Home Aviação de Ataque Gripen na fila para uma série de testes na Finlândia

Gripen na fila para uma série de testes na Finlândia

3906
28
Saab JAS 39E Gripen, 6002 (clique na imagem para ampliar)

O caça Gripen, juntamente com outros quatro candidatos, passará por uma série de testes que vão de 9 de janeiro a 26 de fevereiro de 2020 como parte do Programa HX da Finlândia para encontrar o próximo avião de combate do país, relata a ES&T.

O Desafio HX do programa finlandês é a primeira fase da avaliação de capacidade realizada pela Força Aérea Finlandesa (FAF). Por meio de testes e avaliações projetados na Finlândia, o Desafio procurará verificar os dados dos caças, conforme relatados por seus respectivos fabricantes. O HX Challenge será realizado sob condições finlandesas, a fim de garantir uma avaliação justa e equilibrada dos competidores.

“O objetivo do HX Challenge não é classificar os candidatos, mas garantir que os valores de desempenho relatados nas respostas à chamada de propostas sejam realmente aplicáveis ​​no ambiente operacional finlandês”, disse o coronel Juha-Pekka Keränen, diretor do Programa HX. “Utilizaremos os dados coletados na segunda e terceira fases da avaliação de capacidade”, acrescentou.

Após a conclusão do HX Challenge, a segunda fase testará o desempenho do voo através de simuladores virtuais e, durante a terceira fase, a eficiência operacional dos caças será verificada. Os testes e a avaliação do HX Challenge serão realizados na Base Aérea de Pirkkala, em Tampere, Finlândia.

O HX Fighter Program faz parte do desenvolvimento do sistema de defesa da Finlândia, criado para substituir a atual frota de F/A-18 Hornets por novos caças modernos.

De acordo com o cronograma do programa, o contrato de caça será concedido em 2021 a um dos candidatos para a compra de 64 caças, seguido pelas entregas a partir de 2025.

FONTE: Saab Gripen Blog

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Pedro
Pedro
5 meses atrás

Este caça tem que vender mais, ter mais linha de produção. Fazendo Figa para o nórdicos comprarem.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
5 meses atrás

A Finlândia até 1917 era um Grão Ducado dentro do Império Russo e conseguiu a independência 1917, e teve no começo da Segunda Guerra duas guerras com União Soviética, e eles devam sempre ficar de olho no vizinho, e é bom que possa ter algum meio de defesa para segurar o primeiro ataque até a União Européia a socorrer já que é um membro da UE!

Guilherme Poggio
Editor
5 meses atrás

Quando estive lá na Saab o pessoal da companhia disse que a chances são grandes neste contrato. Mas pode acontecer de tudo. O diferencial é o interesse dos finlandeses no Gripen biposto (a ser produzido aqui) e sua utilização como aeronave de guerra eletrônica.

https://www.aereo.jor.br/2019/09/20/gripen/

Junior
Junior
Reply to  Guilherme Poggio
5 meses atrás

Até hoje eu não entendi essa saída da SAAB do concurso suíço, teoricamente ela era uma das favoritas, tanto pelo preço como por já ter ganho a primeira vez, o que será que mudou tanto assim de um concurso para o outro em um espaço tão curto de tempo

Robsonmkt
Reply to  Junior
5 meses atrás

A SAAB não tinha os aviões plenamente operacionais para a data dos testes.

Leonardo Costa da Fonte
Leonardo Costa da Fonte
Reply to  Junior
5 meses atrás

Pode ser um jogo de “cartas marcadas”.

Nilson
Nilson
Reply to  Junior
5 meses atrás

Na época dos testes suíços ainda não havia Gripen NG disponível, só havia protótipos.

TOM
TOM
Reply to  Junior
5 meses atrás

Bem feito para a Suíça, a SAAB ganhou mas não levou, acho mais uma forma de protesto dos Suecos.

Kemen
Kemen
Reply to  Junior
5 meses atrás

Não puderam entrar com o Gripen E, por detalhes estabelecidos pelos suiços. Ali é confuso, um estado plurilingue, tem região com origem alemã, francesa, italiana e suiça (propriamente dito).

Robsonmkt
Reply to  Guilherme Poggio
5 meses atrás

Tenho a impressão de que suecos e finlandeses possuem uma boa sinergia na área de defesa, até porque, como vizinhos, enfrentam cenários e ameaças comuns. O Gripen, projetado para o cenário sueco se adapta perfeitamente aos requisitos finlandeses. Agora é torcer que os dois exemplares do Gripen E que seguirão para os testes na Finlândia estejam com todos os seus sistemas instalados e plenamente operacionais para poderem competir em pé de igualdade com os demais concorrentes. Ao meu ver, se o Gripen E/F vier a obter novas exportações, parte considerável do mérito será da FAB que fez questão do WAD… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Robsonmkt
5 meses atrás

Se tem esta “sinergia” pq n compraram o Gripen C no lugar do Hornet ?

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
5 meses atrás

Uma possível resposta é que em 1992, quando os finlandeses compraram o Hornet, o Gripen ainda não tinha entrado em serviço nem na Suécia.

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Guilherme Poggio
5 meses atrás

Se o Gripen vencer essa concorrência nesses moldes, isso seria maravilhoso para a continuidade das atividades de nossa linha de produção, pois esse é o maior assassino de projetos no Brasil, a tal da continuidade e escala de produção. Abraço

Augusto
Augusto
5 meses atrás

Poggio, sabe especificar qual foi o Gripen enviado?

Guilherme Poggio
Reply to  Augusto
5 meses atrás

Augusto, acho que teremos mais detalhes oficiais em breve. Acredito que tenha sido um dos protótipos com WAD.

Mauro
Mauro
Reply to  Guilherme Poggio
5 meses atrás

Cara, na boa… algo me diz que o Gripen leva essa… Finlândia faz fronteira com a Suécia, país pequeno, 5,5 milhões de habitantes… pra eles o Gripen dá e sobra.

Rommelqe
Rommelqe
5 meses atrás

Sem duvidas o Gripen e a melhor opçao para os finlandeses em basicamente todos os requisitos especificados.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
5 meses atrás

Máquina fantástica viu. Esta pintura é linda, tomara que a FAB adote uma similar mas nas cores dela. Ahhh quando o Gripen F voar, vai ser show, será a quantas anda o projeto ???

Leonardo de Araújo
Leonardo de Araújo
Reply to  Tomcat4.0
5 meses atrás

Essa pintura destaca bem as linhas do Gripen NG.
A nossa já foi apresentada, e pra variar, ficou muito esquisita.

MGNVS
MGNVS
5 meses atrás

Que pintura linda!
Tomara que a FAB use esse estilo de pintura nos Gripen que virão. Lembra um pouco o modelo de pintura dos caças russos, sobretudo o SU-57. Se bem que o estilo de pintura dos antigos F-14 tbm ficaria bom.

Leonardo de Araújo
Leonardo de Araújo
Reply to  MGNVS
5 meses atrás

Essa pintura destaca bem as linhas do Gripen NG.
A nossa já foi apresentada, e pra variar, ficou muito esquisita.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Leonardo de Araújo
5 meses atrás

Leonardo
Obrigado pelo esclarecimento, nao sabia que a FAB ja tinha escolhido a pintura.

paulo roberto
paulo roberto
5 meses atrás

Alguém sabe me informar quando é que vai chegar os primeiros lotes desse famigerado Gripen, está virando novela mexicana a entrega desses aviões….

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  paulo roberto
5 meses atrás

Paulo,
Tem muitas matérias aqui sobre isso, assunto já bastante discutido há anos. Digite Gripen no campo busca e boa leitura!

paulo roberto
paulo roberto
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
5 meses atrás

Disso eu sei, mais até quando vai ficar esse novela da entrega desse caça, já tem anos que está no papel……..

AMSS
AMSS
Reply to  paulo roberto
5 meses atrás

Não existe novela nenhuma, o cronograma está sendo seguido a risca e sem atrasos. Se vc buscar as informações do cronograma oficial assinado após a adequação do financiamento, que estendeu o pagamento e diminuiu a cadência de entregas, verá que ele não mudou em nenhum momento.

Leonardo de Araújo
Leonardo de Araújo
5 meses atrás

Fato importante para Finlandia adotar o Gripen NG, seria a capacidade de atuar junto a Suécia com uma mesma plataforma que tem como diferencial o trabalho em equipe.
Já que o inimigo mais provavel e comum seria mais a Russia que os paises da OTAN.

Kemen
Kemen
5 meses atrás

Podem ter os olhos sobre o Super Hornet por terem experiência com os F-18, entretanto o custo dos Gripen e seu desempenho pode surpreende-los.