Home Aviação de Caça VÍDEO: Primeiro voo de teste do Gripen E realizado por engenheiros brasileiros

VÍDEO: Primeiro voo de teste do Gripen E realizado por engenheiros brasileiros

6690
43

Após muitos estudos teóricos e treinamentos práticos, os engenheiros de ensaios em voo da Embraer Defesa e Segurança, que estão participando do Programa de Transferência de Tecnologia, realizaram o primeiro ensaio em voo no Gripen E, na Suécia. Confira mais um marco no Programa Gripen.

O voo que ocorreu no mês passado, com o primeiro Gripen E Brasileiro (designado 6001 pela Saab), foi o chamado voo de verificação geral (ou shake down, como é conhecido em inglês), destinado a testar o Head Up Display (HUD), o novo altímetro de radar e as funções de edição em todos os níveis.

O Programa Gripen Brasileiro inclui um grande e efetivo programa de transferência de tecnologia. Até 2025, mais de 350 engenheiros brasileiros e técnicos de empresas parceiras, vão participar de treinamentos teóricos e práticos na Saab, em Linköping (Suécia).

Até agora, cerca de 200 engenheiros já foram treinados na Suécia. Eles já voltaram ao Brasil e a maioria está trabalhando no Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen (GDDN, do inglês Gripen Design and Development Network), localizado na planta da Embraer, em Gavião Peixoto.

Subscribe
Notify of
guest
43 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
BENJAMIN GOMES DO NASCIMENTO
BENJAMIN GOMES DO NASCIMENTO
5 meses atrás

simplesmente lindo!

Rafael Barros Lemgruber
Rafael Barros Lemgruber
5 meses atrás

Esse primeiro voo realizado pela equipe de engenheiros brasileira foi realizado com piloto sueco ou brasileiro? caso negativo, já existe alguma previsão do primeiro voo do Gripen E feito por um piloto brasileiro?

cesar
cesar
Reply to  Rafael Barros Lemgruber
5 meses atrás

Sim. Positivo. Foi realizado com piloto sueco ou brasileiro.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  cesar
5 meses atrás

LOL! Muito bom! Heheheheh

Dr. Mundico
Dr. Mundico
Reply to  Rafael Barros Lemgruber
5 meses atrás

Desculpe, mas qual a importância da nacionalidade do piloto? O que está sendo aferido no momento são as diversas variáveis técnicas da aeronave, ou seja, um período de testes e simulações.

Delfim
Delfim
5 meses atrás

Off – tem um vídeo nas redes que mostra um A-29 do Mali se chocando contra o solo.

Flanker
Flanker
Reply to  Delfim
5 meses atrás

Tem tópico, inclusive com vídeo sobre isso, aqui no PA desde ontem.

Juliano Lisboa
Juliano Lisboa
5 meses atrás

É, quando tirar o adesivo da cauda o bixo vai ficar bonito.

Diogo
Diogo
Reply to  Juliano Lisboa
5 meses atrás

Fiquei comovido com tanto patriotismo….

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Diogo
5 meses atrás

2,

Juliano Lisboa
Juliano Lisboa
Reply to  Diogo
5 meses atrás

Tirar um adesivo que não agrega nada em uma aeronave de “COMBATE” é ser anti-patriota? Meu Deus a que ponto chegamos pra lacrar. Vai lá sugere então pintar ele todo de verde amarelo.

Teropode
Reply to  Juliano Lisboa
5 meses atrás

O pessoal anda com faca nos dentes rsrsrsrsrsrs

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Juliano Lisboa
5 meses atrás

Juliano, parece que esse pessoal está com falta do que reclamar. Só pode hehehehe

Flanker
Flanker
Reply to  Juliano Lisboa
5 meses atrás

Exato, Juliano!!! Talvez queiram que todos os 36 venham pintados inteiramente em verde e amarelo……Além disso, patriotismo se mede por isso??

Felipe
Felipe
Reply to  Juliano Lisboa
5 meses atrás

Deixa o adesivo da bandeira brasileira para que tirar essa pintura nem deve ser a final para todos caças mas essa pintura aí está boa também

MMerlin
MMerlin
Reply to  Diogo
5 meses atrás

A forma expressada que apenas não ajudou Diogo.
Nossa bandeira é linda e dizer que o Gripen fica feio com nossa bandeira na cauda chega a a ser um absurdo. É uma questão de orgulho nacional.
Mas o adesivo não deve ficar ali por uma questão lógica, é muito chamativo e expõem a um perigo desnecessário.

Diogo
Diogo
Reply to  MMerlin
5 meses atrás

MMerlin, sim, você não deixa de ter razão mas se na calda estivesse estampado “Saab Gripen E” eu corto o meu par de gônadas que alguém sugerisse a sua retirada dessa maneira.

Juliano Lisboa, a questão aqui não é lacrar, todos sabem que a Bandeira na calda irá sair… pra mim é um símbolo nacional e nada fica feio com ela. Estando provisoriamente na cauda de um caça ou em um para-choques de caminhão é obrigatório o respeito. É a minha opinião…

Juliano Lisboa
Juliano Lisboa
Reply to  Diogo
5 meses atrás

Em que momento eu desrespeitei um símbolo nacional? Falei e falo de novo, “Quando tirarem esse ADESIVO da cauda, vai ficar lindo.” A bandeira é importante sim, mas não é necessária nesse caso. E quem foi irônico foi vc Diogo, “Fiquei comovido com tanto patriotismo”. Não sei da sua vida, mas patriotismo se mede com as atitudes. Fui militar da FAB por vários anos, ralei, sofri, chorei, me machuquei por esse país que amo. Não é um adesivo sem função tática que vai determinar isso. Mas pra mim já ta bom, chega de discussão besta. Por essas e outras que… Read more »

Diogo
Diogo
Reply to  Juliano Lisboa
5 meses atrás

Juliano, a forma que vc escreveu tbm pareceu irônica para mim: “é, qdo tirarem o adesivo da cauda o bicho vai ficar bonito”. Vc deu margem para eu pensar que a Bandeira está deixando o caça feio. E vou contrariar vc por mais duas vezes: Não acho está discussão besta, é para isso que serve os comentários, sem ofensas cada expõe a sua opinião. E como assim os “grandes comentaristas”? Quem decide isso? Creio que todos aqui são apaixonados pelo tema militar e podem agregar alguma coisa…alguns são mais técnicos, outros escrevem cauda com L, mas o importante é o… Read more »

Pablo
Pablo
Reply to  Diogo
5 meses atrás

Depois do teu mama tu pega a Tetê

pgusmao
pgusmao
5 meses atrás

Fico extremamente feliz quando ouço engenheiros brasileiros treinando e apreendendo, é tão gratificante ver isso, num país que incentiva carnaval e futebol ainda exitem heróis que pesquisam, parabéns aos envolvidos nesse projeto!!!

PACRF
PACRF
Reply to  pgusmao
5 meses atrás

Principalmente em época de exaltação ao “achismo”, Terra Plana, Criacionismo com fundamento científico e vacas magérrimas na CAPES.

OSEIAS
OSEIAS
5 meses atrás

São esses profissionais que irão desenvolver nossa indústria aeroespacial em especial, nossa nova aeronave. Eu me alegro em ver que são todos jovens, isso indica um grande potencial.

Christian
Christian
5 meses atrás

Achei que aquele grafismo da apresentação ficaria… Aí aparece ele todo cinza só com a bandeira na cauda 🙄

MMerlin
MMerlin
Reply to  Christian
5 meses atrás

Uma pena o modelo de pintura pixelado não ter ficado. Mas a FAB deve ter seus motivos.

Teropode
Reply to  Christian
5 meses atrás

Poderia ser pintado de rosa ou roxo , tanfo faz , no momento importa é a quantidade de vetores que serão entregues , pelo andar das coisas o segundo lote só pra dqui á 35 anos , imagine como montar uma FA relevante em um pais que 60% da população se acotovela para receber 600 REAL ?

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
5 meses atrás

O orgulho estufando e quase estourando o peito…. A Bandeira do Brasil ficou linda na cauda.

Luiz Floriano Alves
Luiz Floriano Alves
Reply to  Saldanha da Gama
5 meses atrás

Esse Gripen vai bater o record de testes. Deveriam fazer o teste de conclusão e entregar para o comprador. Imaginem comprar um trator e receber uma serie de relatórios de testes, ao invés do equipamento.

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Luiz Floriano Alves
5 meses atrás

Para que estudo, preparo e conhecimento, não é mesmo? Afinal, com brasileiro não há quem possa! A gente vai lá e faz tudo na raça!

Coutinho
Coutinho
Reply to  Luiz Floriano Alves
5 meses atrás

Imagine se o F-35 tivesse sido testado a exaustão antes de ser entregue. Teriam economizado alguns milhões, alem de receber um produto totalmente funcional.

Diogo
Diogo
Reply to  Saldanha da Gama
5 meses atrás

2,

francisco Farias
francisco Farias
5 meses atrás

O difícil será manter esses engenheiros no Brasil. Mão de obra qualificada e barata todo pais quer.

Mauro
Mauro
Reply to  francisco Farias
5 meses atrás

Eu acredito que eles talvez se sintam tentados a trabalhar na indústria aeronáutica da Argentina, Chile ou Colômbia. São qualificados e esses países poderiam estar dispostos a lhes pagar um salário bem mais alto por um bom contrato na indústria aeronáutica desses países.

Rommelqe
Rommelqe
5 meses atrás

Entendo que estes primeiros testes supervisionados pela equipe brasileira, cujo principal foco, neste momento e conforme texto, foram o HUD, o altimetro e a edição de sistemas, foram em parte repetição de similares já realizados no primeiro Gripen dotado com WAD, que é uma das aeronaves de testes da propria fabrica (agora não me lembro qual) . Esse procedimento – repetir alguns testes ja realizados – é usual em outras áreas e servem não só para treinar a equipe em condições reais como também covalidar os testes anteriores. Gostaria de saber quais são os testes que as equipes vão realizar… Read more »

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Rommelqe
5 meses atrás

Esse Gripen “6001” designado pela Saab já está dotado com WAD, isso foi relatado no primeiro voo no dia 26 de Agosto de 2019. Quando a Suécia resolveu adotar o modelo do display que a FAB usaria, reduziu os testes complementares que a FAB precisaria realizar, pois os testes já estão sendo feitos pela Saab e outras empresas envolvidas no projeto, e isso padronizou os testes que precisavam ser feitos nas aeronaves – isso representa um menor trabalho de integração da aeronave à FAB. Sendo assim, a maioria dos testes que seriam necessários realizar, com a harmonização dos projetos das… Read more »

Rommelqe
Rommelqe
Reply to  Matheus Santiago
5 meses atrás

Caro Mhateus, o que eu disse é que o primeiro a voar com WAD da AEL foi um Gripen, anterior ao primeiro exemplar brasileiro o qual, por sua vez, é o de número 6001 e já seria o primeiro de série! Os testes do Gripen E em geral ainda estão na fase de desenvolvimento, e não podem ser confundidos com os chamados testes de comissionamento. Qualquer simulador militar minimamente confiável terá seus algoritmos parametrizados com base em medições reais em protótipos. Isso vale para aviões tanto quanto, por exemplo, uma central de geração de energia elétrica, um navio, um submarino… Read more »

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Rommelqe
5 meses atrás

Rommelqe, Eu não confundi testes de comissionamento e os testes de desenvolvimento e avaliações operacionais, volte ao meu texto e verá que eu não disse isso. Deixe-me exemplificar para você: O primeiro Gripen já foi entregue à FAB em Setembro de 2019 – contando com a presença do tenente-brigadeiro da Força Aérea Antonio Carlos Moretti Bermudez, além de autoridades brasileiras e suecas. O que está acontecendo agora é o desenvolvimento mais crítico da aeronave – fazer as avaliações operacionais do caça para que ele foi destinado. E onde ocorrerá isso? Na Suécia, provavelmente até 2021. Porque o projeto brasileiro tem… Read more »

kaleu
kaleu
5 meses atrás

off-topic : 2 SU-30 MKV Venezuelanos interceptaram aviões americanos próximos à costa, provavelmente são aviões de inteligência

FighterBR
FighterBR
Reply to  kaleu
5 meses atrás

Link?

Renato B.
Renato B.
5 meses atrás

OFF- Antonov An-124 pousa com carga de 40 toneladas de EPI’s. Enquanto alguns discutem sobre a FAB ir à China uma empresa particular faz o mais simples: paga alguém para trazer.

https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2020/04/08/aviao-cargueiro-com-mascaras-e-testes-de-coronavirus-pousa-no-aeroporto-de-brasilia-diz-inframerica.ghtml

Dr. Mundico
Dr. Mundico
5 meses atrás

Posso até caçar o link no Youtube, mas já vi lançamento de submarino japonês com a bandeira da Mitsubishi lá no topo da nave. Claro que depois arriaram e hastearam a bandeira nacional japonesa.

Mauro
Mauro
5 meses atrás

Chorei ao ver essa foto.

Brasil atingirá um novo estágio de evolução tecnologica e social com esse projeto.

Estão as portas de entrara para o primeiro mundo da tecnologia militar.

rodrigo
rodrigo
5 meses atrás

Não era meu preferido na short list do FX-2, mas vai ser um tremendo incremento a FAB. Pena não vislumbrar um segundo lote tão cedo em função da nova crise gerada pela pandemia.