Home Noticiário Internacional Canhão do caça Sukhoi T-50 é testado na Rússia

Canhão do caça Sukhoi T-50 é testado na Rússia

5166
34

MOSCOU, 21 setembro – A empresa russa United Aircraft Corporation publicou um vídeo de um disparo de teste do canhão que será usado no caça Sukhoi T-50 de quinta geração.

O vídeo foi publicado na semana passada no canal YouTube da empresa.

Ele mostra o canhão NNPU-50 disparando numa área de testes perto de Moscou, informou a agência de notícias TASS.

A arma inclui um 9-A1-4071, um dos mais leves canhões desse tipo que pode disparar até 150 projéteis de 30 milímetros por surtida.

Esse canhão é uma versão atualizada do GSh-30-1 de 30 milímetros, canhão automático russo montado nos caças MiG-29, Su-27, Su-30, Su-33 e Su-35, bem como bombardeiros de linha de frente e aeronaves de pouso e decolagem vertical Yak-38, segundo a TASS.

O T-50 teve seu voo inaugural em 2010.

Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz
3 anos atrás

Embora alguns discordem, o canhão ainda tem sua utilidade em caças modernos. A missão de policiamento aéreo, por exemplo, é um dos usos modernos do canhão.

Alexandre Galante
3 anos atrás

Basta apenas um projétil desses de 30 mm para derrubar um caça ou avião inimigo.

trendgol
trendgol
3 anos atrás

Olha a Russofobia.

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Esses caras tem que estar com a caderneta de vacinação em dia, tétano !
Haja ferrugem (oxidação vermelha) em praticamente tudo.

trendgol
trendgol
3 anos atrás

Chora neném 👶

Edcarlos
Edcarlos
3 anos atrás

É um canhão revolver de concepção simples! O canhão do F-35A é algo muito mais complexo!

Saudações!

_RJ_
3 anos atrás

Edcarlos, TUDO no F-35 é excessivamente complexo (e nem por isso mais eficiente). Isso é um defeito, e não uma qualidade.

carcara_br
carcara_br
3 anos atrás

A questão aqui é a seguinte: Os russos certamente viram aqueles videos dos testes dos canhões do F-35 e resolveram mostrar o estilo russo kkkk. Pegaram uma carcaça velha moldaram no formato do T-50, soldaram o canham e mandaram bala, inacreditável! tiraram sarro do estilo arrumadinho do ocidente.

Space Jockey
Space Jockey
3 anos atrás

É como o Galante disse mesmo. Um único projétil desses disparado de 400m deve atravessar a fuselagem como papel, se explodir dentro pode lançar estilhaços ao piloto.Na ficção Roy Focker morreu em seu VF-1Valkyrie numa situação parecida. O canhão 25mm do F 35 por ser multicano deve ser bem mais pesado. O antecessor GSh 30-1 tem fama de ser extremamente preciso.A música parece com o solo de Evil Warning do Angra (se bem que estes pegavam trechos de musicas classicas).

HMS_TIRELESS
HMS_TIRELESS
3 anos atrás

Um canhão de respeito sem dúvida! Contudo, para a tarefa ar-ar me parece ser mais viável uma maior cadência de tiro. Assim eu fico com os GAU/12-22 e o M-61A1/A2 Vulcan ( esse último a melhor arma de cano JAMAIS instalada em um caça)

Maria do Carmo Lacoste
Maria do Carmo Lacoste
3 anos atrás

Quantos cartuchos ele transporta, alguém sabe? Me alegra saber que o Gripen usa um canhão de 27 mm, não fica muito atrás. Acho que a quantidade de tiros em cada rajada é pré selecionada, 10, 15, 20 tiros.. não creio que controla no dedo, deve ser programável. __________ carcara_br 22 de setembro de 2016 at 22:46 A intenção pode ter sido essa mesmo, e preste atenção que além da carcaça do T-50 ser bem rústica, os “engenheiros” – vamos chamá-los assim – russos que participam do teste estão bem avacalhados também. Até o local e o ambiente, sujeira, mato alto,… Read more »

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
3 anos atrás

Maria, bem vinda à Russia….. kkkkkkkk
“Por que não compramos o SU-35?” Tá aí um dos motivos.

Bispo
Bispo
3 anos atrás

Maria….
Do que adianta algo ser ultra hiper “limpo” high-tech se no tudo ou nada….falha por N motivos.
Face ao canhão os Russos investiram em um novo sistema de mira ..que dizem ser … exponencialmente melhor…o tempo ira dizer.

bosco123
3 anos atrás

Canhão revólver e Gatling são parentes. Em tese o “revólver” por não precisar girar todos os canos pode ter uma cadência até maior que a do Gatling, mas isso faria o cano único “derreter” e essa cadência é limitada propositadamente.
O Gatling por ter vários canos pode se dar ao luxo de ter maior cadência, mas devido à grande massa a ser posta em movimento há um atraso em se chegar à cadência máxima.
Um canhão revólver não passa de 2000 t/min, já o Gatling chega a 10.000 t/min.

bosco123
3 anos atrás

Ah! O canhão GSH-30-1 não é um canhão revólver. Opera pelo principio do recuo direto.

silvio
silvio
3 anos atrás

ate o cenario do teste vira motivo de comparação Russia x Eua….depender dos foristas daqui,deveriam ter colocado tapete vermelho kkkkk com coisa que numa guerra,esses malditos políticos que o arrumam,pensam em pobres,ricos,negros,brancos,sujo ou limpo….

fonseca
fonseca
3 anos atrás

realmente. parece uma oficina de fundo de quintal.
e essa carcaça do avião???
bem derrubada. fizeram uns rasgos para colocar o canhão.
vi muito fogo. literalmente.
não danifica a pintura stealth?

Space Jockey
Space Jockey
3 anos atrás

O GSh 30-1 do MIG 29 acomoda 149 cartuchos. Quase impossivel em defesa aérea hoje um caça disparar mais que isso.

carcara_br
carcara_br
3 anos atrás

Qq caça de 5 geração stealth deve sofrer severas restrições quanto ao uso do canhão, deve usar somente em caso de necessidade ou ocasiões muito especiais, pq a fuligem do disparo e o tranco devem fazer estrago nas coberturas antirradiação.

Rafael M. F.
Rafael M. F.
3 anos atrás

E, Bosco, o mais legal no Gatling é a sua história: criado durante a Guerra Civil, foi uma arma durante muito tempo subestmiada, até que alguém em algum momento teve a idéia genial de colocar um motor elétrico no mesmo.
.
O resto é história…

vmax
vmax
3 anos atrás

_RJ_ 22 de setembro de 2016 at 21:30 Eficácia e eficiência são coisas distintas. O F-16 e o Gripen NG, por exemplo, podem ser um caças eficientes e mesmo sendo multirole, não os tornam eficazes contra o F-35. Aliás, pode ser que mesmo meia dúzia de F-16 não deem conta de um único F-35. E aí a relação custo/benefício pode pender para o lado do F-35. Como eu já disse uma vez, na hora do “vamo ver”, o tio sam vai pouco se importar com o dinheiro gasto. O que interessa é a vitória pouco importa se irão precisar colocar… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
3 anos atrás

O F-35 possue um modesto canhao de 25 mm. mas deve ser suficiente em caso de dogfight.

O sistema CIWS Mk 15 Phalanx da US Navy transformou a gatling gun em um verdadeiro sistema robotico para defesa de ponto.

Renato Carvalho
3 anos atrás

No ar eu creio que essas chamas se dissipariam…

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
3 anos atrás

Eu ainda acho o 20mm muito, muito, muito mais eficiente do que o 30mm. O projétil 20mm tem menos arrasto, sofre menos deflexão e consegue ser mais rápido. Mantendo a energia destrutiva por maiores distâncias. O canhão e o recuo são menores. Sobra mais espaço que pode ser para, por exemplo, levar um cofre maior. A cadência de tiro do 20mm, por ser maior, dá ao atirador rajadas eficazes. Além de ser mais eficiente nos tiros com deflexão (quase todos) sem o uso do radar. As traçantes formam uma linha letalmente eficaz, ao contrário do 30mm que possui uma cadência… Read more »

jrrb2008
jrrb2008
3 anos atrás

Teste de canho do SU-30SM

Link:[youtube https://www.youtube.com/watch?v=3mRKh3mppZk%5D

jrrb2008
jrrb2008
3 anos atrás

* canhão

Clésio Luiz
3 anos atrás

Olá Roberto. Qualquer caça de 4ª geração dá e sobra para interceptar alvos civis, então acho que qualquer delas faz policiamento aéreo muito bem. . Já quanto a minha ideia para um caça de 5ª geração, a base dele é usar mísseis IR sem superfícies de controle frontais, como o ASRAAM ou o A-darter. Isso resulta num míssil bem estreito na parte da frente, resultando num compartimento menor. Isso permitiria colocar um de cada do trem dianteiro. . Vale lembrar que a minha ideia seria usar a fuselagem do F-16 como base, rearranjando os items internos para abrir espaço atrás… Read more »

Clésio Luiz
3 anos atrás

Bem lembrado o Lightning, Roberto. Se tirarmos o motor inferior o arranjo dos itens ficaria semelhante, inclusive a posição das asas, abaixo do motor e no meio da fuselagem. . Um projeto desses teria que optar pelo motor mais potente disponível, para não acontecer o mesmo que o F-35, que tem desempenho inferior ao F-16. O EJ200 tem um empuxo seco semelhante ao F100-PW200 do F-16A, com um consumo semelhante, consumo este melhor que o F414 e o M88. Existe também estudos sobre uma versão do EJ200 com mais empuxo e com empuxo vetorado, este acrescentando apenas 48 kg ao… Read more »

Clésio Luiz
3 anos atrás

Essa imagem mostra o arranjo interno dos principais componentes do F-16, ajuda a compreender melhor o que eu descrevo:
.
http://aviadejavu.ru/Images6/AE/AE72-12/319-2.gif
.
Comparado ao P&W F100-PW-200, o EJ200 é 90 cm mais curto, 14 cm mais estreito (o bocal do motor) e pesa 477 kg a menos.

bosco123
3 anos atrás

Só de curiosidade. Há basicamente dois grandes grupos de canhões automáticos de pequeno calibre (20 mm a 40 mm). O grupo dos canhões convencionais que utilizam a energia da própria carga de projeção para a alimentação automática, e o grupo dos canhões que utilizam energia externa para a alimentação da arma (geralmente um motor elétrico). O primeiro grupo inclui os sistemas de recuo direto (incluindo o sistema Gast), de operação por gás e “blowback”. O segundo grupo inclui os canhões que operam pelo princípio do canhão revolver (incluindo a versão “sem recuo”), o tipo Gatling e sistema de “corrente” (chain… Read more »

bosco123
3 anos atrás

Pra não complicar tira o “blowback” da lista.

Delfim Sobreira
Delfim Sobreira
3 anos atrás

Bosco123
Mas o famoso Oerlikon 20mm é justamente por blowback, verdade que os canhões do F-5 e do A-4 são cópias do Oerlikon ?

bosco123
3 anos atrás

Delfim,
Que eu saiba o canhão do F-5 é do tipo revólver. É o único exemplar do sistema “revólver” que os EUA fez. Salvo engano!!

bosco123
3 anos atrás

Numa olhada rápida o canhão do F-5 é o M-39, do tipo revólver. O canhão do A-4 é o Mk-12, da Colt, operado a gás. O Oerlikon 20 mm é operado por recuo.
O Oerlikon 20 mm era utilizado pela USN em seus navios.