Home Acidente Aeronáutico Falha no sistema de controle causou o acidente do Su-57

Falha no sistema de controle causou o acidente do Su-57

2702
27
Su-57
Sukhoi Su-57

Um avião de caça Su-57 caiu durante um voo de teste em Komsomolsk-on-Amur, a 111 km do aeroporto de origem

MOSCOU, 24 de dezembro/TASS. O caça Su-57 de quinta geração da Rússia caiu na região de Khabarovsk, no Extremo Oriente, devido a uma falha técnica no sistema de controle da aeronave, disseram à TASS duas fontes na indústria de defesa.

“De acordo com as informações preliminares, o acidente ocorreu devido a uma falha no sistema de controle do Su-57”, disse uma das fontes.

Como a outra fonte observou, provavelmente “o controle da cauda falhou”.

A United Aircraft Corporation (UAC) da Rússia informou no dia 24 de dezembro que um avião de caça Su-57 havia caído durante um voo de teste em Komsomolsk-on-Amur, a 111 km do aeroporto de origem. O sistema de emergência da aeronave respondeu no modo normal e o piloto foi ejetado em segurança. Uma comissão especial estabelecerá as causas do acidente, informou a corporação.

Uma fonte nos círculos médicos militares disse à TASS que os médicos examinaram o piloto e não encontraram ferimentos.

Este é o primeiro acidente do caça Su-57 de quinta geração da Rússia.

O Su-57 é um caça multifunção de quinta geração projetado para destruir todos os tipos de alvos aéreos a longas e curtas distâncias e atingir alvos terrestres e navais inimigos, superando suas capacidades de defesa aérea.

O Su-57 voou pela primeira vez em 29 de janeiro de 2010. Comparado aos seus antecessores, o Su-57 combina as funções de um avião de ataque e um avião de caça, enquanto o uso de materiais compostos e tecnologias de inovação. A configuração aerodinâmica garante o baixo nível de assinatura de radar e infravermelho.

O armamento do avião incluirá, em particular, mísseis hipersônicos. O caça de quinta geração foi testado com sucesso em condições de combate na Síria.

FONTE: TASS

Subscribe
Notify of
guest
27 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Eduardo Broglio Gasperin
Carlos Eduardo Broglio Gasperin
1 ano atrás

Imagina se tivesse caído na Síria. Será que provocaria corrida pelos destroços???

Teropode
Reply to  Carlos Eduardo Broglio Gasperin
1 ano atrás

Por que a Ferrari se interessaria por sucata do fusca?

Pedro
Pedro
Reply to  Teropode
1 ano atrás

Cuidado, aquele mesmo senhor que lançou o fusca tem uma empresa em seu nome que foi e eh a maior adversaria da Ferrari e ja derrotou ela dezena ou centena de vezes. No fundo o que vc falou eh uma verdade mas por motivos puramente infantis seus.

Teropode
Reply to  Pedro
1 ano atrás

Se vc não dissesse eu jamais saberia.

Jorge F
Jorge F
Reply to  Pedro
1 ano atrás

Não gosto de tecnologia russa… Mas a analogia do Fusca foi 10…

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Carlos Eduardo Broglio Gasperin
1 ano atrás

Não, ele não é um F-22. Pode até ser vendido para a Argélia.

R_cordeiro
R_cordeiro
1 ano atrás

Normal em se tratando de um equipamento muito novo com tecnologias ainda em desenvolvimento. Pau que bate em f-35 bate em su-57. Grandes máquinas, enormes desafios.

Denis
Denis
Reply to  R_cordeiro
1 ano atrás

A melhor da década, mano!! Ten thumbs up!!!

Flamenguista
Flamenguista
1 ano atrás

Gostei da franqueza do comunicado…..em se tratando de Rússia.,

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Flamenguista
1 ano atrás

Cheirinho de coisa errada… não resisti a piada.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 ano atrás

É um equipamento novo, praticamente um protótipo.
Normal que aconteçam falhas, e que bom que o piloto se salvou sem ferimentos

RENAN
RENAN
1 ano atrás

Graças ao piloto vivo será mais fácil entender o ocorrido.
E assim evitar novos problemas

Antunes 1980
Antunes 1980
1 ano atrás

De cada 10 notícias divulgadas pela mídia russa, 9 são falsas e 1 com meias verdades.
Provavelmente o problema deve ser bem maior que o noticiado.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

1/9 para à Rússia e 2/8 para os EUA. Empate técnico!!!

Hélio
Hélio
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

Você por acaso fala russo para acompanhar a imprensa deles?

Lucianno
Lucianno
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

Concordo. A Rússia é obscura, ninguém sabe se realmente é o primeiro Su-57 que caiu, provavelmente já caíram outros que não foram noticiados.

Mirade
Mirade
Reply to  Lucianno
1 ano atrás

Não há provas disso é pura especulação sem sentido

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Mirade
1 ano atrás

Fico impressionado pelo nível de torcida. O Avião (e os construídos) ainda são meros aviões de pré-produção, é meio duro, mas foram feitos para isso mesmo, testar tudo para que as fraquezas apareçam. O nosso KC390 não andou comprando uns “terrenos” ao final de pistas de pouso.

Menos stress e um Feliz 2020! Pintado de vermelho, pelo jeito.

Jodreski
Jodreski
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Nem liga o hobby de quase todo brasileiro é reclamar de tudo e falar mal de alguém ou alguma coisa.

Lucianno
Lucianno
Reply to  Mirade
1 ano atrás

Mas é logico que é mera especulação, o comentário é sobre a total falta de credibilidade do que é noticiado pelos órgãos oficiais russos. N

nonato
nonato
1 ano atrás

Essa notícia da TASS.
O título não corresponde ao teor do texto.
Duas fontes extraoficialmente informaram que o problema seria, provavelmente, o sistema de controle, ou problema na cauda.
Mas uma comissão ainda vai investigar o caso pra identificar a real causa da queda…
Eu chutaria que o avião caiu porque perdeu sustentação…
A força da gravidade foi maior do que a força de sustentação.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  nonato
1 ano atrás

Mas todo avião cai por perca de sustentação… a questão é descobrir as variáveis que causam isso

Mirade
Mirade
Reply to  nonato
1 ano atrás

Bem se ele tivesse sustentação não teria caído isso é óbvio.. Mas qual equipamento ou sensor apresentou defeito isso é o que vai ser verificado durante a investigação.

nonato
nonato
1 ano atrás

O que vírus a ser sistema de controle?
É um nome muito genérico.
Seria um computador central que controla tudo no avião, especialmente a instabilidade produzida pelos canards, quando existem?
Ou seria apenas o sistema que envia os comandos de controle das superfícies móveis (o controle se referiria mais ao movimento de flaps, ailerons, etc e não ao controle central de todas as funções do avião).

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  nonato
1 ano atrás

Desde o F-16 (acho até que o F-15 já tinha isso a cinquenta anos atrás) que a grande maioria dos caças opera com com o conceito “fly by wire” onde todos os movimentos do manche são transmitidos às superfícies de controle por fios, e nesse processo existe um computador que auxilia o piloto para que a pilotagem possa acontecer (conceito de instabilidade controlada). Certamente o avião Russo possui essa tecnologia e provavelmente alguma pecinha desse sistema soltou.

Coisas da vida, que acontecem com qualquer protótipo feito nesse planetinha.

Jhon
Jhon
1 ano atrás

Porque a crítica? O Gripem em seus testes de vôo caio por falha no sistema Fly by wire , testes e ensaio leva uma aeronave no limite para conhecer suas características, para adequar aos requisitos do projeto! Em toda história acidente acontece, assistam o canal do Lito.

Coutinho
Coutinho
Reply to  Jhon
1 ano atrás

Nesse caso do Gripen eu lí que segundo foi investigado, se o piloto simplesmente tivesse soltado o manche, o sistema teria estabilizado a aeronave. Essa queda ainda não desabona o SU-57. O F-35 já teve uma queda fatal e a produção continua.