sábado, julho 31, 2021

Gripen para o Brasil

Finlândia solicita ofertas finais para o programa de caça HX

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A Finlândia pediu a todos os cinco licitantes envolvidos em sua concorrência de caças HX para enviar as melhores e finais ofertas até 30 de abril, antes de uma decisão de seleção de tipo no “final de 2021”.

“A solicitação da melhor oferta final e as ofertas vinculativas esperadas dos proponentes é a fase final da licitação no programa de caça HX”, disse o Comando de Logística das Forças de Defesa da Finlândia.

Os modelos em disputa pelo negócio são o Boeing F/A-18E/F Super Hornet, o Dassault Rafale, o Eurofighter Typhoon, o Lockheed Martin F-35A e o Saab Gripen E/F.

“Com o pedido da melhor e oferta final, cada proponente é solicitado a compilar as informações fornecidas nas licitações e negociações anteriores em um pacote final e vinculativo”, acrescenta.

O parlamento finlandês já aprovou € 9,4 bilhões (US$ 11,4 bilhões) em financiamento para adquirir substitutos para os atuais F/A-18C/D do país.

F/A-18C da Finlândia

“As opções do HX de cada proponente diferem quanto aos custos de introdução no serviço, necessidades de construção e integração no sistema de defesa”, disse o comando de logística. “É por isso que cada proponente receberá um limite de preço específico do proponente e, além disso, uma opção semelhante será incluída para cada proponente para compras posteriores e alterações contratuais. Portanto, o preço máximo estabelecido para cada proponente é de cerca de € 9 bilhões.”

Helsinque afirma que está usando quatro critérios para julgar os candidatos: capacidade militar; segurança de suprimentos; participação industrial; e custos. “As implicações das políticas de segurança e defesa serão avaliadas separadamente, fora do processo de licitação real”, acrescenta.

As propostas que passarem por um processo de avaliação após o prazo de apresentação passarão por uma avaliação final de capacidade, “levando em consideração os pacotes oferecidos e os valores de capacidade verificados com base em eventos de teste”. Haverá também um “jogo de guerra de longo prazo para determinar a eficiência operacional do sistema HX de cada candidato”.

Uma seleção de tipo será encaminhada para aprovação do governo antes do final do ano, com o novo modelo entrando em serviço a partir de 2025.

F-35A Lightning II e F/A-18E Super Hornet

Dassault Rafale

Eurofighter Typhoon

Saab JAS 39E Gripen

FONTE: FlightGlobal

- Advertisement -

58 Comments

Subscribe
Notify of
guest
58 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo

Essa disputa é bem difícil são todos excelentes caças!

Karl Bonfim

Não é não, se os finlandeses forem lógicos e racionais (o que eu acho que são) vão de F-35!

Last edited 6 meses atrás by Karl Bonfim
Nilton L Junior

Lógicos e racionais, e coerente vão de F-18.

Leandro Costa

Acho que o Fábio está certo nessa. É uma concorrência em que praticamente todos tem alguma chance, onde se pode pensar em uma racionalidade na qual um ou outro tem alguma vantagem. Exceto, talvez os Typhoon.

Zorann

Torcer muito pelo Gripen e é isso…

Adriano RA

Verdade. Acredito que essa é a melhor chance para o Gripen entre as concorrências que estão em andamento.

Rogério Loureiro Dhierio

Dois.

Zorann

Se ver o texto sobre custo operacionais/manutenção, de como estão sendo avaliados os candidatos, que devem caber em um orçamento que já foi determinado, vai ficar difícil para o Rafale e para O F-35.

Last edited 6 meses atrás by Zorann
Wellington Góes

Se a questão preponderante é custo operacional e de aquisição, então a relação do maior para o menor deve ser F-35, Typhoon e depois Rafale… Aí Super Honet e Gripen…

Willber Rodrigues

Torço pelo Gripen, mas acho que vai dar SH ou Rafale.
Espero estar errado.

JT8D

Eu não apostaria no Rafale e nem no SH. Para mim está entre o F-35, por suas características técnicas e pelo peso político do EUA, e o Gripen, por seus baixos custos e pela proximidade geográfica e cultural com a Suécia

Willber Rodrigues

É justamente por causa do peso político, que eu aposto mais no SH ( principalmente ) e Rafale.
Não aposto no F-35 porque, mesmo com suas melhorias, ainda é um projeto complicado. Ao contrário do SH, um caça já maduro.

Fabio Araujo

Todos eles, estes caças estão em constante evolução e as versões mais novas de todos eles podem dar conta de um SU-35 ou até mesmo do SU-57, pois eles estão equipados com os radares mais modernos, com os mísseis mais modernos e com os meios eletrônicos de defesa mais modernos e cada um destes elementos podem ajudar a vencer desde que eles consigam ver primeiro o adversário pois com adversários de tão alto nível quem primeiro ver vence o combate pois são equivalentes!

Rodrigo M

Roberto, não desmerecendo de forma alguma seu comentário, mas eu me pergunto.. Se comentaristas de internet “enxergam” essa jogada, como empresas desses portes investiriam tanto tempo e dinheiro em uma concorrência de fachada direcionada apenas a legitimar um objetivo já decidido?

JORGE PETROLA FERREIRA

Qualquer um desses sistemas, se bem utilizado, podem fazer frente ao aparato russo. Creio que a concorrência não está definida. Como a própria matéria já diz, as empresas têm que fazer propostas que não levam só em conta a capacidade da aeronave, mas sua cadeia de suprimento e outras vantagens estratégicas. Esse pacote é que define quem será o vencedor. O Gripen foi vencedor no Brasil muito em função da possibilidade da EMBRAER produzir a aeronave, dar suporte à logistica e ter acesso às novas tecnologias. No caso da Finlândia, ela também vai tentar agradar seus aliados, pois é um… Read more »

Rodrigo M

Sim entendo todos esses trâmites que evoluem ao longo de uma negociação desse porte. Mas por outro lado acredito que a essa altura do campeonato (literalmente) todas essas variáveis já seriam de conhecimento dos setores de marketing e negócios das empresas envolvidas.. Como bom exemplo o citado caso do Canadá, em que a própria SAAB (e outras não tenho certeza) “detectaram” essas intenções bem antes dessa fase.. É importante também lembrar que estamos falando de um país que está invariavelmente disputando o topo do ranking de países menos corruptos, mais transparentes, mais confiáveis para investimentos etc.. Não creio pelo menos… Read more »

Fabio Araujo

Mas a questão do F-35 é o preço que é muto mais alto para comprar e para manter, até que ponto os Finlandeses vão querer bancar um caça tão caro?

nonato

Tão caro?
E Typhoon e Rafale são baratos para comprar e manter?
Um F 35 não é 80 milhões?

Teropode

Nada impede a Finlandia de operar 2 modelos , podem ir de SH e num segundo momento adquirirem alguns F35 como bala de prata , não é prudente utilizar uma caça como o F35 para tarefas corriqueiras do dia a dia , vão estourar o orçamento , já lemos sobre o aumento dos custos da FA russa por causa das constantes aproximações de vetores americanos , os Russos podem fazer o mesmo , mandando velhos Bear infernizar a FA finlandesa , por isso postaria em 2 vetores .

Eduardo Ribeiro

Não adianta fazer isso tudo se o orçamento não dá conta de bancar tanta tecnologia. A hora voo desse caça é muito alta e há problemas tecnologicos ainda não resolvidos. Isso vai pesar muito contra.

JT8D

O Sukhoi Killer?

Gabriel BR

Acho que vai ficar entre F-18 SH e o Rafale

Welington S.

Pessoal, porque esses projetos para a aquisição de um novo caça, sempre no final do nome proposto ao projeto, tem o ”X”? O que seria esse ”X”?

Nilson

É a incógnita, o que ainda não se sabe. Ou seja, ainda não se sabe qual será o vencedor.

Welington S.

Aaaaaah, agora eu entendi. Obrigado pelo esclarecimento.

Welington S.

Para mim vai ficar entre Gripen, Rafale e F-35.

Jefferson

Disputa fácil, basta comprar uns 60 Gripen e fazer igual os suecos: entrar no programa de caça de 6 geração com os ingleses e italianos.

Helder

Aposto no gripe, este e o avião, a par do Rafael, os mais equilibrados em funções. Temos de pensar que o alcance não e o mais importante para os finlandeses. O preço por hora de vôo é talvez o ponto mais importante a ter em conta. Quanto á filosofia de emprego do caça ela é quase igual á Sueca.
Aposto no Gripe e coloco o F35 em último lugar com o Eurofighter.

DSC

LOL

Certo…
Por isso é que a Finlândia em 1992 comprou, o na época novíssimo Gripen, para substituir os antigos Drakens e Fishbeds que eles tinham, em vez de Hornets ou F-16s…

Ah não pera…comment image
comment image

https://www.iltalehti.fi/kotimaa/a/201707022200238131

Last edited 6 meses atrás by DSC
Leandro Costa

Era um contexto totalmente diferente em 1992, DSC.

Luiz Trindade

A chance em maior escala esta com o Boeing F/A-18E/F Super Hornet e Eurofighter Typhoon. O primeiro por questões operacionais já existentes outro por alinhamento ao bloco europeu. Vamos ver daqui para frente…

Pablo Maroka

Gripen vence com facilidade

Luiz Trindade

Seria excelente mas não sei não…

OSMAR RAMOS SILVA

Olá a todos!
Estou na Torcida pela SAAB – GRIPEN-E 39!!!
O melhor, e menor Custo – Hora – Vôo; Otimização na logística; e mais a Parceria Estratégica entre duas Nações Vizinhas, Suécia & Finlândia!!!
Ganha a Suécia; Ganha a Finlândia e Ganha o Brasil!!!
Não Custa Sonhar e Torcer!!!
Att.

Gabriel BR

Difícil , mas não impossivel !
A Saab vai fornecer os sistemas de combate da nova classe de corvetas da Finlândia e as relações entre os ministerios de defesa dos dois países tem se aproximado bastante do ponto de vista operacional.

DSC

Eu acho que o caça ideal, e o melhor para a Finlândia é o F-35 (o F-35 é o melhor caça que hoje existe para todo o tipo de países minimamente desenvolvidos e ricos… Sejam eles países de nível superpotência com bastante população e de grande dimensão, como EUA, ou países bem pequenos em tamanho e população, como Dinamarca e Países Baixos na Europa…). E é o caça que penso tem as maiores probabilidades de ser escolhido pelos finlandeses… Eles vão chegar às mesmas conclusões que por exemplo, a vizinha Noruega (que está numa situação geopolítica muito semelhante) e muitos… Read more »

Last edited 6 meses atrás by DSC
Luiz Trindade

O F-35 tá passando pelo que o F-4 Phantom passou na década de 60 do século passado. Todo mundo acreditava que o dogfight havia acabado que não tinha mais necessidade de canhão. Só misseis. Que tudo se resolvia mirando e atirando a distância. O F-35 vem com a promessa que tudo se resume em se esconder dos radares e disparar. Meras semelhanças?!? Acho que não. Ahhhh… O F-35 tem muito mais do que isso como link para se integrar ao teatro de combate e outros itens… O Gripen atual também tem e ae?!?

Fernando C. Vidoto

O quão stealth é o Felon?

O F35 leva vantagem (por ser stealth) no bvr contra os flankers.

O Felon teoricamente é stealth. Mas o US tem uns 40 anos a mais de experiência sobre a Rússia.

Eu pessoalmente acredito que o F35 bate o Felon no bvr.

Last edited 6 meses atrás by Fernando C. Vidoto
Teropode

O SH pontua bem em todos requisitos , além disso os Finlandeses já conhecem as capacidades de suprimento da Boeing , acredito também que obterão uma melhor participação industrial com o produto da Boeing , os custos do SH só perdem para os custos do Gripen EF , pelo menos é oque dizem . F35 é prá quem intenciona atacar o inimigo no território dele , acho que a Finlandia dará uma demostração a Moscou que sua força aérea tem a função exclusiva de se defender de uma agressão . F18 na cabeça e Rafale correndo por fora .

Augusto

Dos 4 quesitos colocados (capacidade militar; segurança de suprimentos; participação industrial; e custos), é seguro dizer que o Gripen leva vantagem nos 2 últimos e provavelmente dará trabalho também no 2o item. O 1o segue sendo uma incógnita para entusiastas.

DOUGLAS TARGINO

Vencedor se chama: EUA.
Independente do avião.

Felipe W.

Exato. Toda concorrência publicada acontece a mesma coisa. Isso não é campeonato de futebol, não existe torcidas, e sim interesses. E os yankees, mesmo entregando uma plataforma problemática como o F-35 (sim já foi mais mas ainda tem muito problema) conseguiram monopolizar esse mercado por causa dos sensores e motores. O Brasil tinha que encontrar uma forma de produzir seus próprios componentes, hardware e motores para seus caças. Ou perseguir o sonho final de qualquer força aérea: desenvolver um vetor do zero, com a ajuda da Embraer ou talvez com a Mitsubishi do Japão. Já são vinte anos que os… Read more »

Last edited 6 meses atrás by Felipe W.
filipe

A Finlândia vai de F-35, não dá para parar a cadeia tecnológica da NOKIA , da AMV PATRIA, com o F-35 será um esforço para absorver mais tecnologia.

Bardini

Vai ser muito difícil bater a proposta da SAAB, que foi planejada para entrega um sistema completo dentro do valor estipulado para a concorrência.
.
https://www.saab.com/globalassets/corporate/newsroom/press-kits/kauhava-airshow/saab-hx-media-brief-at-kauhava-finland-august-28th-2020.pdf

Henrique

Alguém sabe a capacidade máxima de cada pilone do Gripen? Se for instalado um tanque auxiliar no centerline do Gripen, ele poderá usar os pilones do lado, os 5L e 5R? Quantas bombas de 1000 libras o Gripen consegue carregar nos pilones da fuselagem, duas, talvez três?

DSC

Eu acho que se for instalado um tanque de combustível no ponto duro 5C, os pontos duros 5L e 5R ficam inutilizáveis. E penso que só instalando misseis METEOR/AMRAAM ou bombas de pequena dimensão/massa (500 lbs no máximo?) é que esses 3 pontos duros podem ser aproveitados/usados ao mesmo tempo. Se for para instalar bombas de maior dimensão/massa (as de 2000 lbs pelo menos) só dá pra instalar duas nos pontos duros 5L e 5R, ou então apenas uma no ponto duro 5C. E se for para instalar SDBs, ou se instala dois conjuntos de 4 nos pontos duros 5L… Read more »

Last edited 5 meses atrás by DSC
Henrique

Obrigado pela resposta. O que me pergunto é o do por quê de nas ilustrações da Saab os racks da SDBs serem mostrados apenas nos cabides 3 das asas e da fuselagem enquanto que os RBS 15 são mostrados nos cabides 2 mesmo sendo eles até mais pesados que o rack de SDB. Eu vi num lugar que o centerline do Gripen E/F só pode usar o tanque de 300 galões, por que será que os novos de 450 galões não podem ser usados lá? Os cabides 3 são mais fortes que o 5?

Wellington Góes

Minhas apostas então no Super Honet, seguido de perto pelo F-35…

Funcionario da Comlurb

Minha opinião é a seguinte : Existem bons caças disponíveis, mas o F35 , gostem ou não, é o único que será integrado ao sistema global de defesa dos EUA. Isso por si só é pressão maus qye suficiente para que seja comprado por países aliados, etc.

OSMAR RAMOS SILVA

Olá a todos
Meu diálogo vai no sentido de quem já definiu quem são os amigos e/ou quem são os seus inimigos!!!

Gustavo

os caças com chance são: Gripen, Rafale e Super Hornet (não nessa ordem)

Tiago da Silva

Como é um chute dou o meu e não acredito que a Finlândia comprará o F-35A, muito se fala das capacidades desta aeronave e tudo aquilo que foi prometido mas ao mesmo tempo os defeitos e insatisfações são pouco mencionados. Um programa que consome bilhões e até agora não trouxe o resultado que tanto alardou, agora veja que para a Finlândia opções é o que não faltam e sinceramente eles estão muito bem atendidos por mais uma década com os F/A-18C/D que se não me engano eles foram uma das últimas nações a comprar o modelo certo? Dentro de uma… Read more »

Rommelqe

Vai ser vencedor o SISTEMA GRIPEN. Na minha opinião o cotejo de alternativas não está, como alguns imaginam, limitado a uma comparação, ate simplória, de vetor a vetor. Os finlandeses estão tão proximos da fronteira que mesmo se as capacidades stealth do F35 fossem fazer tanta diferença neste TO não seria o ponto mais crítico. Só as características de pronto atendimento entre duas surtidas subsequentes, inclusive considerando que não seria uma unica aeronave mas sim um conjunto, torna esse vetor imbatível.

Johnny

Aaaaaaaah!!! Nao tem mais como negativar comentarios??? Cabou a graca!!

Leandro Costa

Todos eles.

Wagner Figueiredo

A MB curtiu a desativação desses Hornet aí!!
Heheheh ( modo ironia)

Anthony

Toda vez q há esse tipo de “competição”, fico verdadeiramente “admirado”, com o “super trunfo” q se instala!

Ainda maior, eh o desprezo q vejo p Gripen e suas capacidades! Lembrando q Ele possui o datalink mais antigo e capaz de todos!(a maioria AQ sequer sabe o q eh isso e/ou sobre suas capacidades).

Qualidade de combate, não se mede por “turbinas” ou número de “cabides” de armamentos, Senhores!

Entusiasta Militar

Ate sao excelentes caças mas, acho que o Super Hornet devia ser o escolhido, afinal a Finlândia hoje é considerada um dos melhores vizinhos da Rússia e não tem inimigos fronteiriços declarados e pode entrar no guarda chuva da Otan se precisar

Last edited 5 meses atrás by Entusiasta Militar

Últimas Notícias

Teste do míssil hipersônico AGM-183A da USAF falha pela segunda vez

Em 28 de julho, o míssil foi acoplado com sucesso ao bombardeiro B-52H, mas quando foi feita uma tentativa...
- Advertisement -
- Advertisement -