Home Aviação de Ataque Saab: primeiro caça Gripen da FAB será entregue em 2019

Saab: primeiro caça Gripen da FAB será entregue em 2019

29816
139
Saab JAS 39E Gripen

Desenvolvimento do caça Gripen E segue o cronograma, diz presidente da Saab

A Saab permanece no cronograma para entregar os primeiros exemplares de produção da série Gripen E no terceiro trimestre do próximo ano e também tem esperança de concluir as vendas atrasadas de exemplares dos modelos C/D de nova fabricação em 2018, noticiou o site FlightGlobal.

“Vamos nos manter de acordo com o planejado e entregar as duas primeiras aeronaves para a Força Aérea Brasileira e a Força Aérea Sueca no próximo ano”, diz o presidente-executivo da Saab, Håkan Buskhe. “As coisas estão seguindo de acordo com o plano”, disse ele ao discutir os resultados financeiros da empresa de 2017, em 16 de fevereiro.

“Os testes e a avaliação do primeiro avião [protótipo] estão indo extremamente bem. Estamos recebendo dados melhores do que esperávamos”, diz Buskhe. Um segundo protótipo vai se juntar aos testes até o final deste ano.

“É sempre desafiante ter esse tipo de programa, mas, se não for desafiador, provavelmente não será um bom produto no final”, ele observa, enquanto descreve o trabalho de desenvolvimento como um progresso “bastante bom”.

Observando que a Saab está tendo oportunidades potenciais para vender o Gripen E para outras nações, incluindo Canadá, Finlândia e Suíça, ele diz: “Nosso desempenho na entrega também provará que temos um produto pronto”.

Caça Saab Gripen E em voo de testes

Buskhe diz que a Saab esperava concluir as novas vendas de seu Gripen C/D até o final do ano passado, mas esses fatores, incluindo processos políticos em potenciais países clientes, impediram que isso acontecesse. “O número de ofertas possíveis não mudou”, ressalta. “Temos algumas discussões intensivas com alguns países, e há grandes possibilidades durante este ano”.

Com a Força Aérea dos EUA tendo adiado uma decisão em sua competição de treinadores T-X do ano passado até meados de 2018, Buskhe diz que a Saab também gastou “muito mais do que antecipado” na atividade no ano passado. Trabalhando em parceria com a Boeing, empresa líder na licitação, está buscando um contrato para 350 aeronaves a fim de substituir o Northrop T-38 Talon da USAF.

SAIBA MAIS:

139
Deixe um comentário

avatar
137 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
82 Comment authors
edson souzaCarlos ThomazBSMAXRane pauloPaulo Sergio de Araujo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Daniel
Visitante
Daniel

Falta apenas um ano e meio. Tomara que seja mesmo ano que vem.
Se bem que já li de tudo sobre essa primeira entrega.
Acho que agora vai.

Fred
Visitante
Fred

A trilogia bem que poderia investigar o futuro padrão de camuflagem dos Gripens… Padrão FAB verde e cinza? Padrão Saab? Camuflagem de superioridade aérea bicolor com as cores da SAAB mas esquema de pintura dos Mirage 2000 do GDA?

Torço para que não seja esse esquema padrão da SAAB. Acho bem feio.

Daniel
Visitante
Daniel

Fred.
Acredito que a camuflagem será a padrão da FAB, adotado nos F-5BR, ALX, KC 390, etc.
Essa da SAAB lembra a do antigo Mirage III da FAB.

Stene Nilton
Visitante
Stene Nilton

Do jeito que a FAB está, se voar já está de bom tamanho. Se disparar um ar-ar, melhor ainda!

Marcos
Visitante
Marcos

Fred,

O padrão da FAB (verde e cinza) é horrível.

Prefiro um caça todo cinza ou com o padrão do Mirage 2000

donitz123
Visitante

E quanto aos contratos para armamentos modernos?? Já deviam ter sido firmados.

André Luiz.'.
Visitante
André Luiz.'.

Quantos dos pilotos caçadores da FAB já estão se qualificando para voar o F-39? (cara!, nessa horas me dá uma baita ‘dor de cotovelo’ de não ter conseguido ingressar na AFA…!)

Johan
Visitante
Johan

Este caça desponta como a opção ocidental de um caça moderno e “barato” tornando-o uma forte opção a países que não tem $$ para bancar um F-35, acho questão de tempo a conquista de novos clientes.

Julio Buzoli
Visitante
Julio Buzoli

Se bem que se viessem na cor dos antigos Mirage III EBR Preto (Grafite) com a barriga cinza seria lindo, hein?… Ou Não?

Bardini
Visitante
Bardini

Por mim, o Jaguar ressuscitaria esse padrão: https://imgproc.airliners.net/photos/airliners/1/7/9/1006971.jpg?v=v40

Douglas Rodrigues
Visitante
Douglas Rodrigues

A frase: “Vamos nos manter de acordo com o planejado e entregar as duas primeiras aeronaves para a Força Aérea Brasileira e a Força Aérea Sueca no próximo ano” – dá a entender que a FAB vai receber duas e a Suécia também duas, totalizando 4… Bom se fosse né? Todavia, esse modelo vai vir para servir de testes na FAB, primeiro esse e em 2021 começam a entrega dos outros em uma sequencia maior! Garanto que a primeira aparição pública será no 7 de Setembro do ano que vem em Brasília! Quanto ao padrão de cores, prefiro o de… Read more »

donitz123
Visitante

Compra a conta gota não vale, por sinal deveriam ter até vergonha de anunciar pois só incentiva os bolivarianos. Que pelo menos se faça como muitos países que dizem “um número indeterminado de item tal foi adquirido”. A FAB tem que se adaptar a ameaça e ela não é a Argentina. A Venezuela tem 23 Su-30 mais um punhado de F-16. Esse “arsenal” da FAB desapareceria em dois dias de conflito se tivesse sorte de abater todos os alvos da primeira vez e ainda faltaria. Onde está um bom míssil antirradiação?? Caso não perceberam a Venezuela tem a defesa antiaérea… Read more »

Anderson
Visitante
Anderson

Acho um risco para o nosso país depender apenas de um vetor. Gostaria muito que além dos GRIPEN, o Brasil tivesse uns F18, visto que a superioridade aérea é algo fundamental, dois modelos de caças além de persuadir, nos previne para as possíveis falhas do GRIPEN. Apostar tudo nele, não seria a minha opção, embora seja um excelente caça!

Tomcat3.7
Visitante
Tomcat3.7

Indo de carona com o Galante, eu espero que seja o padrão dos Mirage 2000 tbm.

Rogério Rufini
Visitante
Rogério Rufini

segundo consta, o GDA será cinza superioridade aerea, e os demais padrão FAB,

Saldanha da Gama
Visitante
Saldanha da Gama

Gostaria muito de ver o 1o Gripen com a bandeira do Brasil que vi aqui na trilogia! Sei que esta cor não é estratégica, mas ficou lindo e talvez seja uma excelente arma como produto de marketing! Fico de peito inflado vendo o Brasil se equipando, seja Fab, Marinha e exército

Daniel
Visitante
Daniel

Johan.
O Gripen E não é nada barato, diferente do custo de operação, que sim é atrativo.
Assim fosse a falida Argentina e outros já o teria comprado.
No caso do F-35 já sabemos que o programa ficou caro demais, o que encarece o valor final do caça.

Gustavo
Visitante
Gustavo

EU torço para que seja no padrão da pintura dos Mirage 2000 de Taiwan. Pra mim, é a pintura mais bonita.

Yuri
Visitante
Yuri

Eu acredito que Colômbia e Chile tem sim condições de adquirir e operar o Gripen, talvez até o Peru.

GEN. Escobar
Visitante
GEN. Escobar

Chega 2025 mas não vai chegar 2019! Será muito bom vermos nosso NG por aqui fazendo os primeiros testes em solo brasileiro. Poderia chegar uns 2 NG´s em 2019, né! Mas como venho frizando em alguns posts, acho que ainda assim precisamos de um segundo operador para evitar o single source! NG + Su-35 faria da FAB a mais temível fora EUA. Nossos bravos guerreiros já são sem dúvida mas termos máquinas de primeira linha traria confiança e respeito de qualquer nação. Parabéns á SAAB e FAB.

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

Por questões de estratégia, imagino que os Gripens provenientes da Suécia irão preservar o tradicional cinza-padrão.
Já aqueles montados por aqui, devem receber a polêmica camuflagem da FAB. Não é suposição, mas sim preservação do interesse estratégico da tecnologia da pintura.

Sds.

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

Nesse ritmo, até 2020 teremos o primeiro esquadrão operacional, já que as entregas vão até 2022 na provável cadência de 12 aeronaves/ano.

Sds

Bueno
Visitante
Bueno

Ótima noticia… ficar aflito ate 2019 !! aos especialista, até lá teremos quantos F5? as baixas começarão em 2018?
Os Jordanianos entram em operação?

Obrigado!

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Ótimas noticias..
Também torço para adoção da mesma pintura padrão dos Mirage2000.
Vamos cruzar os dedos rsrs..

JT
Visitante

Havia um comentarista assíduo nesse espaço que dizia que os Gripens somente chegariam em 2021. Não havendo nenhuma grande surpresa negativa, ele estava muito enganado (graças a Deus!).

Tallguiese
Visitante
Tallguiese

Não precisamos de grandes quantidades de naves, precisamos de qualidade. Mas precisamos de um segundo lote pois só 36 acho insuficiente pra manter a qualidade que a FAB tem. Dá pro começo mas no mínimo tem que haver um segundo lote a vista. Concordam?

Everton Matheus
Visitante
Everton Matheus

Sobre a pintura eu torço para que adotem um estilo mais EuroFighter Typoon.
E ao que parece o Brasil foi tão sagaz na escolha do Gripen e especificações pessoais que com exceção da Suécia, os demais clientes irão receber a configuração de telas adotado pela FAB e produzido pela brasileira AEL Sistemas. O WAD foi uma modificação da FAB ao projeto original do Gripen, e uma vez eu vi um piloto respondendo que para eles não serviria pois é mais cultural a versão antiga.

AL
Visitante
AL

Na verdade JT, ele contínua assíduo e a tecla dele era 2022, se não estiver enganado, hehehehe.

Yuri
Visitante
Yuri
Heyarth
Visitante
Heyarth

As cores da FAB com aquela camuflagem verde é horrível, podia deixar o gripen na cor cinza mesmo…

Bardini
Visitante
Bardini

E lá vamos nós…
.
A SAAB vai entregar o primeiro Gripen da FAB em 2019… E a aeronave não vai vir direto pra cá para operar.
Assim que forem entregues, essas aeronaves vão iniciar o “período de certificação” da configuração da FAB.
.
O Gripen será entregue para operação, no ano de 2021.
É nesse ano que iniciaram o IOC do caça.

Ozawa
Visitante
Ozawa

Cor de caça para mim é o padrão metálico dos anos 60/70, como eram os vetustos Mirage III do 1° ALADA … Mas a despeito das preferências cromáticas o importante é a chegada do Gripen e a manutenção desse cronograma. Como dito no think tank sobre esse projeto, em post anterior da trilogia, algumas das assertivas pronunciadas ali davam conta de que a FAB deveria ter pensando mais em si que no país, e assim teriam caças no estado da arte, via FMS, mas em contrapartida não haveria, por exemplo, a pujança da indústria aeronáutica nacional traduzida hoje pela Embraer… Read more »

Yuri
Visitante
Yuri

“Com a Força Aérea dos EUA tendo adiado uma decisão em sua competição de treinadores T-X do ano passado até meados de 2018, Buskhe diz que a Saab também gastou “muito mais do que antecipado” na atividade no ano passado.”

Ta aqui um programa q eu gostaria q a Embraer tivesse participado, mesmo q minimamente. É quase um Baby Gripen rss

Mas falta $$$

Bardini
Visitante
Bardini

Meio que um “resumo bem resumido”: . 2013- Seleção da SAAB como vencedora do F-X2, no final de 2013. 2015- Após longo período de negociações, é assinado o contrato para o financiamento do projeto. 2017- Primeiro voo do protótipo Sueco. 2019- SAAB entrega 1ª aeronave Brasileira. 2019- Inicia-se a campanha de certificação da configuração da FAB, com a aeronave entregue. 2020- Embraer começa a produzir o primeiro monoposto. 2021- A FAB recebe um lote de 11 aeronaves monoposto com “Capacidade Básica” de operação. 2021- Inicia-se as campanhas de integração de armamentos 2021- Primeiro voo do protótipo biposto. 2022- Embraer entrega… Read more »

Lúcio Antunes
Visitante
Lúcio Antunes

Parabéns a todos os envolvidos. Sobre o potencial de venda para outras nações, incluindo Canadá, Finlândia e Suíça é uma fantasia gigantesca. Somente a Finlândia é um provável comprador. Demais processos de aquisição já estão bem encaminhados com o F-35 e F-18.Voltando a Saab, acredito que este seja o momento ideal de engatarmos o projeto Sea Gripen e fecharmos todas as nossas lacunas.

Bardini
Visitante
Bardini

Dentro desse “resumo bem resumido”, fica claro que deveríamos ter feito leasing de caças Gripen C/D para segurar as pontas pelos próximos 10 anos.
.
Mas $$$$…

Yuri
Visitante
Yuri

“Ozawa
Nenhum projeto militar deve estar destoado da dimensão social, política e econômica de um país, até porque é este que detém a soberania, sendo aquele um mero instrumento de seus interesses, e não o contrário como parecem pensar alguns.”

Exato. Até pq qm paga a conta é o povo.

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

2019? Tomara, tem 2018 todo para testes. Eu sou pessimista quanto ao tempo.

Rennany Gomes
Visitante
Rennany Gomes

O maior atraso foi que o FHC não quis resolver o problema que já se arrastava e passou a bola pro seu sucessor que também deixou rolar, ou seja 3 presidentes, 11 anos pra escolher um caça!

Daglian
Visitante
Daglian

Há um certo canal de defesa no YouTube que se tornou muito popular recentemente. Este canal disse que o primeiro Gripen seria entregue em 2021 e ainda criticou fortemente a FAB e a SAAB por isso, mas não vi uma errata ou pedido de desculpas naquele canal quando essa informação foi demonstrada como errada, já que o primeiro caça será entregue em 2019.

Por isso devemos tomar extremo cuidado com o que vemos e confiar especialmente em sites já consagrados, como o Poder Aéreo.

Willhorv
Visitante
Willhorv

Só acho que quando chegar, um extenso programa de marketing deve ser feito em todas as regiões brasileiras, com portões abertos e mídia nas capitais, usando até o Kc390.
Tudo isso para enaltecer as conquistas, mostrando o trabalho e competências adquiridas, a cadeia produtiva e de empregos gerados, e sobre tudo a necessidade de melhorar a aceitação, o investimento e a presença da FAB para garantir a soberania nacional!!
E para isso….estas naves devem estar lindonas!!
Ousem FAB!!! Usem uma camuflagem espetacular!!
Armada até os dentes como uma foto destas aí no post…..

Júnior P.
Visitante
Júnior P.

Compartilho a vontade de alguns colegas de ver os Gripens revivendo o padrão de pintura do Mirage III.
Na impossibilidade de deixar no metal polido (até porque não deve mais ter muito metal no revestimento moderno), o padrão cinza chumbo do Jaguar tem meu voto!

Att.

Yuri
Visitante
Yuri

Daglian

O tal canal está correto. Operacional só em 2021 mesmo, 2 anos de atraso em relação ao cronograma original.

Matheus
Visitante
Matheus

Alguém poderia, por gentiliza, me informar qual a situação HOJE da FAB? Quantos F-5 temos e onde estão?

Gustavo
Visitante
Gustavo

Então Bardini tamben levantei essa bandeira do leasing. Será que ainda daria tempo de óleo menos umas oito unidades para formar doutrina.

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Daglian, o canal não está errado. Em 2019 será entregue uma aeronave NÃO operacional, ou seja, seria o mesmo que achar que o KC-390 já esteja em operação na FAB, quando está no máximo voando para certificações. Então o canal não está errado e por tanto não precisa de nenhuma errata.

Ah tá, torçamos para que não aconteça nenhum outro problema, gerando assim mais atrasos.

Júnior P.
Visitante
Júnior P.

Matheus, você realmente acredita que alguém vai te dar a informação com a precisão você pediu?

Att.

Daniel
Visitante
Daniel

Achava horrível a pintura dos nossos Mirages III.
Prefiro a atual camuflagem padrão da FAB, a contrário de muitos, não acho feia.
Coincidência ou não mas as camuflagens mais bonitas foram as utilizadas nos Mirages 2000. Taiwan (cinza claro), dos EAU (marrom desértico), e até do Peru são bonitos.