quarta-feira, outubro 27, 2021

Gripen para o Brasil

Embraer amplia o Programa Pool com a Cobham, da Austrália

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Singapura – 22 de setembro de 2021 – A Embraer anunciou hoje a assinatura de uma extensão e ampliação do acordo para o Programa Pool com a Cobham, na Austrália, para apoiar seus três jatos E190. Essa extensão cobre agora um escopo maior neste programa.

O Programa de Pool da Embraer oferece cobertura total de reparo para componentes e peças, manutenção de estruturas de aeronaves e acesso ilimitado a um grande estoque de componentes nos centros de distribuição da Empresa.

Os operadores se beneficiam de significativa economia nos custos de reparo e estoque, redução no espaço necessário para armazenamento e recursos necessários para o gerenciamento de reparos, ao mesmo tempo em que garante níveis de desempenho. Singapura é a base para o estoque da Embraer na região Ásia-Pacífico.

A maioria dos clientes da Embraer na região Ásia-Pacífico estão inscritos no Programa de Pool e a confiabilidade média de programação de 12 meses da frota de E-Jets na região é de 99,97% de taxa de conclusão de missão e um índice de confiabilidade de 99,59%.

DIVULGAÇÃO: Embraer

- Advertisement -

11 Comments

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Veiga 104

Se os Estados Unidos e Inglaterra não se importarem tudo bem.

Matheus

Cuidado pra não descobrir que o mundo é globalizado, hein?

Maurício.
Veiga 104

Boa resposta.

Veiga 104

Cuidado pra não saber interpretar um comentário.

Filipe Prestes

Será que tem algo a ver com o recente contrato da Alliance?

Fernando EMB

Comentários meio esquisitos heim?
EUA e Inglaterra deixarem? Globalização?
Tudo isso por um simples contrato de manutenção entre operador e fabricante.
E não, não se trata do contrato com a Alliance. Este anúncio faz referência a um contrato com a Cobham, outro operador dos Ejets na Austrália.

Maurício.

Fernando EMB, é bem fácil de entender os comentários, o Veiga 104 deu uma zoada na Austrália, EUA e UK pelo recente contrato envolvendo esses países e a França no caso dos submarinos de propulsão nuclear, aí o Matheus falou para o Veiga que o mundo era globalizado, aquelas ladainhas de livre mercado, aí eu disse para o Matheus que esse papo de mundo globalizado não se sustenta nem até a página dois quando existem interesses dos países por trás.
E tudo isso por causa de um comentário irônico do Veiga.

Veiga 104

Perfeito Maurício. Foi exatamente isso. Não sei porque tanta dificuldade de entender algo tão simples.

Veiga 104

Lê o comentário do Maurício. Abraço.

elias

legal…

Últimas Notícias

Saab iniciará a fase de entrega do Gripen E

Em novembro, a Saab dará início a fase de entrega de aeronaves operacionais, com quatro aeronaves Gripen E para...
- Advertisement -
- Advertisement -