Home Aviação de Ataque Jato turco Hurjet tem simulador baseado em IA

Jato turco Hurjet tem simulador baseado em IA

2011
15

ANKARA, Turquia – A Turkish Aerospace Industries diz que desenvolveu o primeiro simulador baseado em inteligência artificial da Turquia, que será usado nas fases de projeto e desenvolvimento do Hurjet, uma aeronave de ataque leve projetada localmente.

A TAI disse que o simulador de engenharia, Hurjet 270, é projetado para coletar feedback dos pilotos de teste para tornar o design do Hurjet “melhor, mais sólido e mais eficiente”. O simulador também se destina a detectar falhas de projeto no estágio de desenvolvimento. Funcionários da empresa disseram que o simulador apresentará “resolução no nível do olho humano”.

Atilla Dogan, vice-gerente geral de design de aeronaves da TAI, disse à agência de notícias estatal Anadolu que o Hurjet 270 ajudará os engenheiros a melhorar o design de algoritmos de controle de voo e software aviônico com base no feedback dos pilotos de teste.

O treinador armado Hurjet é uma versão de motor a jato do turboélice Hurkus, a primeira aeronave de treinamento básica autóctone da Turquia. A TAI lançou o programa Hurjet em 2018, com o objetivo de realizar o primeiro voo da aeronave em 2022.

O Hurjet terá uma velocidade máxima de Mach 1,2 e pode voar a uma altitude máxima de 45.000 pés. A aeronave terá uma carga útil máxima de 3.000 quilos, incluindo munição, radar e câmera.

O Hurkus-C, a versão armada da variante básica do Hurkus, apresenta munições desenvolvidas localmente, incluindo a CIRIT, TEBER, HGK e LGK. Ele também pode usar bombas guiadas por INS/GPS, bombas convencionais, foguetes não guiados e canhões.

O Hurkus-C também possui partes do fuselagem blindadas, um sistema de autoproteção, um link de dados, designação de alvos a laser, um pod eletro-óptico e infravermelho, um tanque de combustível externo e aviônicos avançados.

Com uma carga útil de 1.500 quilogramas que pode ser usada por meio de sete pontos duros externos, o Hurkus-C pode realizar ataques leves e missões de reconhecimento armado.

FONTE: Defense News

Subscribe
Notify of
guest
15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Ele esta peitando Europa, Rússia e EUA ou começa a desenvolver as suas armas ou vai ter dificuldade para se armar no futuro. Alguma informação do Mig-29 abatido na Líbia? O piloto ejetou e segundo informações fala russo, ele caiu nas mãos do LNA ou do GNA?

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Provavelmente, são apenas os ensinamentos das equipes de resgate na Líbia.
Ou é o L-39 abatido em abril.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Pode-se dizer oque for dos turcos,mas parados eles não ficam na hora de desenvolver tecnologia militar…

Filipe Prestes
Filipe Prestes
1 mês atrás

Ainda há espaço nesse nicho de mercado? De cabeça me recordo do FA-50, M-346, Yak-130, T-5, T-7, L-50, L-39 e Pampa III… É um segmento bem concorrido. Não terá vida fácil este treinador turco.

WVJ
WVJ
Reply to  Filipe Prestes
1 mês atrás

Perece mais um pontapé inicial, e não um projeto de treinador comercial.

Jad Bal Ja
Jad Bal Ja
Reply to  Filipe Prestes
1 mês atrás

Acho que é um projeto sem muita pretensão de vendas, se vier é lucro, mas é difícil. Será mais um produto para consumo interno e reduzir a dependência estrangeira.

Trathanius
Trathanius
1 mês atrás

O Hurjet lembra muito o EADS Mako/HEAT

Marcelo Bardo
Marcelo Bardo
Reply to  Trathanius
1 mês atrás

Também achei parecido com o Mako.

Tobyaps
Tobyaps
1 mês atrás

Inteligência Artificial, meu deus! kkk Sempre que ouço ou vejo falar de IA me vem na cabeça um algoritmo “de fundo” com um monte de if, else, for, where, ou dentro de um certo escopo, ou nada além de uma automação, vai entender…

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Tobyaps
1 mês atrás

E tudo começa com um “olá mundo” kkkkk

Gil U
Gil U
Reply to  Tobyaps
1 mês atrás

Virou festa usar o termo IA, ate televisões tem isso agora rsrs A verdadeira IA no seu conceito original, de um sistema capaz de aprender e tomar decisões autônomas com base neste
aprendizado, e não em uma pré programação, não deve aparecer nos próximos 30 ou 40 anos, isso na previsão mais otimista.

Last edited 1 mês atrás by Gil U
Tobyaps
Tobyaps
Reply to  Gil U
1 mês atrás

Exatamente, virou festa rs. Para mim não nesse século.

Robsonmkt
1 mês atrás

O design dele parece uma versão alongada e monoturbina dos M-346/Yak-130. Ficou elegante.

Raul
Raul
1 mês atrás

Praticamente idêntico ao AMX… É como se o antigo projeto MFT-LF da Embraer estivesse ganhando vida, em um outro canto do mundo…. Mais de 30 anos depois…

Last edited 1 mês atrás by Raul
Flanker
Flanker
1 mês atrás

Design bonito ….me lembra outra aeronave…ou outras.. ..parece um mix de vários designs….ficou bonito. Se irá vingar e se chegará à produção, sendo eficaz, é outra história. Mas, que é bonito, é.
Em uma parte do texto fala em 3 mil kg de carga útil e em outra parte fala em 1500 kg.