Home Aviação Militar Venezuela anuncia a fabricação de drones para defesa

Venezuela anuncia a fabricação de drones para defesa

4252
107
Drone venezuelano apresentado por Maduro

Nicolás Maduro anunciou que em breve a Venezuela fabricará drones polivalentes “para defesa” em aliança com uma empresa aeronáutica recém-fundada este ano, e que neste mesmo dia apresentou dois protótipos de aeronaves de treinamento.

Por meio de ato divulgado pela VTV Maduro afirmou que os veículos aéreos não tripulados serão fabricados na Empresa Nacional de Aeronáutica (EANSA), fundada em fevereiro de 2020 como uma busca e resposta à “independência tecnológica” do país, conforme noticiado pelo Infobae.

A empresa responsável pela produção do drone também apresentou ontem duas aeronaves para treinamento de pilotos e reconhecimento.

Drone iraniano muito semelhante ao apresentado na Venezuela

FONTE: Noticiero Digital

Subscribe
Notify of
guest
107 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Canarinho
Canarinho
9 dias atrás

Nossa isso ai vai dar o que falar aqui no forum!!!

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Canarinho
9 dias atrás

Eu vim pela pancadaria!

GripenBR
GripenBR
Reply to  Carlos Gallani
9 dias atrás

😂

Flanker
Flanker
Reply to  Carlos Gallani
9 dias atrás

Kkkkkkkkkkkkkkk….muito bom!!

Funcionario da Comlurb
Funcionario da Comlurb
Reply to  Carlos Gallani
8 dias atrás

Já eu vim para ler a besteiras que escrevem.

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
9 dias atrás

Estão mais do que certos, e eu quero que isso aconteça mesmo, só assim força um certo pais a fazer o mesmo.

Ricardo Lima
Ricardo Lima
Reply to  DOUGLAS TARGINO
9 dias atrás

E olhe lá , ainda é capaz de não fazer nada!!!!

Last edited 9 dias atrás by Ricardo Lima
Pedro Bó
Pedro Bó
Reply to  Ricardo Lima
9 dias atrás

O mais provável.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Pedro Bó
9 dias atrás

Tá mais do que cabalmente (com)provado que nós sabemos fazer festa, só não sabemos fazer um país.

Last edited 9 dias atrás by Agressor's
Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  DOUGLAS TARGINO
9 dias atrás

Se esse “Certo país” for o Brasil, acho que já está fazendo.
Aliás tem feito muito para defesa ultimamente.

Mais do que isso, só mesmo quando convocarem todos os especialistas que aqui comentam, para elaborarem melhores planejamentos, estratégias etc..

Frederick
Frederick
Reply to  DOUGLAS TARGINO
9 dias atrás

Torcer por conflito é fácil quando não é você que vai pro front, não é mesmo?

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Frederick
9 dias atrás

Desejar que a Defesa se fortaleça não é a mesma coisa que torcer por um conflito …

Frederick
Frederick
Reply to  Alexandre Cardoso
9 dias atrás

Corrida armamentista termina em conflito. Especialmente quando um pais está subalterno aos planos geopolíticos de outro.

Existem inúmeras necessidades já postas para o Brasil aumentar seu poder de dissuasão. Não precisamos orar para uma ditadura vizinha se armar para modernizar nossas FFAA.

Abraço.

Last edited 9 dias atrás by Frederick
Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Frederick
9 dias atrás

Não obrigatoriamente, termina em conflito. Se fosse regra terminar em conflito, a terceira guerra mundial, já teria ocorrido, faz tempo. Tudo depende do nível de ignorância dos envolvidos.

Last edited 9 dias atrás by Alexandre Cardoso
Frederick
Frederick
Reply to  Alexandre Cardoso
9 dias atrás

Ambos sabemos que me referia a conflitos regionais. Igualar a conflito entre superpotências é uma assimetria equivocada, que não nos alerta para nada.

Tentarei manter seu invejável otimismo quanto ao brilhantismo dos envolvidos neste caso.

Até.

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Alexandre Cardoso
9 dias atrás

Porém, desejar ( ou como tu mencionou, orar ) que o vizinho se arme para que o próprio país ( Brasil ) melhore suas defesas já é um pouco de exagero.

Frederick
Frederick
Reply to  Alexandre Cardoso
9 dias atrás

Foi o que o EV comentou.
E é um equívoco sob qualquer prisma.

GripenBR
GripenBR
Reply to  DOUGLAS TARGINO
9 dias atrás

Lições aprendidas em Nargorno.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
9 dias atrás

Tava na cara que tinha os dedos dos iranianos na jogada, na atual condição da Venezuela dificilmente construiriam um drone do zero, mas montar um com auxílio do Irã aí é bem diferente!

Jota
Jota
Reply to  Fabio Araujo
9 dias atrás

Concordo. Está mais que claro que vão disfarçar a compra do irã com uma suposta fabricação. Só falta querer comprar míssil de cruzeiro ou similares…

MFB
MFB
Reply to  Fabio Araujo
9 dias atrás

Eu ia comentar exatamente isso. Tem a digital do Irã nisso aí.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Fabio Araujo
9 dias atrás

Perceberam que ambos os drones, tanto dos Iranianos quanto dos Venezuelanos tem o MESMO número na fuselagem?

Isso está é fedendo à propaganda vazia…

Davi
Davi
Reply to  Leandro Costa
9 dias atrás

Acho que não é propagando vazia. Com certeza a Venezuela vai receber as peças do Irã e montar em seu próprio solo. Nada de desenvolvimento, apensas montagem.
Acorda Brasil!

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Davi
9 dias atrás

Por que a certeza? O que o leva à crer que isso será feito ao invés de ser apenas propaganda?

Enfim, também não entendi o por que do ‘Acorda Brasil.” Assim… não é que já tenhamos um novo caça multifuncional no estado da arte para entrar em operação já… ou temos? Hmmmmm….

Fabio Araujo
Fabio Araujo
9 dias atrás

Nós temos amplas condições de construir nossos próprios drones, existem bons projetos falta apoio do governo que deveria investir na compra de alguns desses modelos para os viabilizar!

Edaurdo
Edaurdo
Reply to  Fabio Araujo
9 dias atrás

A Embraer não fabrica nenhum?

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Edaurdo
9 dias atrás

A Stella fabrica um drone que está em fase de teste o Atoba, e a Avibras o Falcão.

Vid
Vid
Reply to  OSEIAS
8 dias atrás

Esqueça o Falcão (autonomia de 15 minutos). Projeto descontinuado.

Lucas
Lucas
Reply to  Vid
7 dias atrás

15 Minutos? Aonde você leu isso amigo? Autonomia do Falcão e de 16 horas.

antonio
antonio
Reply to  OSEIAS
8 dias atrás

Falcão não voa!!! Já viu alguma imagem? Só se fabrica aquilo que o Governo efetivamente quer compar. Não é o nosso caso, infelizmente.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Edaurdo
9 dias atrás

Não acredito. É sério isso? A Embraer não fábrica drones?? Eu tinha lido faz tempo que iam começar a produzir junto à Elbit. Não vingou isso???🤔

sj1
sj1
Reply to  Joao Moita Jr
9 dias atrás

Hj teve live de lançamento do drone armado multi-função brasileiro – Tupan-300

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  sj1
9 dias atrás

Obrigado. Achei.

https://youtu.be/MwLHWj2l_qw

Vou lá ver. 👍🏻

Last edited 9 dias atrás by Joao Moita Jr
Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  sj1
9 dias atrás

Muito bom, não sabia do projeto ou construção desse drone.

MCruel
MCruel
Reply to  Fabio Araujo
9 dias atrás

O povo brasileiro não quer saber de drone… só quer auxilio emergencial. Parece que o Estado tem de ser pai de todo mundo!

Last edited 9 dias atrás by MCruel
MFB
MFB
Reply to  MCruel
9 dias atrás

Se você acha normal deixar seu povo passando fome em uma situação de crise….

Caio
Caio
Reply to  MCruel
9 dias atrás

O povo brasileiro governa as forças armadas?

GripenBR
GripenBR
Reply to  MCruel
9 dias atrás

Cadê a dicotomia entre uma coisa e outra? Que maluquice! (Eu não compro carro porque gosto de batatas!) Você faz parte do “povo” brasileiro também. Ou você não é brasileiro? E ainda que “povo” não durma pesando em drones de ataque, nada impede a Defesa de adquirir ou planejar produzir no Brasil.

MCruel
MCruel
Reply to  MCruel
9 dias atrás

Até agora, temos 20 pessoas que não usaram auxilio emergencial e 25 que usaram! ahhahhaa

João Fernando
João Fernando
Reply to  MCruel
8 dias atrás

Uai não é dinheiro do povo voltando para o povo???

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MCruel
9 dias atrás

Perdeu uma excelente chance de ficar quieto sem comentar.

Michel
Reply to  MCruel
9 dias atrás

O que uma coisa tem a ver com a outra? Há milhares – quiçá milhões -, de brasileiros (as) passando toda sorte de necessidades. Então, de acordo com sua posição, não é para ajudá-los? Demais a mais, por acaso a opinião popular vai influenciar as decisões do alto comando das Forças Armadas no que diz respeito ao destinos dos recursos destinados às mesmas? Eles, os militares, com as possibilidades que têm em mãos, é que decidem o que fazer com as mesmas – equipar razoavelmente às unidades para os desafios dos cenários atuais ou não. A responsabilidade, nesse caso, é… Read more »

antonio
antonio
Reply to  Fabio Araujo
8 dias atrás

NÃO TEMOS CAPACIDADE DE CONSTRUIS OS PRÓPRÍOS DRONES! Sinto muito, mas os drones/VANT/SARP (vc escolhe) necessitam de sensores fabricados fora do Brasil. Logo, no máximo podemos construir aeromodelos de final de semana. Até temos algumas (pouquíssimas) empresas fabricantes de drones de uso para agricultura ou para filmagens aéreas, que usam telecomando em frequência civil e sem criptografia. Se pesquisarmos, quando as FFAA passaram a trabalhar com drones/VANT/SARP de verdade e com experiência de combate, chegaremos a mais de 10 anos atrás. Ou seja, nunca foi prioridade para as FFAA (as três). Lembrem-se do SISVANT da PF, que não chegou a… Read more »

Welington S.
Welington S.
9 dias atrás

A Venezuela está se fortalecendo. Essas idas e vindas de aviões iranianos/russos pra cá, não é por acaso. Tão certos! Estão fazendo o deles. Meu desejo é que o Brasil fomente ainda mais nossa indústria de defesa para que não tenhamos que depender de outros países.

MFB
MFB
Reply to  Welington S.
9 dias atrás

Não, a Venezuela está quebrada, destruída. Rússia e Irã estão se aproveitando da situação para fazer movimentos por aqui. Você acha mesmo que eles levam a sério um palhaço como o maduro que conversa com passarinhos?

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  MFB
9 dias atrás

??, essa é novidade …

DJALMA DE OLIVEIRA
DJALMA DE OLIVEIRA
Reply to  MFB
8 dias atrás

se eles não levassem o maduro a sério a oposição apoiada pelos EUA já tinha o derrubado

Welington S.
Welington S.
Reply to  MFB
8 dias atrás

A Venezuela estar quebrada não significa nada para países que estão dispostos a ajudá-los.

Eduardo
Eduardo
9 dias atrás

A Embraer fabrica o que de drones?

Marcos10
Marcos10
Reply to  Eduardo
9 dias atrás

Uns quarenta anos atrás, quando surgiram os primeiros drones, foi desenvolvido um drone, mas aí falta de interesse, de orçamento, de vontade….

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Marcos10
9 dias atrás

Quarenta anos? Bota sessenta ou setenta nisso. Usados em combate sobre o Vietnã do Norte, inclusive.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Leandro Costa
7 dias atrás
Welington S.
Welington S.
Reply to  Marcos10
8 dias atrás

Se a EMBRAER já desenvolveu, então ela possui a expertise, certo? Certo! Ela poderia retomar o desenvolvimento caso aja interesse da FAB e das autoridades?

Vicente Araujo
Vicente Araujo
Reply to  Eduardo
9 dias atrás

com interesse das forças armadas é dinheiro injetado pode ter certeza que num curto período de prazo a Embraer pode desenvolver é fabricar drones paras mesmas

Paulo Sollo
9 dias atrás

Então agora está explícito o apoio que o Irã passou a fornecer à Venezuela. E dai? Até um país falido consegue investir em sua defesa da forma necessária. Mais uma vergonha para nosso país do futuro que nunca chega com seus três clubes de barões deitados eternamente em berço esplêndido e administrando um dos maiores orçamentos militares do mundo de forma indignante e afrontosa. Drones de vigilância e ataque, algo relativamente simples de projetar e barato de fabricar e operar. Não duvido que mesmo que maduro passe a fabricar mísseis balísticos com transferência de know how do Irã, nem isso… Read more »

Nilo Rodarte
Nilo Rodarte
Reply to  Paulo Sollo
9 dias atrás

Não creio que a Venezuela esteja investindo alguma coisa. O Maduro está apenas entregando o que resta do país para interessados em explorar um naco da caça em troca de se manter vivo e no poder às custas da miséria do povo.

MÁRIO FILHO
MÁRIO FILHO
Reply to  Nilo Rodarte
9 dias atrás

Esse drone da venezuela eu derrubo com a espingarda de dois canos que pertenceu ao meu pai !!!

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  MÁRIO FILHO
7 dias atrás

Os armênios e os Sauditas achavam o mesmo dos drones do Azerbaijão e do Irã…

Alex
9 dias atrás

Eles podem fabricar, mas se essa “empresa” não poder exportar…..vai viver como? De encomendas do governo? Se tiverem auxílios do Ira ou da China, daí é que não vendem.

nonato
nonato
Reply to  Alex
9 dias atrás

Como se isso fosse problema para regimes autoritários.

Oseias
Oseias
Reply to  Alex
9 dias atrás

É ruim que vão fabricar alguma coisa, isso é fachada para importar o drone do Irã.

Guacamole
Guacamole
9 dias atrás

Espero que dê certo.
Se na base do amor, o Brasil não olha para drones do jeito que outros países olham, então que seja por medo.
Já está mais do que na hora de termos drones armados aqui.

Tomcat4,2
Tomcat4,2
9 dias atrás

Alvos para os Sabres e ST !!!

Luís Inácio da Silva
Luís Inácio da Silva
Reply to  Tomcat4,2
9 dias atrás

E os Sabres e ST são alvos para os S300

Tamandaré
Tamandaré
Reply to  Luís Inácio da Silva
9 dias atrás

Que por sua vez, são alvos dos A-1M. 😝

Luís Inácio da Silva
Luís Inácio da Silva
Reply to  Tamandaré
9 dias atrás

A-1M Que são alvos dos Su 35 🤷🏻‍♂️

Last edited 9 dias atrás by Luís Inácio da Silva
Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Luís Inácio da Silva
9 dias atrás

não sabia que a Venefavela tem SU-35, que eu saia é SU-30, há e o matador de sukhois já chegou no BR, agora é só ter números suficientes que iremos nos contrapor pesadamente contra os SU-30.

João Fernando
João Fernando
Reply to  Heinz Guderian
8 dias atrás

Já matou qtos SU até agora?

Rafael costa
Rafael costa
Reply to  Luís Inácio da Silva
9 dias atrás

Que por sua vez, são alvos do Astros 2020 !

PAULO
PAULO
9 dias atrás

O Brasil tem realmente tem investido pouco nesta área. Para o EB, depois da conclusão do SIVAM, da melhoria da Defesa Antiaérea e da Infantaria Mecanizada, esta é uma das prioridades. O problema é o “cobertor curto”. Iniciamos conversações com os israelenses a respeito, mas tudo muito incipiente. A Venezuela, ao contrário, parece estar avançando mais do que Brasil, Chile, Colômbia e Peru nesta área. Só falta mesmo, a Venezuela começar a investir em sua Infraestrutura energética, no Agro e, principalmente na indústria de bens de consumo, como produção de papel higiênico, por exemplo…

glasquis 7
Reply to  PAULO
7 dias atrás

Embora a Venezuela tenha o mais efetivo sistema de defesa Antiaérea da região, o Peru conta com baterias Petchora. No caso do Chile a defesa conta com Stinger, Mistral, Migale e NASAMS II.

RENAN
RENAN
9 dias atrás

Acredito na influência direta do Irã.
E que isso irá melhorar muito as capacidades da Venezuela.
É aos venezuelanos estão a fazer a parte deles e o Brasil? Vai demora quanto tempo para produção de drones em massa?

Flávio Herinque
Flávio Herinque
9 dias atrás

Cara nem se deram o luxo de altera o numero de designação/modelo [!]….

Flávio Herinque
Flávio Herinque
Reply to  Flávio Herinque
9 dias atrás

Olhem as duas fotos ambos modelos tem escrito P071A-007

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Flávio Herinque
9 dias atrás

Tinha percebido justamente isso. Esse papo de feito na Venezuela parece ser a maior balela. O Irã mandou para Maduro fazer propaganda. Só mudaram o escudo das forças aéreas. LOL!

USS Independence
USS Independence
9 dias atrás

Putz,,, Que medo da Venezuela #sqn.
Agora sim, temos uma empresa “competente” de um país “democrático” que faz jus a aquisição do “nosso patrimônio” que é a EMBRAER.
Diferente da Boeing do Império ditatorial EUA, a EANSA da Venezuela tem todos os requisitos técnicos para ser uma ótima parceira… KKKKK

Sergio Machado
Sergio Machado
9 dias atrás

Nós poderíamos ter trazido eles para a nossa esfera de influência, hoje estaríamos podendo fazer um meio de campo, mediação. Vendendo produtos e serviços, e de quebra mantendo a Venezuela sob controle. Mas uma política externa mais do que acéfala e submissa- burra mesmo- tenta tornar a Venezuela o “inimigo necessário” a qualquer custo. O resultado é esse: estão se armando fora, e Rússia e Irã nas nossas fronteiras. Parabéns aos jumentos e seus seguidores na luta contra o “comunismo”.

Mensageiro
Mensageiro
Reply to  Sergio Machado
9 dias atrás

Perfeito. Eua, e outros países lidam com ditadores vendendo pra eles. Se não fossemos um anão diplomático e político estaríamos vendendo muito em toda AL, África, OM.

sub urbano
sub urbano
9 dias atrás

É melhor vc “Jair” se acostumando.

Allan Lemos
Allan Lemos
9 dias atrás

A Stella Tecnologia está desenvolvendo o drone Atobá, ele pode carregar até 70kg de carga útil e parece ser promissor. Mas como aqui é o Brasil, o governo não dá a mínima para esse tipo de iniciativa, o que faz projetos inovadores como esse quase sempre morrerem na praia. Os militares não apoiam a indústria nacional e depois vão comprar produtos de empresas estrangeiras pagando uma fortuna por causa da ToT. É lamentável.

Nilo Rodarte
Nilo Rodarte
9 dias atrás

Legal a legenda da foto do drone iraniano “Drone iraniano muito semelhante ao apresentado na Venezuela”. Não é “muito semelhante”. É o mesmo!

Heinz Guderian
Heinz Guderian
9 dias atrás

Inveja não faz, também fabricamos os nossos. O que falta mesmo é uma grande aquisição.
Temos o CÁRCARA 2, AVIBRAS FALCÃO, ACAUÃ ( o primeiro da américa do sul a realizar um decolagem automática), Horus FT-100 , Hermes 450 ( esse é estrangeiro), temos o CAÇADOR, e também o ATOBÁ. Ou seja, temos tecnologia própria para termos uma grande e diversificada esquadrilha de drones.

JESUAN
JESUAN
9 dias atrás

Era pra o BRASIL tá noticiando essas coisas.. Mas não.. É a Venezuela.. Venezuela..

sj1
sj1
Reply to  JESUAN
8 dias atrás

Tupan-300

Wilson jsjr
Wilson jsjr
9 dias atrás

É só espalhar quentinhas e papel higiênico na fronteira que eles se rendem..

Agressor's
Agressor's
Reply to  Wilson jsjr
9 dias atrás

As nossas tragédias são sempre de uma profunda banalidade para os outros…

Antunes 1980
Antunes 1980
9 dias atrás

Deitado em berço esplêndido…. degustando caviar e lagosta…

Não aceitando o clamor da sociedade para uma defesa aerea de medio e longo alcance…..

Enquanto a miseŕavel venezuela se torna uma ameaça bem debaixo do nosso nariz..

A farra de drones entrando no territorio brasileiro…

Auxiliando o trafico de drogas….

Espionando nosso país …

Ajudando no desmatamento da regiao amazonica…

Será algo épico…

E o prejuizo gerado por estes crimes irá nos custar o quíntuplo do investimento neste tipo de defesa.

Last edited 9 dias atrás by Antunes 1980
sj1
sj1
9 dias atrás

Já temos um projeto de drone e sistema propulsor próprio em andamento: Tupan, da SIAAT e Turbomachine.

Johan
Johan
Reply to  sj1
9 dias atrás

Não me animaria muito, não pela falta de capacidade das empresas envolvidas, mas o projeto está sendo tocado por conta própria e os engenheiros da Torbomachine deixaram entender que os políticos nem as forças armadas estão apoiando…ainda vai ter reunião e estudos (novidade sqn) das forças armadas a respeito.
Meu receio é ver as empresas envolvidas no projeto falirem e os pançudos procurarem depois um drone lá fora com o ToT (transferência para o bolso)

sj1
sj1
Reply to  Johan
8 dias atrás

Vamos torcer, acho difícil a Siatt falir, pois já está com o Mansup, a Turbomachine parece estar bem adiantada em microturbinas.

Foxtrot
Foxtrot
8 dias atrás

Pois é. Vamos ver até quando nossas FAAs ficam brincando de operar Stones importados. Se não fosse a falta de visão da FAB, já estaríamos que vários esquadrões de Vant Falcão voando. Provavelmente a Avibras já estaria desenvolvendo uma evolução armada do Falcão para as 3 forças. Mas os “hiper estrategistas” dos brigadeiros resolveram cancelar a encomenda inicial do Falcão (mesmo tendo investido uma grana nos projetos SNC, DPA Vant que é usado no Falcão e muito provavelmente no MT-300) para adquirir o Hermes israelense. Vamos ver agora, e hoje temos mais opções como o Atobá, FH-200TH da Flight (acho… Read more »

sj1
sj1
Reply to  Foxtrot
8 dias atrás

Tupan-300

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  sj1
8 dias atrás

“Tupan-300” ????

sj1
sj1
Reply to  Foxtrot
7 dias atrás

Uhum, projeto em andamento. Furo de reportagem do Caiafa

Last edited 7 dias atrás by sj1
Pablo Maroka
Pablo Maroka
8 dias atrás

Já temos os alvos dos Gripen NG

elcimar menassa
elcimar menassa
8 dias atrás

não tem como negar…esse drone é iraniano sim.

elcimar menassa
elcimar menassa
8 dias atrás

Maduro anunciou que a Venezuela vai fabricar drones. Durante o discurso foi possível ver o Mock-up do drone iraniano Mohajer-6 (capaz de levar 2 mísseis ar-terra)
https://pbs.twimg.com/media/EnRd58QW8AEncq3?format=jpg&name=medium

GuiBeck
GuiBeck
8 dias atrás

KKKK quando eu li “empresa aeronáutica recém-fundada este ano, e que neste mesmo dia apresentou dois protótipos de aeronaves de treinamento”, e sem ver a próxima foto, me veio a cabeça “parece aquelas apresentações de maquetes iranianas” … hehehe não deu outra. Importaram o veículo iraniano, com o selo de “fabricacion local”… hehehehe

José Carlos David
José Carlos David
8 dias atrás

Deveria produzir alimentos para o povo faminto!

Leo L
Leo L
8 dias atrás

O drone em si não parece grande coisa, mas pode fazer um estrago em alguma refinaria ou usina igual o ataque na Arábia Saudita e depois fingirem que não foi com eles. O Brasil tem que focar seriamente na fronteira com a Venezuela.

sub urbano
sub urbano
Reply to  Leo L
8 dias atrás

Pode ter certeza que se Brasil entrar em uma guerra o estrago seria gigantesco. Já viu os hangares da FAB? Eles usam telhas de zinco! Em tese um drone de fabricação iraniana poderia inutilizar um Gripen que custa milhões de dólares. Para isso um grupo de Comandos poderia escoltar o operador de drone até uma distância necessária. Nas Malvinas os comandos britanicos inutilizaram Pucarás dentro da ilha usando explosivos C4, uma ação de alto risco. Se fosse hoje poderiam ter feito a uma distância mais segura usando drones. O custo benefício é enorme, já que um Avião de Combate vale… Read more »

glasquis 7
Reply to  sub urbano
8 dias atrás

Desculpe mas, tenho entendido que eles inutilizaram os Puca acionando os ejetores.

MGNVS
MGNVS
8 dias atrás

É impressionante como sao justamente os países sob fortes sançoes e embargos economicos que conseguem desenvolver tecnologias sensíveis na area de defesa.Enquanto isso aqui no Brasil nada anda e sofremos ate mesmo cortes no setor de P&D. Quantos cientistas e pesquisadores o Brasil ja perdeu para EUA, Israel e Europa? E agora vemos uma Venezuela cambaleante desenvolver seus proprios sistemas, tendo eles ajuda ou nao. E o Brasil deitado eternamente em berço esplendido.

Capa Preta
Capa Preta
8 dias atrás

Temos projetos iguais ou superiores aos montes no Brasil ( tudo com a farra das verbas de pesquisa da Finep) mísseis ,drones,veículos de todo tipo…mas na hora do vamo ver vai tudo pra gaveta e o dinheiro do contribuinte pro lixo, afinal não pagam lobby em dólar pra “oficial patriota”
Daí compram o mesmo equipamento que passaram anos de pesquisa e recursos desenvolvendo…..compram la fora a incrível quantidade “dissuasoria” de uns quatro ou cinco…pra criar doutrina sabe ?!

Last edited 8 dias atrás by Capa Preta
Jeferson Loreto dos Santos
Jeferson Loreto dos Santos
7 dias atrás

Triste que a maioria dos cometários postados neste fórum são apenas besteiras e discussões políticas…não se aproveita grande coisa…o fato é que a Venezuela estará, remontando, alguns drones iranianos em uma empresa de fachada em seu território, enquanto o Brasil, que importou alguns drones para a polícia federal anos atrás em uma operação mal sucedida, ainda sofre para colocar os mesmos em estado operacional, algumas vezes por problemas burocráticos, outras por operacionais, e quanto a fabricação, não passamos de alguns estudos e projetos de poucos modelos nacionais.

Jhon
Jhon
7 dias atrás

Cria uma empresa no inicio do ano e ja de cara apresenta dois produtos de alta tecnologia? Muita genialidade a curto prazo.

Bequer
Bequer
7 dias atrás

Vai ser que nem aquele drone português.