Home Aviação de Ataque Embraer e Sierra Nevada Corporation recebem encomenda de 12 aeronaves A-29 Super...

Embraer e Sierra Nevada Corporation recebem encomenda de 12 aeronaves A-29 Super Tucano para a Força Aérea da Nigéria

5509
67

São Paulo, SP, 6 de fevereiro de 2019 – A Embraer Defesa & Segurança e sua parceira Sierra Nevada Corporation (SNC) receberam encomenda de 12 aeronaves de ataque leve e treinamento avançado A-29 Super Tucano para a Força Aérea da Nigéria. Os aviões serão utilizados em missões de apoio aéreo tático.

“A SNC tem orgulho de trabalhar com a Embraer Defesa & Segurança na produção dos A-29 para a Força Aérea da Nigéria para atender às suas necessidades contínuas de treinamento e segurança”, disse Taco Gilbert, vice-presidente sênior da área de ISR da SNC. “O A-29 tem experiência comprovada em combate e foi projetado e construído para a missão na Nigéria. É a solução mais confiável e econômica para voos básicos e avançados e para o treinamento de combate, operações de apoio aéreo tático, ISR (Inteligência, Vigilância e Reconhecimento), contrainsurgência e cenários de guerra irregular”.

“O A-29 Super Tucano se tornou uma referência mundial em ataque leve e treinamento avançado com histórico comprovado em várias zonas de combate ao redor do mundo”, disse Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “A Embraer dá as boas-vindas à Nigéria como o mais recente país-membro dessa verdadeira coalizão internacional que está ajudando a trazer a paz para o mundo.”

O A-29 realiza missões de combate diariamente em várias regiões do planeta. A aeronave acumula mais de 46.000 horas de combate e mais de 360.000 horas de voo. Com a encomenda da Nigéria, o A-29 já foi selecionado por 14 forças aéreas em todo o mundo.

Além do reconhecido histórico de combate, o robusto trem de pouso do A-29 permite decolagens e pousos em pistas não preparadas. Seu sistema de armas também oferece confiabilidade e precisão excepcionais, aumentando a eficácia nas missões de ataque leve.

O contrato para a Força Aérea da Nigéria inclui dispositivos de treinamento de solo, sistemas de missão, sistemas de missão, peças sobressalentes, equipamentos de apoio no solo, equipamentos de missões alternativas, apoio contíguo à contratação temporária dos Estados Unidos, apoio logístico no exterior do empreiteiro continental dos Estados Unidos (OCONUS) e representantes de serviço de campo para suporte OCONUS.

As aeronaves serão produzidas em Jacksonville, na Flórida, e modificadas pela SNC em Centennial, no Colorado. As entregas à Nigéria devem ocorrer de acordo com os prazos estipulados em contrato como parte de um pacote mais amplo de treinamento e suporte.

Corte seccional do A-29 Super Tucano (clique na imagem para ampliar)
Corte seccional do A-29 Super Tucano (clique na imagem para ampliar)

Sobre a Embraer

Empresa global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A empresa projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer suporte e serviços de pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

DIVULGAÇÃO: Embraer

67
Deixe um comentário

avatar
16 Comment threads
50 Thread replies
3 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
41 Comment authors
mcrempRinaldo NeryJoão CarlosMarlosMauricio R. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Coisa boa! E os nossos? Já estão em tempo de algum tipo de modernização ou algo do tipo?

Fligth_Falcon
Visitante
Fligth_Falcon

Faltam recursos para tal.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Um projeto de modernização será executado.

Helio
Visitante
Helio

Produzidos nos EUA!!! Ordem de venda autorizada pelo congresso americano….. A Embraer nada mais é do que uma empresa “made in Usa” com uma fábrica de montagens em SP.

Marcos
Visitante
Marcos

A-29 Super Trump

Grozelha Vitaminada Milani
Visitante
Grozelha Vitaminada Milani

Mais um consumidor frequente de Grozelhas …. KKKKKKK.
CORRIGINDO: VENDIDOS E FINANCIADOS pelos EUA!!! Ordem de venda autorizada pelo congresso americano…..
A Embraer produz as células e toda estrutura da aeronave no Brasil. Envia aos EUA e em conjunto com a Sierra Nevada Corp. fazem a montagem finais e incorporam as especificações do cliente final.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Seja bem vindo Capitão Groselha! Você está esvaziando os argumentos da caterva..rs!

PauloSollo
Visitante

Esta velha ladainha pseudo nacionalista já se tornou ridícula, vira o disco. A Embraer é uma empresa privada que se associou a uma muito representativa empresa dos EUA e têm colhidos frutos através de vendas que não conseguiria sozinha, inclusive só está participando do OA-Xcom grandes possibilidades de vencer por causa da parceria com a SNC. E em relação a autorização dos EUA, isto ocorre com qualquer aeronave que tenha componentes norte americanos, vide o embargo a vendas do russo SSJ-110 ao Irã. Mas entendo que para mentalidades esquerdopatas mumificadas no estatismo é melhor a Embraer vender migalhas sozinha do… Read more »

Junior
Visitante
Junior

O programa OA-X foi adiado indefinidamente e quando voltar, se voltar, contara com a presença de outras aeronaves, além das duas já pré selecionadas, portanto, o favoritismo do A-29 que você tanto propaga no seu comentário diminuiu bastante, fora que eles ainda podem cancelar o programa

PauloSollo
Visitante

Não importa. O que quero demonstrar é que esta parceria tem proporcionado a abertura de novas portas através dos EUA que a Embraer não teria acesso. Foi graças a SNC que a USAF resolveu conhecer e testar o A-29, senão hoje haveriam AT-6 Woverines atuando no seu lugar no Afeganistão.

Mauricio R.
Visitante

O ST não passa de uma ótima desculpa, para os EUA negaram a venda do “Reaper”.
Para aqueles países que eles próprios consideram risco de segurança elevado.
Na OTAN (UK, Itália e França) ninguém nem olhou pro lado, compraram o “Reaper” sem sequer pestanejar.
De resto com o fim do IE, a necessidade de uma aeronave tripulada para “light attack” acabou.
O importante agora para os EUA pelo menos, é pensar em um sucessor do “Reaper”, capaz de operar em espaço aéreo contestado.

Junior
Visitante
Junior
Mauricio R.
Visitante

Engraçado ninguém viu o ST combatendo o EI, o “Reaper” combateu e ainda combate, o AT-802 o “avião agrícola” idem, até uns T-6 e OV-10 combateram os radicais islâmicos.
Menos o ST, em berço esplendido vendo a realidade passar diante de si, pela tela da tv.
OA-X???? Já foi, sem nunca ter sido.

Berlin
Visitante
Berlin

Se o Brasil fizesse as parcelas Casa Bahia do FMS era melhor ou pior?

Edison Castro Durval
Visitante
Edison Castro Durval

Berlin, que seria bom termos um sistema de financiamento para vendas militares seria sim, mais diz aí de onde esse dinheiro sairia, visto que o mesmo não nasce em árvores?

Heverton ribeiro
Visitante
Heverton ribeiro

Que gera royalties para FAB.

teropode
Visitante

vc certamente sabe a tradução da palavra “made”, está apenas tentando ser divertido .

Guilherme B.
Visitante
Guilherme B.

Já ouviu falar do conceito CKD ( Complet Knock Down)? É exatamente isso que acontece meu caro. Vende 1 avião lá nos USA, gera empregos na montadora ( Sierra Nevada), e para os fornecedores no Brasil. Não tem nenhum bobo nesta história…

Flanker
Visitante
Flanker

Putz!!! Sempre essa mesma velha conversa. Não dá nem vontade de explicar….vai procurar te informar, pois aqui no PA tem um monte de explicações sobre a venda dos A-29 à partir dos EUA e onde essas fuselagens, estruturas, trens de pouso, etc… são fabricados…..

Fábio Figueiredo
Visitante
Fábio Figueiredo

Por falar em Tucano e Super Tucano … como está a modernização dos Tucanos da academia de pilotos? Já tem um cronograma de inicio, entrega das unidades … ???

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Academia da Força Aérea.

GEN Escobar
Visitante
GEN Escobar

Eu não me recordo se já comentaram em algum artigo na trilogia mas quais são as diferenças destes para os nossos? Soube que esses novos tem radar mas os nossos não. Alguém tem alguma informação?

Flanker
Visitante
Flanker

Não, o A-29 não tem radar em nenhuma versão….pelo menos nunca vi isso em lugar nenhum. Para carregar um radar, deveria ser em um pod sob alguma das asas. Mas, nunca vi isso no A-29.

Edison Castro Durval
Visitante
Edison Castro Durval

Flanker, lembro de ser ventilado que estariam pensando em desenvolver esse casulo, mas nunca mais vi ou li algo a esse respeito.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Tem storm scope, que é bem diferente de radar.

Lucas Schmitt
Visitante

Afinal, esse dinheiro vira todo para a Embraer defesa ou não?

Junior
Visitante
Junior

Todo não, uma parte vai para a EDS e outra parte do contrato vai para a SNC

Augusto
Visitante
Augusto

E a FAB recebe também royalties por cada Super Tucano vendido, independentemente de onde venha a ser produzido a aeronave. É dinheiro entrando no caixa toda hora.

Humberto
Visitante
Humberto

Um pouco de preciosismo.
O dinheiro dos Royalties entra para o Tesouro. Sinceramente não sei se este dinheiro é repassado para a FAB.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

É repassado, sim, Fundo Aeronáutico.

Welder
Visitante
Welder

A Embraer poderia pegar o bilhão da venda da parte civil e transformar o A-29 em um helicóptero. Trump já deu ate a dica.

Grozelha Vitaminada Milani
Visitante
Grozelha Vitaminada Milani

Helicoptero A-29 …. kkkkkkkk
Essa é nova!
Super-Grozelha!

Hiroyuki
Visitante
Hiroyuki

Vc não entendeu a piada

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Agora é Boeing-Sierra Nevada!
Acabou acabou uai!

Grozelha Vitaminada Milani
Visitante
Grozelha Vitaminada Milani

Mais um consumidor frequente de Grozelhas …. KKKKKKK.
Pior que não saber ler, é entender o que se lê.
Fora a preguiça que impera na leitura.
O acordo Boeing-Embraer é para ÁREA COMERCIAL de JATOS de PASSAGEIROS.
NÃO ENVOLVE A AVIÃO MILITAR E NEM A EXECUTIVA.
* EXISTE UNICAMENTE PARA O KC-390 UMA PARCERIA COM A BOEING NA PROMOÇÃO DAS VENDAS INTERNACIONAIS.
Tem muitos que precisam se tratar, voltar a velha escola e curar a preguiça de ler. Overdose de Grozelha deixa a pessoa lesada!

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

Estão dizendo por aí que quem nasceu pra 10 reis não chega a vintém! Né grozeia?!

ODST
Visitante
ODST

Grozelha

Está rolando em alguns sites que no caso do KC-390 pode rolar fabricação no EUA também.

Flanker
Visitante
Flanker

Que seja….pode ser nos mesmo moldes do A-29! É venda e dinheiro que entra para a empresa. E a linha de montagem brasileira continua funcionando no caso do A-29…..e poderá ser do mesmo modo como KC….uma linha lá e outra aqui. Mas, para isso, primeiro o KC-390 precisa vender paraxalgum cliente estrangeiro…algo que não conseguiu até agora!

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Sobre Embraer… Não falou nada… Quero saber é como irão fazer para produzir os A-29? Vai ser em solo norte-americano? Porque no Brasil já era…

Fernando EMB
Visitante
Fernando EMB

O que você chama de produzir?

Grozelha Vitaminada Milani
Visitante
Grozelha Vitaminada Milani

Hoje a venda de Grozelha vai bombar nesse post!

kkkkkkkkkkk …

Matheus
Visitante
Matheus

Podrução começa aqui e termina lá, analfabeto funcional.

Manoel Jorge Marques Neto
Visitante
Manoel Jorge Marques Neto

Você sempre responde agredindo quem pergunta ou tem que fazer um curso de como perguntar e não ser agredido por pessoas como você neste espaço?

Humberto
Visitante
Humberto

Luiz, A Embraer fabrica vários componentes do ST, empacota e envia para os EUA. Lá a fábrica da Sierra Nevada, desempacota o que veio da Embraer, recebe os motores do Canadá, cadeira ejetora da Inglaterra e todos os outros componentes (uma grande parte americana) e monta o avião. Por que isto? Por lei (via de regra), todo o material militar comprado pelos EUA tem que ser fabricado ou montado lá. No mais, ao contrário do que muitos daqui comentam, o ST montado no Brasil jamais foi um avião 100% nacional, foi desenvolvido por brasileiros, mas uma bela parte dos componentes… Read more »

Skywalker
Visitante
Skywalker

Nem os americanos fazem aviões 100% made in USA. A Boeing tem uma cadeia mundial de fornecedores. A própria EMBRAER já fabricou componentes para empresas americanas de aviões de caça. Não sei como alguns “nacionalistas” insistem na mesma linha desta “miséria” chenófoba que sempre nos deixa prá trás… triste isso.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Vc deveria mudar seu nick para Darth Vader pelas suas respostas. Os verdadeiros patriotas querem que o país tenha condições de ter empresas como uma Boeing no país e não ficar submetido à um colonialismo disfarçado de um pseudo-liberalismo. Tendo isso fazer negócios com o mundo todo de igual para igual e não como cachorro que fica na beira da mesa esperando as migalhas que caem da mesa.

mcremp
Visitante
mcremp

Não leve a mal, mas querer que o Brasil tenha uma Boeing não é ser patriota, é ser iludido. Temos muita coisa para fazer antes disso, e não se constrói uma casa começando pelo telhado.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Obrigado pela resposta Humberto.

luiz antonio
Visitante
luiz antonio

Contagem regressiva para comentários sobre o KC-390

Caio
Visitante
Caio

Que a Nigéria possa fazer bom uso, pois o preço desse contrato se não me engano ficou em quase 700 milhões de dólares; deve ter sido de pacote completo e bláblá; o que muito mais do que a mesma quantidade de yak 130, ou mi 35 este último que os africanos já conhecem bem; seja como for que as aeronaves lhes ajudem a limpar sua terra de fundamentalistas.

Celso
Visitante
Celso

Caio, posso afirmar o que vou escrever aqui. A Nigeria esta com serios problemas em todos os seus meios utilizados pela sua forca aerea ( a maioria no chao e apodrecendo). Nao me pergunte como sei, mas saiba que corre uma lista de tomada de precos para inumeros aeronaves de diversos tipos (helis inclusive). Eles nao conseguem comprar pecas e outros componentes em nenhum lugar, ate mesmo no mercado negro de pecas e componentes por inumeras razoes e uma delas e por aplicar calotes em tudo e em todos. Nem bancos querem garantir qualquer compra, tudo tem que ser a… Read more »

teropode
Visitante

Ainda há muito espaço para o ST , porém não há espaço para ele nas FAs americanas , o futuro das guerras assimétricas dos Yankes será mais perigoso para este tipo de aeronave , certamente a resistência será equipada com mísseis portáteis , as guerras assimétricas esta o ficando cada dia mais hitech, os pastores de cabras já usam drones e mapeamento via Glonass , talve s ó Scorpion poderia fazer frente a essa nova realidade . Substituir o poder de fogo e a eficiência do A-10 em apoio aereo é impossível.

Mauro
Visitante
Mauro

O A-10 está se mantendo ativo mais por lobby e também pelo símbolo que ele se tornou. Esse avião simboliza o poderio militar da máquina de guerra americana, foi concebido para destruir os tanques da antiga URSS e seus satélites da Cortina de Ferro, para essa função hoje já está obsoleto. A própria USAF já quis aposentá-lo, é caro e complexo de operar, mas quem o salvou do deserto coberto com uma camada de látex foi o lobby no Congresso, por muito pouco não foi tirado de ação. Já estão no fim da vida útil da célula, e as restaurações… Read more »

teropode
Visitante

Só se for em outra dimensão que o A29 seria mais eficiente do que o A-10 , nem na tarefa de atirar em cabras , o A-10 teve a aposentadoria sugerida pelo lobby do F35 , coisa que os fuzileiros e tropas especiais não concordam , a USAF percebeu 3 coisas , a precisão do A10 gau8 é ímpar, usar o F35 Nutella para moer a carne de barbudos é defecar em dinheiro , substituir o absoleto A-10 por um teco-teco não é nada inteligente .O A-10 foi pensado para destruí tanques , já demonstrou vocação pra isto , e… Read more »

Celso
Visitante
Celso

Sua impressao e opiniao a respeito tem meritos, porem nao esta coerente e nem e possivel ter explicacao. Armas e meios navais e aereos, e melhor te-los quando nao se precisa, do que nao te-los quando se precisa.

teropode
Visitante

Senhores entendam uma coisa , para guerra d3 gente grande o ST não fica nem no banco d3 reserva , pronto falei !

Fernando Turatti
Visitante
Fernando Turatti

Quanto ao ST não ficar nem no banco de reserva em guerra de gente grande, definitivamente a pessoa precisa parar de ver filmes.
Quanto ao a-10 não ser aposentado por lobby… De fato, lobby do US Army, que diferente do amigo acima sabe da eficácia desse meio em apoio aéreo e funções para destruição de blindados inimigos. A USAF queria aposenta-lo por ser caro e porque basicamente ele serve ao US Army, mas alguém de cima fez o favor de os lembrar que eles servem ao povo americano e que se preciso for, serão cães de guarda d’outra força.

Manoel Jorge Marques Neto
Visitante
Manoel Jorge Marques Neto

Lindo esse avião da antiga brasileira e agora americana Embraer.

Grozelha Vitaminada Milani
Visitante
Grozelha Vitaminada Milani

Não abuse da Grozelha!

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

Fica a duvida …

Se a Embraer estivesse sozinha vendendo teria esse sucesso todo?

Eu acho que nao

Samuca cobre
Visitante
Samuca cobre

Com certeza não…

Hiroyuki
Visitante
Hiroyuki

Quantos A29 são construídos no Brasil?

Edison Castro Durval
Visitante
Edison Castro Durval

Todos!!!!
Agora se a pergunta e aonde eles montados, não sei dizer!

Marlos
Visitante
Marlos

O Brasil é bom no desenvolvimento de aviões está no sangue desde santos Duomont a maioria dos projetos obtém sucesso. Espero que a Boeing pelo menos continue desenvolvendo aviões aqui

mcremp
Visitante
mcremp

E desde Santos Dumont os projetos são montados no exterior……

João Carlos
Visitante
João Carlos

sobre a grande ideia de vender a embraer……onde serão produzidos? deixa pra lá

Tiago
Visitante
Tiago

Poderiam estar sendo feitos por mão de obra brasileira.
Deveriam ter feito algum acordo em relação isso, estamos sendo lesados como sempre.