Home Aviação de Ataque Bulgária iniciará negociações com EUA para compra de 8 caças F-16V

Bulgária iniciará negociações com EUA para compra de 8 caças F-16V

2379
32
F-16V
Lockheed Martin F-16V

O Parlamento da Bulgária aprovou o plano do governo para iniciar negociações com os Estados Unidos (EUA) em relação à compra de oito novos caças F-16V em um acordo de 1,8 bilhão de levs (US$ 1,05 bilhão).

“A embaixada dos EUA saúda a decisão tomada hoje pela Assembléia Nacional da Bulgária de iniciar as negociações para a aquisição da nova aeronave F-16 Block 70 da Lockheed Martin”, disse a embaixada norte-americana em Sofia nesta quarta-feira.

Os novos jatos substituirão os antigos caças MiG-29 da Bulgária.

Cerca de 130 parlamentares votaram a favor do plano do governo do primeiro-ministro Boyko Borissov, enquanto 84 deputados foram contra, acusando o gabinete de violar as regras da concorrência.

A Bulgária tinha a opção de escolher entre os caças Gripen da Saab e Eurofighters italianos usados, além dos caças F-16V da Lockheed Martin.

O Ministério da Defesa havia dito anteriormente que os EUA não precisam de licenças e acordos adicionais para fornecer os aviões de combate com as armas e licenças necessárias, ao contrário das ofertas da Suécia e da Itália.

“A oferta dos EUA excede o orçamento em 300 milhões de levs (US$ 174 milhões). As negociações podem durar quatro meses, com a primeira reunião prevista para Bruxelas no próximo mês”, disse o ministro da Defesa, Krasimir Karakachanov, segundo as agências de notícias.

“De agora em diante, há muitos problemas que precisamos esclarecer – datas de entrega, serviço … entrega de peças de reposição”, acrescentou o ministro.

Subscribe
Notify of
guest
32 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vinicius Cardozo
Vinicius Cardozo
1 ano atrás

Acredito que, em duas partes do texto está duplicado o dólares, onde seria em euros, ex: orçamento em 300 milhões de dólares (US$ 174 milhões). De qualquer forma, belos caças.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

No primeiro parágrafo também está em dólares.

Eduardo
Eduardo
1 ano atrás

Tão pouco só 8 aviões…
Bom, ao menos são novos.

Doug385
Doug385
1 ano atrás

O verdadeiro Highlander dos ares. Incrível a capacidade dos gringos em tornar seus caças tão longevos.

nonato
nonato
1 ano atrás

8 caças 1,8 bilhão?
🤔

Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 ano atrás

Sair do MiG-29 com entradas de ar tapadas para o aspirador de pó do F-16, será um choque doutrinário para a força aérea búlgara. Tenho pena dos responsáveis pelo primeiro caso de FOD num dos minguados 8 caças que eles terão.

WFonseca
WFonseca
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

O problema é que o aspirador de pó, sem espaço para evolução, já defasado etc, é o caça mais vendido em todo o mundo e se utilizado por quem entende, em suas versões atualizadas ele ainda impõem respeito.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  WFonseca
1 ano atrás

O F-16 não é o caça mais vendido do mundo, nem eu disse que não era capaz. Não sei onde o colega viu problema.

WFonseca
WFonseca
Reply to  Clésio Luiz
1 ano atrás

O colega tem razão, deveria ter dito o mais vendido dos caças de 4ª geração, operando desde 74 vendeu 4.588 unidades até 2017 mesmo tendo o mau hábito de aspirar a pista. Abraço!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  WFonseca
1 ano atrás

Já teve seus dias de glória. Hoje, frequenta os lados de Bulgária, Eslováquia, Eslovênia. E olhe lá.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Mesmo assim, vende! E o seu equivalente russo, o Mig-29, hoje -35, vende pra quem? Quantos vendeu na história? E o J-10?
O F-16V faz frente à todos os caças de seu porte fabricados hoje em dia. Se é fabricado no país que você odeia e não em nenhum dos dois que você venera, sinto muito, é a vida!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker
1 ano atrás

J-10. J-20 e J-31 não estão à venda, por enquanto.
Sua produção está servindo apenas para reforçar as F.A. chinesas tendo em vista o crescente papel de predomínio que ela terá no futuro.

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Flanker
1 ano atrás

Exato, Flanker.

rui mendesmendes
rui mendesmendes
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Não sei em que te achas superior, mas tudo bem, eles podiam dizer que os F-5 frequentam o Brasil e só.

André
André
1 ano atrás

Mais um ex-usuario de aviões soviéticos optando por aviões ocidentais…

Com a Rússia ficando muito atrás da china na 5° geração, logo seus dias de grande produtor de tecnologias aéreas vai se restringir a livros de história e a memória de alguns saudosistas.

BrunowBasillio
Reply to  André
1 ano atrás

No mínimo seria estranho não , a Bulgária sendo da OTAN ir comprar avião na Rússia …
Mais do que normal que os paises do leste europeu que hoje são da OTAN compre equipamentos americanos , até da europa ocidental fica difícil eles comprar devido a pressão política de Washington e o Lobby de empresas como LM ,Boeing e companhia…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  BrunowBasillio
1 ano atrás

Exatamente. E foram no que é relativamente mais acessível e, conforme dito pelo MoD da Eslováquia: O que deu para comprar.

Andre
Andre
Reply to  BrunowBasillio
1 ano atrás

Ou isso ou os aviões da Rússia não entregam o que a propaganda promete, como disseram os indianos. No caso da Malásia a desculpa é a mesma? O lobby das empresas paquistanesas e indianas já é mais forte que o das empresas russas?

rui mendesmendes
rui mendesmendes
Reply to  BrunowBasillio
1 ano atrás

Americanos ou Europeus, pois além de pertencerem há NATO, também pertencem há UE.

rui mendesmendes
rui mendesmendes
Reply to  André
1 ano atrás

Vai sonhando, a Rússia será sempre um dos grandes fornecedores de material militar, assim como Americanos e Europeus. Mas com forte concorrência da China e talvez apareça tmb a India.

Ivanmc
Ivanmc
1 ano atrás

Para não errar.

Paulo Costa
Paulo Costa
1 ano atrás

E nao querer arriscar com algo ja usado e apostar num avião ja provado e aprovado em combate e talvez ate com algum beneficio dos EUA.

Tomara que seja o 1º lote porque 08 unidades e muito pouco.

Antunes 1980
Antunes 1980
1 ano atrás

Novamente a Saab não emplaca mais uma venda que teoricamente era bem fácil.
Vale a reflexão. Será mesmo que o Gripen NG é tão superior assim?
Pois é a quinta concorrência que os suecos perdem. Talvez a FAB errou.
Será que via financiamento, os Estados Unidos não poderiam facilitar a aquisição para nòs, de umas 16 unidades dos F-16 V?

Rafael de Quadros da Rocha
Rafael de Quadros da Rocha
1 ano atrás

Não sou especialista do ramo, mas acredito que avaliar a capacidade entre aviões é muito difícil, ainda mais quando se trata de três grandes projetos aeronáuticos. Além disso, um contrato dessa magnitude sempre envolve variáveis de difícil compreensão, tais como a política. Nestes aspecto, penso que a maioria significativa obtida pelo governo no parlamento pode explicar essa variável e a linha adotada, mesmo sendo a mais onerosa financeiramente à Bulgária.

Alexandre Fontoura
Alexandre Fontoura
Reply to  Rafael de Quadros da Rocha
1 ano atrás

Existem três dimensões principais em um caça: comprimento, envergadura e política.

Junior
Junior
Reply to  Alexandre Fontoura
1 ano atrás

E infelizmente na maioria das vezes a política se sobressai na maioria das vezes as duas primeiras, esse caso da Bulgária é um caso claro, li que até o secretario de estado pressionou a Bulgária a comprar F-16, eles tinham escolhido o gripen, mas desistiram, mesmo a saab oferecendo mais caças (10) pelo mesmo preço que os americanos ofereciam 8, quem escolheu o F-16 foi o primeiro ministro búlgaro, o negócio foi tão estranho que o ministro da defesa veio a público perguntar quem era o lobbysta do F-16 dentro do governo, para vc ver o nível da coisa

matheus
matheus
1 ano atrás

Mais uma vez negaram o gripen… enfim, tanta gente defendendo esse caça porque é a única coisa que nos resta, pena.

Alexandre Fontoura
Alexandre Fontoura
Reply to  matheus
1 ano atrás

A versão do Gripen ofertada era o JAS 39C/D e não o Gripen E/F (NG), que ao contrário do que imagina, foi e é a melhor opção para a FAB.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
1 ano atrás

O melhor.