Home Aviação de Ataque Su-35 para o Egito

Su-35 para o Egito

3821
75

De acordo com o site Menadefence, foi iniciada a produção de caças Su-35 para o Egito na fábrica da JSC Sukhoi em Komsomolsk sur Amour, no Extremo Oriente da Rússia, o primeiro dos quais com entrega prevista para o final deste ano.

Uma aeronave com número de série 0641 está sendo montada na fábrica JSC Sukhoi e seria parte de uma execução de contrato para o Egito. Foi publicada uma fotografia mostrando uma aeronave na linha de montagem, mas não foi possível determinar se essa era definitivamente uma linha de montagem Su-35 para o Egito.

A Força Aérea Egípcia encomendou 26 caças Su-35, apesar das ameaças de sanções dos Estados Unidos sob a lei CAATSA. Ameaças que foram amplamente ignoradas pela Índia e pela Turquia após a compra dos sistemas de defesa aérea S-400.

A aviação militar egípcia experimentou um grande salto qualitativo nos últimos anos com a compra de Rafales e MiG-29M2 e com as negociações para a aquisição da aeronave de treinamento avançado M-346 de Leonardo. Com esta compra, o Egito deu um passo mais perto do domínio aéreo na região do Oriente Médio e, pela primeira vez, adquire um caça de longo alcance e autonomia.

Subscribe
Notify of
guest
75 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rui Chapéu
Rui Chapéu
6 meses atrás

Depois que os militares entraram no poder no Egito eles estão tipo criança em loja de brinquedos….

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Rui Chapéu
6 meses atrás

Caro Rui,

Os militares egípcios estão no poder desde que me entendo por gente e a privamera deles deu um giro de 360o na situação, isto é, voltou pro mesmo lugar.

Os militares continuam em poder em pontos estratégicos do aparelho de Estado e, inclusive, no comando das principais empresas estatais.

Abraços.

Manock
Manock
Reply to  GFC_RJ
6 meses atrás

Certamente essa é a razão do povo egípcio ser tão miserável.

Teropode
Reply to  Manock
6 meses atrás

Besteira , miséria se estivessem debaixo do chicote dos radicais .

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
FABIO MAX MARSCHNER MAYER
Reply to  Rui Chapéu
6 meses atrás

Desde Gamal Abdel Nasser, inclusive com Anwar El Sadat, o Egito é governado pelos militares… ou seja, desde sempre.

pangloss
pangloss
Reply to  FABIO MAX MARSCHNER MAYER
6 meses atrás

Favor não esquecer o breve governo de Mohamed Morsi, da Irmandade Muçulmana. Isso explica a preocupação dos militares de lá.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  pangloss
6 meses atrás

E também o envolvimento do Egito na Líbia com a LNA, já que o GNA tem entre os seus membros a Irmandade Muçulmana.

TOM
TOM
Reply to  Rui Chapéu
6 meses atrás

Parabéns para o Egito!!!!

Thiago
Thiago
Reply to  TOM
6 meses atrás

Parabéns de que e porque ? So Porque comprou brinquedos novos ? Pode comprar o quiser e vai continuar levando surra, como Israel já ensinou várias vezes. Sabe de que adianta essas compras quando maioria do tecido social do país é incapacitado, semianalfabeta, ignorante, fanático e miserável? Um país cuja economia e base industrial é incomparavelmente mais atrasada até quando comparada com o Brasil. Por favor gente . Um pouco de bom senso.

Tiger 777
Tiger 777
Reply to  Thiago
6 meses atrás

Thiago, o problema do Egito não é Israel, esqueça isto. Hoje é Turquia e Irã.
Não menospreze os egípcios, seus militares são profissionais, e Israel pregou um alto preço, em 1973 para aprender a lição.
Israel e Egito tem acordos de exploração de bacias de gás em áreas marítimas, o Mossad e o serviço secreto Egípcio, tem uma intimidade, hj que seria considerada imoral, no passado.
A geopolítica hoje é diferente de 40 anos atrás.
Cordiais saudações

Gabriel
Gabriel
6 meses atrás

…e a história começa a se repetir…

O Egito se arma…o Governo se torna “nacionalista”…volta a questionar a questão da Península do Sinai, em relação a Israel…etc etc etc

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Gabriel
6 meses atrás

Nada haver, os Egípcios tem relação de cooperação com o estado sionista apadrinhado pela Arábia Saudita e não morre de amores pelo Assad, a compra é exatamente para dar um aviso a vizinhança Árabe.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
FABIO MAX MARSCHNER MAYER
Reply to  Gabriel
6 meses atrás

Não porque a península do Sinai foi devolvida ao Egito pelos acordos de Camp-David.

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  FABIO MAX MARSCHNER MAYER
6 meses atrás

Isso há mais de 40 anos…rsrsrs.

Gabriel
Gabriel
Reply to  Gabriel
6 meses atrás

…não me fiz entender…

…não quero polemizar, o melhor é acreditar que a aliança e amizade entre Israel e Egito é realmente duradoura…

…até o momento que um dos dois, precisar um inimigo, para chamar de “seu”…

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Gabriel
6 meses atrás

Antes de pensar em Israel eles tem a Turquia e a Libia, depois o Assad, em última caso Israel, quem apanha nunca esquece.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
6 meses atrás

Belo caça…..!!!!!! O egito possuirá 2 excelentes vetores, fugindo da regra dos ovos dentro de uma só cesta…É SONHO VIU PESSOAL, mas como eu gostaria de ver a FAB ou a MARINHA, tendo um su35, rafale, f18 último update ou mesmo o F15….

Lucianno
Lucianno
6 meses atrás

Porque ninguém além da FAB quer comprar o Gripadinho? Que segundo os “especialistas” é a melhor opção de compra do mundo.

MFB
MFB
Reply to  Lucianno
6 meses atrás

Então né.

Augusto Mota
Augusto Mota
Reply to  Lucianno
6 meses atrás

A parceria com os suecos é que é importante, o caça não, mas considerando o nosso histórico, acho q vai morrer na praia mesmo, é aquela velha máxima: “O Brasil não perde a oportunidade de perder uma oportunidade”.

Andre
Andre
Reply to  Lucianno
6 meses atrás

Prq ele concorre com o f16, não com o su27 e seus derivados. Além do mais, ele era a melhor opção de compra para o Brasil. Cada país tem seus requisitos e para cada um existe uma melhor opção de compra. O su27 e seus filhos foram pensados para enfrentar algo como o f15, muito diferente de nossas necessidades.

Para o nosso teatro de operações na am latina, o gripen é muito mais do que suficiente.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Andre
6 meses atrás

Caro Andre, está subestimando o Gripen.
O Gripen é menor, mais leve, mas é um caça de 1a linha. Não é comparável com caças de 2a linha como FA-50.
Ele foi desenvolvido para operar em rede.
E possui um dos melhores sistemas de guerra eletrônica usado em caças e também um dos melhores sistemas de datalinks.
Armados com Meteor e em conjunto com nossos E-99M, a FAB poderia dizimar a força aérea egípcia, mesmo em desvantagem numérica.

Andre
Andre
Reply to  Luís Henrique
6 meses atrás

Luis, sou muito fã do Gripen e acho que foi, de longe, a melhor escolha para a FAB. A Força aérea egípcia tem, além do SU35, tem o Rafale, o Mig29, Mirage 2000, F16…e em boas quantidades. Mesmo que fossemos vizinhos do Egito e que tivessemos todos os 36 gripen em operação, salvo um ataque surpresa, como o de Israel em 67, não acredito que poderíamos dizimar a força aérea deles. Os 150 F16 mesmo que inferiores ao gripen, são 150…

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Andre
6 meses atrás

Andre, acho que exagerei um pouco mesmo. Rss Eu estava pensando somente nas aquisições mais recentes de 24 Rafale, 46 MiG-29M e agora essa possível compra de 20 ou 26 Su-35. Ou seja, me referia à 90 ou 96 caças novos de 4a geração Plus adquiridos pelo Egito nos últimos anos VS os 36 Gripen E. Porém, em meu texto citei Meteor e E-99M. Aparentemente parece uma completa ilusão de minha parte, mas se ler minha explicação, verá que posso ter exagerado, mas não exagerei muito. Rss 1) Os 24 Rafale adquiridos pelo Egito são da versão F3 e Não… Read more »

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Andre
6 meses atrás

André, apenas complementando… Eu não considerei a grande frota de F-16, mas só para constar, deixo algumas informações que devem ser lembradas: 1) Somente 20 F-16 C Block 50/52 foram adquiridos depois do ano 2000. Foram adquiridos em 2009. Todos os outros F-16 são de versões Block 40, Block 30 e Block 15 e foram produzidos nas décadas de 80 e 90. Apesar de boa parte da frota ter sido modernizada, a modernização ocorreu na década de 90 para o block 40, inferior ao Block 52. Outra coisa, a média de idade deles está beirando 30 anos. Portanto, é provável… Read more »

Flanker
Flanker
Reply to  Luís Henrique
6 meses atrás

36 Gripen dizimarem uma frota de dezenas e dezenas de Mig, F-16, Rafale e agora Su-35? Menos, meu amigo…..bem menos…..diminui a empolgação…..

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Flanker
6 meses atrás

Flanker, eu respondi logo acima. Eu não estava pensando nos F-16 quando escrevi aquele texto.
Estava analisando somente as novas aquisições (24 Rafale, 46 MiG-29 e 20 ou 26 Su-35).
E já expliquei acima os Game Changer que a FAB terá e o Egito, por enquanto não terá equivalentes como os E-99M e o Meteor.

Lucianno
Lucianno
Reply to  Luís Henrique
6 meses atrás

“A FAB poderia dizimar a força aérea egípcia…” kkkkk só se for com papai noel e a fadinha do dente pilotando os gripadinhos. É muita fantasia, muita ilusão, muita boa fé na propaganda sueca, mas no fundo o gripen é somente um caça leve destinado a países pobres como o Brasil que não conseguem comprar um caça realmente de primeira linha como o F-35, o Rafale, o SH ou o Typhoon. Se o gripen realmente fosse tudo isso que os marqueteiros suecos prometem, a SAAB estava cheia de pedidos de compra. Mas a realidade é bem diferente, apesar dos imensos… Read more »

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Lucianno
6 meses atrás

Lucianno, A Suécia é um país rico de 1o mundo e que leva a Defesa muito a sério. Além disso o Gripen está sendo considerado no Canadá, onde Rafale e Eurofighter já saíram de cena. Sobre dizimar a força aérea egípcia, já expliquei no post acima, respondido para o André. O Gripen E terá dificuldades de vendas internacionais sim, o “peso” político e militar da Suécia é muito menor do que o americano ou o francês ou o inglês. Antes de adquirir um caça, um país se sujeita a uma aliança militar, tecnológica e de dependência com o país fornecedor.… Read more »

Lucianno
Lucianno
Reply to  Luís Henrique
6 meses atrás

Rafale e Typhoon saíram voluntariamente da concorrência do Canadá porque sabem que é um jogo de cartas marcadas. A Saab ainda está por puro desespero porque o gripe tem 0% de chance de ser adquirido pelos canadenses.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Lucianno
6 meses atrás

melhor custo beneficio

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Lucianno
6 meses atrás

A FAB e o Brasil compraram um caça em Desenvolvimento. A maioria dos países não buscam isso porque envolve maiores riscos e leva mais tempo. Mas, por outro lado, existem vantagens. Indústrias brasileiras, engenheiros brasileiros fazem parte do desenvolvimento do caça e de várias tecnologias. O Brasil terá acesso aos códigos Fonte do caça e poderá armar os caças com armamentos nacionais ou de outras origens de forma independente. Será que o Egito possui controle sobre o código fonte dos Su-35, Rafale e MiG-29 recentemente adquiridos? Será que o Egito vai utilizar um IFF próprio nesses caças? O Egito terá… Read more »

Emmanuel
Emmanuel
Reply to  Lucianno
6 meses atrás

Porque o gripado foi projetado para matar aviões russos como esse da reportagem.
Força aérea inteligente não compra galinha, mas sim raposa, exatamente como a FAB fez.

Antoniokings
Antoniokings
6 meses atrás

Israel não curtiu.
Nem um pouco.

pangloss
pangloss
Reply to  Antoniokings
6 meses atrás

Não acho que seja assim, tão extremo. Israel e Egito mantêm boas relações há décadas. Israel e Rússia também não têm problemas entre si.
Acho que a biblioteca de sinais de Israel vai ficar mais completa, e isso é bom para os israelenses.

Kemen
Kemen
Reply to  pangloss
6 meses atrás

Israel e a Russia nunca tiveram problemas serios, apesar do fornecimento de armas a inimigos declarados de Israel, para lembrar, na fundação do estado de Israel muitissimos judeus de nacionalidade russa para lá migraram e não sofreram graves perseguições de cunho religioso na Russia.

Talisson Goet
Talisson Goet
Reply to  Kemen
6 meses atrás

Não sei onde li isso kkk mas ja vi que a mafia russa em sua grande maioria é judia.

MFB
MFB
Reply to  Antoniokings
6 meses atrás

Doutor Tonho dando mais uma aula de conhecimento invertido.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Antoniokings
6 meses atrás

Israel tem F35, então não liga, já enfrentaram o Egito com armas inferiores e venceram, atualmente Israel deixa até o Egito entrar no seu espaço aéreo para caçar terroristas no sinai, mais uma fake sua Xings

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
FABIO MAX MARSCHNER MAYER
6 meses atrás

O Egito vai mesmo é pro time da Índia: ovos em várias cestas, para evitar quebradeira de todos.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
6 meses atrás

Eles estão de olho da Turquia que são os maiores adversários deles, mas também apesar das boas relações das últimas décadas não querem ficar inferiorizados à Israel, e ainda tem a Irmandade Islâmica e o ISIS ( que atua no Sinai ).

Marcelo M
Marcelo M
6 meses atrás

Será que o MIG21 de 1967-70 estava para o Mirage III o que o SU35 está para o F35 hoje?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Marcelo M
6 meses atrás

Acho que Israel não vai pagar para ver isso.
Em tempo.
Israel anunciou que está desmobilizando um esquadrão de F-16.
Melhor ficarem de olhos abertos.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Antoniokings
6 meses atrás

Estão desativando pois foi substituído por um esquadrão de F-35! Depois do período de transição era só questão de tempo para a desativação.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fabio Araujo
6 meses atrás

Foi também para diminuição de custos.
Inclusive, algumas unidades do Exército serão também desativadas.

MestreD'Avis
MestreD'Avis
Reply to  Antoniokings
6 meses atrás

Juro que não entendo o que você lê nas entrelinhas de uma noticia
Israel vai desmobilizar o esquadrão de F-16 mais antigos. No Times of Israel diz claramente “to streamline resources to the new 5G fighters”.
Olhos abertos para quê exactamente? Para ver a IAF subsitutir caças com quase 40 anos por novos? Renovar a frota?

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
6 meses atrás

Esquadrão de F-16 de versões mais antigas e que estão sendo substituídos pelo F-35, cuja capacidade muito maior torna o quantitativo menor mas com qualitativo muito maior.
Ficar de olhos abertos? Hahaha…..As IDF são extremamente profissionais….não te “preocupa”…..eles tem sempre os olhos bem abertos…..não vai ser dessa vez, “cidadão”……

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Antoniokings
6 meses atrás

Os esquadrões de F-16s vão se convertendo em F-35s conforme as entregas programadas vão se efetivando, em especial as versões mais antigas …nenhuma novidade até aí….as comparações do passado ficam por lá…a situação do presente é bem diferente….enquanto o Mig-21 era o principal vetor egípicio no final dos anos 60s e inicio dos 70s, hoje os mesmos usam uma gama maior de vetores modernos como o Rafale, grande quantidade de F-16s e estão recebendo Mig-29Ms, o Su-35 , se foi mesmo adquirido, irá completar o sistema de defesa aéreo substituindo aeronaves mais antigas …vale lembrar que egípcios e israelenses tem… Read more »

Lucianno
Lucianno
Reply to  Plinio Jr
6 meses atrás

Pode acrescentar (região conturbada) a Turquia mais ao norte que nos últimos anos tem arrumado problemas com o Egito. Cada um apoia facções opostas na guerra civil da Líbia.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Marcelo M
6 meses atrás

Não foi só a qualidade dos caças, que eram equivalentes, mas acima de tudo a qualidade dos pilotos, o treinamento dos pilotos israelense sempre foi melhor e não creio que isso tenha mudado.

Andre
Andre
Reply to  Marcelo M
6 meses atrás

O mig21 e o mirage iii eram aviões equivalentes, de mesma geração. Vai ser mais como o mig25 estava para o f14 em 80.

IBIZ
IBIZ
6 meses atrás

Sinal de que EUA estão gradativamente deixando de ser uma liderança mundial é quando antigos “súditos” começam a ignorar ameaças dos yankees! Claro que ainda são a maior economia, donos do dólar que ainda é a moeda mais forte e base das transações financeiras e comerciais e claro que ainda são uma força militar inigualável; mas um império não cai de um dia para o outro. Ele vai se desidratando antes de entrar em colapso!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  IBIZ
6 meses atrás

Não dá para depender só de um país para prover seus equipamentos de defesa, Israel quase se quebra quando os franceses o deixou na mão.

Andre
Andre
Reply to  IBIZ
6 meses atrás

Sem esquecer que até os acordos de paz da década de 80, quando o EUA passou a injetar muito dinheiro no Egito, eles eram cachorrinhos da URSS e com uma enorme quantidade dos mais modernos equipamentos e com assessores e instrutores soviéticos, e mesmo assim tomaram 3 cacetes de Israel. Ai perceberam qual lado era propaganda e qual realidade…

Sargento Pincel
Sargento Pincel
6 meses atrás

Uma potencia regional se fazendo presente.
Papel que o Brasil deveria fazer aqui…

Não vejo pretensões ambiciosas até porque Israel já é reconhecido como país por esta nação.

Augusto Cesar Gomes Galvao
Augusto Cesar Gomes Galvao
6 meses atrás

Vejam só! Um Su-35 está sendo construído e vai ser entregue no final do ano! Já o Gripen NG….Só Deus sabe quando vai aparecer! Eu desconfio que logo, logo. A Saab vai propor cancelar tudo e doar uns mil carros por quebra de contrato e parar de enganar o Brasil!

Andre
Andre
Reply to  Augusto Cesar Gomes Galvao
6 meses atrás

Não precisa ser deus para saber quando. Basta ter um mínimo de vontade e usar a ferramenta de pesquisas aqui do site.

Matheus
Matheus
Reply to  Augusto Cesar Gomes Galvao
6 meses atrás

É por causa de gente imediatista e ignorante como você que o país tá essa merda. Voce literalmente tem a internet e está no melhor lugar para pesquisar sobre isso, mas prefer destilar burrice.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Augusto Cesar Gomes Galvao
6 meses atrás

“Vejam só! Um Su-35 está sendo construído e vai ser entregue no final do ano! Já o Gripen NG….Só Deus sabe quando vai aparecer! Eu desconfio que logo, logo. A Saab vai propor cancelar tudo e doar uns mil carros por quebra de contrato e parar de enganar o Brasil!” Pelo seu comentário meu caro,dá para ver o quanto você está desinformado : O Gripen-E chegará indiferente dos céticos e críticos…A Saab é uma empresa séria,com mais de 7 décadas de vida, e como toda empresa que é seria ela segue um cronograma. Um caça Gripen não é um aeromodelo… Read more »

XFF
XFF
6 meses atrás

Parabéns para Egito. Um país soberano não obedece lei criminosa como CAATSA.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  XFF
6 meses atrás

Sim. O Egito tomou a decisão certa.
Os F-16 egípcios são os mais capados do mundo com EW fraca e mísseis AIM-7 Sparrow. (os EUA nunca aprovaram a venda de AMRAAM para eles).
Os Rafale egípcios parece que seguirão o mesmo caminho, ou seja, os mais capados do mundo SEM Meteor e sem Scalp (ambos vetados), somente Mica e AM-39 Exocet.

Fizeram a escolha certa em comprar com os russos.
Ainda vai demorar alguns anos até o R-77M Ramjet estar disponível para terem um míssil equivalente ao Meteor, mas por enquanto os RVV-SD entregam uma capacidade semelhante ao AIM-120C7 americano.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Luís Henrique
6 meses atrás

não sabia dessas limitações

Observador
Observador
6 meses atrás

Com 90 milhões de habitantes, 1 milhão de Km² de areia (exceto uma pequena faixa ao longo do Nilo, e seu Delta), sem petróleo, sem uma indústria expressiva, enfim…; é incrível o reequipamento dos egípcios, com certeza alguém está financiando (muitos falam que são os sauditas). A pergunta que fica é: qual intenção de outro país bancar o armamento egípcio? Teorias todo mundo tem; a realidade acho difícil de ter certeza.

Andre
Andre
Reply to  Observador
6 meses atrás

Não esqueça que é o segundo país do mundo a receber mais ajuda financeira dos EUA, atrás apenas de Israel.

Teropode
6 meses atrás

Assim Al sisi garante mais um foto no Conselho permanente da ONU, França., Russia , EUA .Pode moer os opositores que a ONU só vai soltar notas .

Denis
Denis
6 meses atrás

Um baita caça ! Não creio que essa possivel compra seja algo pensando em israel, como muitos falam aqui , mas sim com a Turquia que esta dando mais dor de cabeça .

XFF
XFF
Reply to  Denis
6 meses atrás

Tio Sam paga muito bem para Egito não incomodar Israel. O problema só vai acontecer se eles resolveram tirar todos esses benefícios que o Egito recebe, que são muitos Bilhões de dólares.

rui mendes
rui mendes
Reply to  XFF
6 meses atrás

Quem os está financiando nestas compras militares são a Arábia Saudita, assim como está financiando Marrocos, e tanto Marrocos como o Egipto, cresceram muito nos 3 ramos das forças armadas, basta ver as marinhas e as forças aereas e terrestres destes países, nos ultimos 10 anos armaram-se até aos dentes, junto com outro vizinho do Norte De África, a Argélia, mas estes são eles proprios que financiam os seus ultimos grandes gastos militares.
Grandes compras foram feitas na ultima década do lado de lá do mediterrâneo.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
6 meses atrás

“Vejam só! Um Su-35 está sendo construído e vai ser entregue no final do ano! Já o Gripen NG….Só Deus sabe quando vai aparecer! Eu desconfio que logo, logo. A Saab vai propor cancelar tudo e doar uns mil carros por quebra de contrato e parar de enganar o Brasil!” Pelo seu comentário meu caro,dá para ver o quanto você está desinformado : O Gripen-E chegará indiferente dos céticos e críticos…A Saab é uma empresa séria,com mais de 7 décadas de vida, e como toda empresa que é seria ela segue um cronograma. Um caça Gripen não é um aeromodelo… Read more »

Joanderson
Joanderson
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
6 meses atrás

Vc falou qui a linha de montagem da Saab pode fabricar até 24 caças por ano,vc sabe dizer quantos SU 35 a sukhoi pode entrega no msm período de 1 ano ?

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Joanderson
6 meses atrás

não,mas posso dar uma olhada,apesar de saber certamente que os russos não divulgam isso…

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Joanderson
6 meses atrás

Achei algo:

“Currently, the Russian Air Force operates only forty-eight Su-35s. Another fifty were ordered in January 2016, and will be produced at a rate of ten per year. Four Su-35s were deployed to Syria this January after a Russian Su-24 was shot down by a Turkish F-16. Prominently armed with air-to-air missiles, the Su-35s were intended to send a message that the Russians could pose an aerial threat if attacked”.

https://nationalinterest.org/blog/buzz/yes-russias-su-35-jet-fighter-one-best-ever-made-128082

mendonça
mendonça
6 meses atrás

Tiago ,em comparação de economia e base industrial e tecnologias , o Brasil está anos luz á frente.
os egipcios recebe ou recebia ajuda militar dos estados unidos ,isso depois da guerra fria , e da arabia saudita com dinheiro .

mendonça
mendonça
6 meses atrás

Tiger 777 foi perfeito no comentário, tem gente ainda que acha isso impossível esses acordos com Israel .
mas como impossível ?
não sei se posso citar como exemplos ,mas,vejamos o caso do japão e alemanha,hoje em dia esses dois paises tem acordos com seus antigos “inimigos ou desafetos “.
tudo é possivel ,só não evitar a morte.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
6 meses atrás

Egito sempre eclético e correndo por fora!