Home Aviação de Caça FOTOS: Formação de caças sobre o Golfo Pérsico

FOTOS: Formação de caças sobre o Golfo Pérsico

5874
76

Uma visão rara de caças de fabricação americana, europeia e chinesa voando juntos: F/A-18C do Kuwait, F-16E dos Emirados Árabes Unidos, F-16C do Egito, JF-17 do Paquistão, F-15C/SA e Typhoon da Arábia Saudita e F-5E do Bahrain.

Subscribe
Notify of
guest
76 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
2 meses atrás

Com certeza estão de prontidão para combater o ímpeto turco na Líbia que por enquanto, apenas envia toneladas de armamentos diariamente, e seus drones que, estão “caindo feito moscas” dos céus líbios pelos Pantsir que os próprios turcos julgaram ineficientes contra seus equipamentos.

Andre
Andre
2 meses atrás

Egito, Jordânia, Paquistão….e nenhum avião russo. Se pudéssemos voltar 50 anos no tempo e contässemos isso, dúvido que alguém acreditaria. Um avião chinês e nenhum russo…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Andre
2 meses atrás

Jordânia, Arábia Saudita, Kuwait, EAU, Bahrein e Paquistão não usam material russo.
Já o Egito, certamente, reservará seus poderosos Su-35 para ocasiões mais importantes a Leste.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Hahahaha …..vc deve bater uma enquanto imagina a destruição de Israel…….hilária tamanha fixação……
“Poderosos”….hehehe….tanto quanto os F-15I……mas, assim como teus gurus eslavos, vc gosta de adjetivos superlativos……próprio de alguém com algum trauma em alguma fase da idade infantil…..hehehehe

Arariboia
Arariboia
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Jordânia, Arabia Saudita, Kuwai, Paquistão usam equipamentos russos. Desde fuzil, mísseis, tanques, aviões e helicópteros.

Doug385
Doug385
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Duvido. Os egípcios aprenderam a lição. Até reconheceram o estado de Israel.

Paulo Lahr
Paulo Lahr
Reply to  Doug385
2 meses atrás

O reconhecimento de Israel pelo Egito veio após a guerra do Yom Kippur. Nela, foi firmada a paz entre os dois países, na qual o Egito recuperou o Sinai. O Egito foi a primeira nação árabe a reconhecer Israel. Neste conflito o Egito, mesmo perdendo muito mais material, conseguiu o que queria. A história está aí para ser apreciada.

Andre
Andre
Reply to  Paulo Lahr
2 meses atrás

O Nasser sempre falou que seu único objetivo erra empurrar os judeus de volta para o mar. Sadat, apesar de mais moderado, sempre declarou que sua missão era varrer Israel do mapa. Já Israel sempre desejou a paz e o reconhecimento de seu direito de existir. Como o Egito cedeu a atendeu Israel, recuperou o Sinai. A Síria não reconheceu…fica sem as Colinas de Golã.

Paulo Lahr
Paulo Lahr
Reply to  Andre
2 meses atrás

O objetivo principal de Sadat era recuperar o Sinai para recuperar o orgulho do povo egipcio. Se formos analisar pela tua forma de pensamento, se invertermos as moedas, Israel perdeu 61 mil km2 de area por um reconhecimento de Estado. Este nosso julgamento é muito superficial.

Grosseiramente, Israel poderia ter ignorado as potencias da época e estrangulado todo mundo como alguns anos antes. Será que conseguiria? Talvez sim. Mas a que custo? Os egipcios estavam melhores preparados.

A vitoria foi de ambos no campo diplomático. Egito e Israel. Ainda vejo assim.

Juan
Juan
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Egipto no tiene Su-35, hace poco compro Mig-29 M2 pero se ve que el F-16 sigue siendo por lejos el grueso del poderío de su Fuerza Aérea

Karl Bonfim
Karl Bonfim
Reply to  Andre
2 meses atrás

Bem lembrado, nenhum avião russo!

Brunow
Reply to  Karl Bonfim
2 meses atrás

JF-17 um DNA Soviético com motor Russo..

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Andre
2 meses atrás

O Egito não levou para esse encontro mas eles possuem Mig’s29 e estão para receber SU35!

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Andre
2 meses atrás

Andre
Egito, Jordânia, Paquistão….e nenhum avião russo. Se pudéssemos voltar 50 anos no tempo e contässemos isso, dúvido que alguém acreditaria. Um avião chinês e nenhum russo…

—–

Jordânia, Paquistão, Bahrein e Arábia Saudita, todos diretamente compradores típicos de aeronaves russas ….

Lucianno
Lucianno
Reply to  Evgeniy (RF).
2 meses atrás

Bahrein e Arábia Saudita sempre foram ligados aos USA e a Inglaterra e nunca compraram armamentos soviéticos ou russos.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Andre
2 meses atrás

Pois eh… Como o mundo muda e como mudará ainda nos próximos 25 anos…

Cleber Freitas
Cleber Freitas
Reply to  Andre
2 meses atrás

Roberto Santana, vc sabe em quais condições estão esses F-5, sabe se foram modernizados, e se foram, poderia fazer uma comparação com os nossos?

Charles Dickens
Charles Dickens
2 meses atrás

Pelas bandeiras nas empenagens, me parece que há 3 aeronaves sauditas, e não duas como diz a matéria. Seriam 2 F15 e 1 Typhoon. O F18 do Kuwait só aparece na segunda foto, parcialmente encoberto pela empenagem do JF17 paquistanês.

Flanker
Flanker
Reply to  Charles Dickens
2 meses atrás

Preste atenção na primeira foto tb…..o F-18 do Kuwait tb aparece….inclusive , aparece mais que na segunda.

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Tem razão. Obrigado!

Flanker
Flanker
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Nunca vi negativarem uma informação……hahahaha ……cambada de bilhões……hehehehehe………esse é o brasileiro médio…..

Flanker
Flanker
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Bobalhões*

Zé Mané
Zé Mané
Reply to  Flanker
2 meses atrás

Totalmente de acordo.

emerson
emerson
Reply to  Charles Dickens
2 meses atrás

O F-18 aparece na primeira foto sim.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
2 meses atrás

Que foto sensacional, ver tantos vetores diferentes numa única foto é muito bom. Bom ver também o velho de guerra F-5 no meio dessas máquinas. É antigo mais ainda tem gás para uma boa luta. Bom dia a todos do blog.

Salim
Salim
Reply to  Heinz Guderian
2 meses atrás

Bicudo saiu bonito na foto.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Heinz Guderian
2 meses atrás

“Bom ver também o velho de guerra F-5 no meio dessas máquinas. É antigo mais ainda tem gás para uma boa luta”.

Bom dia Heinz.

Deixando o saudosismo de lado, não vejo como um F5E pode ser páreo para uma “boa luta” com os outros caças da foto.

Seria abatido muito antes de conseguir enxergar alguma coisa.

Na hipótese de um dogfight, pode até ter alguma pequena vantagem em manobrabilidade, mas não teria potência para se manter por muito tempo.

pangloss
pangloss
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Numa formação dessas, o F-5 só serve como alvo, para gastar a munição do inimigo e assim poupar os vetores mais capazes.

Marcos10
Marcos10
Reply to  pangloss
2 meses atrás

Um F-5 modernizado, com um piloto bem treinado, com boa doutrina e disciplinado pode fazer frente a qualquer uma dessas aeronaves.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Marcos10
2 meses atrás

Olá Marcos, bom dia.

Me desculpe, mas discordo. Você pode botar o Ayrton Senna num fusca contra o Rubens Barrichello em qualquer outro carro mais moderno e potente…..aí vc já sabe o resultado. Comparando grosseiramente é isto.

Veja , o F5E foi um ótimo avião no seu tempo e para a finalidade que foi construído (Um caça a jato de baixo custo para países aliados que não tinham grana), mas não dá para encarar aviões mais modernos, mesmo modernizado.

Aexandre Cardoso
Aexandre Cardoso
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Essa é a realidade, podem modernizar o quanto quiserem o F5, sempre será e cada vez mais, inferior aos caças mais modernos. Nada adianta o saudosismo, na hora do combate.

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Mas se estiver escoltado por alerta aéreo antecipado como um E-99 com uma potencia extraordinária de radar, vendo os inimigos bem antes, esses F-5M não teriam nenhuma chance?
Fico com duvida sobre isso. Abraços

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  OSEIAS
2 meses atrás

Ajuda, mas o radar dos outros permite o lançamento do míssil primeiro. E, depende do alcance de cada míssil (¨lança¨).

Junior
Junior
Reply to  Rinaldo Nery
2 meses atrás

O Rinaldo com seu conhecimento pode me corrigir se eu estiver errado mas eu vejo o F-5 na FAB como muito útil ainda por três grandes razoes: 1º Boa parte dos nossos vizinhos nem um F-5M tem, e como em terra de cego quem tem um olho é rei. 2º Apesar de velhos e cansados eles são muito numerosos na FAB e como a quantidade é uma qualidade por si só (…). Por exemplo se você tem 24 super Sukhoi mas só 4 voam e em certo momento tera que enfrentar 40 F-5M você esta em seria desvantagem. 3º Se… Read more »

Paulo Lahr
Paulo Lahr
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

A efeito de curiosidade. Descendo a serra de Curitiba para Sao Paulo, na regiao do Vale do Ribeira, de Chevett com meu tio no piloto, metido a piloto..vinhamos disputando com outros 3 carros. Carro de 91, bem cuidado. Bom piloto. O Golf 2.0 sempre tomava a frente nas retas, mas areas de muitas curvas, nós disparavamos. Não me lembro dos outros 2 carros, mas todos eram novos e com motor forte. No fim da serra…não tinhamos visão no retrovisor dos outros 3 carros. Apos alguns minutos, ja em grande reta, fomos alcanlados, em Cajati. Todos os meios influenciam. O pensamento… Read more »

pangloss
pangloss
Reply to  Marcos10
2 meses atrás

Marcos10, desculpe a metáfora futebolística, que sempre redunda em simplificação, mas qualquer pereba é capaz de fazer um gol no melhor goleiro do mundo, ao bater um pênalti.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  pangloss
2 meses atrás

Esses F5 foram modernizados? Se sim ainda podem dar para o gasto, mas se não realmente não vão ser de muita ajuda numa região complicada com aquela. O Bahrain possui também F16C e esta comprando o F16 Block 70, os F5 vão ser usados mais em treinamentos.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Olá luiz Galvão, muito bom ver seu ponto de vista, mas acho que modernizado e com misseís de ultima geração o F-5 ainda é um bom vetor. O mig-21 indiano deu trabalho aos F-16 Paquistaneses e parece que até derrubou um. Então creio que o F-5 ainda pode da trabalho, óbvio que não é um vetor novo, mas que ainda serve. saudações

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Heinz Guderian
2 meses atrás

Olá Heinz,

Bem observado.

Abs.

willhorv
willhorv
Reply to  Heinz Guderian
2 meses atrás

Concordo que o vestuto aí é o F5.
Mas devidamente modernizado, com armamentos também modernos, como nossos FBR, quando apoiados por exclarecimento eletrônico, podem dar muito trabalho sim.
Caça pequeno, baixo rcs….e ainda arrojado. Sem contar que até os States o usam como agressor.
Não é ruim não dependendo do cenário.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
2 meses atrás

Um aviso á Turquia e ao Irã! Se procurarem confusão estamos prontos e unidos!

Marcos de Castro Queiroz
Marcos de Castro Queiroz
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás

Faltou dizer Israel!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Marcos de Castro Queiroz
2 meses atrás

A tensão entre eles e Israel está bem mais baixo se comparar com o Irã e Turquia, é bem capaz de Israel se juntar a eles numa possível guerra contra o Irã como eles costumam dizer ” o inimigo de meu inimigo é meu amigo”.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás

Olá Fábio, bom dia.

Não sei não. Tenho minhas dúvidas. Quantidade não assegura qualidade e experiência. Veja por exemplo os casos mais recentes em que a Arábia Saudita, mesmo equipada com o que existe de melhor da tecnologia americana, se atrapalhou e muito em sua defesa : Refinarias bombardeadas , aeroportos atingidos por mísseis, o coro que toma na Gurra do Iêmen.

Posar para foto é fácil.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Eu sei disso prova disso é que os israelense por contar com melhor treinamento foram melhores nos confrontos com os árabes. Na Arábia Saudita o que acontece é que muitos sobem de posto por conta da descendência e não na competência, não sei se na Jordânia e no Bahrain a coisa funciona assim, mas creio que só o Egito temos forças armadas realmente profissionais!

Andre
Andre
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

No dia em que surgir um sistema e armas perfeito, um sistema ofensivo perfeitamente imune às defesas, ou um sistema de defesa capaz de impedir todos os ataques, acaba a guerra.

A vida é estatística, o que faz um sistema de defesa ser melhor ou pior é a porcentagem de ataques que ele impede.

Agora, UM missel atingiu uma refinaria, UM f16 foi abatido sobre a Síria, UM f16 foi perdido para um mig 21….isso tem pouca relevância estatística. Se fosse algo como “mais de CEM vitórias em combate aéreo se nenhuma perda” ai começa a ter relevância estatística.

Kornet
Kornet
2 meses atrás

Pena que não teve o mig 29m2 , o Rafale e o Mirage 2000 ficaria uma foto fantástica.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Kornet
2 meses atrás

Faltou o Gripen também.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Tem algum usuário de Gripen entre aqueles países? Esses outros caças citados são utilizados por aqueles países, o Egito por exemplo possui os três e os Emirados também possuem o Mirage 2000.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás

Fabio,

Eu gostaria de ver o Gripen também nesta foto.

Não interessa se ele não é operado por países da região. Blz ?

Wilson França
Wilson França
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Interessa sim.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Acho que não me fiz entender, o Gripen não é operado por esses países, os caças lembrados pelo Kornet também são operados por aqueles países. Se algum país usuário do Gripen tivesse participado poderíamos ver fotos deles nessas formações. Mas é mais fácil achar material assim na Europa onde os Gripns suecos, húngaros e Tchecos vivem participando de missões e treinamento com outros países.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Fabio Araujo
2 meses atrás

Beleza Fábio.

Obrigado.

Lucianno
Lucianno
Reply to  Luiz Galvão
2 meses atrás

Gripen na foto??? Só se for com o photoshop.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
2 meses atrás

A foto uma obra fotográfica militar faltou um vídeo, agora alguns comentários parece que andaram na goiabeira com a damares, menos acido ai povo.

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

Não acho certo fazer piada sobre uma criança violentada e estuprada. Acho que qualquer um nessa situação veria a alucinação que bem intender e seria bem entendido por todos. Vamos ficar na esfera do comentário militar, será mais saudável.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  OSEIAS
2 meses atrás

Oséias,

Ótimo comentário.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  OSEIAS
2 meses atrás

Olha eu não vou entrar nesse debate porque é capcioso meu post trata de 2 situações bem distintas, abraços boa semana.

Vini
Vini
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

Nilton, com certeza você tem problemas mentais.

Rodrigo LD
Rodrigo LD
2 meses atrás

O Bahrein é o primo pobre. Achei que estivessem melhor equipados. Acredito que seja prejudicial para o país. Ir com o F-5 para um encontro desses é o mesmo que pendurar uma placa na porta de casa dizendo que não tem arma de fogo, só canivete!!!

Kornet
Kornet
Reply to  Rodrigo LD
2 meses atrás

Eles tb operam F16 .
Vamos esperar para que num próximo encontro eles ouçam nossos pedidos, e cada país mande os caças que operam para uma fabulosa pintura aérea.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Kornet
2 meses atrás

Operam o F-16C e estão para receber os novoc F-16 Block 70!

Karl Bonfim
Karl Bonfim
2 meses atrás

A presença desse avião “xing ling” pode ser interpretado de vários maneiras, mas a mensagem mais inteligível de todas é que os “chinas” vieram para ficar, não estão pra brincadeira, estão só começando e não fiquem na frente de conversa mole, se não vai ser esmagado pelo gigantesco poderio econômico, industrial e militar (assim como o Tio San fez depois da Primeira Guerra Mundial). Tem mais, aceitem que dói menos e é melhor colaborar e ganhar alguma coisa em troca, do que ser contra e ter muito a perder. Eu só quero ver a resposta do Tio San a tudo… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Karl Bonfim
2 meses atrás

Karl Bonfim

E, do jeito que as coisas estão indo, esperemos para ver de onde sauditas, kwaitianos, qataris e outros vão tirar dinheiro para comprar armas.
Esperemos sentados para que não fiquemos cansados.

Karl Bonfim
Karl Bonfim
Reply to  Antoniokings
2 meses atrás

Para comprar remédio, comida e outros itens de consumo básicos para as populações mais carentes pode até faltar na maioria dos países, mas para comprar armas, nunca faltou. Quanto a nós, é aquele velho ditado: a necessidade é a mãe de tudo, ou seja, quando “for muito necessário” teremos. Quer dizer, eu acho né, pois aqui é Brasil!

Andre
Andre
Reply to  Karl Bonfim
2 meses atrás

A presença de um avião chines e ausência de um russo, mostra que realmente a china veio para ficar e já tomou o lugar que já foi da URSS.

A resposta do EUA vai ser a mesma que ele vem dando desde o início da guerra fria: seguirá mantendo a liderança tecnológica e os outros que corram atrás…

rui mendes
rui mendes
Reply to  Karl Bonfim
2 meses atrás

A Europa é a 3ª potência económica do Mundo, e militarmente, está entre as grandes potências Mundiais, a nível político, idem idem aspas aspas, já no que concerne, a uma resposta Europeia à China, não terá que responder, pois a China, aos olhos da Europa, é um parceiro no desenvolvimento do Mundo, a Europa não é inimiga da China, como os Americanos queriam que fosse, para os ajudar, pois eles sim, sabem que em breve, vão ser ultrapassados pela China, e terão que saber viver com isso, e quanto ao ´´quem te viu e quem te vêa Europa não podia… Read more »

Wagner
Wagner
2 meses atrás

Exceto Kuwait,Egito e Paquistão,o restante os Houthis botou no chão.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Wagner
2 meses atrás

Esqueceu dos jordanianos , os caras são bons de serviço!

Leandro Costa
Leandro Costa
2 meses atrás

O F-5 está ali só para manter todo mundo na linha, dando um grau de letalidade elevadíssimo à foto. 😀

OBS.: Sim, foi piada.

Airacobra
Airacobra
Reply to  Leandro Costa
2 meses atrás

Disciplina e hierarquia, os mais modernos formaram para o F5

cipinha
cipinha
2 meses atrás

Interessante ver o JF-17 com sonda para reabastecimento, até hoje só tinha visto em testes no solo.

Assis
2 meses atrás

Na boa, o F-5 é muito lindo!!!

Mesquita
Mesquita
2 meses atrás

Espero que ninguém da FAB esteja ligando para o ministro da defesa do Bahrain!

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
2 meses atrás

Espetacular!!! Já virou papel de parede!!!!