Home Aviação de Transporte Incidente com o KC-390: Embraer diz que protótipo voltará a voar

Incidente com o KC-390: Embraer diz que protótipo voltará a voar

6579
77
Embraer KC-390

Conforme informado anteriormente pela Embraer, no último dia 12 de outubro, o protótipo 001 da aeronave de transporte e reabastecimento Embraer KC-390 experimentou um evento além do limite planejado no teste de uma das várias configurações experimentadas durante um voo de teste de certificação para avaliar as qualidades de voo em baixa velocidade com simulação de formação de gelo.

A tripulação executou os procedimentos de recuperação recomendados e conseguiu retornar ao ângulo de ataque normal de voo, porém, as características e a duração das manobras resultaram em uma perda de altitude substancial excedendo limites operacionais tanto de velocidade como de fator de carga (grifo do Poder Aéreo). O teste foi interrompido e a aeronave pousou normalmente no site de teste da Embraer em Gavião Peixoto. Todos os sistemas da aeronave se comportaram conforme o esperado durante o voo.

Após inspeções detalhadas, nenhum dano à estrutura principal da aeronave foi encontrado. Algumas carenagens externas e janelas de inspeção foram danificadas e precisarão ser reparadas antes que a aeronave retorne aos voos.

O cronograma de certificação do Embraer KC-390 não foi afetado e a entrada em serviço está confirmada para 2018 com a entrega da primeira aeronave de produção para a Força Aérea Brasileira.

DIVULGAÇÃO: Embraer

Subscribe
Notify of
guest
77 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
MATHEUS
MATHEUS
2 anos atrás

O Bicho é bruto! Parabéns Embraer. Isso só reforça o que ja sabemos. É um avião ducaraio! A galerinha do contra vai a loucura.

Ivanmc
Ivanmc
2 anos atrás

Ai está, o KC-390 saiu bem na foto.

André Bueno
André Bueno
2 anos atrás

Aguardemos. Penso que a Embraer na fará voar uma aeronave que não esteja segura.

Luiz Fernando
Luiz Fernando
2 anos atrás

Baschera 8 de novembro de 2017 at 11:45
O PT-ZNF não voa mais. Deu PT. Soltou, inclusive, partes da fuselagem…e enrrugou tal qual um “croassant”.

Carlos Alberto Soares 8 de novembro de 2017 at 14:36
“Baschera 8 de novembro de 2017 at 11:45
O PT-ZNF não voa mais. Deu PT. Soltou, inclusive, partes da fuselagem…e enrrugou tal qual um “croassant”.”
Fonte ? Fotos ? Viu in loco ?
Infomações da “Màe Dinah” meu amigo.
Entendedores entenderão.

Hahahahah
Revise suas fontes Bashera!!! Pare de acreditar na mãe Dinah!!!
Hahahahah
Nada como um dia após o outro!!!

edcarlos
edcarlos
2 anos atrás

Amigos, se a aeronave não tivesse mais condições de voo. No haveria condições de retomar o controle da mesma durante o incidente. Ou seja, seria uma tragédia inevitável.

Saudações!

Caerthal
Caerthal
2 anos atrás

KC390 BRUTUS. A Embraer já está com o aparelho a quase 1 mês, deve ter sido tempo suficiente para fazer uma análise detalhada da estrutura. Aparentemente eles também já descobriram o que deu errado.

Kobáμca
Kobáμca
2 anos atrás

Sendo verdade, seria algo ipressionante!!! Devido as características do incidente, se voar, e quando voar, dará mais, mas muito mais moral para o projeto, para os engenheiros, e a Embraer!! Vou ficar na torcida para ver ele voar novamente!!!

Júnior P.
Júnior P.
2 anos atrás

Esse é macho! rsrsrsrs

Será muito bom para a imagem do projeto se esse aeroplano voltar ao vôo após ter sobrevivido sem danos graves.
Att.

Aloisio Adib
Aloisio Adib
2 anos atrás

No rodapé abaixo,na tarja azul, há a informação de um acidente de um A400 Atlas que apresentou um problema. A diferença é que houve perda total da aeronave e mortes também… Os “do contra” fizeram uma tempestade aqui. Que falta de noção!…

camargoer
2 anos atrás

Olá Colegas. É provável que se este protótipo voltar a voar, “alguém” vai dizer que é mentira.. que a Embraer enterrou o No1 la em Gavião Peixoto e durante esse período, eles terminaram o No3 e pintaram PT-ZNF na fuselagem para enganar todo mundo. Vai até ter vídeo e fotos comparando o antes e o depois para provar que “a verdade está lá fora”. riso.

ALEXSANDRO OLIVEIRA
ALEXSANDRO OLIVEIRA
2 anos atrás

Isso demonstra a qualidade construtiva e robustez da aeronave. Tal acidente poderá ser, ao contrário do que muitos disseram, um novo elemento de venda para o equipamento. O que poderia ser um grande limão poderá se transformar em uma grande e saborosa limonada.

JT8D
JT8D
2 anos atrás

Já que não houve acidente, o avião está íntegro e a Embraer certamente já conhece as causas do incidente, sugiro aos catastrofistas que se preocupem com o acidente fatal do C 130J no Mississipi em julho

Victor Moraes
Victor Moraes
2 anos atrás

Eu nunca acreditei na mãe Diná, mas como eu acredito que a sorte e o futuro antes de tudo pertencem a Deus, é bom que se o agradeça. Por via das dúvidas, né… não custa nada… Eu agradeço a Deus pela vida dos bons brasileirinhos da Embraer, dedicados e que provavelmente gostam de arros com feijão. Então, sei lá… tenta aí…

luiz antonio
luiz antonio
2 anos atrás

Bem..afinal noticias do fabricante e …boas noticias.
Assunto encerrado. O Programa segue conforme planejado. Falar o que mais?
Saudações a todos

Nonato
Nonato
2 anos atrás

Ou não foi nada demais.
Ou foi mas não afetou tanto o avião.
E o mais importante: qual a causa?
Problema resolvido?
Então esse furo de matéria ontem no Airway é totalmente sem procedência?
Ou o equipamento se soltou mas não danificou muito?
Ou danificou bastante mas nada que umas partes novas de fuselagem ou um martelinho de ouro não resolva?

Roberto Messa
Roberto Messa
2 anos atrás

alguem sabe se a embraer contratou tecnicos estrangeiros com experiencia neste tipo de aviao p trabalhar no projeto do kc390?

Jr
Jr
2 anos atrás

Roberto, pelo que sei tem técnicos portugueses e tchecos nesse projeto, só não sei se eles participam só das partes da aeronave que correspondem a eles ou a todo o projeto

JT8D
JT8D
2 anos atrás

Jr 10 de novembro de 2017 at 22:19
Técnicos portugueses com certeza participam apenas das partes fabricadas em Portugal, porque os portugueses não tem qualquer experiência no projeto de cargueiros

Roberto Messa
Roberto Messa
2 anos atrás

sera q nenhum tecnico do projeto do kc390 tem experiencia em construcoes de avioes de transporte deste porte?

sequer consultorias experientes foram contratadas?

a embraer projetou o kc390 so pesquisando literatura?

JT8D
JT8D
2 anos atrás

Roberto Messa 10 de novembro de 2017 at 22:26
Qual a surpresa? A Embraer projetou os E-Jets sem nunca ter construído aviões desse porte

Caerthal
Caerthal
2 anos atrás

O KC-390 é uma experiência única para a Embraer, muito diferente dos aviões comerciais. A lógica manda que em um projeto assim inédito a margens de segurança do projeto sejam bem maiores (+fator de ignorância). Houve um post de uma tal engenheira que disse que os modelos de série virão com a empenagem traseira com peso bastante aliviado, provavelmente fruto dos testes e ensaios com os 2 modelos. Além da estrutura, trem de pouso e aerodinâmica nas distintas configurações de vôo acredito que o projeto da porta traseira com grande tamanho e requisito de estanqueidade (avão pressurizado) deve ter sido… Read more »

Baschera
Baschera
2 anos atrás

Fernando 10 de novembro de 2017 at 20:35 Baschera 8 de novembro de 2017 at 11:45 O PT-ZNF não voa mais. Deu PT. Soltou, inclusive, partes da fuselagem…e enrrugou tal qual um “croassant”. Carlos Alberto Soares 8 de novembro de 2017 at 14:36 “Baschera 8 de novembro de 2017 at 11:45 O PT-ZNF não voa mais. Deu PT. Soltou, inclusive, partes da fuselagem…e enrrugou tal qual um “croassant”.” Fonte ? Fotos ? Viu in loco ? Infomações da “Màe Dinah” meu amigo. Entendedores entenderão. Hahahahah Revise suas fontes Bashera!!! Pare de acreditar na mãe Dinah!!! Hahahahah Nada como um dia… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
2 anos atrás

EXCELENTE notícia!

Renan
Renan
2 anos atrás

Eu tenho medo de a Embraer querer provar algo e neglegenciar pequenas fadigas. As veses ainda desconhecidas. E por em risco a imagem desta formidavel aeronave. Por favor engenheiro da Embraer sejão medrosos e façam o modelo voar. Mas não o submeta a extress. Tenho certeza que vai ter um milhão de testes a se fazer com o mesmo sem forçar ao seus limites extruturais. Use o outro modelo como num filme este é o galã e em cenas de risco chama o duble. Terá utilidade nas feiras e demonstrações. E se for “suar” chama o duble. Abraços.

JT8D
JT8D
2 anos atrás

Renan 10 de novembro de 2017 at 23:15
Não tenha medo, eles são profissionais, não entusiastas

Leandro Costa
Leandro Costa
2 anos atrás

JT8D, essa foi provavelmente a melhor resposta que eu já li aqui.

São profissionais, fazem excelentes produtos. Erros acontecem com todos, mas confio cegamente na qualidade dos produtos da EMBRAER e seu pessoal.

Aerococus
Aerococus
2 anos atrás

“Não tenha medo, eles são profissionais, não entusiastas”

Aplausos!

Baschera
Baschera
2 anos atrás

Luiz Fernando 10 de novembro de 2017 at 20:35 Baschera 8 de novembro de 2017 at 11:45 “Amigo”, Ninguém espera ou esperaria que a “perfeccionista” EMB dissesse outra coisa . Primeiro ela negou danos ou avarias. Depois não negou danos em matéria do G1 veiculada ontem. Vai voltar à voar ?? Ótimo. Não sou agourento e nem contra o projeto. Mas veremos em que condições. Veremos se se trata genuinamente da mesma célula PT-ZNF ou se trata de outra com o mesmo prefixo. Eu soube de várias avarias. Nas asas principalmente nas longarinas. A da cauda então virou um “oito”.… Read more »

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás
Antonio de Sampaio
Antonio de Sampaio
2 anos atrás

Renan 10 de novembro de 2017 at 23:15
Apoiado. Totalmente de acordo.

camargoer
2 anos atrás

Riso. E não é que o Baschera já sugeriu que vão trocar o avião e manter o prefixo? Riso. Pelo menos poderia ter mencionado meu comentário anterior (10 de novembro de 2017 at 21:43). Não é?

RicardoFerreomodelismo
RicardoFerreomodelismo
2 anos atrás

Baschera 10 de novembro de 2017 at 23:38 “Eu soube de várias avarias. Nas asas principalmente nas longarinas. A da cauda então virou um oito. A tampa de cobertura de um dos trens de pouso foi achada na área rural de SJC.” . “Amigo”, está sabendo realmente de tudo … Se for aeroporto, SJC fica na Califórnia …. San José … Se for cidade, São José dos Campos, o avião estava na região de Gavião Peixoto … então a coisa foi “braba”: essa cobertura desse trem de pouso realmente foi parar bem longe, mais de 300 km … . Melhor… Read more »

JT8D
JT8D
2 anos atrás

Baschera 10 de novembro de 2017 at 23:38
Caramba Baschera, as forças G devem ter sido mesmo terríveis para a tampa do trem de pouso ter sido achada na zona rural de SJC, sendo que o voo foi em Gavião Peixoto …

Alex
Alex
2 anos atrás

Com investimento adequado e vontade politica para tal, em quanto tempo poderíamos fazer um caça de superioridade aérea com o mesmo nível para esta categoria que o KC-390 tem para a categoria de aviões-cargueiros? Mesmo q o motor e mais alguma coisa de eletronica/armas não fossem nacionais. Duas décadas de pesquisa e trabalho? É possivel isso vir através do programa dos Gripen?

Luiz Fernando
Luiz Fernando
2 anos atrás

Bashera… Nem uma palavra do teu post é verdade… Mas segue a vida… Cada um acredita no que quer… Cada um faz o post que quer.
Agora essa de trocar a matrícula… Não seja ridículo… Asa torceu? Cauda virou um 8???
Hahahahah
Nunca vi tanta besteira num único post!!!

Plamber
Plamber
2 anos atrás

@Roberto Messa Não sei se houve ou não assistência estrangeira, mas qual seria a surpresa se não houvesse? O KC-390 não é o primeiro avião que a EMBRAER constrói, ela não é iniciante, e todo o aprendizado e expertise angariados em outros projetos foram usados como base no do KC. E hoje em dia tudo fica mais “fácil” com as avançadas simulações por computador. @Jr @JT8D Portugal, República Checa e Argentina não participam do desenvolvimento do projeto, apenas da fabricação das partes do avião. O que eles produzem são apenas encomendas que seguem à risca o projeto original da fabricante,… Read more »

ederjoner
2 anos atrás

JT8D 11 de novembro de 2017 at 0:30 Não precisar ser força G em excesso, já foi comentado que existe a grande possibilidade dos pilotos terem aberto o trem de pouso para “sujar” aero dinamicamente a aeronave, com o intuito de diminuir a velocidade, fazendo-os atuar como speed-breaks, (freios aerodinâmicos), já que temos fortes indicativos de que a aeronave pode ter stolado e descido, mesmo com a cabine apontada para cima (não sei o termo correto para esta posição da aeronave!!!). Geralmente o trem de pouso deve ser recolhido após certa velocidade, e baixado somente após estar abaixo esta, ou… Read more »

Adalberto Hermes
Adalberto Hermes
2 anos atrás

O KC-390 certamente não é feito para as manobras fora do envelope , que ele inadivertidamente realizou, seja lá qual for a causa. Ele despencou de 20 para 2 mil, a uma razão – segundo cálculos do Flight Radar 24 – , a (!!) -36.500 fpm, então é óbvio pensar que alguma coisa enrugou ou se soltou da estrutura da aeronave, quando ela estava em mergulho, logo depois de ter entrado em atitude anormal, até a recuperação do mergulho. Pensem nas forças brutais que a tripulação sofreu, e impetrou à aeronave, para que ela saísse de uma situação que ela… Read more »

Humberto
Humberto
2 anos atrás

Pessoal, Vejo muito sangue nos olhos das pessoas, não sei se é inveja por não ter fontes ou conhecimento, ingenuidade ou simplesmente bostar (sim com b) qualquer coisa para tentar se mostrar, não sei. Acho importante estudar e pesquisar, com o tempo aprendemos o que está certo e conhecemos pessoas que sao do meio. Sem querer defender mas defendendo o Baschera afirmo que ele sabia que o KC ia voltar bem antes desta reportagem sair, sei disto pois participo de um grupo onde esta noticia foi divulgada e o Baschera está la. Muita gente (ex militares mas ainda fontados) estão… Read more »

Luiz Fernando
Luiz Fernando
2 anos atrás

O que agrega postar inverdades?

Matheus
Matheus
2 anos atrás

Esse protótipo voltando a voar, a EMBRAER devia fazer um documentário estilo History Channel.

Luiz Fernando
Luiz Fernando
2 anos atrás

Uma coisa é tentar achar uma explicação para o fato… É conjecturar sobre as causas… Tudo fica no campo das especulações pois ninguém aqui tem as tais fontes mágicas. Mas tá valendo, faz parte das discussões. Agora afirmar que o avião teve a longarina entortada, que enrugou a fuselagem, que a cauda virou um oito. Isso é mentira… Ainda mais afirmando que tem fonte poderosa e coisa e tal… A empresa fez um comunicado que deixou o tal comentarista “de joelhos”… Desmentindo o que ele disse… Bem feito… Aí… O que o cara faz…. Ao invés de admitir que estava… Read more »

Aerococus
Aerococus
2 anos atrás

Olá pessoal,

Falando em voo fora do envelope de fator de carga com “final feliz”, segue esse caso de um 747 da Air China:
https://en.m.wikipedia.org/wiki/China_Airlines_Flight_006

Abraço,

Alex Nogueira
Alex Nogueira
2 anos atrás

Ainda bem que o protótipo sobreviveu e a tripulação também, também sou a favor de que não utilizem mais o protótipo para testes pesados, e espero que seja reconstruido em todas as partes que de algum modo possa ter sido danificado. Troquem as longarinas, troquem fuselagem e o deixe servir para testes estáticos.
E que a Embraer construa um novo avião para ser entregue a FAB no lugar desse.

Antonio de Sampaio
Antonio de Sampaio
2 anos atrás

Eles não gostaram do que leram aqui, ficaram contrariados porque seus desejos não foram consumados – alguns chegavam a exigir “explicações” da Embraer – então só tiveram como opção ir para a postagem dos F-5 agressores, e por lá aproveitaram para fazer o que mais gostam e sabem, mesmo que nada tenha a ver com a postagem em si.
Este KC-390 voltar a voar foi uma tremenda má notícia pra eles.

Aerococus
Aerococus
2 anos atrás

Luiz Fernando 11 de novembro de 2017 at 8:54

Pois é Luís Fernando,

Quando os argumentos acabam ou simplesmente inexistem, sobra a retórica que apela para teorias da conspiração esquizofrênicas: foristas infiltrados, serviço secreto, inteligência militar, vazamentos seletivos, extra-terrestres, Elvis-não-morreu, e por aí vai…
É de dar vergonha alheia.

Bom, boa sorte aos colegas da Embraer e ao KC390. Que venha o IOC!

José Lemos filho
2 anos atrás

VIDA LONGA AO KC390!!! Mesmo se este protótipo vier a ser condenado, o seu sacrifício terá valido a pena, porque, os demais,terão uma qualidade fabulosa e uma sobrevida que so o tempo dirar. Parabéns aos pilotos e técnicos e engenheiros que estavam no voou do incidente, vcs demonstram uma capacidade proficional de verdadeira excelência. Embraer e funcionarios meus sinceros votos de sucessos. QUE DEUS ABENÇOE À PÁTRIA. Orgulhamos de vcs.

camargoer
2 anos atrás

Olá Aerococus. Segundo Grouxo Marx, “inteligência militar é uma contradição nos termos”. Riso. Esta mesma frase é usada no filme pelo comandante do submarino americano que está no encalço do “Outubro Vermelho”. Um grande abraço.

JT8D
JT8D
2 anos atrás

ederjoner 11 de novembro de 2017 at 6:59
edjoner, vc não entendeu meu comentário. Ele não tinha nada a ver com aerodinâmica e sim com geografia. Você sabe qual é a distância entre Gavião Peixoto e São Jos´s dos Campos? Como uma peça cai do céu sobre Gavião Peixoto e vai ser achada em SJC, a uns 400 km de distância?

Delfim Sobreira
Delfim Sobreira
2 anos atrás

Já li aqui vários argumentos contra… que a Embraer não conseguiria… que não teria compradores… que Israel não se interessou… que a LM sabotaria… quanta coisa.

Só concordo que uma associação com um fabricante forte, como a Boeing, pode alavancar as vendas.