Home Noticiário Internacional Sukhoi Su-34 Fullback na Síria?

Sukhoi Su-34 Fullback na Síria?

557
29

Sukhoi Su-34  - Su-34 na siria

O estabelecimento de uma força de ataque russa na Síria continua a crescer. Há indícios de que seis caça-bombardeiros Sukhoi Su-34 ‘Fullback’ tenham pousado no aeródromo de Latakia para se juntar ao contingente russo que já está lá.

Supostas imagens coletadas no torno do Aeroporto Internacional de al-Assad mostram claramente um Su-34 russo prestes a pousar na base aérea na Síria, onde 28 aeronaves russas chegaram na semana passada.

FONTE: The Aviationist (tradução e edição do Poder Aéreo a partir do original em inglês)

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
joao.filho
joao.filho
4 anos atrás

Haha!! Agora sim, quero ver o Tio Sam encarar. A coisa agora ficou bem diferente…

Edcarlos Prudente
Edcarlos Prudente
4 anos atrás

Su-34 é uma aeronave de ataque e guerra eletrônica e nessa função acredito que seja um vetor de respeito. Agora, não acho que seja ameaça a ninguém no combate aéreo, pois é maior e mais pesado que o gigantesco Su-30.
Achegada dessa aeronave evidencia o quanto a Rússia esta comprometida com seus objetivos na Síria.

Saudações!

Felipe Morais
Felipe Morais
4 anos atrás

O objetivo de Putim na Síria agora fica claro. Vai jogar bomba em cada m² onde houver indício dos opositores do Assad. Enquanto os russos atacam de um lado, o Estado Islâmico ataca do outro. Não demorará para a oposição levantar bandeira branca ou se entregar a um dos lados.
Uma pena, pois o EI só ganha força com isso. Uma variante a menos. Quais serão os próximos alvos dos russos? Efetivamente o EI? os curdos?

Renato.B
4 anos atrás

Bem, que a função desses bombardeios era ajudar ao Assad todo mundo sabia. Eles vão atingir o EI também, mas é só um detalhe.

Essa história me lembra aquele filme “13 dias que Abalaram o Mundo” sobre a crise em Cuba. Especialmente quando um dos assessores do JFK comenta que o bloqueio naval, as manobras militares, as armas engatilhadas, tudo aquilo era uma linguagem.

Bem, no momento os russos estão falando adoidado. Su-34’s e Su-30’s não são para bombardear selvagens islâmicos, são uma mensagem para o ocidente.

Vejamos como os americanos irão responder.

Vader
4 anos atrás

O assessor era o Robert McNamara…

Pois eu já acho que os EUA tem é que cair fora dali e deixar russos e (dizem alguns) chineses resolverem.

Cair fora de vez, entupir os curdos (outro povo, e não apenas uma outra religião) de armas para se defenderem do EI e do Assad, e se manter distante.

Deixe os russos lidarem com a confusão que eles criaram ao apoiar o Assad no começo da (assim chamada) “Primavera Árabe”.

Ivan
Ivan
4 anos atrás

Guilherme Poggio

O amigo escreveu:
“Não sabemos exatamente em quem os Russos vão jogar bomba.”

Ontem nós não “sabíamos”.
Mas hoje já sabemos.

O benefício da dúvida durou apenas até o primeiro ataque.

Grande abraço,
Ivan, o Terrível. 🙂

Mauricio R.
Mauricio R.
4 anos atrás

Armar aos curdos não é assim tão simples, corre-se o risco de desagradar aos turcos.
O que comprometeria o uso de certas bases aéreas.

Augusto
Augusto
4 anos atrás

Vader 1 de outubro de 2015 at 12:01 # Não é bem assim! Não foram os russos que criaram confusão ao apoiar Assad no começo, até porquê os russos sempre foram claros em sua posição: manter Assad no poder, para que ele retomasse o controle do país, que voltaria a ser minimamente estável, o que, a esta altura. teria evitando as fortes ondas de imigração para a Europa e a proliferação de grupos terroristas. Por outro lado, Obama tem titubeado desde o início, sem demonstrar claramente o que quer e sem saber o que fazer, inclusive havendo rumores da imprensa… Read more »

Ivan
Ivan
4 anos atrás

Caça-bombardeiros Sukhoi Su-34 ‘Fullback’ para bombardear rebeldes…

Depois falam dos ‘yankees’ que atacaram Mujahideen com Rockwell B-1B Lancer.

Estes ‘Fullback’ tem uma missão mais importante que “jogar bombas” em rebeldes. Estão lá para exibir musculatura, demonstrar vigor no apoio ao Assad e criar um fator de dissuasão contra potências regionais.

Abç.,
Ivan.

Ivan
Ivan
4 anos atrás

Maurício,

Está na hora da Turquia descer de cima do muro.

Obviamente não aceitam apoiar os Curdos, mas precisam ser mais assertivos em relação a Damasco, principalmente com relação aos demais grupos rebeldes.

Abç.,
Ivan.

Ivan
Ivan
4 anos atrás

Augusto,

O caos começou antes do Obama.
Na verdade começou com Bush… e a Halliburton.
(A empreiteira de ‘lá’…)

Abç.

Mauricio R.
Mauricio R.
4 anos atrás

“Está na hora da Turquia descer de cima do muro.” Os turcos já fizeram isso, não como vc pensa, eles apoiam os outros grupos, mas sentam a pua nos curdos: “Turkey BACKS: The United States-backed coalition and, tacitly, rebel forces in Syria. OPPOSES: Principally the Assad government and Kurdish groups allied with the P.K.K., an insurgent group active in Turkey; nominally, also the Islamic State. HOW IT IS FIGHTING: Turkey began a campaign of airstrikes and military incursions in July, mainly in northern Iraq against the P.K.K. It has also allowed the American-led coalition to use Turkish air bases. Since… Read more »

Augusto
Augusto
4 anos atrás

Ivan, o que hoje acontece no Oriente Médio não pode ser atribuído diretamente à impulsiva e precariamente pensada política Bush. Aquilo é outra história. A erroneamente denominada Primavera Árabe (que na verdade mais se mostra um inverno rigoroso) é um fenômeno que se passou durante a administração Obama, que tomou decisões erradas ao apoiar com firmeza as saídas de governantes que, se por um lado eram considerados ditadores, por outro, mantinham a estabilidade e coesão de seus países e evitavam em seus territórios a proliferação de grupos extremistas inimigos de Israel e dos EUA. Com alguma boa vontade, poderia-se, no… Read more »

wwolf22
wwolf22
4 anos atrás

caramba, dei uma olhada no tipo de armamento que o SU34 po levar…
2 Moskit de uma vez so….
o 34 tem um belo leque de mísseis e bombas…

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
4 anos atrás

É verdade Augusto. Os povos árabes não sabem o que é democracia, nem como lidar com ela. São várias etnias e interesses ” tribais”. Os ditadores mantinham a coesão e sufocavam os extremistas. Abusos de direitos humanos? Não sei o que é pior, isso ou o ISIS.

Claudio Moreno
Claudio Moreno
4 anos atrás

Ué!??

Notícia do NY não é uma b____? Mas que p…é essa MR seja coerente pô!

CM

EDITADO

Mauricio R.
Mauricio R.
4 anos atrás

Guilherme Poggio
1 de outubro de 2015 at 13:48

É o que tem p/ hoje, se e qndo fontes melhores estiverem disponíveis, serão citadas.

Mauricio Silva
Mauricio Silva
4 anos atrás

Olá.

Uma coisa é certa: o Bashar al-Assad pediu apoio a Rússia para enfrentar seus inimigos. Está na cara que os grupos rebeldes de oposição ao seu governo (financiados ou não pela CIA) são inimigos e, consequentemente, possíveis alvos.
A complexa dinâmica do “oriente médio/oriente próximo” não permite uma identificação “imediata” de quem são os “mocinhos” e os “bandidos”. Os EUA já deveriam saber disso, pois tem a experiência das guerras do Afeganistão e do Iraque.
Parece que isso ainda não foi aprendido…
SDS.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
4 anos atrás

Os EUA esta pedindo a Israel que fique no solo. Ate o momento Israel nao esta voando no espaco aereo da Siria. Mas isso pode mudar a qualquer momento. Para quem viu o discurso do Nethanyahu hoje pela manha na ONU, sabe que ele nao vai permitir que ninguem, mas ninguem mesmo coloque a existencia de Israel em risco. Ele fez uma advertencia clara ao Iran de que nao permitir que os Mullahs possuam armas nucleares. Ele foi ate Moscou esta semana e deu um recado ao Putin de que Israel seguira fazendo suas operacoes pre-emptivas sempre que seja necessario.… Read more »

wwolf22
wwolf22
4 anos atrás

A Jordania ja advertiu israel, o Egito esta quase…
enquanto israel continua a invadir as terras da Palestina e bloquear o acesso as mesquitas na Cisjordania isso vai acendendo o pavio na região inteira, ja que todo entorno de israel esta pegando fogo…
nao sei nao, mas qq vacilo de israel ali na região vai inflamar e vai feder muito…

Renato.B
4 anos atrás

Ele mesmo Vader. Sobre o Putin o Thomas Friedman concorda com você. http://noticias.uol.com.br/blogs-e-colunas/coluna/thomas-friedman/2015/10/01/siria-obama-e-putin.htm Porém isso tem um risco, os objetivos do Putin me parecem mais precisos. Manter o carniceiro do Assad no lugar, se isso vai arrumar a Síria, não é problema deles. Lembrando que os russos não tem as mesmas exigências politicamente corretas do ocidente. Ele tem muito mais espaço para operar e objetivos mais… modestos. Se ele estancar o fluxo de refugiados para a Europa já ganha pontos com eles. Tadeu, os Russos e Israelenses não tem o menor interesse em sair no pau. Aposto que o encontro… Read more »

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

Sim eles estão na Síria, no final têm um pousando com o que parece ser uma bomba guiada a laser KAB-250 ou KAB-500…

https://www.youtube.com/watch?v=smG_2cww8hU

joseboscojr
joseboscojr
4 anos atrás

Tem coisa mais mal acochambrada que uma bomba russa??!!
Rsrssss

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

Claro que sim, duas bombas russas rsrs

joseboscojr
joseboscojr
4 anos atrás

Algumas armas russas parecem que foram projetadas no planeta Mongo, do Imperador Ming. rrsss
http://www.cat-uxo.com/#/aircraft-bombs-russian/4583661419

Mauricio R.
Mauricio R.
4 anos atrás

OFF TOPIC…

…mas nem tanto!!!

Alohaa, UAE!!!

(http://theaviationist.com/2015/10/03/hawaiian-raptors-join-isis-air-war/)

PS: Ter que “trocar” as praias havaianas pelo deserto iraquiano, p/ combater o IE…
Não tem preço!!!!