiro não importa onde seja construído e/ou projetado, é montado em Gavião Peixoto, o A400 é um avião europeu, não importa onde seja construído”

Isso diz muito sobre não gostar do KC390 (ele não é “europeu”) kkkkkk

Passar bem….

Carlos Campos

o cara é xenófobo até com avião

Carlos

Parabéns pelo comentário parece que sabes interpretar o que está escrito, mas quando se comenta deve-se ler o comentário por inteiro e não tirar apenas partes do texto, dando a ideia de que não sabes ler, interpretar e comentar o texto como um todo porque os interesses nunca são iguais entre as pessoas. Lamento o teu texto e deixa de ser xenófobo porque isso eu não sou, mas tu queres dar essa ideia errada, ou será que queres recordar a visita do presidente português à India e o que foi dito por muita gente, isto para saber quem é xenófobo?

Osvaldo

Eu sei interpretar também o que está nas “entrelinhas”, mas não tenho interesse em discutir assuntos onde os arautos da sabedoria estão no descritor da tese.
Que Portugal saiba valorizar um produto Tupiniquim!!!

Carlos

A ideia que queres dar é tão errada que te recomendo a visita ao site do CEIIA

Carlos Campos

comparação mais burra que eu já vi, A330 não é da mesma categoria do KC390, a compra da FAB não é pq o Airbus é melhor, mas sim pq ele mais barato do que o Boeing tem no lugar, a diminuição da compra do KC390 é para comprar mais gripen e mais 2 cargueiros de longo alcance, o rival do KC390 é o C130J e segundo a força aérea Portuguesa, Hungara e Holandesa o 390 é melhor.

Carlos

Será possível que haja pessoas que não entendem português? Emitir uma opinião ainda é livre não entendem que eu prefiro o A400 porque voa mais longe e leva mais carga, não entendem que também questiono o preço do KC390 que foi anunciado como sendo 85 milhões de euros mas os contratos com a Holanda ainda não existe, com a Hungria foi mantido no segredo dos deus e o de Portugal foi de 850 milhões de euros e quem souber fazer contas sabe que isso corresponde a 10 Kc390 mas o contrato foi de construção de cinco aeronaves, um simulador (que… Read more »

Antonio Cançado

Oi?
mesmo não gostando muito dele”?
Explica, por favor…

Bruno Palma

Quem esteve em conversa com militares na ultima vez que o KC-390 esteve em Beja em Julho é que sabe o que foi comentado, o que se mais ouviu foi… “quero ver este menino a operar no pó de África como o C-130 opera, as saudades vão ser muitas….”

LucianoSR71

Tinha comentado isso na matéria anterior. É um momento muito importante p/ o sucesso de vendas no exterior e quando ele começar a mostrar seu valor em operações da OTAN vai ajudar ainda mais.

Underground

Decolou a pouco de Recife. Encontra-se agora no través de Natal.
Dá para seguir pelo Flightradar24.

Paulo
Hcosta

Já chegou!

Nilo

Ficou bonito na cor da FAP, representará bem a bandeira portuguesa no exterior.

737-800RJ

O primeiro de muitos que serão exportados nos próximos anos. Que a FAP tenha muito sucesso com a aeronave!
A Embraer é um orgulho para o Brasil e símbolo de qualidade reconhecida na aviação mundial. Não precisa nem ajudá-la; basta não atrapalhar. O bom trabalho sempre prevalece!

FERNANDO SOARES

Certamente a FAP escolheu o KC-390 para substituir seus Hércules C-130H, aviões com capacidades e para missões análogas. Aviões com capacidades maiores custam muito mais para comprar e para manter. A própria FAB recentemente comprou dois A-330 que serão brevemente adaptados para o padrão MRTT, pois também necessita de aviões com esse perfil. A FAP sabe que mesmo modernizados os Hércules terão vida curta ( a exemplo dos espanhóis, italianos, alemães, etc que já estão repassando seus para o Uruguai, Chile, etc) e as opções disponíveis são o KC-390 e o Hércules C-130J, a menos que queiram aviões com capacidades… Read more »

sub urbano

Deveria focar em países do terceiro mundo. Por que um país da OTAN deixaria de comprar um produto de um aliado militar dele para comprar brasileiro? Veja a lista de clientes do SuperTucano e tire suas conclusões…. Mas pra isso tem que ter diplomacia forte e coerente né. No governo do barbudynho o supertucano foi vendido para 15 países. Mas aí vem os bobalhoes de sapatenis “temos que sentar com os grandes” kkkk

Hcosta

Portugal, Chéquia, Hungria, Países Baixos e outros em negociações… Países da OTAN.

E o Super Tucano não é comparável com o KC…

Tutu

Quem disse isso foi o próprio Barbudo, e um KC é muito mais caro que um super tucano

Camargoer.

Olá Tutu, Expliquei acima para o Sun que exitem quatro blocos que demandam diferentes estratégias de ampliação do comércio exterior: 1 Mercosul. 2. Su-sul (América Latina, Caribe e África). 3 Sul-norte (América do Norte e Europa). 4. Índia e China. Há um quinto bloco (Ásia) que provavelmente será a principal região de comércio no mundo a partir do Sex c XXI e que também deverá receber uma estratégia diferenciada. Como o mercado de aeronaves é relativamente restrito, cada venda precisa ser muito comemorada, sejam unidades de KC390 para a Europa, esquadroes de A29 para a África ou aviões comerciais e… Read more »

Camargoer.

Ola’Sub. Cada mercado tem suas particularidades. Os maiores parceiros comerciais do Brasil são a China, os EUA e a Argentina, nesta ordem. O problema é que o Brasil é um grande exportador de produtos primários (grãs e minérios) para a China e um importador de produtos industrializados. O comércio com os EUA é mais equilibrado e a Argentina é o maior importador de bens duráveis (como automóveis, caminhões, maquinas agrícolas) e produtos industrializados em função do Mercosul. Primeiro, isso mostra a importância do Mercosul para o setor industrial brasileiro e até para a economia do país Infelizmente, os outros participantes… Read more »

Allan Lemos

Vender para ricos exclui a venda para os pobres ou vice versa? Que comentário mais inútil. O produto está na prateleira, quem se interessar e mostrar o faz-me rir leva-o para casa.

Outra coisa, quem vendeu o ST para todos esses países foi a Embraer e sua equipe competente, não o cachaçeiro nove dedos.

Joelson Almeida

Certíssimo!!!!

Carlos Campos

sim os países do terceiro mundo vão comprar cargueiros novinhos com dinheiro de Narnia

Ferreras

Essa seria a maior exportação do Brasil em termos de valor e conteúdo tecnológico de um único produto?

Camargoer.

Olá Ferreras, Não. A Embraer já vendeu grandes quantidades de aviões comerciais (como oo Emb195/175) para companhias aérea dos EUA, Europa e Ásia. Existem contratos individuais de dezenas de aeronaves para uma única companhia que superam a caso de bilhões de dólares; https://www1.folha.uol.com.br/fsp/vale/vl09099801.htm

Fabio Araujo

https://twitter.com/fap_emfa/status/1581616429383970816
Já está em solo português a primeira aeronave KC-390 com as cores nacionais. Mais em: https://emfa.pt/noticia-3913-

Tutor

Ora, pois! Esse KC-390 albino até que ficou bonito.

PauloOsk

Olhando os comentários dos portugueses aqui no aéreo da pra perceber porque a indústria militar portuguesa é inexistente. Estao ganhando muitos benefícios com o programa do kc390 e mesmo assim preferem o a400, que no caso não eh nada mais do que uma compra de prateleira. Visão extremamente medíocre e rasa. Sem contar que se realmente a FAP teria condições de operar tal vetor.

Hcosta

Ainda bem que temos o senhor para apontar o caminho…

E não sei como ficam as contas finais, entre o que Portugal/UE deu em subsídios e apoios para uma fábrica, que a Embraer já vendeu, e o custo de cada avião, muito mais alto do que o previsto mesmo contando com o simulador…

PauloOsk

Parece que teu governo e força aérea concordam com o caminho que eu apontei. Hehe

Hcosta

O problema são os seus comentários ignorantes do que é Portugal. Mau era se estivéssemos dependentes dos Brasileiros como o senhor com a sua visão rasca e medíocre para desenvolver a nossa indústria. Felizmente tem outros Brasileiros que compreendem o que é Portugal…

Mas se quiser aprender alguma coisa tem estes exemplos do que a OGMA faz no sector militar para além da manutenção:
https://www.ogma.pt/pt/os-nossos-servicos/fabricacao/programas/aviacao-defesa/

E dá para perceber quanto “dependentes” estamos dos produtos da Embraer. Até a própria Embraer sabe isso…

Joelson Almeida

Então! Não são portugueses, são ” Europeus”, perderam a identidade.

PauloOsk

Pois eh, o que importa eh que vendemos, nao importa pra quem. Segue o baile.

Sergio Cintra

Nessa coloração consegue-se perceber uma qtdade enorme de acessos, entradas de ar para os diversos sistemas e os acessórios que compõe toda a complexidade que a modernidade exige. E nota-se o excelente defletor de ar na porta destinada aos saltos de paraquedistas – ditos pelos mesmo q faz uma grande diferença ao sair da aeronave – que nas versões camufladas não conseguimos distinguir. Por sua vez essa coloração acredito que fica difícil a visualização nas alturas dos céus cinzentos e enevoados europeus.
Bons vôos.

Chevalier

Única aeronave que fica melhor com aquela camuflagem da FAB..

Antonio Cançado

Essa pintura é muito mais bonita que aquela camuflagem ridícula e sem sentido da FAB…

Sergio Cintra

Para os padrões europeus e principalmente na região da península ibérica pode parecer ridícula, pois há o destaque no meio semiárido, mas para áreas onde estão preservadas as matas nativas fica difícil a visualização. Em recente visita a Finlândia, o KC camuflado ao taxiar da pista para a área da base reconhece-lo ficou difícil e na área do Brasil nem se há de comentar, levando-se em conta a área de atuação com muita vegetação nativa.

EduardoSP

Matas nativas preservadas é o que se tem cada vez menos por aqui.
A continuar do jeito que está indo, já, já, teremos de adotar o padrão da IAF.

Últimas Notícias

UAC entregou ao Ministério da Defesa russo um lote de novos caças Su-35S

A Komsomolsk-on-Amur Aviation Plant (KnAAZ) em homenagem à Gagarin United Aircraft Corporation (UAC, parte da Rostec) entregou ao Ministério...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -