Home Ciência Objeto espacial pode estar investigando a Terra, dizem cientistas de Harvard

Objeto espacial pode estar investigando a Terra, dizem cientistas de Harvard

12677
103

Um objeto em formato de charuto encontrado em nosso sistema solar no ano passado pode ser uma sonda alienígena (“alien probe”) enviada para investigar a Terra, de acordo com astrônomos de Harvard. As informações são da CNN.

Com o nome de Oumuamua, que significa “a mensagem que alcança o distante passado” no dialeto havaiano, o objeto foi descoberto em outubro de 2017 por um telescópio americano. Desde a descoberta, cientistas especulam e tentam descobrir o que seria o estranho objeto estelar, antes chamado de cometa e asteroide pelos especialistas.

Pesquisadores de Harvard, no entanto, levantaram a possibilidade de que o comprido objeto, que viaja a 196 mil milhas por hora, tenha uma origem artificial e que seja alienígena. A teoria se baseia na rápida aceleração do objeto em nosso sistema solar. Os cientistas ainda especulam que ele pode ter sido usado anteriormente para transporte de cargas entre planetas ou estrelas.

Ninguém ainda pode cravar, com certeza, qual a origem ou a função do Oumuamua, mas cientistas acreditam que a descoberta pode estar próxima.

FONTE: Isto É

103 COMMENTS

  1. ‘ A mensagem que alcança o distante passado’, a tradução correta deve ser marijuana. E esta é a foto do bagulho que esse pessoal de Havard deve estar fumando depois que foi passar as férias no Hawai!

  2. Segundo a Galileu isso não tem nada de mais…
    “…A equipe liderada por Marco Micheli, da Agência Espacial Europeia, estudou os cenários possíveis que poderiam justificar esse comportamento. De início, descartou a suposição óbvia de que era uma nave alienígena que, ao passar pela Terra, partiu para longe o mais depressa possível. O fato da variação em velocidade ser suave e contínua, não típica de propulsores, e do objeto estar girando em torno de três eixos é contrário à hipótese de se tratar de um objeto artificial.

    Pensa-se que o mais provável é que Oumuamua esteja perdendo material da sua superfície devido ao aquecimento solar, algo conhecido por desgaseificação, e que seja este empurrão dado pelo material ejetado que dá origem ao impulso, pequeno mas constante. Tal desgaseificação é um comportamento típico dos cometas, contradizendo por isso a classificação anterior do Oumuamua de asteroide interestelar.

    “Pensamos que este objeto se trata afinal de um estranho cometa minúsculo,” comenta Marco Micheli. “Através dos dados vemos que o seu ‘empurrão extra’ está ficando mais fraco à medida que o objeto se afasta do Sol, o que é típico dos cometas.”
    Normalmente, quando os cometas são aquecidos pelo Sol, ejetam poeira e gases que formam uma nuvem de material, a chamada coma, em sua volta, além de uma cauda bastante característica. No entanto, a equipe de pesquisadores não conseguiu detectar nenhuma evidência visual de desgaseificação.

    “Não observamos nem poeira, nem coma e nem cauda, o que é incomum,” explica a co-autora do trabalho, Karen Meech, da Universidade do Hawai, EUA. Meech liderou a equipe que descobriu o Oumuamua em 2017. “Pensamos que Oumuamua possa estar liberando grãos de poeira anormalmente irregulares e grandes.”

    A equipe especulou que talvez os pequenos grãos de poeira que se encontram geralmente na superfície da maioria dos cometas tenham sido erodidos durante a viagem de Oumuamua pelo espaço interestelar, restando apenas os grãos maiores. Apesar de uma nuvem composta por estas partículas maiores não ser suficientemente brilhante para poder ser detectada, a sua presença poderia explicar a variação inesperada na velocidade de Oumuamua…”

    O universo é grande, o universo visível tem 46 bilhões de anos luz (não 13 bilhões como se acredita exemplificando o porque do equivoco: “The age of the universe is estimated to be 13.8 billion years. While it is commonly understood that nothing can accelerate to velocities equal to or greater than that of light, it is a common misconception that the radius of the observable universe must therefore amount to only 13.8 billion light-years. This reasoning would only make sense if the flat, static Minkowski spacetime conception under special relativity were correct. In the real universe, spacetime is curved in a way that corresponds to the expansion of space, as evidenced by Hubble’s law. Distances obtained as the speed of light multiplied by a cosmological time interval have no direct physical significance.” ou “A idade do universo é estimada em 13,8 bilhões de anos. Embora seja comumente entendido que nada pode acelerar a velocidades iguais ou maiores que a da luz, é um equívoco comum que o raio do universo observável deva, portanto, atingir apenas 13,8 bilhões de anos-luz. Esse raciocínio só faria sentido se a concepção plana e estática do espaço-tempo de Minkowski sob a relatividade especial estivesse correta. No universo real, o espaço-tempo é curvado de uma maneira que corresponde à expansão do espaço, conforme evidenciado pela lei de Hubble. As distâncias obtidas como a velocidade da luz multiplicada por um intervalo de tempo cosmológico não têm significado físico direto.”)

    isso é apenas o visível, como esta sempre em expansão ele é muito maior… é impossível, mesmo que o tempo fosse infinito e nós fossemos imortais, entender todos os segredos do universo

    https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2018/06/oumuamua-esta-deixando-o-sistema-solar-mais-rapido-que-o-normal.html
    https://s2.glbimg.com/-VLvkwKNlZ3r_eOvFik9fgvtIP0=/e.glbimg.com/og/ed/f/original/2018/06/28/eso1820b_1.jpg

    • Ele mudou de sentido?!?!?!?! Aí tem… Nenhum objeto natural mudaria de rota assim, só passando perto de um planeta, e mesmo assim, logo quando passa pelo planeta, e não um tempo depois. Tá esquisito isso. Obrigado Bashera.

      • Então, nenhum objeto natural até que se saiba o que possa causar isso.
        A NASA tá tentando estudar o fenomeno e parece que é algo relacionado ao sol e ventos solares.
        Mas, há a possibilidade de ser uma tecnologia alienígena.

      • muda sim, isso é causado pela gravidade, se ele é um objeto de fora do sistema solar e passar perto de um corpo de imensa gravidade (como o Sol) a sua roda pode sofrer uma alteração enorme Júpiter mesmo, é conhecido por mudar a trajetória de vários objetos que de outra forma se chocariam com a terra.

    • O homem não tem nem a capacidade de sair de seu próprio planeta, e essa coisa segundo se pensa veio de fora de nosso sistema solar, estamos numa desvantagem maior que os índios das Américas diante da pólvora dos europeus .

      • não temos a capacidade de mandar uma nave tripulada, é verdade, mas ogivas tenho certeza que conseguimos, algumas naves robôs já interceptaram e até pousaram em cometas. Ogivas termonucleares não são grandes. A francesa é bem compacta, cabe no ASMP….mas o comentário foi sarcástico. É que eu acho que não passa de uma pedra mesmo, com um formato mais estranho, somente isso.

    • LoL ai vc transforma um objeto perigo em 500 objetos perigosos 🙂

      Não é uma proposta sensata … 🙂

      Só uma opinião sem ofensas.

      • Uma explosão nuclear em um grande asteroide pode mudar ligeiramente a rota. Mesmo que o asteroide seja fragmentado a imensa distância que isso ocorre iria diluir os fragmentos e os que atingissem a atmosfera poderiam ser vaporizados ou terem sua massa muito reduzida pelo atrito.
        Melhor que uma explosão é pousar um propulsor no asteroide e acioná-lo para fazê-lo mudar de rota.
        Ou em alguns casos basta colocar uma sonda motorizada de grande massa (umas 3 toneladas é suficiente para algo de cerca de 500 t) ao lado do asteroide e ela irá usar a “tração” gravitacional e poderá até manobrar o asteroide e colocá-lo em órbita para que seja explorado.
        Claro, todos esses métodos obrigam que a ameaça seja descoberta com vários anos de antecedência.

    • Tá, e como você mandaria essas bombas até ele? A máquina mais veloz que o Homem já criou, a sonda Voyager, tem 1/5 da velocidade desse objeto.

      Pra quem nada sabe, toda questão tem uma solução simples…

    • Evidentemente se trata de alguma sucata soviética ou talvez alguma sonda chinesa que soltou pecinha e se perdeu por lá…
      .
      Né não?

  3. Objeto Oumuamua (1i/2017 U1), descoberto pelo telescópio Pan-Starrs1 no Havai, velocidade e trajetória indicaram ser o primeiro registro de um viajante interestelar. Classificado inicialmente como cometa e posteriormente como asteroide, esta rocha de aproximadamente 400 metros, deve ter sido ejetada de um sistema binário em formação. Sua forma alongada, possível resultado de um choque, possui cor avermelhada pela exposição à radiação cósmica por centenas de milhões ou mesmo bilhões de anos. Não emite nenhum sinal de rádio. Seu estudo é importante pela possibilidade única de análise espectroscópica, tentativa de esclarecer sua origem e composição traçando comparações e juntando provas às teorias de formação estelar e planetária. Novos esforços serão feitos para identificar outros objetos interestelares passando por nós e quem sabe até uma futura interceptação por sondas.

    • “Não emite nenhum sinal de rádio.”

      Também se emitisse não sei nem o que aconteceria 👀. Mas mesmo não emitindo sinais de rádio não prova nada, ele pode estar em modo silencioso só captando os sinais da Terra ou se comunicando por outro meio.

      • Concordo SS, essa sonda foi lançada de fora para dentro do sistema solar para estudar o sol a terra e sua vida, apenas armazenando dados sem emissão. O detalhe que o mesmo equipamento que investigou possível emissão de sinal identificou que o objeto era oco e tinha uma película externa de apenas 0,3 milímetros… Essa foto divulgada do objeto, parece uma pedra, é CGI, não foi possível tirar fotos do objeto apenas observação por rádio.

        • “sonda” ?? Será que não poderia ser uma rocha? Tipo assim, igual a bilhões de outras, do mesmo tipo que formaram nosso sistema solar e cujas sobras são conhecidas como Cinturão de Kuiper e Nuvem de Oort? Se olhar direitinho verá que a realidade pode ser até mais fascinante do que a ficção.

      • S S, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter, Saturno, o sol, estrela de nêutrons, Quasars e muitos outros objetos emitem sinais de rádio e nem por isso estão se comunicando. O ser humano facilmente acredita em duendes, Maomé, alma, espíritos, Nabiru etc o problema é que essas soluções fáceis nos atrasa e nos cega dificultando o já penoso caminho da descoberta e da compreensão. Conhecimento demanda tempo, dinheiro, esforço etc. Fantasiar é de graça.

  4. O desespero financeiro, do aparelhamento DEMOCRATA, no establishment americano atingiu tal grau de cinismo que até o imaginário popular, forrado de ETs de Varginha nos filmes de ficção científica, estão sendo desesperadamente utilizados. Sao desculpas para se obter verbas PÚBLICAS para se manter o aparelhamento que sustenta uma elite improdutiva e vagabunda que nada mais tem a oferecer a sociedade do que sua própria gordura.

    Quando perguntados se acreditam em anjos ou demônios, negam veementemente, pois sua base socialista é ateia por natureza, mas nunca vão negar um homenzinho verde de Marte…

    Como podemos ver, a vontade de se locupletar com dinheiro público é iguaizinhas em todos os países que são dominados pelo ranço socialista. trump terá muiiiiito trabalho para por vagabundos na rua.

    • Só que dessa vez vai sair mais caro, pois devido do seu desempenho nessas eleições, terão que encontrá-la no fundo do mar, ela virou a subMarina, rs.
      Vc me lembrou do melhor apelido que deram p/ ela: ET sem bicicleta (quem assistiu o filme ET sabe o porquê ).

  5. Viajando a 196 mil milhas por hora, essa joça demorou ao menos 1 bilhão de anos para chegar até o sistema solar. Se é uma sonda o time alienígena é perfeito. Em algum remoto rincão do sistema solar cintilante em que se derrama um sem-número de sistemas solares, havia uma vez um astro em que animais inteligentes inventaram o conhecimento. Foi o minuto mais soberbo e mais mentiroso da história universal: mas também foi somente um minuto.

  6. Oque eu acho mais louco é a afirmação de que em tal lugar não tem vida porque não tem água ? Como assim ? Se estamos falando de algo que não conhecemos como podem afirmar que só existe um tipo de vida que precise da água ? Não poderia aver uma espécie de foda alienígena sei lá tipo robótica ou que seja tão evoluída que não tenhamos nem noção de como ela é constituída ? ( Não acredito que estamos sozinhos ) Podem me chingar não ligo kkkk na Bíblia na passagem de Eliseu cita carros de fogo vindo ceu, não poderia ser algo alienígena ?

    • referente a sua indagação sobre existir vida que não depende de água, ou não orgânica como conhecemos lembrei de uma reflexão eu li em algum lugar por ai na net… com a criação da inteligencia artificial que cada dia mais está sendo aperfeiçoada, estamos (nós humanos/ orgânicos) criando vida baseada em silício, alumínio e polímeros… ??
      voltando ao assunto, bem eu acho que seria interessante de fato ser um objeto alienígena, o ruim ia ser o tamanho da confusão que isso ia dar mundo a fora.

  7. 196.000 km/h parece muito rápido para nós aqui da Terra, mas lá no espaço sideral essa suposta “sonda alienígena” é uma lesma com artrite, levou milhares de anos para passar aqui, é bom que esses ETs tenham uma vida bem longa, pq ainda tem a viagem de volta rss..

    • Meu caro, alguns cientistas afirmam que esse objeto foi lançado a apenas 7 anos terrestres de fora do sistema solar para dentro e deve voltar ao ponto de origem. Ele entrou e só percebemos quando já estava saindo, agora já está extremamente longe e detalhe: estava acelerando ao se distanciar do sol já no limite do sistema solar.

      • Não fala bobagem BMIKE, “alguns cientistas afirmam que esse objeto foi lançado a apenas 7 anos terrestres de fora do sistema solar… e deve voltar ao ponto de origem” você está mentindo ou reproduzindo mentira – feio isso. Melhore seus hábitos de leitura, não colabore para aumentar a ignorância de um povo já desinformado. Duas sugestões:
        ScienceAlert e Phys.org terá quase tudo sobre Oumuamua e muitos outros assuntos interessantes.

  8. A Data Limite 20/07/2019 de Xico Xavier está chegando, quem não assistiu esse documentário, por favor assista, com certeza é intrigante. O momento do primeiro contato ao vivo está chegando. Não sou espírita, fique bem claro. Um abraço a todos!

    • Então, na espiritualidade não se fala em outra coisa. Será que esse é o planeta que falou que iria se aproximar da terra? Naquela época, ele citou planeta, mas na verdade pode ser outra coisa, mas que alguns eventos estão começando a mudar os pensamentos das pessoas, isso está. E não tem nada a ver com o fim do mundo, tipo 2012. É melhor prestarem mais atenção, e olhar mais para o céu e veraz que são passas te micro organismo.

  9. Quanta especulação,quanta fantasia,quanta desinformação!
    Quanta suposição baseada,apenas,no achismo na arrogância e na auto confiança.Nave usada no transporte entre planetas e estrelas. Incrível como eles tem a mente fértil,dariam até para escrever as novelas da rede lobo.Nave alienígena,sera mesmo?
    No fim vem o desmentido e vão passar vergonha!

  10. Sou a favor de abater qualquer nave alienígena que se aproxime da terra, o contato com os Europeus dizimou os nativos, 4 bombas de hidrogênio já bastam.

    • Abater uma nave alienígena? Se essa nave alienígena chegou no nosso planeta, vc acha que podemos abater? Nós teríamos que ficar quietinhos para não sermos exterminados

  11. Uma nave vindo de Arkon. Epa! misturei cachaça com meu remédio. Opinião: um asteroide. mais nada a declarar. Abraços aos comentaristas editores e pseudo alienígenas. Parece a série os invasores(década de sessenta) Fui longe……..Excelente série.

  12. Se algum forista estiver interessado, poderei postar aqui o conteúdo de uma conversa sobre este tema, que tive com Avi Loeb , durante uma palestra sobre Astrobiologia na Harvard em Setembro passado.

    • Opa, pode postar sim.

      Minha opnião pessoal, o universo é de um tamanho incalculável, acredito sim que exista todo tipo de vida lá fora (desde de organismos unicelulares, até formas de vida ultra complexas), pois seria desperdício total se não houvesse, simples assim.

      • Alex Nogueira,

        No final da palestra, um grupo de pessoas, incluindo eu, chegamos perto dêle (Avi Loeb – Diretor do Departamento de Astronomia da Harvard) e começamos a conversar e fazer perguntas, e foi quando indaguei sobre a aceleração do “asteróide”,. e êle respondeu que o objeto deve estar dotado de um sistema de propulsão . Êle pensa que o objeto é de origem articial.

        Muitos astrônomos e astrofísicos ficaram assombrados com o comportamento dinâmico do objeto.

        Avi Loeb é muito conceituado na Astronomia. Além do mais êle él consultor da NASA. O semblante dêle expressava uma certa preocupação com o objeto.

        • Interessante isso. O pessoal fala que ele é muito lento e demorou milhões de anos para chegar aqui. O objeto simplesmente pode acelerar muito quando sair do nosso sistema solar. Penso que esse objeto tenha coletado informações de todo o nosso sistema solar

    • Por dentro desta “capa humana” deve ter um tribufu devorador de humanos cheio de dentes !!! Viva a ficção científica.

      Obs. to zuando mas não duvido que haja vida lá fora. Os mistérios de Deus são desconhecidos pelo homem.

  13. bem, como sou ignorante perante a grandeza do universo, não condeno, mas também não sou devoto de que exista ou não ufos nos visitando e tudo mais… tenho a mente aberta e não me surpreendo com qualquer coisa, acho ignorância da nossa parte achar que tudo é como imaginamos ou como nossa vovó contou, porém preciso ”ver pra cer”, como aquele santo lá… acho que não da para ter certezas com as informações que dispomos.

  14. Parece uma pedra.
    Ocorre que a imagem se trata de uma simulação artística e não de uma foto, assim desenharam o que acreditaram que seria. Como as imagens de planetas extra-solares cuja observação é apenas indiretas, mas pululam imagens gráficas em noticias por ai.
    É improvável que seja artificial, mas como diria o Dr. Spock, fascinante!

    • Então ele é um ET? Pensei que ele era um remanescente do início ( bem do início ) da era dos dinossauros, é uma brasa, mora, bicho. São tantas emoções…

  15. Vieram contactar uma raça alienígena que já vive na Terra a milhares de anos, apenas para ver se está tudo bem. Chegaram na borda do sistema solar, estabeleceram contato e se mandaram. Agora cabe à nós preservarmos o que ainda resta das baleias Jubarte, caso contrário estamos F@#$@#%.

    • uai…mas quem voce disse que entende não explicou nada….ou até tentou tambem teorizar tal como o corpo do objeto ser hipoteticamente muito fino e assim, comportar-se como uma vela solar….(Um veleiro Solar é em tese uma hipotese de modelo de nave ja elocubrado pela NASA em seus proprios projetos)
      ….
      mas dai o objeto tem de ser fino mesmo, ou seja….oco completamente, uma espuma, uma bolha que é impelida pelos ventos solares….

      pode ser? pode sim…tão fantastico e extraordinario quanto a hipotese inicial de Harvard….pode ser que sim, pode ser que não, pode ser que sim, pode ser que não…e dai vai…

      Mas ainda assim, mesmo na hipotese do bicho ser uma bolha, comportando-se como um veleiro…ok que isto explica o porque de mesmo afastando-se da orbita do sol ele acelera ( tempo de exposição ao vento solar)….mas e na chegada? o vento solar tambem não o repeliria? daria esta mesma orbita eliptica estranha?

      • Afinal, para funcionar como uma “vela solar” é preciso de posicionamento da vela tal como no barco a vela de forma a aproveitar o vento contra e a favor…e num objeto com este design eu não vejo como….

        ele viria embica como flecha com a menor superficie possivel para que a atração gravitacional de entrada no sistema fosse superior ao vento solar de oposição e somente quanto cruzou a orbital assumiu posição atravessada expondo o maximo da superficie para que o vento solar a partir dai supere a gravidade?

        é ruim heim….

        então…pode ser qualquer coisa…ate mesmo a sonda alienigena…

  16. Pessoal a tradução do nome está errada a tradução certa é:
    Um mensageiro de longe que chega primeiro.
    E esse nome dado pelos cientistas da Nasa não foi por acaso, para bom entendedor basta, agora é esperar pelos outros…

  17. Não há dúvidas que isso é um cruzador da Primeira Ordem e está indo rumo ao assaz e renomado munícipio de P€t@ Que Pariu, no estado de Minas Gerais.

  18. Acho que não está claro para a maioria a velocidade (196 mil km/h) e a distância do objeto (85 vezes maior que a distância terra-lua). O homem levou 3 dias para chegar à lua, em um percurso de cerca de 400 mil km. Ou seja, inalcançável para a nossa tecnologia. É como tentar abater um míssil com um estilingue. Mesmo que viesse em nossa direção, não há como atingí-la com a tecnologia atual.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here