Home Concorrências Internacionais Basler BT-67 ‘gunship’ para as Filipinas

Basler BT-67 ‘gunship’ para as Filipinas

4490
34

basler-bt-67-gunship

O Jane’s noticiou que a empresa americana Basler Turbo Conversions está oferecendo seu avião “gunship” BT-64 para as Filipinas já que o país procura um substituto para os seus velhos Rockwell OV-10 Bronco.

O BT-67 é essencialmente uma conversão turboélice do velho Douglas DC-3 Dakota equipado com sistemas atualizados, tais como aviônicos digitais, um cockpit de visão noturna compatível com night vision goggles (NVG), radar meteorológico, e um sensor infravermelho (FLIR). Ele está sendo oferecido como uma plataforma multifunção que não só desempenha o papel de ataque ao solo do OV-10, mas também pode cumprir os requisitos de transporte, vigilância, evacuação aeromédica, e de patrulha marítima da Força Aérea Filipina (PAF).

De acordo com a Basler Turbo, o BT-67 oferece uma configuração flexível, dependendo da missão, capacidade de decolagem e aterragem curta em pistas não preparadas (STOL), fácil acesso a peças e vulnerabilidade reduzida à sistemas de defesa antiaérea portáteis (MANPADS), por conta das aberturas de escape dos motores Pratt & Whitney Canada PT6A-67R serem inclinados sobre as asas.

bt-67

O BT-67 baseia-se, sem dúvida, na fuselagem mais comprovada na história da aviação, com o DC-3 entrado em serviço originalmente em meados da década de 1930. As especificações de desempenho para a variante turboélice da Basler dão-lhe capacidade para voar com 4.500 kg de carga a mais de 650 milhas náuticas (ou 1.200 kg a mais de 1.875 milhas náuticas com tanques de longo alcance, e um volume de cabine 35 metros cúbicos. O avião tem uma velocidade de cruzeiro de 210 nós e um teto de 13.000 pés serviço.

AC-47T Fantasma da Colômbia
AC-47T Fantasma da Colômbia

Já em uso pelas forças aéreas da Colômbia (gunship), El Salvador (transporte), Guatemala (transporte), Mali (transporte), Mauritânia (vigilância), Tailândia (investigação científica) e pelo Departamento de Estado dos EUA (transporte e vigilância), as entregas para as Filipinas poderiam começar um ano após a assinatura do contrato.

O governo das Filipinas está definido para relançar o seu programa de substituição do OV-10 Bronco com uma nova solicitação de propostas (RFP) a ser emitida nos próximos meses.

bt-67-cockpit
BT-67 cockpit
Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Tem coisa errada nessa matéria, nem participou das anteriores.
http://www.aereo.jor.br/2016/10/06/super-tucano-e-o-favorito-em-concorrencia-nas-filipinas/

João Bosco
João Bosco
3 anos atrás

Lata Velha armada. É como se pegasse um fusca e colocasse nele um motor com turbo compressor.

Marcos
Marcos
3 anos atrás

Putz!
Vamos poder comprar todos os T-6 do Mundo, instalar uma turbina P&W, colocar o painel fodástico que equipará o Gripen _ questão de padronização na FAB – e assentos ejetores do tipo O/O,

Tamandaré
Tamandaré
3 anos atrás

Me parece uma péssima opção! E essa fuselagem aí é velha mesmo, só retrofitada? Vai vir de onde?
.
Boa noite a todos! 🙂

Petardo
Petardo
3 anos atrás

Qual é valor de um desses comparado ao ST. Ao que está indicado no texto o avião cumpre as mesmas funções que os filipinos querem é um pouco mais. Basta saber o quanto custa para comprar e especialmente observar quesitos como custo de operação e tempo de vida útil. Isso pode desequilibrar a nosso favor caso esse aviso seja considerado.

Maria do Carmo Lacoste
Maria do Carmo Lacoste
3 anos atrás

Nas imagens do tal “Fantasma” da Colômbia, eu só vi metralhadores 12,7 instalada, não sei se era equipado com algo mais pesado, e mesmo assim era altamente temido pelas FARCs. Me parece que este tem um 20 e um 30 mm, bem mais armado. Para fustigar desordeiros armados e bandoleiros é mais do que suficiente. Achei as especificações dele bastante modestas. Me ocorreu que o KC-390 poderá ser adaptado para este trabalho, uma 20 e uma 30, e um 105, ou mesmo duas 30 mm, vai fazer miséria. Pode bater um ponto específico ou praticar uma operação de inquietação, cobrindo… Read more »

DaGuerra
DaGuerra
3 anos atrás

Tem um velhinho desses em frente ao CFSOL/8BIS, Tabatinga AM. Quem sabe o Exército não pense em ter uma Artilharia aeromóvel para as Brigadas de Selva?Poderia equipar com um obuseiro 105 mm e canhões rotativos tipo Getling? Maior tempo de permanência sobre o campo de Batalha e capacidade de despejar fogo pesado com mais intensidade seriam a vantagem?

SO
SO
3 anos atrás

Alguem comparou com o ST

O ST leva carga e resgate aeromedico onde ?

Nos cabides ?

Sepol Olecram

Guilherme
Guilherme
3 anos atrás

Somente o cockipt apresentado no final da matéria, com toda certeza não é do BT-67 cockpit. É um cockpit do P3.

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Esqueçam, não atende ao RFP !

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
3 anos atrás

Guilherme, e do BT-47 sim. O P-3 e quadrimotor!! Quantos marcadores e manetes você está vendo na foto. E os pára-brisas ???

zorannn
3 anos atrás

Estão achando defeito em uma aeronave de 80 anos que ainda voa? E cumpre missões?
.
Parei…
.
Quero ver lá pra 2050 termos algum brasilia ou bandeirante voando. E é capaz de ainda haver DC-3…..
.
Esta aeronave é linda!

Petardo
Petardo
3 anos atrás

SO 18 de outubro de 2016 at 19:27
Sempre tem um tonto que não lê as coisas ou xinga sem saber do contexto. O ST está participando da concorrência para um avião de interdição em campo de batalha. Assim sendo, o tonto é você.

Petardo
Petardo
3 anos atrás

Aliás, lá nas Filipinas ninguém pediu um cargueiro ou um avião com capacidade de evacuação aeromédica. Assim sendo, só vejo desvantagens nessa aeronave.

Delfim Sobreira
Delfim Sobreira
3 anos atrás

Em teoria uma ótima aeronave pra COIN e carga, na prática um belo alvo pra MANPADS.

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
3 anos atrás

Não! Eu não consigo. Imaginar,desculpa “4 KC-390 armados assim batendo Mossul durante a noite”Eu só consigo imagina-lo com poltronas de primeira classe, caviar,pau de pole dance,banheira de hidromassagem,pista de dança e serviço de bordo lá no GTE.

João Augusto
3 anos atrás

KC-390 com “pau de pole dance”.
HAEUHAEUAEHUAEHAEUAHEUHEAUAEHAEUAEHAEUHAUEHAUHAUEHAEUHAEUH

Renato B.
Renato B.
3 anos atrás

Eu pensei na mesma coisa que o Delfim. Com armas desse calibre ele teria de se aproximar demais. E não me parece muito bom para esquivar de um MANPAD. Imagino que por isso que os Americanos preferiram equipar Hercules e usar armas maiores, com bons sensores dá para atirar de longe.

kfir
kfir
3 anos atrás

Sinceramente não serve para a Filipinas nada que não tenha capacidade de carregar torpedos e misseis anti navio, pelo menos uns 4 e radar apropriado, não que vá usar, mas pelo menos causar preocupação nos chinas…
.
.
Alguém sabe de consultas pelo harpoon ou Brahmos?
.
CURIOSIDADE.. a Embraer não poderia ter uma plataforma de patrulha maritima ?

kfir
kfir
3 anos atrás

é esta a solução para as Filipinas
https://www.youtube.com/watch?v=ZPLzMwUh2_c

Maria do Carmo Lacoste
Maria do Carmo Lacoste
3 anos atrás

Essa proposta não é séria, e nem acho que as Filipinas estão interessadas nisso. Esse aparato não pode transportar e atirar com nada além de um 30 mm, e com restrições, sua autonomia é baixa para esse tipo de missão, é lento, tem pouca capacidade de carregar peso em forma de munição, como se lê na matéria, enfim, se isso fosse sério, as Filipinas poderiam buscar o C-295 artilhado, bem melhor, ainda que não carregue um 105 mm. Armar esse avião com um tubo de 105 mm seria suicídio, nas segunda ou terceira porretada ele se desintegraria com o recuo.… Read more »

Hawk
3 anos atrás

Isso parece aqueles “chefões” dos jogos antigos de fliperama como o 1943 ou 1941!
Alguém sabe porque a Lockheed não oferece AC130 para outros países?

Mauricio R.
3 anos atrás

“…está participando da concorrência para um avião de interdição em campo de batalha.”
.
Alguém pediu um F-15E; um Tornado IDS, ou um Su-34????
Ah não, é uma concorrência para uma aeronave de contra insurgeição!!!
.
No mais vão ver o que o “Fantasma” da FAC faz, e pra o que é que ele serve.

Mauricio R.
3 anos atrás

Comentário retido.

bosco123
3 anos atrás

Pela foto é uma metralhadora Gecal ponto 50 e um canhão de 20 mm.
Esse tipo de aeronave é para utilização noturna contra forças assimétricas que não têm radar de alerta e nem miras noturnas para mísseis manpads.
Nem os AC-130 são utilizados de dia.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
3 anos atrás

A concorrência não contempla essa aeronave, simples assim.
Estão discutindo um AVN que não faz parte do RFP. Kkkk

Armand Assante
Armand Assante
3 anos atrás

Cara Maria do Carmo Lacoste,

Há uma dúvida quanto ao fecho do seu pensamento: Robbie Williams é um cantor de baladas, meio esquisitão. Penso que se referia ao Robin Williams, ator de comédias, mas fora o “Bom Dia, Vietnã”, não me lembro de filme dele que tratasse de algo militar ou chegasse perto de um avião, mas como não vi todos os filmes do ora falecido…

Wellington Góes
Wellington Góes
3 anos atrás

Outro dia o BT-67 da FAC se acidentou. Fala-se que já estão a procura de um substituto. Mesmo com o BT-67, a FAC comprou o A-29, ou seja, um complementa o outro em missões COIN, mas no caso das Filipinas, o RFP foi para aeronaves do tipo do Super Tucano.

Aliás, a Jordânia e uma empresa dos EUA desenvolveram uma versão Gun Ship do C-235, que poderá ser estendido para os C-295. Ou seja, se resolverem optar por minis Gun Ship, podem optar por algo bem mais novo.

Mauricio R.
3 anos atrás

OFF TOPIC…, mas nem tanto!!!!
.
Olha só que está dando uns tecos, com armamento COIN…
.
“Under evaluation were Hydra-70 unguided 2.75 in rockets, the BAE Systems Advanced Precision Kill Weapon System, and Lockheed Martin AGM-114F Hellfire missile.”

“Weapons guidance was supported by the aircraft’s L-3 Wescam MX-15Di sensor and a ground-based laser designator, Textron says.”
.
(https://www.flightglobal.com/news/articles/pictures-scorpion-carries-out-weapons-testing-over-430565/)

Mauricio R.
3 anos atrás

OFF TOPIC…, mas nem tanto!!!! . Parcerias visando armar o C-295W, ganham folego: . “Additionally, Airbus Defence and Space signed an agreement at the Farnborough International Air Show in July with Turkish firm Rocketsan, covering the integration of the Cirit 70 mm air-to-surface semi-active laser-guided missile, the UMTAS long-range laser-guided anti-tank missile, and the Teber laser-guided bomb.” . “The Royal Jordanian Air Force signed a contract in June 2014 with Airbus and Orbital ATK to convert one of its C295 fleet into a gunship configuration, following the country’s conversion of two C235 aircraft into AC-235 gunships.” . “According to information… Read more »

Iväny Junior
3 anos atrás

Se der pra fazer um mini-spectre nesta plataforma fica ótimo. O C-130 é bem ostensivo nesse caso, pelo tamanho.
Em materia de COIN, localização de grupos de guerrilha, e até elementos avulsos de combate operando autônomamente, o spectre não tem rivais. Mas não os tem pelos seus equipamentos integrados.

Se der pra entregar neste… Aliás, a carta de operadores desse bicho só faz crescer.

https://en.wikipedia.org/wiki/Basler_BT-67

Delfim Sobreira
Delfim Sobreira
3 anos atrás

Não fiquem dando idéia, não deve faltar C-47 Brasil adentro, afinal a FAB foi a última operadora do C-47.

jORGE KNOLL
3 anos atrás

Gostei!

– Próprio para vigiar a nossa fronteira terrestre e a Amazônia, dificultando a entrada de armas e drogas.
Verdade que temos que melhor vigiar nossas fronteiras, e espaço aéreo, pois as quadrilhas estão cada vez mais sofisticadas.

Iväny Junior
3 anos atrás

Sobre o assunto

Um gunship espectre monstruoso pode ser feito no KC-390…