Home Acidente Aéreo F-35A japonês teve 2 aterrissagens de emergência antes do voo que resultou...

F-35A japonês teve 2 aterrissagens de emergência antes do voo que resultou em queda

6248
77
F-35A da Força Aérea de Autodefesa do Japão
F-35A da Força Aérea de Autodefesa do Japão

O Ministério da Defesa do Japão disse que o caça F-35A que caiu no mar ao norte do Japão na terça-feira fez duas aterrissagens de emergência nos últimos dois anos.

O ministro da Defesa, Kenji Harada, falou em uma reunião do comitê da Câmara dos Deputados na quinta-feira.

O ministro se referiu a um voo de teste do fabricante norte-americano Lockheed Martin em junho de 2017, antes de o Japão começar a operar a aeronave. Ele disse que o voo foi interrompido após um alerta do sistema de resfriamento.

O ministro disse que o fabricante encontrou falhas no sistema e substituiu as peças defeituosas antes de entregar o jato ao Ministério da Defesa.

Um funcionário do ministério também disse na reunião do comitê que enquanto a mesma aeronave voava em mau tempo em agosto passado, houve um mau funcionamento no indicador de posição.

O Ministério da Defesa disse que as peças defeituosas foram substituídas.

A Força Aérea de Autodefesa começou a operar os jatos F35A em sua base em Misawa, na província de Aomori, no norte do Japão, em janeiro do ano passado.

O funcionário do ministério disse à NHK que não se sabe se os dois incidentes estavam ligados ao acidente de terça-feira.

Chefe da Força de Autodefesa pede desculpas pela queda do F-35A

O chefe da Força de Autodefesa do Japão pediu desculpas pelo acidente do caça F-35A na costa da província de Aomori.

O chefe do Estado-Maior da SDF, Koji Yamazaki, fez o pedido de desculpas em uma entrevista coletiva na quinta-feira.

O F-35A da base de Misawa da Força Aérea de Autodefesa caiu na noite de terça-feira. A JASDF disse que o piloto ausente é um major de 41 anos, Akinori Hosomi, que pertence à base.

Yamazaki disse que estava profundamente triste por causar preocupação às comunidades locais e às pessoas em todo o Japão. Ele disse que as operações de busca e salvamento continuarão ininterruptamente. Mas ele parou de discutir como o acidente pode afetar o plano de incorporar mais caças furtivos.

Yamazaki disse que a SDF pretende usar a aeronave para interceptação e outras operações depois que o pessoal tiver treinamento suficiente. Ele acrescentou que mais análise será dada ao assunto enquanto o acidente for investigado.

Yamazaki também disse que a SDF vai acompanhar de perto os movimentos de navios de nações vizinhas. Ele indicou que estão sendo feitos esforços para proteger as informações sobre a aeronave de ponta, que também estão sendo introduzidas nos EUA e em outros países.

FONTE: NHK Broadcasting Corp

Subscribe
Notify of
guest
77 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Renan
Renan
1 ano atrás

Me pergunto se em um sistema de produção seriada por exemplo uma tv digital pode ocorrer falhas de mal contato, falha de alguns componentes. Mesmo sendo feito por máquinas com incrível precisão.

Imagina um caça que é montado boa parte manualmente. Sucetivo a erros humanos para todo lado. Fora a falha do próprio componente específico.

Por mais rigoroso o controle de qualidade se o ser humano que monta não estiver em um bom dia. Um erro de montagem pode aparecer em um dia ou em anos, mais isso é só especulação da minha parte.
Abraço.

marcus
marcus
Reply to  Renan
1 ano atrás

Todos os componentes deveriam ser testados exaustivamente antes de serem montados.
Um avião leva muito tempo para ser montado.

Kemen
Kemen
Reply to  Renan
1 ano atrás

Renan, a produção manual de equipamentos aeronauticos é feita justamente para manter a qualidade e a precisão, a montagem é muito controlada, examinada e submetida a inumeros testes e provas, peça a peça, digo isso porque tive vizinho bem mais velho, já falecido, que me explicava como era o seu trabalho na montagem de aeronaves. Algumas peças são feitas com o auxilio de maquinas computadorizadas desenvolvidas especialmente para isso. É claro que ele era de outro tempo e a industria aeronautica evoluiu como tantas outras.

nonato
nonato
Reply to  Kemen
1 ano atrás

Deve ter evoluído para melhor, em tese.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Renan
1 ano atrás

Não é assim que funciona. Principalmente na montagem de aviões.
Existem diversos controles para averiguação do processo de montagem.

Wellington
Wellington
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Sem falar na redundância dos sistemas.

Carlos Ravara
Carlos Ravara
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Alemanha e França tomaram uma decisão sábia.

nonato
nonato
Reply to  Renan
1 ano atrás

Desculpe, mas não concordo. Quanto às peças propriamente ditas, acredito que boa parte são automatizadas ou pelo menos feitas dentro de padrões. Por exemplo, ao cortar uma chapa para o estabilizador vertical, deve haver um modelo, uma medida definida. Não se faz isso no olho ou na mão. Tudo bem, a montagem é mais manual. Mas se cobram milhões por cada caça, mesmo isso deveria ser de alta qualidade. Inclusive os processos de trabalho já deveriam considerar eventuais riscos, seja por meio de monitoramento automático ou cada trabalho ser feito por dois, três funcionários ou ter um chefe checando cada… Read more »

Victor Filipe
Victor Filipe
1 ano atrás

Isso pode dar problema para a Mitsubishi Heavy Industries

Esse é o primeiro F-35A montado no japão, se forem identificados problema na montagem será eles que terão que arcar com a responsabilidade

Chris
Chris
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Vixe ! E ja deu problema outras 2 vezes, no mesmo avião….

A Mitsubishi tem um histórico de problemas desse tipo que vc não tem ideia… Principalmente nos carros, onde suas vendas são pífias hoje em dia, por causa dos escândalos. Agora passaram o controle da empresa para o grupo Renault/Nissan.

Cansei de ver na TV japonesa.

Oiseau de Proie
Oiseau de Proie
Reply to  Chris
1 ano atrás

Quer dizer que todos os outros problemas e os erros de projeto desta porcaria são culpa agora da Mitsubishi é?!…QuáQuáQuáQuá… 😀

Agora esta tudo explicado e resolvido senhores… 😀

filipe
filipe
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Não concordo com vc Victor, é segundo F-35 que caiu, não é o primeiro, o primeiro foi fabricado e montado nos EUA, logo por ser um projecto novo e inovador há muita coisa por se apurar, acredito que os F-35 necessitariam mais 10 anos de Testes e Desenvolvimento, são Aeronaves que inovaram bastante, agora resta saber a eficácia e a eficiência deles em combate e em treinos, ainda é muito cedo para atribuir culpados, se é problema da LM ou da MHI, ou JSDF, ou da USAF/USMC , ou seja lá de quem for, poderemos ter os mesmos problemas com… Read more »

Rui chapéu
Rui chapéu
1 ano atrás

Isso me lembrou do Frankeihornet ou seja lá o nome do f-18 que deu um monte de problema, remontam e igual caiu.

Rui chapéu
Rui chapéu
Reply to  Rui chapéu
1 ano atrás
Antunes 1980
Antunes 1980
1 ano atrás

Está demorando para a turminha de vermelho falar que esse F-35 não presta e que possivelmente foi abatido por um S-400 russo ou pelo mais do que stealth SU-57. Ambos alocado em Vladivostok.

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

KKK
daqui a pouco dirão que o Japão deveria comprar SU35.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jagderband#44
1 ano atrás

Certamente não compra porque os patrões não deixam.

Blind Mans Bluff
Blind Mans Bluff
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

comentario desnecesario qur n agrega nada. clubismo tipo torcida organizada.

Francisco
Francisco
Reply to  Antunes 1980
1 ano atrás

Relaxa, o f-35 é tão bom q cai sozinho. Nem precisa de s-400.
Gente que nem vc só aparece pra tumultuar sem agregar em nada.

JPC3
JPC3
Reply to  Francisco
1 ano atrás

Também não está agregando muito.

Carlos Ravara
Carlos Ravara
Reply to  Francisco
1 ano atrás

Vocês não prestam. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

filipe
filipe
Reply to  Francisco
1 ano atrás

Prezado Francisco vamos ter algum respeito pela vida humana, uma familia perdeu um pai, um irmão ,um tio ou um marido, não é assunto para ser tratado dessa maneira, muito provavelmente se perdeu uma vida, o F-35 é uma maquina ainda em desenvolvimento.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  filipe
1 ano atrás

Menos Filipe.
Esse piloto, provavelmente, estaria preparado para bombardear uma casa e matar uma família dentro, se recebesse ordens para tal.
E não teria remorsos.
São coisas da vida.
Não sejamos piegas.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

A diferença é que o seu argumento é ‘provavelmente’ enquanto que o do filipe é ‘certamente.’ Enquanto isso, respeito é bom, a menos que deseje condenar alguém antes de uma ação que na sua cabeça é ‘provável’.

Pampapoker
Pampapoker
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Cara, vc já falou com algum veterano de guerra? Pois eu já tive esse tipo de conversar… Lhe digo ele não sente orgulho de ter que matar. Apesar de ter que cumprir tais ordens. Apenas aqueles que entram em combate são dignos de dizer ou falar se sente remorso. Eu e vc e os demais sentados na frente de um computador que ganhamos está oportunidade, graças a estes veteranos que toda a noite tem o seus pesadelos remorsos e lembranças de perder colegas em batalha, ou ter a visão que matou uma pessoa pela mira do fuzil. Sabe o que… Read more »

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Comentário raso, sem entendimento de uma situação e de outra…..coisas completamente diferentes. ….só concordo wue é piegas ficar falando “condolências à família” e outras do tipo. ….isso, realmente é exagero. Por outro lado, se ele tinha treinamento para matar (coisa que qualquer militar, de qualquer Força, de qualquer país tem que estar pronto para fazer, a qualquer momento), não significa que sua morte seja algo que deva ser desconsiderado.

Victor Filipe
Victor Filipe
1 ano atrás

O Primeiro voo do Su-35S foi em 2008, introduzido em 2014 e produziram uns 105 deles

Até onde eu sei ele teve 1 acidente grave com um protótipo.

Comparando com o F-35, já foram fabricados mais de 300 e 2 com acidentes graves (esse e F-35 do USMC)

(isso era pra ser uma resposta a alguém que apagou um comentário)

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Eu li protótipo?

Sagaz
Sagaz
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

F35 opera em sociedades livres, onde há divulgação de acidentes

Jacinto
Jacinto
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Mas o Su-35 é um desenvolvimento do Su-27. Os problemas que tinha que dar ocorreram lá atrás, quando o Su-27 estava sendo desenvolvido. Não dá para comparar o desenvolvimento de um equipamento novo com o que é uma evolução de algo já existente.

Maurício.
Maurício.
1 ano atrás

Engraçado, nessa altura do campeonato três anos atrás, tinha um pessoal criticando a MB por ainda não ter achado o piloto do Skyhawk…

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

quem faz isso não tem a minima noção do que fala.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Victor, as pessoas tem noção do que falam, mas é muito mais fácil malhar apenas o que é nosso, infelizmente.

Cristiano GR
Cristiano GR
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Exato e esse tipo de gente me enoja. Um A-1 com 30 anos de uso cai e as críticas se empilham, o caça mais moderno do país mais rico do planeta cai e muitos dos que criticaram a queda do avião brasileiro saem em defesa do avião americano. Enquanto tivermos cabecinhas como essas em nosso país, estamos ferrados.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Para se ter uma ideia do que é o mar, aquele padre maluco que decolou de balões do litoral do Paraná e caiu em Santa Catarina teve o corpo achado por acaso no litoral do Rio de Janeiro.

Gabriel
Gabriel
1 ano atrás

Reportagem sobre o F-35 do Japão que caiu e o “doente mentalmente perturbado” consegue querer politizar o comentário.
Mas a doença dessas pessoas “tem limite”, quando é para ir morar na Venezuela, Cuba, Coreia do Norte ou mesmo na Rússia, elas milagrosamente melhoram e viram “capitalistas liberais”.
Vai achar uma lenha pra cortar.

Kennedy
Kennedy
Reply to  Gabriel
1 ano atrás

Comentário de um típico sem noção! Vou dar uma de sem noção tmb e te perguntar se você quer morar no México, Afeganistão, Líbia, Iraque…?

Carlos Ravara
Carlos Ravara
Reply to  Kennedy
1 ano atrás

Ou nas inúmeras democracias africanas.

Flanker
Flanker
Reply to  Carlos Ravara
1 ano atrás

Xiiii…..se vc for falar em África tem , sim, dedo dos EUA….mas, tb tem da Rússia e da China…..

nonato
nonato
Reply to  Kennedy
1 ano atrás

Mas quem está aqui defendendo esses países?
Não conheço alguém aqui com ideologia de defensor da Argentina, ou da África do sul, ou da Austrália.
Mas defensores do comunismo e países que o representam ou são seus aliados e “inimigos” dos EUA, existem.
Geralmente gostam de Cuba, Venezuela, Rússia, China, Coreia do norte, Irã.
Defendem mas não gostam.
Só para tumultuar.
Ninguém vai passar férias nesses países.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Gabriel
1 ano atrás

“Gabriel

Mas a doença dessas pessoas “tem limite”, quando é para ir morar na Venezuela, Cuba, Coreia do Norte ou mesmo na Rússia, elas milagrosamente melhoram e viram “capitalistas liberais”.”

Eu também te convido pra ir a Síria conhecer a “Democracia Tipo Exportação” levada pelos seus guerreiros da liberdade… 😉

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 ano atrás

Enquanto não for divulgado o relatório do acidente vai ficar no acho, uma coisa é certa se for por falha na montagem a coisa vai esquentar.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 ano atrás

Só lamento pelo piloto, que até agora, infelizmente, ainda não foi encontrado. E as chances de ser encontrado diminuem a cada hora….

Chris
Chris
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Deve ter morrido em poucos minutos… As águas estão geladas…

Carlos Ravara
Carlos Ravara
Reply to  Chris
1 ano atrás

Se, (SE) ele teve tempo de ejetar estaria boiando, aquecido e enviando sinal para as equipes de socorro; o mar daquelas bandas é sempre frio.
A não ser que o sistema de ejeção tenha falhado…

Antoniokings
Antoniokings
1 ano atrás

Isso é por causa do desespero dos EUA por quererem repassar esse troço de qualquer maneira pra seus aliados.
É evidente que esse projeto tem sérios e inúmeros problemas.

JPC3
JPC3
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

E você pesquisou a história de outros projetos ou está falando sem ter mínima ideia como sempre?

Sabe quantos migs ou sukhois caíram nos primeiros anos ou até chegarem a 150.000 horas de voo?

Thiago Telles
Thiago Telles
1 ano atrás

Deve ter sido um raio.

nonato
nonato
Reply to  Thiago Telles
1 ano atrás

Sei que é ironia.
Mas se houvesse raio ou tempestade certamente já teriam falado.
Mal tempo é um fator importante para vôos.

JPC3
JPC3
Reply to  Thiago Telles
1 ano atrás

Capaz do cara acreditar que o avião não voa com raios…

α Tau
α Tau
Reply to  Thiago Telles
1 ano atrás

Deve ter sido fabricado na China…

JPC3
JPC3
Reply to  α Tau
1 ano atrás

De novo Máquina Tr?

André
André
1 ano atrás

Boa noite, desculpem minha ignorância no assunto mas acho estranho o piloto não ter conseguido se ejetar… o traje do piloto não está preparado para flutuação? com tanta tecnologia disponível não seria interessante que ao se ejetar houvesse um dispositivo que acompanhasse o piloto indicando a localização do mesmo ?

Jacinto
Jacinto
Reply to  André
1 ano atrás

Tem havido, nos aviões desenvolvidos pelos EUA (F-22), relatos de situação em que os pilotos não conseguem respirar. Neste caso, ele simplesmente perde a consciência (desmaia) e cai junto com o avião. O traje é projetado para flutuar se o piloto se ejetar e cair no mar, mas se ele estava inconsciente ele não se ejetou.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Jacinto
1 ano atrás

O principal problema é que, mesmo que ele tenha ejetado a tempo caido no mar em segurança e flutuado, as águas de lá são geladas. Ele teria poucos minutos antes de ter hipotermia.

Chesterton
Chesterton
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Já vi ejeção no mar em que o piloto possui um pequeno bote inflável que minimiza os efeitos da hipotermia. Mesmo assim esse tipo de ambiente é um dos piores que existem.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
1 ano atrás

O projeto desta porcaria e daquele boing 737 max devem terem sidos inspirados nos flyers daqueles vigaristas irmãos wright!!!…esta foi a tradição passada pelos “pioneiros” da aviação deles para consagrar toda esta indústria picareta que eles tem hoje…!!!…

JPC3
JPC3
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 ano atrás

Por que faz dois comentários com nicks diferentes na mesma matéria?

Valdez Oliveira de Araujo
Valdez Oliveira de Araujo
1 ano atrás

Uma pergunta aos queridos leitores: O que sâo essas marcas geométricas na fuselagem do F35?. Parece solda, ou adesivos..mas claro que nâo é.
Algué sabe?

JPC3
JPC3
Reply to  Valdez Oliveira de Araujo
1 ano atrás

Os painéis de acesso da fuselagem tem bordas serrilhadas (triângulos) para melhor absorver ondas de radar, as “fitas adesivas”, acredito eu, são um revestimento absorvente de radar.

Valdez Araujo
Valdez Araujo
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Toda a superficie da aeronave absorve ondas, essas ”fitas adesivas” não sei o que é.

JPC3
JPC3
Reply to  Valdez Araujo
1 ano atrás

Que seu saiba são camadas de RAM.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
1 ano atrás

Interesante a atitude japoneza…. Todo esse discurso para mandar um recado ao continente…. ou ninguem deu atenção a parte que soa como alerta aos seus vizinhos….

Sutil mas direto…..

rdx
rdx
1 ano atrás

A diferença entre um produto militar dos EUA e um da China ou Rússia é que praticamente todas as informações sobre o primeiro estão disponíveis para consulta do público. Tal publicidade é típica das verdadeiras democracias.

Leonardo de Araujo
Leonardo de Araujo
1 ano atrás
JPC3
JPC3
Reply to  Leonardo de Araujo
1 ano atrás

Não amigo. Isso é uma opinião escrita por um cara que não é da aérea de aviação e com base em dados errados.

A internet aceita tudo, qualquer um pode escrever o que quiser.

Gripen e F-35 foram projetados com requisitos muito diferentes. Se fosse o caso seria F-16V e não Gripen.

O Pentagono nem pensa em pensar nisso. A USAF defende o F-35 com todas as forças, nem F-15X eles queriam.

JPC3
JPC3
Reply to  Leonardo de Araujo
1 ano atrás

Não é possível substituir uma aeronave projetada para ataque a longa distância por outra aeronave de superioridade aérea leve.

Não é possível, principalmente com eles produzindo seus próprios F/A-18EF, F-15X e F-16V.

Luiz Floriano Alves
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Pouco se fala do F-22 Raptor. Tido como um projeto vencedor não prosseguiu na sua produção. Recentemente foi divulgado estudo para reativar a linha de montagem. É um equipamento com menores recursos (não decolo na vertical, o B) mas como furtivo e letal foi reconhecido nos TO onde foi empregado.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
1 ano atrás

Esse foi literalmente um F-35 ” Natimorto”!!

Tomoko Fujinami
Tomoko Fujinami
1 ano atrás

Comparado a outras caças americanos, o F-35 foi o primeiro a passar de 100.000 horas de vôo sem perder um único exemplar. Agora que passou de 190.000 horas (segundo https://www.flightglobal.com/news/articles/lockheed-f-35-joint-strike-fighter-programme-to-get-457380/ ), o número é parecido com o Rafale que deve rondar pouco acima de 200.000 horas.

Considerando o número de acidentes do EF-2000 e que ele já ultrapassou 500.000 horas ( https://newatlas.com/eurofighter-500k-flight-hours/57175/ ), presumo que as estatísticas do F-35 estão dentro da normalidade. Sendo temerário apontar que esse caça tem mais acidentes que o normal.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
1 ano atrás

Essas Anvs foram montadas no Japão.

Deu pau duas vezes, nao era para ter decolado.

O Piloto pagou com sua vida.

Leandro Assis
Leandro Assis
1 ano atrás

Negligência que pode ter custado a vida não apenas de um provavelmente pai de familia.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Leandro Assis
1 ano atrás

Qual negligência, se a investigação ainda nem chegou perto de determinar as causas do acidente?

MGNVS
MGNVS
1 ano atrás

O lobby empresarial nos EUA é muito forte.
Nao fosse assim, o Congresso americano ja teria barrado novas verbas para o F-35 devido aos inumeros problemas do caça. A integraçao desse sistema de armas ainda vai levar tempo para estar totalmente completa, a questao que fica, sera que o contribuinte americano esta disposto a bancar essa conta? Outrossim qndo o F-35 estiver habilitado e otmizado no estado da arte ele podera subsituir toda uma gama de caças no inventario americano, o que ira gerar reduçao de custos e gastos e com certeza um enxugamento da força.

Gabriel
Gabriel
1 ano atrás

Meu comentário foi retido por que?
Não respeitei alguma regra?

Delfim
Delfim
1 ano atrás

Não acredito que a milenar e perfeccionista manufatura japonesa tenha culpa neste episódio.

Carlos
Carlos
1 ano atrás

aí me diga uma coisa, o que será construído que não havera defeito ou mal funcionamento, falhas sempre terá mesmo sendo fabricado por robôs isso não importa.