Home Espaço Rússia diz que vai verificar se americanos realmente pisaram na Lua

Rússia diz que vai verificar se americanos realmente pisaram na Lua

8527
93

Chefe da agência espacial russa diz que missão do país terá como meta comprovar pouso da Apollo 11 no satélite há quase 50 anos. Teorias da conspiração sobre viagem da Nasa à Lua são comuns na Rússia

O chefe da agência espacial russa, a Roscosmos, afirmou que uma missão do país para a Lua terá como objetivo verificar se os americanos realmente pousaram no satélite em 1969.

“Estabelecemos esse objetivo de voar [para a Lua] e verificar se eles estiveram lá ou não”, afirmou Dmitry Rogozin num vídeo postado no Twitter neste sábado (24/11).

Rogozin deu a declaração ao ser questionado se a Nasa de fato pousou na Lua há quase 50 anos. Ele pareceu estar fazendo piada, mas teorias da conspiração envolvendo a missão da agência americana à Lua são comuns na Rússia.

Os americanos pisaram na Lua em meio a uma corrida espacial entre os Estados Unidos e a União Soviética durante a Guerra Fria. O primeiro pouso do homem na Lua, em 1969, foi parte da missão Apollo 11, comandada por Neil Armstrong.

Os soviéticos abandonaram seu programa lunar em meados da década de 1970, após quatro foguetes lunares experimentais terem explodido.

A Rússia pretende enviar astronautas à Lua no início da década de 2030, numa missão que deve durar 14 dias.

No ano passado, Moscou concordou em trabalhar em conjunto com a Nasa para criar uma estação espacial destinada a orbitar a Lua. Chamada de Deep Space Gateway, a plataforma seria baseada no modelo da Estação Espacial Internacional (ISS), que orbita a Terra, afirmou a Roscosmos. Os trabalhos conjuntos devem começar em meados da próxima década.

FONTE: Deutsche Welle

93 COMMENTS

  1. Se conseguirem pousar no mesmo local é só verificar se as pegadas e a bandeira estão lá.
    Cronometrando pra ver quando começa a briga entre russófilos e americanófilos nos comentários.

  2. Seja o primeiro a comentar.
    Faz sentido.
    Se nem os russos com toda sua tecnologia conseguiram e desistiram, como é que os americanos conseguiram?

    • Os Americanos conseguiram com tecnologia americana (desculpe pela obviedade).

      Segue o jogo, deixa os Russos irem lá conferir, espero estar vivo em 2030, vai ser legal os caras pousarem na Lua, ganharemos mais uma Teoria da Conspiração.

      Satélites Finlandeses fotografaram uma construção em uma das planicies Siberiana do que pode ser um dos maiores estudios cinematograficos do Planeta, muito similar ao que existe no Cabo Canaveral nos EUA. Segundo as fotos é estimada a conclusão da montagem para o final de 2029.

      Vamos dar risada da Vida!

  3. Teoria da Conspiração é do homem ter pousado na Lua. Só um tolo acredita em tal bobagem. Todas as “provas”, como pedras, espelhos, etc, a URSS fez também, só que os EUA fez ao estilo “Mais e Maior”.

    • Os soviéticos mandaram uma sonda atrás da Apollo para conferir se os americanos realmente estavam indo para a lua…e, estavam. Tanto o é que os soviéticos reconheceram a derrota, duvido que fariam isso se os americanos tivessem mentido. Quanto as pedras, os soviéticos realmente conseguiram pegar um pouco com uma sonda, mas em uma quantidade minúscula se comparada ao que os EUA fizeram, mais uma prova de que eles mandaram o homem para a Lua.

      • Pera lá, se os Sovieticos mandaram uma sonda pra verificar se realmente os Americanos pousaram na Lua e foi confirmado, então essa matéria é uma mentira? Pq a a Rússia investigara isso então? Quer jogar dinheiro fora?

        E os americanos não poderia criar uma “pá” maior? Para pegar mais pedras? Se é que me entende?

        E foi descoberto que essas pedras são bem comuns, inclusive teve uma que era madeira petrificada, que foi dada de presente pelo própria embaixador americano a Holanda e tinha um seguro de quase 130 mil reais.

  4. Nossa ignorância humana é algo interessante, ela é sistematicamente crédula quando deveria ser cética (vida após a morte, criacionismo, astrologia etc), mas reluta aceitar fatos facilmente verificáveis (viagens à lua, a forma esférica da terra, diferentes raças humanas como o Neandertal etc).
    No caso específico das viagens à lua, o projeto Apollo retornou 382 quilos de rochas lunares, sendo que a Nasa distribui cerca de 400 pequenas amostras por ano para pesquisa. Bastaria aos russos confrontarem com suas próprias amostras recolhidas do solo lunar por 3 diferentes sondas soviéticas (300g no total), a não ser é claro, que também duvidem que eles próprios recolheram amostras do solo lunar.

  5. ahhhhhh essa rivalidade fazia falta. os “inimigos” vivem às turras, EUA boicotam a rússia, essa ocupa a criméia, ambos atuam na síria e lá por 2025 construirão uma estação orbiral lunar.

    enquanto isso, no reino tropical do faz-de-conta, bobos ideológicos degladiam-se, achando que os grandes brigam contra si.

  6. Eu tive a oportunidade de ver uma amostra de rocha lunar.

    Os russos nem precisam pousar na Lua. As missões Apolo 11, 12, 14 , 15, 16 e 17 deixaram marcas na superfície lunar e os módulos deixaram suas bases lá.

  7. Só MENTIRAS….os estadunidenses NUNCA puseram ninguém na Lua…tudo filmado e montado no deserto de Sonora…o primeiro satélite posto em órbita foi o Sputinik da antiga União Soviética e em menos de 6 meses os MENTIROSOS disseram que colocaram o homem na Lua e falavam ao vivo e a cores em tempo real com transmissão ao vivo para o Mundo…KKKKkkkkkk!!!!!…

    Os Soviéticos conquistaram:

    1 – O primeiro satélite artificial em órbita (outubro de 1957, Sputnik 1).

    2 – O primeiro ser vivo a entrar em órbita, uma cadela de nome Laika (novembro de 1957, no Sputnik 2)

    3 – O primeiro retorno seguro de um ser vivo de órbita, dois cães, Belka e Strelka, 40 camundongos, 2 ratos (agosto de 1960, Korabl-Sputnik 2).

    4 – O primeiro homem no espaço, Yuri Gagarin, também o primeiro homem a orbitar a Terra (abril de 1961, Vostok 1).

    5 – Primeiros a ter duas espaçonaves em órbita ao mesmo tempo (mas não foi um rendezvous espacial, conforme descrito frequentemente) (agosto de 1962, Vostok 3 e Vostok 4).

    6 – Primeira mulher no espaço, Valentina Tereshkova (junho de 1963, Vostok 6, como parte de um segundo voo simultâneo de duas espaçonaves, incluindo a Vostok 5).

    7 – Primeira tripulação de três cosmonautas a bordo de uma espaçonave (outubro de 1964, Voskhod 1).

    8 – Primeira atividade extra-veicular espacial (março de 1965, Voskhod 2).

    1957: Primeira míssil balístico intercontinental e veículo de lançamento orbital, o Semyorka R-7
    1957: Primeiro satélite, o Sputnik 1
    1957: Primeira animal em órbita da Terra, o cão Laika no Sputnik 2
    1959: Primeira ignição do foguete na órbita da Terra, primeiro objeto para escapar da gravidade da Terra pelo homem, Luna 1
    1959: Primeira comunicação de dados, ou telemetria, de e para o espaço exterior, Luna 1.
    1959: Primeiro objeto feito pelo homem a passar perto da Lua, o primeiro objeto feito pelo homem em órbita heliocêntrica, Luna 1
    1959: Primeira sonda a impactar a Lua, Luna 2
    1959: Primeiras imagens da lua de outro lado, Luna 3
    1960: primeiros animais a regressar em segurança a partir da órbita da Terra, os cães Belka e Strelka sobre Sputnik 5.
    1961: Primeira sonda lançada a Vênus, Venera 1
    1961: Primeira pessoa no espaço (definição International) e na órbita da Terra, Yuri Gagarin em Vostok 1, programa Vostok
    1961: Primeira pessoa a gastar mais de 24 horas no espaço Gherman Titov, Vostok 2 (também primeira pessoa a dormir no espaço).
    1962: Primeiro voo espacial tripulado dupla, Vostok 3 e Vostok 4
    1962: Primeira sonda lançada para Marte, Marte 1
    1963: Primeira mulher no espaço, Valentina Tereshkova, Vostok 6
    1964: Primeira tripulação multi-pessoa (3), Voskhod 1
    1965: Primeira atividade extra-veicular (EVA), por Aleksei Leonov, [18] Voskhod 2
    1965: Primeira sonda a atingir outro planeta do sistema solar (Vênus), Venera 3
    1966: Primeira sonda a fazer um pouso suave em e transmitir a partir da superfície da lua, Luna 9
    1966: Primeira sonda em órbita lunar, Luna 10
    1967: Primeiro encontro não tripulado e acoplagem, Cosmos 186 / Cosmos 188.
    1968: Primeira seres vivos para chegar à Lua (vôos circunlunar) e voltar ileso para a Terra, Tartarugas russas sobre Zond 5
    1969: Primeira acoplagem entre dois embarcação tripulada em órbita da Terra e troca de tripulações, Soyuz 4 e Soyuz 5
    1970: Primeira amostras de solo extraído e retornou à Terra a partir de outro corpo celeste, automaticamente Luna 16
    1970: Primeira rover espaço robótico, Lunokhod 1 na Lua.
    1970: Primeiros dados recebidos da superfície de outro planeta do sistema solar (Vênus), Venera 7
    1971: Primeira estação espacial, Salyut 1
    1971: Primeira sonda para impactar a superfície de Marte, Marte 2
    1971: Primeira sonda a pousar em Marte, Marte 3
    1975: Primeira sonda a orbitar Vénus, para fazer pouso suave em Vênus, primeiras fotos da superfície de Vênus, Venera 9
    1980: Primeira pessoa hispânico e negro no espaço, Arnaldo Tamayo Méndez na Soyuz 38
    1984: Primeira mulher a caminhar no espaço, Svetlana Savitskaya (Salyut 7 estação espacial)
    1986: Primeira equipe para visitar duas estações espaciais distintas (Mir e Salyut 7)
    1986: Primeira sondas para implantar balões robóticos em Venus atmosfera e para retornar imagens de um cometa durante voo rasante Vega 1, Vega 2
    1986: Primeira estação tripulada permanentemente espaço, Mir, 1986-2001, com presença permanente a bordo (1989-1999)
    1987: Primeira equipe a passar mais de um ano no espaço, Vladimir Titov e Musa Manarov a bordo da Soyuz TM-4 – Mir

    Os estadunidenses nunca venceram corrida espacial alguma…apenas na indústria de propaganda deles é que conseguiram isto…prova disso que os estadunidenses ainda hoje dependem dos Russos para irem ao espaço…astronautas continuam treinando na Cidade das Estrelas perto de Moscou e viajando com a Soyuz…

    o foguete de lançamento Atlas 5 dos eua opera com um mecanismo de propulsão russo…ironicamente muitos satélites de reconhecimento do Ministério da Defesa estadunidense também só podem ser lançados com um foguete de tecnologia Russa…e essa situação não pode ser revertida rapidamente…não a outros foguetes de lançamento disponíveis na quantidade necessária e um mecanismo de propulsão não pode ser substituído facilmente…de um dia para outro…os estadunidenses dependem de tecnologia Russa até no novo projeto de transporte de carga para o espaço…

    aquela missão apollo foi uma completa farsa…a maior fraude já arquitetada na humanidade…as evidencias que comprovam isso são inúmeras…Alguns fatos que colocam em cheque esta questão:

    o programa foi interrompido em seu auge…..

    o desenvolvimento do programa apolo foi estranhamente muito rápido sob medida para atender a promessa de Kennedy….

    o caso similar dos irmãos Wright que após Santos Dumont apareceram reclamando seu sucesso prévio que nunca foi claramente provado….

    o atraso estadunidense em relação aos russos nos lançadores e estações espaciais….na época da Apollo 11 a União Soviética tinha cinco vezes mais homens-horas no espaço que os EUA…

    Os estadunidenses nunca estiveram a frente em nada, referente a corrida espacial…em 27 de janeiro de 1967 os três astronautas a bordo da Apollo 1 morreram em um incêndio, durante um treino…O incêndio começou com uma faísca na atmosfera extra-oxigenada usada no teste da espaçonave e foi alimentada por uma quantidade significativa de material combustível dentro da espaçonave…concluíram com isso que a única maneira de vencer a corrida a Lua era falsificando os pousos….

    Os projetos e desenhos das máquinas envolvidas desapareceram. As fitas da Apolo 11 contendo telemetria e o vídeo de alta qualidade(antes da conversão de scan) do primeiro pouso lunar desapareceram.

    a) o Dr. David Williams (arquivista da Nasa no Goddard Space Flight Center) e o diretor de voo da Apollo 11 Eugene F. Kranz reconheceram que as fitas de telemetria da Apollo 11 estão desaparecidos. Os proponentes da fraude interpretam isto como sendo um reforço à teoria de que eles nunca existiram.

    b) Proponentes da fraude dizem que os projetos do Módulo Lunar Apollo, rover, e equipamentos associados estão desaparecidos.

    Há a alegação de que as amostras americanas foram colhidas da mesma forma que as amostras soviéticas, usando sondas autônomas, mas este argumento apresenta algumas falhas graves:

    A tecnologia atual de coleta de amostras é capaz de recuperar no máximo 150 g de cada vez. Admitindo uma média de 100 g por coleta, seriam necessárias 3.820 missões para a Lua para conseguir coletar 382 kg de amostras, e mesmo assim algumas amostras de rochas pesam vários kg, que não poderiam ser recuperadas com a tecnologia atual;

    Os soviéticos desenvolveram tecnologia para coletar amostras de solo na Lua, e retornar para a Terra com elas. Os americanos tinham a tecnologia de coleta e análises de amostras, que foi usada na Lua pelas sondas Surveyor, e em Marte, mais recentemente pela sonda Phoenix, mas nunca desenvolveram tecnologia para enviar estas amostras de volta à Terra. Até hoje a Nasa não desenvolveu esta tecnologia.

    Os proponentes da teoria da fraude gastam uma porção substancial de seus esforços examinando as fotos da Nasa. Eles apontam várias coisas estranhas nas fotos e filmes feitas na Lua. Os proponentes da fraude declaram também que informantes teriam manipulado deliberadamente as fotos da Nasa na esperança de expôr a mesma.

    Cruzes que parecem estar atrás dos objetos.

    Fundos idênticos em fotos que, pelo seus títulos, foram feitas a uma distância de milhas umas das outras.

    As fotos contém artefatos como as duas que parecem ‘C’s em uma rocha e no fundo.

    Existem “pontos quentes” em algumas fotos que sugerem que um grande holofote foi usado a curta distância.

    Em um momento do filme, é possível notar algo semelhante a um fio segurando um dos tripulantes, no momento em que a luz reflete no material. Segurar os tripulantes por fios seria uma técnica para que parecesse que eles estavam “flutuando” na Lua.

    Falta o intervalo de mais de dois segundos nas comunicações a uma distância de 400.000 km.

    Não há uma cratera ou outro sinal de que a poeira tenha sido espalhado como visto nos filmes de 16 mm de cada pouso. O Módulo de Pouso pesava 17 toneladas e ficou em cima da areia sem causar impressão alguma, mas próximo a ele pegadas podem ser vistas na areia.

    “When americans reach the moon…They would have to pass at the russian imigration.

    Quando os americanos chegarem na lua. Eles terão que passar pela imigração russa”

    Werner Von Braun, Diretor do programa Apollo, Antes de conseguir o primeiro vôo.

    Você Ainda Acredita Que Fomos Pra Lua? Flat Earth Man? :

    https://www.youtube.com/watch?v=BA357U_Vx5s

    😀 😀 😀

    • A Rússia fez as coisas mais fáceis, os EUA fizeram muito mais coisas primeiro e o que fizeram é muito mais difícil e hoje mesmo vão fazer novamente algo que a Rússia nunca conseguiu que é pousar uma sonda funcional em Marte.

    • Entre o lançamento do sputnik 1 e a Apolo 11 foram 12 anos e não 6 meses como vc falou. De resto, somente falatório de quem acredita em todas essas teorias da conspiração. Se os russos foram tão bons e melhores que as norte-americanos, porque eles não foram na lua?
      Se vc procurar na internet, há teorias da conspiração contra todo e qualquer fato histórico e de tecnologia.
      Todo mundo é livre para acreditar no que quiser….
      Só quero ver a cara de quem duvida e faz chacota, quando os russos forem à lua (será que vão conseguir??) e verem os restos e marcas das missões da NASA. Aí eles vão ter que admitir que os EUA esriveram lá, mesmo (será que vão ter a decência de admitir isso, ou vão esconder??).
      Os EUA tem todas as provas de que estiveram lá! De resto é choro de perdedor e ainda tem uma afirmativa que é muito correta: o ônus da prova é de quem acusa!! Então, que os eussos provem que os EUA não estiveram lá. Se eles provarem, definitiva e irrefutavelmente, eu serei o primeiro a concordar com a prova delas.

    • E os soviéticos fizeram tudo isso às custas da miséria do seu povo, do confisco da qualidade de vida e tudo mais o que siginifica o comunismo …

      OS EUA tem suas mazelas mas predominantemente uma classe média que usufrui de liberdades sociais e econômicas, e não precisaram abrir mão disso por causa desse tipo de conquista …

  8. Mortes de pessoas-chave da Nasa:

    Em um programa de televisão sobre as alegações de fraude, a Fox Entertainment Group listou as mortes de dez atronautas e dois civis relacionadas ao programa de missões espaciais tripuladas como sendo possivelmente assassinadas como parte de uma ocultação da fraude.

    Theodore Freeman (queda em um T-38, 1964).

    Elliot See e Charlie Bassett (acidente com um T-38, 1966).

    Virgil Grissom (incêndio na Apollo 1, janeiro de 1967). Seu filho Scott Grissom disse que o acidente foi um assassinato.

    Edward Higgins “Ed” White (incêndio na Apollo 1, janeiro de 1967).

    Roger Chaffee (incêndio da Apollo 1, janeiro de 1967).

    Edward “Ed” Givens (acidente automobilístico, 1967).

    Clifton “C. C.” Williams (acidente com um T-38, oububro de 1967).

    O piloto de X-15 Michael J. “Mike” Adams (O único piloto de X-15 morto durante o programa de teste de voo do X-15 em novembro de 1967 – não era um astronauta da Nasa, mas voou com o X-15 acima de 80 km).

    Robert Henry Lawrence, Jr., programado para ser um piloto do Projeto MOL da Força Aérea norte-americana, que morreu em uma queda de jato em dezembro de 1967, pouco depois de se apresentar para o programa (cancelado posteriormente).

    Funcionário da Nasa Thomas Ronald Baron (colisão de carro com trem, em 1967, logo após fazer acusações no Congresso sobre a causa do incêndio da Apollo 1, após o que ele foi demitido). Considerado suicídio. Barom era um inspetor de controle de qualidade que escreveu um relatório criticando o programa Apollo e passou a criticar abertamente após o incêndio da Apollo 1. Baron e sua família foram mortos quando seu carro foi atingido por um trem em um cruzamento com linha férrea.

    Brian Welch, um oficial no comando do Public Affairs Office da Nasa, morreu alguns meses depois de aparecer na mídia para desmentir o show de televisão pró-fraude da Fox citado acima.

  9. “nonato 25 de novembro de 2018 at 23:05

    Os foguetes russos explodiram.
    Como que os foguetes americanos não explodiram?
    Os comunistas estão certos”

    Enquanto o Sputnik e o Gagarin já orbitavam a Terra os foguetes estadunidenses nem conseguiam sair do chão e decolar…explodiam na plataforma de lançamento ou saiam do controle no voo….pois os Russos estavam mais adiantados e a frente que eles no desenvolvimento dos foguetes espaciais…vendo que não conseguiriam superar os Russos então forjaram aquela missão apollo 11…se aproveitaram da falha e explosão dos foguetes Russos N1…e então forjaram o voo a Lua…o foguete N1 foi fruto do esforço soviético para corrida a Lua…todo o projeto foi secreto…começou em 1964 e foi cancelado em maio de 1972…

    a primeira tentativa de lançar o N1 com sucesso foi em 21 de fevereiro de 1969, as 09:18 UTC, mas após 70s de voo a nave explodiu…não havia cosmonauta a bordo…na segunda tentativa, levada a cabo em 03/07/1969(13 dias antes do “voo da Apollo 11”), a nave explodiu destruindo por completo a plataforma de lançamento 110E e danificando a plataforma 110W a 500m de distância…destruindo inclusive o terceiro N1 construído que ali estava…

    Foram desenvolvidos outros N1 (dois falharam e os outros nem chegaram a ser lançados). Por fim, todo o projeto do Nositol-1, como era conhecido, foi abandonado sem ter tido um sucesso. Após cancelar esse projeto a União Soviética direcionou seu parque industrial-militar para a produção do Buran a versão russa do ônibus espacial norte-americano, que também não obteve muito sucesso. Só após a queda da URSS o mundo conheceu o N1…

  10. “Conforme relatado pela Forbes em 2015, a NASA publicamente afirmou que os EUA já não possuem a tecnologia ou o know-how para “retornar” os astronautas à lua. Essa afirmação confundiu os especialistas, já que não há regressões súbitas e massivas registradas de maneira similar no conhecimento científico da história conhecida. Mesmo a idade das trevas foi um processo que levou vários séculos após o período clássico terminando com Justiniano.”

    Vejam bem, a própria NASA admitiu, publicamente, que já não possui tecnologia para retornar a Lua.

    O maior entrave atual para chegar à Lua, dizem os russos, é atravessar o cinturão de Van Allen, sem que os astronautas adquiram câncer (não sabemos como os americanos conseguiram essa proeza em 69 e nenhum de seus astronautas teve câncer, mesmo décadas depois).

    Vale ressaltar que os russos foram os primeiros – não só a enviar um objeto que se estifasse na Lua, como também foram os primeiros que pousaram suavemente na Lua em 3 de fevereiro de 66.

    Olha, se os EUA foram mesmo à Lua e perderam a tecnologia, como diz a Nasa, pelo menos a fraude foi bom feita. Eu mesmo tenho dúvidas: não sei afirmar se foram ou não. Diferente do 11 de setembro, que qualquer criancinha pequena acha estranho aquela fraude. Foi descarado.

    OS EUA são o pai da mentira: mentiram na Primeira Guerra do Golfo, simulando um ataque das tropas de Sadan, que vitimou criancinhas, usando a filha do embaixador do Kwait – que fez até curso de teatro para a simulação; mentiram na segunda Guerra do Golfo, afirmando que havia armas de destruição em massa; mentiram no 11 de setembro, criando um ataque de falsa bandeira contra seu própria povo só para criar um “novo Pearl Harbour” e, portanto, não me surpreendo se mentiram também na ida à Lua.

    Vale ressaltar que os EUA e

    • 100nick-Elã 26 de novembro de 2018 at 6:48

      Creio que a NASA tenha dito que a tecnologia usada no projeto Apollo não está mais disponível, plantas, gabaritos… nada restou daquilo. A tecnologia evoluiu, novos padrões surgiram e avançaram, os de segurança, por exemplo. Com base na tecnologia atual seria necessário desenvolver novos equipamentos para um voo lunar. Com base nos padrões atuais de segurança, as missões não teriam ocorrido.

  11. Essa notícia é uma peça de humor russo e sua receptividade aqui no Brasil se explica pela mistura de ignorância científica com um sentimento antiamericano arraigado principalmente nos meios acadêmico e jornalístico, onde a esquerda é hegemônica.

  12. Deve estar sobrando dinheiro na Russia.

    Vai lá e confere, não vai mudar o preço do Dólar na Crimeia.

    Obs.: Estou preocupado com os buracos da rua da minha casa.

  13. Puxa…se os soviéticos tinham toda essa tecnologia nos anos 60 então eles tinham sistemas de telemetria e rastreamento para acompanhar as missões Apollo e com certeza desmascarar os americanos.
    Por que não fizeram naquela época de guerra fria?

  14. O Luna 15 foi lançado 3 dias antes da Apollo 11, com o objetivo de trazer as primeiras amostrar da superfície lunar. Após diversas orbitas, no dia 21 de julho, a sonda iniciou sua descida até a superfície lunar mas falhou nesse procedimento e se chocou com a superfície lunar.

    Como as duas missões eram muito próximas, houve uma grande colaboração das duas agências espaciais, para evitar acidentes.

    A URSS era totalmente capaz de verificar se os americanos foram ou não até a lua durante a Apollo 11 e em nenhum momento houve qualquer questionamento por parte dos soviéticos. Alias, nunca uma única instituição de pesquisa, uma agência governamental ou qualquer representante de qualquer regime questionou isso.

    Então ou a Nasa criou essa farsa juntamente com todas as instituições de pesquisa e todos os governos mundo (inclusive os comunistas da URSS, da China, da Coreia, de Cuba, da Hungria,….) e somente agora, você que assistiu uns 10 videos no youtube descobriu essa conspiração global, com participação do regime que perdeu a corrida espacial da URSS, descobriu tudo, ou sei lá, talvez os videos do youtube não sejam a melhor referência para isso. Talvez fosse legal ir até uma universidade e conversar com um professor de engenharia ou um astrofísico e ver o que essas pessoas pensam sobre o assunto.

  15. Tem um documentário muito bom de um britânico sobre o programa espacial soviético. O cabeça do programa arranjou uns desafetos pelo caminho, então quando ele morreu e com as falhas dos grandes foguetes que deveriam levar astronautas falharam repetidamente, o programa espacial ficou sem alguém com influencia no partido comunista para justificar as despesas. Então a missão à Lua foi cancelada e os recursos desviados para outros projetos mais modestos, porém mais fáceis de atingir, como a estação espacial que resultou na Mir.

    https://www.youtube.com/watch?v=Vi6fjs_8Yx8

  16. Um fato curioso sobre essas teorias de que os homem não pisou na Lua, é que elas são sempre criadas por pessoas que acham que entendem de física, e são avidamente absorvidas por quem não sabem nem matemática direito.

    Nunca vi ninguém da área acadêmica duvidar do acontecido, é sempre gente sem formação cientifica levando desinformação adiante.

    • Isso é verdade;

      A minha vô que morreu há dois anos com 102 anos duvidava dessa proeza, até que ela era esclarecida, mas não manjava de porcaria nenhuma exceto de artesanato.

      Eu praticamente tenho o conhecimento “básico” de física e matemática também não acredito nessa façanha.

      Abraço a todos

    • Teorias conspiratórias são particularmente sedutoras em países como o Brasil, onde falta educação e sobra misticismo. Teóricos de conspiração se propõem a esclarecer fatos nebulosos e até partem de premissas verdadeiras para isso, mas fatalmente se perdem ao misturar a realidade com suas fantasias.

  17. ” os soviéticos tinham toda essa tecnologia nos anos 60 então eles tinham sistemas de telemetria e rastreamento para acompanhar as missões Apollo e com certeza desmascarar os americanos.Por que não fizeram naquela época de guerra fria?”
    Porque eles não tinham os intrépidos 100nick-Elã e Cavalo do Cão !!!!

  18. Francamente…

    A prova maior está nas mãos dos próprios russos; salvo melhor juízo, um pedregulho de 1,5kg trazido pela Apollo 15, que foi gentilmente doado, e que eles mesmos comprovaram por meio de testes se tratar de material lunar…

    Aliás, os próprios russos estiveram sentados na primeira fila durante toda missão Apollo 11. Ao mesmo tempo em que os americanos enviaram seus astronautas, os russos lançaram a sonda LUNA 15, de modo que foram obrigados a manter contato…

    Mais: os próprios soviéticos estavam monitorando os sinais de rádio da Apollo 11 e certamente poderiam comprovar sua origem… Teriam tudo, portanto, para poderem desmentir os americanos.

    Existem algumas ocorrências que reforçam teses contrárias, mas de fácil explicação:
    a) cruzes atrás dos objetos. R: foram utilizadas câmeras com marcações na lente. Essas marcações dão a impressão que estão atrás por conta do excesso de luz, que “borra” as cruzes. Esse efeito é mais nítido em superfícies mais claras, onde reflete mais luz.
    http://www.projetoockham.org/figuras/lua/cruzes2.jpg
    b) não tem cratera no lugar do pouso. R: nem poderia haver. Onde os astronautas alunissaram, é rocha sólida… Tem apenas uma fina camada de poeira.
    c) fotos sempre com cenários aparentemente idênticos. R: e realmente… não tem como se perceber muita variação de paisagem em um lugar devastado como a Lua…
    d) bandeira que tremula. R: ela não tremula… Está amassada, e só… presa ao mastro e por uma haste superior para a gravidade não puxa-la para baixo. Ela se move mesmo quando o astronauta a finca no solo, e aí vemos o efeito da gravidade sobre ela.
    e) fotos sem estrelas. R: nem tinha como ter… Limitações das câmeras da época, que tinham dificuldades em captar esse tipo de luz…
    f) a alunissagem não fez poeira. R: qualquer pessoa que observar cautelosamente o vídeo da alunissagem, verá uma leve poeira se espalhando próximo a sapata do módulo lunar no momento do toque. Lembre-se que não há como haver um grande estardalhaço como ocorreria em um ambiente com plena atmosfera, visto não haver uma grande massa gasosa que sustente a poeira…
    g) pedra com a letra “C” gravada. R: foi constatado que era somente uma fibra que se depositou no filme antes da revelação… e projetou sua sombra na foto.
    h) radiação espacial e cinturão de Van Halley. R: após cuidadoso mapeamento, constataram os cientistas que o cinturão possuía partes menos densas, que poderiam ser atravessadas rapidamente, de modo a expor os astronautas a risco mínimo.
    i) ausência de intervalo nas comunicações. R: a ausência existe. Ocorre que ela se dá apenas no momento que a informação é transmitida para o par ouvir do outro lado. É comum nas gravações feitas no centro de controle haver uma pausa na resposta do astronauta e não na do controlador. Isso ocorre porque o controlador responde imediatamente quando ouve o astronauta e isso fica gravado, mas a resposta em si demora para chegar ao astronauta, e quando este responde, aí sim se observa o delay… O mesmo efeito, só que inverso, é observado nas gravações dos módulos. Pra entender melhor: http://www.projetoockham.org/figuras/lua/radiotalk.jpg

    • Os russos também coletaram pedras lunares, então o que isso prova? pela sua lógica, então isso prova que os russos também pisaram na lua. Francamente.

      Deixa eu explicar: se os americanos conseguiram coletar pedras na Lua, prova que eles estiveram por lá, mas não prova que mandaram astronautas para lá. É muito diferente mandar uma sonda à Lua ou uma espaçonave tripulada. Muito diferente.

      • Prezado…

        As sondas da época só eram capazes de coletar alguns gramas de material… Os americanos trouxeram mais de 300 quilos em seis missões, incluindo pedregulhos que nunca poderiam ter sido coletados por uma sonda de então…

        Só pra efeito de comparação, as sondas LUNA trouxeram algo como 300 gramas…

  19. Sei muito bem das dificuldades de realizar viagens ao espaço fora do campo magnético da Terra, cuja função é nos proteger da radiação cósmica e dos ventos solares. Mas mesmo assim acredito que as viagens até a Lua aconteceram, visto que os EUA não teriam nada a ganhar com uma mentira destas.

    Acho mais interessante aquela conspiração que diz que os americanos não voltaram mais lá porque encontraram uma base de alienígenas, que os obrigaram à se retirarem: “Saiam desta área imediatamente. Se insistirem com suas expedições teremos de vaporizar suas naves e depois seu planeta, começando pelo seu país”. kkkkkk

  20. Os dois países gastaram muito nesta corrida inútil para no fim das contas trazerem umas pedras.
    Hoje dizem que foi útil porque foram desenvolvidos materiais e tecnologias que no fim das contas seriam desenvolvidos sem esta corrida espacial.

  21. Também sou um orgulhoso cabeça fraca, pois não acredito nessa célebre piada dos americanos.

    E olhem que sou anti-comunista de carteirinha.

    Pensem um pouco só, em 1969, apenas comparando a capacidade de processamento, um PC aí na sua mesa teria que ser tão grande que nem entraria num foguete apertado daqueles.

    A IBM trabalhava com imensos computadores que ainda usavam cartões perfurados e engatinhavam com as fitas magnéticas.

    Os caras da IBM precisariam enfiar toneladas de cartões perfurados e fitas magnéticas a bordo de uma nave apertada como a Apollo XI, que pousou e decolou com menos de 5 toneladas.

    Acreditam mesmo que todas as manobras de um foguete então foram feitas na base do muque por um dos três astronautas ou que a NASA controlava as sua naves de terra como teleguiados?

    Eles simplesmente não tinham a menor tecnologia para nada disso mas, simplesmente, temiam de pés juntos que os russos tivessem e esses estavam muito à sua frente. Os americanos precisavam desesperadamente encurralar os russos na mídia de casa.

    A pressão política era estúpida e todos só pensavam em cumprir a promessa de Kennedy feita em 1961:

    – “before this decade is out, of landing a man on the Moon and returning him safely to the Earth.”

    O mundo então só falava do Sputinik, ele passava toda noite sobre nossas cabeças e as pessoas iam às ruas vê-lo e ficavam apontando boquiabertas, chocadas até.

    Acreditam mesmo que eles teriam pousado na Lua e decolado de volta se só em 2010 a SpaceX do Elon Musk fez um pouso vertical ainda aqui na Terra?

    Conseguem imaginar como esse feito será bem mais difícil na Lua, mesmo com toda a IA a bordo hoje ou em 6 anos, depois de 55 anos do pouso fake na lua?

    Somente em dezembro de 2015, o primeiro estágio de um foguete da SpaceX pousou de volta em uma plataforma de aterrissagem perto do local de lançamento, onde realizou com sucesso um pouso vertical. Esta foi a primeira vez que um foguete realizou algo do tipo após um voo orbital.

    Por fim, divirtam-se com um filme dos próprios americanos que mostra toda a trama e até as filmagens sendo feitas. Muito bom o suspense do filme.

    Operação Avalanche – Trailer:

    https://www.youtube.com/watch?v=BJ6IPQ2lTeQ

    E olhem que esse filme da Avalanche nem menciona o Stanley Kubrick (2001 Uma Odisseia no Espaço), que muitos dizem ter sido contratado pela NASA para filmar e forjar aquele pouso de 1969.

    Stanley Kubrick Moon Landing Conspiracy:

    https://www.youtube.com/watch?v=KS3blm2kjuo

    Feliz por ser mais um cabeça fraca, envio saudações da Lua.

    • É tanta maluquice conspiratória junta, que chega ser triste…
      .
      “Pensem um pouco só, em 1969, apenas comparando a capacidade de processamento, um PC aí na sua mesa teria que ser tão grande que nem entraria num foguete apertado daqueles.”
      .
      Um Smartphone tem 1000x a capacidade de processamento… E é usado pra ver pornô e jogar joguinhos inúteis.
      .
      “Acreditam mesmo que todas as manobras de um foguete então foram feitas na base do muque por um dos três astronautas ou que a NASA controlava as sua naves de terra como teleguiados”
      .
      Sabe qual o “muque” que foi usado?
      O cérebro…
      Cada passo foi extremamente planejado.
      Existiam 4 computadores na Apollo 11 (1 no Saturno V, 1 na sonda e 2 no módulo lunar, sendo que um do módulo nunca foi usado, pq tinha o protocolo de emergência)… Mas mandar algo para a Lua e pousar na Lua não é um bicho de sete cabeças, como é pousar em Marte ou pior ainda, em Vênus, planetas onde existem atmosferas densas, que afetam comunicações, demandam blindagem térmica e etc… Ir até a Lua, pousar e voltar é “fácil”, se comparado a Marte ou Vênus.
      .
      “O mundo então só falava do Sputinik, ele passava toda noite sobre nossas cabeças e as pessoas iam às ruas vê-lo e ficavam apontando boquiabertas, chocadas até.”
      .
      Sputinik mal tinha um metro de diâmetro e foi colocado a quase 1.000 km de altitude… Como é que as pessoas iam ver esse satélite, a olho nu, da rua??????????????
      .
      “Acreditam mesmo que eles teriam pousado na Lua e decolado de volta se só em 2010 a SpaceX do Elon Musk fez um pouso vertical ainda aqui na Terra?
      Conseguem imaginar como esse feito será bem mais difícil na Lua, mesmo com toda a IA a bordo hoje ou em 6 anos, depois de 55 anos do pouso fake na lua?”
      .
      Cara… Isso é tão errado que não vale a pena discorrer mais do que dizer a são atmosferas completamente diferentes e que antigamente…
      Mas seria interessante tentar recuperar o corpo do maior foguete já construído pela humanidade.
      .
      “Por fim, divirtam-se com um filme dos próprios americanos que mostra toda a trama e até as filmagens sendo feitas. Muito bom o suspense do filme.”
      .
      Tive uma ideia de como ganhar dinheiro, Jhon!
      Como, Paul?
      Vamos lançar um filme falando que o pouso na Lua foi falso!
      Genial, Jhon, genial!
      .
      Em 2018:
      Alexei… Alexei, onde está você?
      Estou aqui, Dmitry!
      Alexei, precisamos arranjar uma forma de receber mais dinheiro do governo para manter nosso programa espacial. Agora que os americanos vão parar de nos dar dinheiro para transportar cargas em nossos foguetes, precisamos de uma nova ideia ou tudo estará perdido.
      Dmitry, Dmitry… Agora você vai aceitar aquela minha velha ideia, de que o deveríamos dizer que o pouso na Lua dos americanos foi falso e que precisamos mandar uma missão lá, para verificar?
      Você nunca me falou isso, Alexei!
      Cyka Blyat, Dmitry! Você nunca me houve. Agora me de um gole dessa vodka.

    • A descrição do computador do módulo lunar está até na wikipédia.

      Falar em cartões perfurados e fitas só mostra que você não entende do assunto.

  22. Que eu saiba desde 2015 a Rússia abriu uma investigação a respeito.

    Uma pesquisa sugerida: Sonda soviética Luna 15 (Lunik 15), lançada no mesmo dia que a missão da Apolo 11.

  23. Site russo – http://manonmoon.ru/
    Aqui estão todas as respostas. A Rússia Soviética, junto com a América, concordou em enganar o mundo inteiro com esta missão lunar. O voo conjunto da Union-Apollo também é uma farsa. Para esse engano, a América permitiu que o tubo de gás fosse colocado na Europa em 1970. A Rússia construiu várias fábricas. Vendeu uma enorme quantidade de grãos a preços muito baixos. Daquele momento em diante, a morte da União Soviética estava sendo preparada.

  24. De toda essa papagaiada, achei interessante a inciativa de russos e norte americanos em trabalharem juntos para construir e operar uma estação espacial lunar, a Deep Space Gateway, Portal do Espaço Profundo.
    Espero que desta vez o Brasil participe, porque após o vexame com a ISS, quando não tivemos competência para construir um braço mecânico, estamos devendo junto à comunidade científica internacional.
    Quem sabe possamos fazer as cortinas das escotilhas.
    Desculpem a ironia, mas até hoje sinto vergonha pelo fiasco do braço mecânico.

  25. Análises profissionais, ilustradas e documentadas, em inglês (sorry) para questionar sua fé sobre as missões Apollo (sorry again).

    http://www.aulis.com/
    http://www.aulis.com/investigation.htm

    Recomendo também assistir ao documentário “Room 237” que explora a teoria de que Stanley Kubrick (2001 Space Odissey), que teria sido o cineasta das falsas filmagens do projeto Apollo, de como ele teria deixado pistas disso no famoso filme “The Shining” (O iluminado).

    Talvez algum dia saibemos a verdade. Por hora, não há como ter certeza nem de que estiveram lá, nem de que não estiveram.

    PS: Sobre as pedras lunares, há muitos meteoritos lunares na Terra, não é necessário ir até lá para obter as amostras. http://www.angelfire.com/moon2/xpascal/MoonHoax/MoonRocks/MoonRocks.HTM

    • Há diferenças consideráveis entre as rochas lunares encontradas na Terra e as coletadas na Lua. Contaminações químicas resultantes da exposição a nosso solo e atmosfera deixam traços característicos, como variações na quantidade de isótopos de oxigênio-17, que logo entregam o material.

  26. Em 1905 o rádio estava em seus primeiros anos, o 14bis não havia sido inventado e lampiões a gás ainda dominavam. Neste ano Einstein publicou a Teoria da Relatividade. Contemporâneos como Max Planck, Heisenberg, Niels Bohr e outros, ajudaram a dar origem à Mecânica Quântica. Sem computadores, praticamente com lápis e papel, estabeleceram os 2 maiores pilares da nossa espécie para entender o mundo tal como o conhecemos, no macro e no micro.
    Algumas conquistas pertencem à humanidade, não pertencem à nações, Einstein, Maxwell, Tsiokovisk, Goddard, Max Planck etc… o que importa a nacionalidade? Quantos ataques e críticas à missão Apollo por ser americana e quanta falta de conhecimento mesmo com a internet.
    É preciso ser maior do que isso pessoal, o mundo tá cheio de problemas graves, é preciso ver o planeta como um todo, ou trabalhamos juntos ou perecemos juntos. Abraços!

  27. Gente, tem comentarista aí que bebeu ou fumou muito!!! Papagaio!!!!

    Fica lendo teorias na internet ….

    Devem ser os mesmo que defendem que a Terra é plana!

  28. Há algum tempo, mas não há uma eternidade, a NASA localizou e fotografou por satélite os sítios de pouso das missões Apollo, na Lua. Eu vi estas fotos.

    Basta pensar que os Soviéticos, sendo as maiores vítimas da vitória de propaganda que foi o pouso na Lua, teriam todo o interesse para desacreditar os eventos e se fossem falsos, provar e cobrirem os EUA de vergonha.
    Imaginem só.
    Seria uma bomba, e o Nixon teria que se esconder num buraco para o resto da vida.

    Os russos estão zoando os norte-americanos, só isso.
    Não dá nem assunto para discussão.

    Os vôos espaciais, são, na minha opinião, patrimônio e orgulho de toda a Humanidade.
    Cada um que subiu ao espaço num foguete é um herói, que representa um feito memorável para todos nós.
    É preciso ter uma mentalidade muito estreita para não ver isso.

    Eu vi pela tv de madrugada, o Armstrong pisar na Lua.
    Ainda hoje me emociona só de pensar.
    Quando fui lá em Cabo Canaveral, me emocionei de novo.

    Estes vôos espaciais, desde o início na URSS, são um misto de audácia, coragem e muita loucura.

    As chances de dar errado eram e são enormes, e eles sabem, e mesmo assim vão.
    Têm a minha admiração e meu aplauso.
    Quando alguém sai da Terra, acabam as ideologias.
    É o ser humano lá no espaço, um dos nossos, seja lá de que País for.

    Minha humilde opinião.

  29. Não acreditam em disco voador mas acreditam NISTO?!…hahahaha…francamente…QuáQuáQuáQuá… 😀

    “Eu não quero tirar em nada o mérito dos irmãos Wright, por quem tenho a maior admiração; mas é inegável que, só depois de nós, se apresentaram eles com um aparelho superior aos nossos, dizendo que era cópia de um que tinham construído antes dos nossos.”

    Santos Dumont

    É interessante como algumas pessoas neste pais acreditam nesta fraude mas não acreditam que foi um BRASILEIRO quem criou o Avião…é por isso que eu não sigo ideologia…não passam de manobras usadas por políticos para chegar e se manter no poder…

    • Santos Dumont criou UM avião, não O avião. Infelizmente para ele e para você, os Wright já estavam no terceiro quando isso aconteceu.

      Estou sendo bonzinho ao chamar o 14-bis de avião, claro. Havia um prêmio de 50.000 francos (Deutsch-Archdeacon Prize) para quem fizesse um percurso circular de 1 km, mas Santos-Dumont nunca tentou. O 14-bis nunca fez uma curva. Para matar sua curiosidade, quem ganhou o prêmio foi Henry Farman, em janeiro de 1908, com um avião construído por Voisin.

      E vc ainda diz que não segue ideologia.

  30. Nem os soviéticos que estavam loucos para chegar primeiro, não disseram nada, isso só mostra que a Rússia não passa de um anão chorão.

  31. Depreciar e negar o feito alheio é a forma mais fácil de amenizar o sofrimento da própria incompetência. Por isso que as dúvidas ocorrem em países menos desenvolvidos. Lance essa teoria de que o homem não pousou na Lua, nas ruas de Estocolmo, pra ver o papelão que será

  32. A falta de tecnologia que a nasa diz não haver hoje é que foram varias empresas que montaram os componentes das missões apollo e hoje os gabaritos não existem mais.
    O avião espião SR-71 teve todo seu ferramental destruído após o término do projeto.
    Então se é para ir à lua de novo tem que começar do zero…

  33. A Lua serviria, se muito, como depósito de lixo radioativo, se o risco de colocar reatores nucleares num foguete não fosse ainda maior que o de mantê-los aqui na Terra… vai que aquele treco exploda e voe lixo radioativo por milhares de quilômetros à volta de Cabo Canaveral?

    Não tem nada na Lua de interessante.

    Não é economicamente viável mandar gente para lá para estudar pedras.

    Hoje em dias, as missões espaciais são restritas e de orçamentos limitados. A “conquista” da Lua foi uma época em que a guerra fria instava os governos a gastarem bilhões apenas por propaganda, hoje, uma viagem à Lua custaria uma fábula ainda maior… para se limitar a classificar as pedras que já foram classificadas!

    Foram uma vez, ganharam a corrida, ajudaram a quebrar a URSS (sim, o custo daquela corrida também contribuiu para o fim da cortina de ferro, afinal, apenas pouco mais de 10 anos depois, fizeram a mesma coisa com o projeto “guerra nas estrelas”, fizeram a URSS gastar os tubos com armamentos… em fins dos anos 80, a URSS estava na lona!), fizeram a propaganda que queriam, mas acabou, fim, não fazia, nem faz mais sentido ir para lá de novo!

  34. Que lindo ver as viúvas soviéticas se agarrando a vitórias irrelevantes, “ain, os russos foram os primeiros a fritar um ovo em órbita, etc…”
    Na verdade, o que mais admiro no programa espacial americano são as sondas Pioneer e Voyager.

  35. Sim, os americanos pousaram na Lua.

    Vimos os locais quando passamos na Lua a caminho da Terra. Agora aquilo tudo lá virou
    parada turística para cruzeiros de ETs, mas tá meio decadente.
    Ainda tem um hotel razoável escondido numa montanha, serviço ruim, mas tem vista muito boa pro nascer da Terra.

    Também passamos por Vênus e descobrimos que as mulheres são de lá:

    https://www.youtube.com/watch?v=OhUCzNvB6AI

  36. O chefe da agencia espacial russa, Dmitry Rogozin, fez a declaração em tom de piada, uma ironia com o fato que não há quase nada que os russos possam fazer na Lua mais de 50 anos depois da Apolo 11.
    Obviamente a imprensa, na sua busca por cliques nos “portais e blogues” da vida tratou de mudar o sentido da coisa para capturar audiência.
    O pessoal que acredita em teoria da conspiração, terra plana e outras bobagens por sua vez levaram a interpretação para outro lado.
    E assim se foi mais um dia de ignorância coletiva global na internet.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here