Home Aviação de Caça Caças F-22 e Su-35 voltam a se encontrar nos céus da Síria

Caças F-22 e Su-35 voltam a se encontrar nos céus da Síria

17566
44
Caças F-22 Raptor

F-22s interceptam jatos russos sobre a Síria e lançam “flares” de advertência

Dois caças furtivos F-22 norte-americanos interceptaram duas aeronaves russas na quarta-feira (dia 13.12), depois que os jatos russos cruzaram o rio Eufrates na Síria, voando para o leste da “linha de conflito” que deveria separar aeronaves de coalizão lideradas pelos russos e pelos EUA que operam em Síria, duas autoridades de defesa dos EUA disseram à rede CNN.

Os jatos dos EUA dispararam flares de advertência durante a intercepção dos dois jatos de apoio aéreo russos Su-25, de acordo com os oficiais, depois que eles cruzaram a linha de conflito várias vezes.

Uma das autoridades disse que um avião de combate russo Su-35 também estave envolvido e que o encontro aéreo durou “vários minutos”.

O oficial disse que os oficiais da coalizão chamaram seus homólogos russos sobre o incidente através da linha direta de conflito pré-estabelecida.

O Comando Central das Forças Aéreas dos Estados Unidos disse à CNN na semana passada que aeronaves russas haviam atravessado a linha de conflito perto do rio Eufrates seis a oito vezes por dia no final de novembro, algo que autoridades dos EUA disseram ter suscitado preocupações com um choque entre a coalizão e as aeronaves russas.

Sukhoi Su-35 sobre a Síria

“A maior preocupação é que possamos derrubar uma aeronave russa porque suas ações são vistas como uma ameaça para nossas forças aéreas ou terrestres”, disse o tenente coronel Damien Pickart, porta-voz do Comando Central das Forças Aéreas dos EUA, à CNN na semana passada.

“Como os líderes da coalizão disseram repetidamente, estamos aqui para lutar contra o ISIS — não contra os russos ou qualquer outro”, acrescentou.

O presidente Donald Trump e o presidente russo, Vladimir Putin, comprometeram-se a continuar a defender essas medidas de “desconflitualização” em sua recente declaração conjunta, à margem da conferência APEC em Da Nang, no Vietnã.

O comunicado afirmou que Trump e Putin “concordaram em manter canais militares abertos de comunicação entre profissionais militares para ajudar a garantir a segurança das forças dos EUA e da Rússia e de conflitos de forças parceiras envolvidas na luta contra ISIS”.

Oficiais disseram que parte desse acordo envolve a definição de onde as aeronaves da Rússia e dos EUA operam, sendo essas operações historicamente separadas pelo rio Eufrates, que atravessa a Síria, com forças apoiadas pelos EUA que operam a leste do rio e forças russas/do regime para o oeste.

O principal militar da América, o Joint Chiefs of Staff Chairman, Joseph Dunford, falou no telefone na semana passada com seu homólogo russo, o general Valery Gerasimov, segundo um porta-voz do Joint Staff.

Vários oficiais dos EUA disseram à CNN que a desconflitualização e as operações na Síria faziam parte das discussões.

FONTE: CNN

44
Deixe um comentário

avatar
44 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
29 Comment authors
ClaudineyAnderson RodrigueshousemaqSamuelZorann Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Fabio Jeffer
Visitante
Fabio Jeffer

Não passam de manobras e ações provocativas de lado a lado

Hélio
Visitante
Hélio

“A maior preocupação é que possamos derrubar uma aeronave russa”
Derrubar ou ser derrubado?

wilhelm
Visitante
wilhelm

““Como os líderes da coalizão disseram repetidamente, estamos aqui para lutar contra o ISIS — não contra os russos ou qualquer outro”, acrescentou.”

Risos.

carcara_br
Visitante
carcara_br

Pouco provável que houvesse apenas um su-35 na região. Logo a CNN nao presta é tudo fake news e fanfic fabricado pelo governo dos EUA. Agora falando seriamente a presença dos F-22 não parece ter impedido a missão dos su-25 uma vez que nao houve relato de evasão dos russos e pelo visto gerou algumas horas de reclamaçao no telefone! Imagino se estas noticias que se espalham sao capazes de alterar a realidade das operaçoes, quer dizer será que os f-22 desta vez mantiveram posicao apesar da chegada do su-35? Pra finalizar volto a repetir pra que super manobrabilidade quando… Read more »

Chico Novato
Visitante
Chico Novato

Interessante é que no relato das duas ocorrências recentes, só se toma conhecimento da presença dos F22 por contato visual. Nos dois relatos, quem intercepta é o F22, nunca o oposto.

carcara_br
Visitante
carcara_br

Obs. Parece que o katucha + pods ECM funciona perfeitamente ja que a noticia fala em apenas um Su-35 quando nos sabemos que isso é muito pouco provável

Wagner
Visitante
Wagner

Qualquer hora um tenente de 20 e poucos anos e no auge da testosterona/adrenalina faz uma burrada. Shit happens.

André Luiz.'.
Visitante
André Luiz.'.

Wagner 14 de dezembro de 2017 at 15:46
Tenentes de 20 e poucos anos já pilotam caças de primeira linha na frente de combate?… :/

André Luiz.'.
Visitante
André Luiz.'.

Aliás, pra ficarmos no conjuntura da FAB. Entre o cadete aviador se formar 2º Tenente com seus 22, 23 anos, e finalmente começar a voar nos caças (A-29, F-5M ou A-1) — como ala — quanto tempo leva? Imagino que não menos que uns… 3 anos.

MATHEUS
Visitante
MATHEUS

Não vi sentido nenhum nessa notícia. Pelo que li nos sites gringos o F-22 lançou Flares na primeira ocasião. Onde dizem que ele foi “expulso” pelo Su-35.

pangloss
Visitante
pangloss

Os russos podem aproveitar a ocasião para atualizar suas bibliotecas de sinais sobre o F-22, não?

Jeff
Visitante
Jeff

Esse Sukhoi é muito lindo…

ScudB
Visitante
ScudB

A versão da MD russa sobre ocorrido no dia 13/12/2017 :
– um par de Su-25 acompanhava um comboio humanitário (altitude de 3300m).
– um F-22 se aproximou e disparou flares (so Deus sabe para que)
– de 10000m desceu um Su-35 “por traz” de F-22
– F-22 foi embora
Ta no site deles..

J.Silva
Visitante
J.Silva

Pelo vídeo divulgado aqui no aéreo, na visita de Putin à base russa, os pilotos não aparentam estar na casa dos 20 não, pelo contrário, a maioria aparenta ter entre 35 a 40 anos. Imagino que os pilotos americanos de F-22 também não sejam novinhos, devem ser de capitão pra cima. . Será que esses encontros constantes estão acontecendo por causa do suposto acordo de cobertura americana para a fuga do ISIS, a rota de fuga dos terroristas pode estar no lado americano do rio e os Su-25 russos podem estar perseguindo-os até este ponto limite. Um mapa seria interessante… Read more »

J.Silva
Visitante
J.Silva

Uma pergunta: por quê os americanos estão fazendo esse trabalho com o F-22 e não com o F-15? O F-22 atuando de forma aproximada, como interceptadores comuns, fora de seus pontos fortes, e dando chance dos russos estudarem a assinatura radar de seus melhores caças, me parece que os F-15 seriam mais adequados.

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

Nada que o F-16 não consiga resolver a 1/5 do custo.
Mas propaganda e jogo de cena só com os grandes.

Sds

Jorge luiz
Visitante
Jorge luiz

Wagner um menino de 20 anos seria no máximo cadete de 3o ano jamais estaria lá; só Capitão com pelo menos 10.000 horas de voo pilota um caça dessa categoria.

Augusto
Visitante
Augusto

J.Silva boa teoria, mas essa “fulga” foi a multo tempo pelo que parece, foi durante a batalha de raqqa a notícia deve ter vazado agr, além do mais os russos estam muito mais pelo Assad do que pelo combate ao terrorismo. O que eu acho é que o Assad quer seu território todo de volta, como todos sabem, os curdos estão a um passo de declarar a independência, a fronteira do território curdo acaba no rio Eufrates, ou seja, me parece que os russos estam testando os americanos para ver se eles vão defender os curdos. Eu acho que as… Read more »

Jacinto
Visitante
Jacinto

Pelo mesmo motivo que os russos usam f-35: para ganhar experiência operacional. Os russos já conhecem os F-22; são eles que fazem as interceptações na Air Defense Identification Zone (ADIZ) na costa do Alasca e do Canadá.

carcara_br
Visitante
carcara_br

ScudB, sabe dizer se foram duas ocasiões separadas, ou duas histórias sobre o mesmo evento em que nem as datas batem?

PRAEFECTUS
Visitante
PRAEFECTUS

Meus caros, saudações! De acordo com informações, o que ocorre, é que neste momento as forças rivais estão convergindo para o último bolsão principal dos militantes do Estado Islâmico no país sírio. Por conta disso, a proximidade entre as Forças antagonicas naquele Teatro de Operações, neste momento é maior. E, evidentemente, incidentes estão acontecendo com mais frequência. Talvez alguns não saibam, mas, prova disso é que no mês de novembro dois aviões A-10 da Força Aérea que voavam a leste do rio Eufrates quase colidiram de frente com um caça russo Su-24 Fencer que estavam a apenas 300 metros de… Read more »

diego
Visitante
diego

Su-35 mais stealth que F-22?? Sim, todos perceberam o F-22 e de repente quem aparece sem ser percebido e por traz?? Su-35… alguns diriam impossível ele não ter sido detectado pelo menos a 200 Km de distancia por algum radar no solo, ali do lado, no Iraque más… SURPRESA!!

Celso
Visitante
Celso

kkkkkkkkkkk aspas … ¨**.somente um capitao com 10.000 hs de voo para pilotar um caca dessa categoria ** kkkkkkkk jovem, um capitao qdo muito tera como piloto aqui na FAB por exemplo, algo como umas 1200 hs de voo contando o tempo desde a academia. Nenhum piloto de caca no mundo aguenta tanto tempo de voo neste tipo de aeronave por razoes fisiologicas….com rarrissimas excecoes . Enfim, so posso acreditar q voce colocou um zero a mais em sua afirmacao. PS. conheco sim um capitao aviador na FAB, filho de um gde amigo e te garanto q ele nao tem… Read more »

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Su-35 mais stealth que o F22.. só rindo mesmo kkkkkkk. Su-35 deve ter um RCS do tamanho da nave mãe do Independence Day.

Jacinto
Visitante
Jacinto

diego 14 de dezembro de 2017 at 18:31
Supondo ser verdade o que o Ministério da Defesa Russo diz. Mas o Ministério da defesa russo – como, aliás, todos os ministérios de defesa – nem sempre diz a verdade. Você se lembra daquele mensagem de twitter em 14/11/2017 na qual os Russos diziam ter provas irrefutáveis de que os EUA estavam ajudando o ISIS, com supostas imagens deste apoio? Pois é: na verdade eram imagens de um video game…

Augusto
Visitante
Augusto

Os russos ja tem tropas no Egito desde 2016, os americanos e europeus tem medo deles intervirem na Líbia tbm, vale lembrar que a Libia é um grande fornecedor de petróleo e gás a França, Espanha, Itália e Portugal. Eu acho os franceses mais explosivos que os americanos quando o deles ta na reta, vamo ver como as coisas vão desenrolar.

Agnelo
Visitante
Agnelo

PRAEFECTUS

Esta situação q passou é perigosíssima.
Pode levar a situações onde o Militar, sob estresse, pode entender q há uma agressão e reagir. Prematuramente? Só quem está lá pode definir…
Esses estresses levam a situações como aquele Cruzador americano q derrubou um avião de passageiros, entendendo q era um caça.
Só q não será do Irã, será russo ou americano.
Sds

carcara_br
Visitante
carcara_br

Celso 14 de dezembro de 2017 at 18:35
Interessante nem imaginava que eram tão poucas horas. Quer dizer um caça com 6000 hrs de vida útil poderia servir a 4 gerações de pilotos, ou uma geração pilotado por 4 pilotos diferentes kkkk

PRAEFECTUS
Visitante
PRAEFECTUS

Agnelo meu caro,

de fato, este tipo de situação gera um stress danado, e, obviamente pode pegar alguém num péssimo dia e aí, adeus protocolos. Essas coisas acontecem, mesmo se tratando de profissionais tarimbados como eu imagino, que o são tanto americanos, como russos.

É aquela história, “pote que tanto vai a fonte, um dia volta quebrado…”

Abraço!

Jacinto
Visitante
Jacinto

Nos bons tempos da USAF, os pilotos voavam, em média, 200 horas por ano.

Alex II
Visitante
Alex II

Ninguém vai reclamar da fonte dessa vez?

Peterson Monteiro Da Silva
Visitante

Comentei aqui sobre a primeira interceptação, e eu acredito ter chegado próximo da realidade!!! Dois caças de ataque e não de combate (SU-25) foram interceptados (lembrando que muitos comentários na derrubada do SU-22 pelo F-18 perguntaram onde estão os F-22) tiveram os mesmos avisos que o SU-22 teve antes de ser destruído. Estavam com escoltas e pediram apoio, tanto os caças americanos como os Russos não fazem interceptação sem um ou mais alas!!! O F-22 se mostrou, mas seu ala ou alas não… O SU-35s também se mostrou, e demonstrou que estava disposto a intervir se o caça americano ficasse… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Amigos, Já não é mais uma questão de derrotar o ISIS ( e nunca foi somente isso, de fato )… Vale dizer que cerca de 1/4 do território sírio está em mãos do Rojava ( coligação de fações curdas, firmemente alinhada a Washington até aqui ), além de extensas áreas ainda estarem sob domínio de outros grupos apoiados pelas monarquias árabes. Daí que existe uma possíbilidade da Síria efetivamente quebrar-se no mínimo em dois países… E se isso ocorrer, a área que teoricamente ficaria com Assad seria um caldeirão de fações ligadas aos mais distintos grupos, pró-turcos, pró-árabes, pró-persas; e… Read more »

Augusto
Visitante
Augusto

RR, o Trump age instintivamente mas nessa questao duvido que ele vai contrariar o James mantis e o Herbert McMaster so lembrando que ele mandou atacar as bases Sirias depois fo ataque químico.

Zorann
Visitante
Zorann

Eu, sinceramente acho que este conflito na Siria/Iraque vai durar muito tempo ainda. Até mesmo porque deram apoio e armas aos curdos/outros grupos e agora fica dificil dizer que estes não podem ser independentes. Eu não acredito que a Siria recupere todo seu território e nem o Iraque.
.
O Putim recentemente anunciou o inicio da retirada de suas tropas/aeronaves da Siria. Irão manter uma base, se não me engano. Não duvido que em breve teremos Su-57 voando por lá.

Peterson Monteiro Da Silva
Visitante

Se for possível falem sobre o assentamento de refugiados Sírios, que está além do Rio Eufrates, próximo a Jordânia? A relatos de que a Isis estava se escondendo por lá… E parece que os Russos querem chegar até eles, mas os gringos não deixam. A alegação é de que estariam levando ajuda humanitaria (isso é estranho porque os americanos não os ajudam?) fica difícil acreditar nisso ou aquilo, mas poxa se tem um abrigo (vi em alguns sites que passam de 50000) porque não chegam em um acordo para socorrer as vítimas… Exemplo:os russos levam a ajuda até o Rio… Read more »

Samuel
Visitante
Samuel

Esses encontros só tem um objetivo, os dois lados estão estudando a aeronave do rival.

PRAEFECTUS
Visitante
PRAEFECTUS

RR meu caro, saudações! Me permita um adendo relevante sobre a questão dos Curdos. Afinal, estes podem ter peso significativo na evolução dos acontecimentos. Três mêses atrás, após o referendo sobre a independência em 20 de setembro (no qual mais de 90% dos eleitores votaram “sim”), os curdos iraquianos acalentaram tais esperanças! Eles tinham seu próprio exército (milícia “peshmerga”), seu próprio petróleo, seu dinheiro. Erbil (a capital do Curdistão iraquiano) foi considerado um dos jogadores regionais mais poderosos. No entanto, agora Bagdá (ou melhor, provavelmente o parceiro sênior e aliado do Iraque – Irã) mostrou quem é o chefe na… Read more »

housemaq
Visitante
housemaq

“A maior preocupação é que possamos derrubar uma aeronave russa porque suas ações são vistas como uma ameaça para nossas forças aéreas ou terrestres”, disse o tenente coronel Damien Pickart, porta-voz do Comando Central das Forças Aéreas dos EUA, à CNN na semana passada.”

A piada do ano! Com certeza ganhou o prêmio! Países que possuem armas nucleares e diversos meios de “entregá-las” jamais vão se agredir! Conversinha pra boi dormir! Faça-me o favor…

Anderson Rodrigues
Visitante
Anderson Rodrigues

O que o tio san esta fazendo na siria ?

Claudiney
Visitante
Claudiney

Discordo _RR_
“E uma região semi-autônoma curda na Síria oficialmente reconhecida como tal lhe é de todo favorável, no final das contas…”. Tem que por na mesa os desejos da “aliada” Turquia. Estes aceitaram no máximo uma semi-autonomia sob a tutela de Damasco e para demonstraram isso invadiram Síria e o Iraque um par de vezes.

Cabe lembrar que os curdos são fortemente divididos em duas alas principais que russos e americanos estão tentando se aproveitar. A Turquia ficará do lado de quem prometer mais a eles. No momento, parece os russos.

Claudiney
Visitante
Claudiney

Peterson Monteiro Da Silva 14 de dezembro de 2017 at 21:19
“Se for possível falem sobre o assentamento de refugiados Sírios, que está além do Rio Eufrates, próximo a Jordânia? ”
Peterson, acredito mais em um refugio próximo ao rio Eufrates (do lado de lá, digamos) próximo a Deir-er-Zor, onde as FFAA sírias possuem uma ‘cabeça-de-praia’. O rio Eufrates passa longe da Jordânia.

_RR_
Visitante
_RR_

PRAEFECTUS ( 14 de dezembro de 2017 at 22:17 ); No que tange a Iraque, concordo. Apenas algumas considerações. A prioridade dos americanos no Iraque era salvar o governo iraquiano. Simples assim… E se analisarmos a geopolítica local, resta evidente que os curdos iraquianos nada mais eram que bucha de canhão nesse intento, e suas prioridades eram secundárias ou simplesmente não seriam levada em consideração. Mesmo considerando as dificuldades americanas em compreender o Oriente Médio, acho difícil imaginar que Washington não iria compreender que essa teria que ser a linha a ação a ser seguida; isto é, usar os curdos… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Claudiney, Pois foi exatamente o que disse! Nesse momento, os russos tem a bola. E quanto aos turcos, replico meu próprio comentário: “A favor dos russos correm os turcos, que certamente não tolerariam um país curdo surgindo em suas fronteiras, mas podem apontar favoravelmente no caso de uma região semi-autônoma e assim conseguir estabilidade ao sul.” Evidente que isso se daria sob a bandeira síria e tutela russa. Nem poderia ser de outro jeito. E estando os americanos na posição mais frágil, é certo que terminarão por aceitar de uma forma ou de outra, contentando-se assim em manter sob sua… Read more »