domingo, setembro 25, 2022

Gripen para o Brasil

Os dois primeiros F-5E do mundo vieram voar na FAB

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O primeiro F-5E Tiger II construído pela Northrop vieram voar com as cores da FAB. O F-5E de matrícula 11417 na USAF foi construído em 1972 e apresentado em junho daquele ano (foto acima) nas instalações de Hawthorne.

A aeronave seguiu para a Base Aérea de Edwards, onde realizou o seu primeiro voo no dia 11 de agosto, dando início ao programa de ensaios da aeronave.

Em 1988, a FAB adquiriu um lote de 22 caças F-5E usados da USAF (além de outos quatro F-5F). Estas aeronaves pertenciam aos esquadrões “Aggressors” baseados em Willians e Nellis.

As aeronaves estavam entre os F-5E mais antigos do mundo, sendo que 15 deles faziam parte do primeiro lote de 30 unidades produzido pela Northrop.

Um deles era exatamente o “1417”. No Brasil o “1417” recebeu a matrícula FAB 4856. Além dele, foi recebido também o segundo F-5E produzido pela Northrop (1418), matriculado como FAB 4857.

Northrop F-5E (Tail No. 11418). (U.S. Air Force photo)
O F-5E 11418 em voos de ensaio com casulo externo com canhão de 30mm e bombas LGB

F-5EM 4856
PAMA-SP 2012 – F-5EM 4856 em exposição – Foto Nunão – Poder Aéreo
- Advertisement -

28 Comments

Subscribe
Notify of
guest

28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
LucianoSR71

Agora só falta uma atualização: ainda estão ativos?

Airton

Não fala isso não, não da ideia que aqui as forças armadas adoram atualização em velharia, veja o caso dos Cascavéis por exemplo

Anildo Silva

Pois é…. cheguei ao fim da matéria com a mesma pergunta…

Emmanuel

Esperando Galante trazer as matérias do F-20.
Para mim, um dos caças mais injustiçados da história.
Pena que o Brasil não acreditou nesse caça e o adquiriu.
Pequeno e muito capaz. Valeria um trabalho parecido com o que aconteceu com o JF-17.

Maurício Veiga

Na época Também foi oferecido ao Brasil (produção local) além da parceria com a Saab e o desenvolvimento conjunto do Gripem mas o foco era o desenvolvimento e produção do AMX, oportunidade perdida…

Maurício Veiga

Na época para A FAB o F20 teria sido a melhor opção, a Embraer já participava da produção (empenagem de cauda) do F5 sob licença em número limitado!!!

Funcionário da Petrobras

Como que o Brasil iria entrar neste suposto projeto do F-20 sendo que os próprios EUA o preteriram?
Os EUA abririam a linha de produção, seja lá ou cá, para apenas um cliente? Caso tivessem aberto, embora o caça tenha sido formidável, não vejo hoje que teria sido bom negócio assim para o Brasil.

Last edited 1 mês atrás by Funcionário da Petrobras
Funcionário da Petrobras

OBS: esse meu comentário é para o Maurício Veiga. Postei errado.

Maurício Veiga

A empreitada era privada nada a ver com o Governo Americano e a ideia seria oferece-lo aos operadores de F5 mundo afora que eram inúmeros!!! Perdemos uma grande oportunidade…

Beckermann

O FAB 4856 deveria ser preservado como aeronave histórica, depois do fim de sua vida útil.

Mensageiro

É caro deixar em museu. Melhor doar pra uma universidade estudar e fazer uso.

Ivo

A FAB tem sei lá quantos F5….aí o primeiro fabricado no mundo, justo esse, tem que ir pra uma universidade? Manda qualquer outro!

Red Pill - 红色药丸

DE NOVO ESSA MATÉRIA ??!

LucianoSR71

Vc viu qual é o post anterior? 50 anos do primeiro voo do caça Northrop F-5E Tiger II.
Entendeu agora o motivo dessa reedição?

Ivo

Ele tá falando por que todo ano faz a mesma matéria desde que o F5 tinha 1 ano de uso….

Marcos Silva

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…m

Wellington R. Soares

Espero que a geração futura não venha daqui a 50 anos ver a notícia de 50 anos do Gripen NG em operação pela FAB, sem outro caça superior rsrr..
Brincadeiras a parte, fotos lindas, mas é nítido que hoje já são caças para apresentações ou no máximo treinamento de pilotos.

Underground

Portanto o Brasil opera os mais antigos F-5E do Mundo. Se de um lado há de se comemorar por operarmos as duas primeiras aeronaves do modelo, um verdadeiro legado, de outro é lamentável que ainda estejam em operação na FAB. A se lamentar, é que sejam nossos caças de primeira linha.

Willber Rodrigues

Espero, sinceramente, que essea dois tenham um lugar já garantido no museu após a aposentadoria.
Qualquer outro destino pra eles seriam um crime pra história da aviação.

pampapoker

Para quem destrói DC3 em aeroporto

Jose Dasilva

Não vou ficar surpreso se ainda voarem na Fab. E o mesmo vai acontecer com os gripen.

Kit Carson

Turma, quase “off-topic” mas tudo bem!
Como estamos de mísseis Ar Ar? Quanto aos piranhas… ainda são produzidos?

Maurício Veiga

O projeto “Piranha” foi canibalizado, acabou e não tem volta o mesmo ocorreu com o ADarter!!!

Rinaldo Nery

Buscapé aéreo…

Tupi

Prezado poderia discorrer mais sobre esse assunto? obrigado pela atenção!

Vítor

Não se fala nada dos F-39 e os testes andamento. Curioso também da chegada das demais unidades. Alô Poder Aéreo!!!

Rodrigo Maçolla

E este F-5EM 4856 continua em operação na FAB ?? ou foi desativado e preservado ?

Ricardo

Rodrigo, ainda está operante.

Últimas Notícias

Os EUA perderam a supremacia convencional, precisam de investimento para manter a dissuasão

A China avançou tanto e tão rápido em seu poder aéreo e espacial que a capacidade da Força Aérea...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -