quarta-feira, outubro 27, 2021

Gripen para o Brasil

Para jornal suíço, contrato de 36 Gripen do Brasil é consolo da Saab após perder os 22 da Suíça

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Gripen F em Axalp - foto Depto de Defesa da Suíça

Volta e meia, o tema do contrato não conseguido pela Saab na Suíça para o caça Gripen ressurge na mídia local. A mais recente ocasião foi a repercussão na  mídia suíça de língua francesa de uma queda de resultados pela empresa sueca, em que o jornal suíço 24heures (além de outros de língua francesa) aproveitou para relembrar o cancelamento do pedido que a Suíça faria de 22 caças, com a chamada “o Grupo Saab se consola com os Gripen do Brasil”. O sistema de financiamento dos caças Gripen na Suíça, escolhidos pelo governo do país numa seleção em que os jatos suecos concorreram com o Dassault Rafale e o Eurofighter Typhoon, foi rejeitado pela população suíça em referendo realizado em maio de 2014.

Gripen F em Axalp - foto 2 Depto de Defesa da Suíça

O jornal destacou que os ganhos da Saab no último trimestre caíram, mas que a encomenda de 36 caças Gripen pelo Brasil, finalmente formalizada com a assinatura de contrato de financiamento, representa uma encomenda recorde de exportação pela empresa. Apesar de dados ruins como a queda da margem operacional bruta (EBITDA – gross operating margin) para 7,4% em relação aos 9,3% de um ano antes, os pedidos em carteira passaram a equivaler a quatro anos de receita. O jornal também destacou que o contrato brasileiro dos 36 caças Gripen, após longa seleção em que concorreu com o francês Rafale e o americano Super Hornet, inclui 15 aeronaves a serem fabricadas no Brasil.

De forma geral, o contrato brasileiro é mostrado na imprensa de língua francesa da Suíça como um alívio para a empresa sueca, após ter perdido o contrato suíço de 22 caças.

Gripen F demonstrador - foto Departamento de Defesa da Suíça

FOTOS: Departamento de Defesa da Suíça

- Advertisement -

12 Comments

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rinaldo Nery

E se for? Qual o problema. A Suíça que fique com sua Defesa Aérea meia boca, das 09 às 18.

Claudio Moreno

Boa tarde Senhores!

Puro recalque francês e sua imprensa paga.

CM

Vader

Kkkkkkkk, esses suíços se acham a última bolacha do pacote…

Ah vá ô, enfia esses 22 cacinhas no meio do seu Lago Genebra…

🙂 🙂 🙂

Jackal975

Curiosa essa notícia: o “consolo” é maior do que a encomenda pedida! rsrsrsrsrs
Negócio é deixar suíços e franceses com suas bravatas e torcer para que o Canadá também queira “consolar” a SAAB.
Pois como diz um comentarista assíduo por aqui “escala é tudo”, ou seja, quanto mais Gripen forem vendidos, tanto mais barato será para todos os seus usuários mantê-los, nós nesse bolo.

Oganza

Vader,

“esses suíços se acham a última bolacha do pacote” – Se acham mesmo, literalmente… e são maaaalas ao extremo… chaaaatos… afff

Grande Abraço.

Jackal975

Corrigindo:

*é maior do que a encomenda peRdida!

cvn76

“meia boca, das 09 às 18”

@Nery: com pausa para o almoço!!!!

Elezer Puglia

Essa reportagem vem de um jornal da parte francesa da Suíça, que votou maciçamente contra a compra dos Gripen, ao contrário da parte alemã, que apoiava a compra dos Gripen. A parte italiana acompanhou a parte francesa. Ver sumário do referendo neste mapa: http://www.watson.ch/Schweiz/Gesellschaft%20&%20Politik/540980978-Kein-Gripen–kein-Mindestlohn–Ja-zur-P%C3%A4dophilie-Initiative.

Como se vê, coisa de dor de cotovelo dos franceses.

Marcelo

Infográfico interessante, Elezer, obrigado por compartilhar.

rommelqe

Isso tudo sem dizer que alem de ser economicamente mais atrativo, em todos os aspectos, para o TO suiço o Gripen é muito mais adequado. Aquele famoso relatorio cotejando Gripen x Rafale na minha opinião enfatizou em demasia o vetor em si e relegou a um segundo plano o que seria o mais importate para a Suiça: a inegavel supremacia sueca na centrada em rede com transferencia digital de dados. Vejo o TO brasileiro com caracteristicas obviamente suprlativamente distinta. Na suiça eles teriam que otimizar uma densidade extremamente alta de vetores em combate (inimigos, neutros e amigos). Ja no Brasil… Read more »

Juarez

Um Suíço é um Alemão frustrado……falando Francês….

G abraço

Iväny Junior

Bem, eles não estão desdenhando da Saab ou da encomenda do brasil. Estão fulos com a degradação da capacidade de defesa de seu próprio país.

Ademais, nada contra os suíços. Possuem um país de fato, com um dos melhores IDH do mundo e tem ajudado à polícia brasileira a prender a escória política que mantém contas secretas por lá.

Saudações a todos.

Últimas Notícias

Saab iniciará a fase de entrega do Gripen E

Em novembro, a Saab dará início a fase de entrega de aeronaves operacionais, com quatro aeronaves Gripen E para...
- Advertisement -
- Advertisement -