Home Aviação de Caça Equipamento de comunicação do Sukhoi Su-57 deve estar pronto em 2017

Equipamento de comunicação do Sukhoi Su-57 deve estar pronto em 2017

5261
49
Sukhoi Su-57

MOSCOU, 16 de agosto. / TASS /. Os testes de certificação do sistema de comunicação S-111 para o caça de quinta geração Sukhoi 57 (PAK FA) acabarão no final deste ano, disse na quarta-feira um porta-voz da holding Roselektronika.

“O S-111 fornece comunicação de rádio e troca de dados criptografados entre várias aeronaves e também centros de comando (terrestre e marítimo e aéreo). Seu alcance efetivo de operação é de até 1.500 quilômetros”, disse o funcionário. “A confiabilidade do sistema é garantida pela redundância múltipla das principais funções e soluções técnicas de ponta, bem como uma ampla gama de canais de rádio”.

O S-111 é capaz de transmitir uma grande quantidade de informações através de canais de rádio de comprimento de onda centimétrica dentro de um grupo de planos.

O sistema baseia-se no princípio modular, que permite aumentar o número de canais e a gama de funções executadas e pode ser usado em qualquer aeronave, incluindo helicópteros Ka-52 Alligator, Mi-28NM, Ka-50, PSV, aviões militares de transporte (Ilyushin-76, Ilyushin-112, Antonov-124, PAK VTA), aviões a jato e aviões de linha de frente (T-50, MiG-31, Sukhoi-34), aviões de longo alcance (Tupolev-22M3M, Tupolev- 160M, PAK DA) e drones.

O PAK FA (T-50) realizou seu primeiro voo em 2010. Inicialmente, foi anunciado que os trabalhos de pesquisa e desenvolvimento deveriam ser concluídos em 2019 e os primeiros aviões providenciados para as forças armadas imediatamente depois disso.

O chefe da United Aircraft Corporation, Yuri Slyusar, disse que o primeiro lote consistiria em 12 aviões. Em agosto, o comandante da Força Aeroespacial da Rússia, coronel general Viktor Bondarev, disse que o T-50 da quinta geração tinha sido renomeado para Sukhoi Su-57.

FONTE: TASS

49
Deixe um comentário

avatar
49 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
30 Comment authors
teropodeCarlos Alberto SoaresDSCcostamarquesRinaldo Nery Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Edmilson Sanches
Visitante
Edmilson Sanches

Aguardando o mimimi da torcida organizada do Tio Sam.

Nonato
Visitante
Nonato

O que é certificação? Quem define os parâmetros ou quantidade e tipos de testes realizados? No caso do kc390, por exemplo. Voar meia hora com apenas um motor ligado, realizado uma única vez, garante/certifica que é capaz de realizar, de forma segura e confiável tal procedimento? Ou decolar uma única vez de uma pista em local com temperatura bastante baixa, tipo Antártida, seria suficiente? Como realizar testes em situações extremas mas sem extrapolar os limites? Tipo decolar com carga máxima de uma pista muito curta. Ou eles fazem vários testes e em cima do comprimento mínimo de pista colocam uma… Read more »

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

Esse mandará nos céus sem dúvidas.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Vai ser usado para avisar à base que foram detectados facilmente graças aos mega-super-ultra-potentes motores em pós combustão e com a assinatura térmica de uma baleia no cio. Mas fora isso, acho que o avião deve ser decente.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Nonato, o órgão certificador aeronáutico no Brasil chama-se IFI (Instituto de Fomento e Coordenação Industrial ), localizado no CTA, em São José dos Campos. Possui uma Divisão de Homologação Militar (FHM) e uma Divisão de Homologação Civil (FHC). A certificação civil obedece aos regulamentos FAA, JAA ou RBAC (são todos semelhantes). A certificação militar obedece às normas MIL, redigidas pelo Departamento de Defesa norte americano. Estão todas disponíveis na rede. Tem norma MIL pra tudo, até pra luva de vôo. Nelas estão definidos todos os parâmetros para s suas perguntas. No Brasil, a certificação civil é regulada pela ANAC, com… Read more »

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Certificação é provar que a aeronave ou equipamento cumpre os requisitos previstos nas normas, sejam civis ou militares.

Antônio de Sampaio
Visitante
Antônio de Sampaio

Difícil imaginar que tenha o refinamento tecnológico do F-22, digo em termos de materiais usados na construção e na eletrônica embarcada, aviônica e tudo mais.
Mas se a sua taxa de perda estimada em combate, for de 3 desses para um F-22, já estará no lucro.
Esses motores despidos e enormes bocais de escape sem tratamento algum, são quase uma religião para os caças russos, todos têm.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Antônio, esses não serão os motores definitivos dele. Os motores definitivos estão em desenvolvimento, e sabe-se lá exatamente quando estarão operacionais, mas li em algum lugar que as estimativas iniciais são para coisa de 2020 ou depois disso. Até lá vão ter que usar esses aí, sem qualquer tratamento de redução de assinatura IR.

hammadjr
Visitante
hammadjr

Se for aprova do baidu então é confiavel mas ao que parece a rede de Phantsir supre a entrega do bichano

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

Não entendo tanto investimento e tecnologia para uma formiga no radar continuar sendo um elefante no infravermelho.
Desse jeito, qualquer Python 5 detona essa beleza quase que no BVR.
Duvido muito que a futura motorização seja a solução do problema. Pelo jeito, ele só servirá para o BVR. Atirar de longe e bater em retirada o mais rápido possível. Daí falam do F-35 e veneram a inútil hipermanobrabilidade do Su-57.

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

Não entendo tanto investimento e tecnologia para uma formiga no radar continuar sendo um elefante no infravermelho.
Desse jeito, qualquer Python 5 detona essa beleza quase que no BVR.
Duvido muito que a futura motorização seja a solução do problema. Pelo jeito, ele só servirá para o BVR. Atirar de longe e bater em retirada o mais rápido possível. Daí falam do F-35 e veneram a inútil hipermanobrabilidade do Su-57…

Camillo Abinader
Visitante
Camillo Abinader

Muito bonito esse avião russo, e sabendo a tradição russa não duvido que será um “matador” nos céus, por isso que digo que os EUA não tem chance, na guerra fria enfrentaram uma superpotência, agora são duas, China e Rússia, inclusive acho que a Rússia de hj é mais forte que a antiga URSS

johnwolque
Visitante
johnwolque

pergunta de leiigo, aquele rabinho no traseiro seria um radar pra detectar ameaças vindas por trás igual aos SUs 30/34/35 inclusive podendo lançar misseis pra tras?

Johan
Visitante
Johan

Os motores não estão despidos, trata-se de uma carenagem metalica com uma cobertura cerâmica. Antes que alguém já venha alegando que estou afirmando que o avião do jeito que está é imune a detecção por IR, não, eu não estou defendendo, apenas passando o que de fato é aquela parte da aeronave onde de fato estão alojados e não propriamente os motores.

Nonato
Visitante
Nonato

Muito obrigado, Rinaldo Neri.
Mas puder detalhar alguma coisa para nós.
Vou tentar dar uma olhada depois, mas deve ser só coisa muito técnica.
Lhe pergunto: o fato de passar numa certificação, garante a qualidade ou é só um requisito mínimo.
Por exemplo, quase todos os dias surgem notícias de defeitos nos f35, os quais, se não me engano, já foram certificados,se eu não estiver equivocado.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

O Forte está sob ataque ? Tem uns tres dias que tenho dificuldades para entrar…

igortepe
Visitante
igortepe

O S-111 fornece comunicação de rádio e troca de dados criptografados entre várias aeronaves e também centros de comando (terrestre e marítimo e aéreo)
Copiaram ou compraram a tecnologia da SAAB?

Daniel
Visitante
Daniel

Sem dúvida o melhor do mundo quando entrar em operação.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Não, Nonato. Certificação não garante qualidade. Para alguns componentes são exigidos MTBF (Mean Time Between Failure) mínimo, mas isso não garante qualidade.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Igoterpe, essa tecnologia não é da SAAB. Todas as FA de Primeiro mundo empregam data link. A tecnologia sueca, conforme dizem, é uma das melhores. Mas o Link 16 norte americano não fica atrás. Ingenuidade achar que russo e chinês não entendem de data link.

Sergio Luis
Visitante
Sergio Luis

O problema desse SU 57 esta nos gigantescos bocais de exaustão expostos! Imagino que com remotorização serão cobertos!
Desse jeito até um F5 acha ele!

Michel Lineker
Visitante
Michel Lineker

Pra quem acha a assinatura térmica do Cy-57 grande da uma olhada aqui:

http://www.aereo.jor.br/2016/08/12/a-grande-assinatura-termica-do-f-35/

ScudB
Visitante
ScudB

Bom, na realidade a coisa não é nova para eles. Ate então era usado APD-518 (Mig-31,Su-27,Mig-28 e A-50) com sistemas Lasur, Peleng-D , Sau-155 e K-DLAE. Lembro que 31s “falavam” entre si e seguravam ate 900km de frente com 4 maquinas somente. Todo naipe dava 200km (min) de link. Hoje com S-111 estamos vendo uma reencarnação de APD-518 no formato digital com low-burst, LPI , banda larga e velocidade de link de 34Mbit/s e 1500km de raio de comunicação. Basicamente S-111 é o mesmo S-403-1 do Aligador (Ka-52) que usa este sistema ha mais de 5 anos , salvo engano.Por… Read more »

Jonas Silva
Visitante
Jonas Silva

Essa tranqueira é um Flanker esticado.
Serve pra propaganda ideológica e, como o irmão mais velho, irá se esconder dos caças ocidentais só pra aflorar o imaginário daqueles que têm inveja ou raiva do Tio Sam.
Aposto que até o Gripen coloca esse lada soviético no chão.

ScudB
Visitante
ScudB

So para informação : o Lada(Fiat) era um projeto italiano. Depois – francês. E agora – sueco 🙂 ..

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

comment image

Gonçalo Jr.
Visitante
Gonçalo Jr.

Fla-Flu again…

Bruno V. Campestrini
Visitante
Bruno V. Campestrini

Realmente não consigo entender o fla-flu que o SU-57 causa aqui no PA, de um lado americanófilos que acham que nada que vem da Rússia presta, do outro russófilos que acham que o SU-57 é a última bolacha do pacote, sendo que todas as informações apontam para algo diferente. Vai entender esse povo

Antonio de Sampaio
Visitante
Antonio de Sampaio

Jota no ar, chegando agora em São Paulo.

teropode
Visitante

Vejam so na enrascada que a India vai entrar , a China produzindo J 20 e ja com o protótipo de seu bombardeiro sthealt pronto , mas a India enciste com algo que so vai voar (sendo hiper otimista) na segunda metade da proxima decada , a India deveriua sair deste atoleiro e comprar mais uns 120 Rafales , eh muito perigoso pensarem em defesa area em longo prazo , a CHINA em 10 anos vai atropelar” todo mundo”.

Joli Le Chat
Visitante
Joli Le Chat

Sr. Nery, há uma década o IFI não se envolve mais com certificação civil.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Não? Quem bom então. A ANAC assumiu tudo? Só não imagino como, visto a “expertise” dos concursados.

Walfrido Strobel
Visitante

Desde 20 de março de 2006, é a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), que possui uma área especialmente destinada para tratar do assunto, chamada de Gerência-Geral de Certificação de Produtos Aeronáuticos, e que está sediada na cidade de São José dos Campos. Anteriormente, estava a cargo do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI), através da antiga Divisão de Certificação de Aviação Civil (CAvC).Wikipedia

Walfrido Strobel
Visitante

Os dois principais responsáveis pela certificação da ANAC são dois descendentes de Japoneses. . Mario Igawa: Chefe da Gerencia Geral de Certificação ANAC Possui graduação em Engenharia de Mecânica Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica(1988) Mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal Fluminense . Nelson Eisaku Nagamine Possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1994). Especialização em Homologação Aeronáutica em 2003 pelo ITA/IFI, e em Gestão da Aviação Civil pela UnB. É servidor efetivo e especialista em regulação da ANAC, ocupando atualmente o cargo de Gerente de Engenharia de Produto. Tem experiência na… Read more »

Karl Bonfim
Visitante
Karl Bonfim

Estamos em 2017, lá por volta de 2030 a 2040 esses aviões de 5ª geração já devem estar disseminados pela maioria das forças aéreas do mundo, suas complexas tecnologias já devem estar completamente dominada, aperfeiçoada e mais importante barateada. Muito provavelmente americanos, chineses e russos devem estar pensando ou planejando aviões de 6ª geração. E o Brasil? Vai ficar parado no gripen ng? A SAAB não tinha um projeto de um espécie de gripen de 5ª geração monomotor? A EMBRAER já tem cacife para participar de uma empreitada dessas (eu acho).
http://www.aereo.jor.br/2013/09/17/saab-mira-na-asia-para-desenvolver-novo-caca-furtivo-fs-2020/

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

O Brasileiro não tem uma força aérea decente, não produz nenhum caça de ponta, nem governo tem e tem gente que fica criticando a conquista de outros países, seria dor de cotovelo?

Leonardo zene neves
Visitante
Leonardo zene neves

O nono protótipo do Su-57 tem cobertura nas turbinas para diminuir a assinatura térmica , mas alguns insistem em dizer que as turbinas dele são expostas .

Joli Le Chat
Visitante
Joli Le Chat

Sr. Nery, antes de tentar falar mal da nova realidade, cumpre-me lembrar ao senhor que todos os projetos da Embraer após o Phenom 100 foram certificados pela ANAC. Todinhos. Até o KC-390 está recebendo uma certificação da ANAC. Isso sem falar dos projetos estrangeiros que foram certificados no Brasil. Então, fatos à mesa, parece que a expertise dos concursados está bem adequada. A transferência de capacidade do IFI para a ANAC foi bem feita, com problemas localizados e adequadamente resolvidos. O senhor pode verificar isso com seus colegas do IFI, alguns dos quais não tiveram a “expertise” para passar no… Read more »

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Hum, Sr Joli. O senhor é da ANAC? Parece que a crítica doeu. Tive companheiro de turma, piloto de ensaios formado pelo GEEV, que foi Diretor do IFI. Que bom que a parte de certificação está funcionando a contento, porque a ANAC é o DETRAN do ar. Pelo menos a certificação. Fiz o curso de examinador credenciado em 2013 (eu fui INSPAC, mas disseram que o que DAC fez não valia nada…), e tive aula com ENGENHEIRO ELÉTRICO.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

E, pelo que o senhor disse, a certificação da ANAC é cria do IFI. E o ITA é da FAB.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Corrigindo: pelo menos a certificação civil parece estar funcionando. Bom para o País.

costamarques
Visitante
costamarques

Todos os avanços do 5 geração chines vem da Russia, aposto que dos motores aos misseis.

DSC
Visitante
DSC

Leonardo zene neves Oi?!! O nono protótipo do PAK FA não tem “cobertura” nenhuma nos motores com tratamento para a assinatura térmica. O nono protótipo apenas tem um metal/revestimento pintado da mesma cor que o resto da aeronave ao contrário da maior parte dos protótipos. O “shape”, ou seja o design e a forma da parte inferior da aeronave continuam os mesmos e não ajuda à furtividade. Nessa parte inferior da aeronave, a curva dos motores, o “cilindro” deles é pouco fluído, muito acentuado e cria “corner reflector’s” no ponto em que essa superfície encontra a fuselagem/asa, o que é… Read more »

teropode
Visitante

Todos os avanços dos 5 geraçao chineses vem da Russia ? Isso eh piada ? A China ja esta testando drones sthealts , produzindo 2 caças sthealts e ja possuem um prototipo de Bombardeiro sthealt e os caras vem dizer que vem da Russia este conhecimento ? Ja perdeu a aposta ,assim como a Russia perdeu um grande comprador de armas , alias dois pois a India reduziu a dependencia de tranqueiras !

teropode
Visitante

O SU-57 esta para um quinta geraçao genuina, assim como o apresuntado esta para o presunto e assim como o queijo tipo mussarela esta para a mussarela genuina feita com leite de bubalinos ! Ou seja : Um churrasco de carne de gato !

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Camillo Abinader 19 de agosto de 2017 at 9:51 “….inclusive acho que a Rússia de hj é mais forte que a antiga URSS” Qual sua base ou raciocínio para essa conclusão ? _____________________________________ “Space Jockey 19 de agosto de 2017 at 13:16 O Forte está sob ataque ? Tem uns tres dias que tenho dificuldades para entrar…” Continua, é ataque por saturação. ________________________________________ Daniel 19 de agosto de 2017 at 17:34 Baseado em quê ? ________________________________________ Jonas Silva 19 de agosto de 2017 at 19:01 “Aposto que até o Gripen coloca esse lada soviético no chão.” Baseado em quê ?… Read more »

teropode
Visitante

Carlos albertosoares :TODOS os AVANÇOS DA QUINTA GERAÇAO CHINES VEM DA RUSSIA ? “TODOS” foi a trucagem , ja em relaçao aos fumaceiros , ja ja a China troca aquelas porqueiras !

teropode
Visitante

Cada novo arrebite colocado eh um festeiro dos diabos na Russia , vira manchete ateh as variaçoes da cor azul calcinha , os Russos repetem tanto a mentira de que o SU57 eh sthealt, que eles vao acabar acreditando nisto ,kkkkkkkk