sexta-feira, outubro 15, 2021

Gripen para o Brasil

Há 37 anos entrava em operação o caça F-16 Fighting Falcon

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

F-16 Fighting Falcon - 1024

O primeiro caça F-16 de produção em série entrou em operação no dia 17 de agosto de 1978. De lá pra cá mais de 4.500 aeronaves foram produzidas e operadas por 25 nações.

O F-16 revolucionou a Aviação de Caça, com seu controle de voo fly-by-wire, manche lateral e o assento inclinado para o piloto suportar por mais tempo as elevadas cargas g. O Fighting Falcon ainda continua sendo o caça “benchmark”, o modelo pelo qual todos os outros caças são comparados.

O F-16 nasceu dos estudos feitos pelo coronel da USAF John Boyd, que também influenciou o projeto do F-15 Eagle.

Recentemente o F-16 derrotou o F-35 em um teste de combate aéreo.

YF-16

- Advertisement -

31 Comments

Subscribe
Notify of
guest
31 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lewandowski

A obra-prima da aviação de caça. Todos os caças têm condições de serem modernizados com aviônicos de 4,5 ou até 5G, mas esse aí se sobressai.

Será que os caras da Lockheed imaginavam que quase 40 anos depois seria ainda a aeronave a ser batida?

Oganza

Lewandowski, só para esclarecer: o F-16 foi projetado e produzido originalmente pela General Dynamics e não pela Lockheed. A LM assumiu os Fighting Falcon na primeira metade da década de 90 quando a GD resolveu reorganizar seu foco empresarial e vendendo diversas áreas onde atuava… os F-16 foi uma delas. Ps.: O YF-16 voo em 1974 e sendo o vencedor do Lightweight Fighter Program (LWF). Ele concorreu com o YF-17 que 8(?) anos depois daria origem ao F/A-18 Hornet. No fim, já são 41 anos do melhor, mais completo e affordable caça da era do jato que o mundo já… Read more »

Wellington Góes

Momento nostalgia.

Eu tinha um tio, piloto de táxi-aéreo, falecido de acidente de avião, que tinha um poster deste YF-16 com várias fotos, nas mas diversas configurações (tinha uma cheio de bombas de queda livre, o qual me impressionava bastante). Eu tinha uns nove pra dez anos (1986/87), adorava ir na casa dele ver as revistas e os posters deste YF-16, do F-14 e do Harrier que ele tinha pendurado na sala.

Duanny D.

Só existiu um caça no mundo capaz de rivalizar com o f-16 em tudo que poderia entregar por um custo parelho. Era o mítico tiger shark.
Mas, talvez, por ter se tornado uma lenda, isso prejudique meu julgamento.
Lavi e Gripen C/D entendo que não seriam capazes de rivalizar com o Viper.

Lewandowski

Oganza

Correto. Lapso devido algumas boh*mias… Obrigado.

No más, pelo apreço que tenho pelo caça, largaria tudo que a FAB fez e compraria uma ‘meia duzia’ de Block 60…

Que bicho bonito… E eficaz!

Marcio Vilas Boas

Incrível que nossa força aérea, não tenha um único desses siquer em quase 40 anos

Wolfgangus Mozart

Oganza. Sou entusiasta do F16, desde a década de 90 torci para que ele viesse enterrar o F103, F5 e A1 por aqui. Hoje o F16E Desert Falcon é mais temido que muita aeronave concebida bem depois, custando muito menos do que os euro canards. Em termos de versatilidade na era a jato, o McDonell Douglas F4 ainda leva o título. Vendeu tanto quanto o F16 e conseguiu a proeza de equipar ao mesmo tempo a USAF, USN e USMC, feito este só repetido pelo F35 e em condições muito diversas, afinal as variantes A,B e C são muito distintas… Read more »

Delfim

Uma dúvida :

Dizem porraí que houve gente que implicou com a tomada de ar baixa, que sugaria detritos, por isso seria aeronave de primeiro mundo, de pista limpinha…

Tal procede ?

Delfim

Gente na FAB, já ia esquecendo.

Wolfgangus Mozart

Delfim,

Foi um problema que atingiu as primeiras versões A/B, mas que já foi solucionado.
Não é uma aeronave de pista limpinha, basta perguntar aos israelenses o que eles acham do avião aspirando tanta poeira do deserto.

Sds

Toleman Alan Picoli

Aos nobres colegas, talvez possam me explicar uma coisa, que procurei na internet muitas vezes mas nunca tive muita certeza:
Num Hi – Low mix de F-15 e F-16, o F-15 seria o Hi, usado para interceptação de outros caças e supremacia aérea, enquanto o Low seria o F-16 (de hora de voo mais barato) usado para outras interceptações e ataque ao solo? Seria mais ou menos isso?
E a contraparte russa seria um Hi – Low de Su-35 e Mig-29?

Wolfgangus Mozart

Toleman,

O projeto LWF que contemplou o F16 estipulava essa subdivisão de tarefas e os primeiros F16 sequer contemplavam BVR ou ar solo no multimodo. Após a versão “C”, creio que o F16 se tornou um multirole completo e num cenário atual, ele meio que se tornou uma opção mais em conta do que o F15 para grande parte das missões, a exceção de superioridade aérea e interceptação, onde o Eagle se sobressai. A própria USAF usa o Strike Eagle como avião de ataque mais pesado. Israel usa o F16 como um faz tudo indistintamente, mesmo utilizando o F15.

Clésio Luiz

Para mim, o assento inclinado e o manche lateral são consequências da pequena dimensão vertical da fuselagem dianteira da aeronave (por causa da tomada de ar ventral), pois se queria o menor arrasto possível para melhorar o alcance e contrapor o arrasto do enorme canopi em bolha.

O manche lateral foi uma necessidade do painel mais baixo que os outros caças da época. Se o manche fosse central obstruiria a visão do meio do painel:

http://www.f-16.net/g3/var/resizes/f-16-photos/album03/album72/YF-16.jpg?m=1371899136

Clésio Luiz

Para efeito de comparação, o cockpit do F-5E, que é um caça da mesma época e de dimensões semelhantes ao YF-16:

http://www.aereo.jor.br/wp-content/uploads/2008/11/f5e_cockpit-taiwan.jpg

Vader

Delfim
19 de agosto de 2015 at 7:39

Procede.

Os F-16 que operam no deserto de Nevada, no Iraque, em Israel, no Paquistão, no Chile, no Alasca, no Egito, na Noruega, todos eles tem problemas com detritos (FOD).

Aprenda amigo:

“Banana madura,
na beira da estrada.
Tá bichada Zé,
ou tem marimbondo no pé”.

😉

Ou: quem desdenha quer comprar!

Wolfgangus Mozart

“The F-16 is particularly susceptible to FOD because of its powerful intake and proximity to the ground. The intake operates like a giant vacuum and can suck up almost anything causing significant damage to blades and internal engine parts. ”
http://www.nationalguard.mil/news/archi

Versão A/B….

Sds

Vader

Essa foi a geração que perdemos. Tivéssemos adquirido estes caças lá na década de 80, quando a Venezuela (por exemplo) adquiriu-os, e não estaríamos hoje tão defasados em termos de aviação de caça. Maaaaaaass… Naquela época o governo brasileiro se recusava a assinar o TNP, e sob estas condições jamais teríamos acesso a material bélico de primeiro mundo. Por sorte a situação mudou, graças ao governo FHC, que assinou o texto-base do TNP, dando confiança às nações amigas de que o Brasil não iria mais procurar desenvolver armas nucleares. Esse caça foi O caça. Mas seu tempo já foi. Hoje… Read more »

Vader

Galante, sobre a “vitória” do F-16 sobre o F-35, conta a história direito vai…

Até porque, se o F-16 “venceu” o F-35 e este “venceu” o F-22 (matéria recente aqui do Aéreo), então o F-16 é “melhor” que o F-22???

Wolfgangus Mozart

Vader,

Me diz em que o Gripen C é superior ao F16E (versões em serviço).

Marcos F.

Wolf, acho que o Vader está a falar do Gripen E/F. Pegou-se o costume de falar apenas Gripen.

Bruno W.

Realmente este foi e pode se dizer que ainda é O caça (4G). O mais próximo que um caça ocidental se aproximou/aproxima em termos de desempenho ao meu ver é o Mirage-2000. Infelizmente a Dassault não soube evoluir seu equipamento tão bem como a Lockheed o fez.. Para mim esses são os dois caças mais incríveis e belos já criados. Padrões que foram sendo seguidos.. Por sorte tenho fotos tiradas com ambos, que vira e mexe, se transformam em papel de parede do notebook.. —— Clésio Luiz Com relação ao assento inclinado, faz todo sentido seu pensamento. É aquela estória,… Read more »

Fábio Mayer

Lembro da primeira vez que vi a imagem de um F-16, numa revista VEJA na década de 80. Fiquei extasiado, era simplesmente a aeronave mais bela que já havia visto até então… embora somente tempos depois eu tomei conhecimento que havia existido uma aeronave de carreira chamada Lokcheed Constellation…

Tiago Jeronimo Lopes

Essa história de o F-16 venceu o F-35 é como eu dizer que ganhei do Anderson Silva, mas “esquecer” de dizer que o Anderson Silva estava amarrado, vendado e que não ganhei na especialidade do Anderson Silva, que é MMA, mas sim num jogo de damas.

Jairo

Vader

Hehehe, não é banana madura, é laranja madura.

Abs

Oganza

Esse caça só tem história boa, só quem não gosta dele é quem ele jogou aço na cabeça. Mas ele teve tb todo tipo de detrator a sua época, dentro e fora da USAF… em fato, ele foi originalmente concebido para os Aliados e os Americanos não pretendiam comprar tantos deles não… teve gente que implicou até com o manche lateral. A alegação: O piloto não teria como controlar a aeronave se ele estivesse ferido no braço direito por exemplo… As coisas começaram a mudar quando ele venceu um concurso da RAF de bombardeio deixando para trás Phantoms, Jaguars, Buccaneers,… Read more »

Luiz Trindade

É Duane D. o F-16 venceu o F-20 Tigershark mas dizem alguns especialistas que o F-16 venceu porque além de ser o mais moderno com seu controle de voo fly-by-wire, manche lateral e o assento inclinado para o piloto suportar por mais tempo as elevadas cargas g, o F-20 fazia mais G que o F-16 a ponto de quase matar um piloto de testes ao recobrar consciência já bem próximo ao solo. Mas se o Brasil tivesse conseguido substituir os seus F-5 por F-20, a FAB estaria muito bem servida! Vader, A história de que o F-16 ganhou o F-35… Read more »

Leonardo

Esse caça é uma lenda do ar. Caça de quase 40 anos, e continua estremamente forte e ágil. Por isso que eu falo, quando acertam um caça, ele dura por volta de 50 anos. Acredito que F-16 tem mais uns 10 anos de vida, por conta Rússia e China estarem em fase de protótipos dos seus caças 5 geração.
E eu bato na tecla que Brasil deveria entrar no projeto F-35 para ter um caça que fique por 50 ao 60 anos, sem o país precisar preocupar tão logo em troca-los.
Sds

Claudio Moreno

Esse caça tem muito ainda que dar! As atualizações sofridas dos modelos mais recentes mostram isso.

CM

Alex

Pra mim esse é o CAÇA. Se fosse para eu eleger um representante de todos os caças até hoje, esse seria o elegido. O F-16.

Delfim

Vader,

Israel e Paquistão não assinaram o TNP e receberam seus F-16.

E quaisquer benefícios que teríamos com a assinatura do TNP se esvaneceram com 12 anos de PeTralhismo.

.

Oganza.

Real, o F-16 foi concebido mais pra substituir o F-104 como aeronave padrão da OTAN. Ainda havia muitos F-4 na USAF como multimissão.

Creio que foi a evolução na aviônica e mísseis, assim como seu desempenho em combate com seus aliados, que fizeram os EUA apreciar suas qualidades.

fabiano fb

acho legal o desert falcon

Últimas Notícias

ESPECIAL: A Força Aérea Sueca durante a Guerra Fria

A Força Aérea Sueca (Svenska flygvapnet ou somente flygvapnet) foi criada em 1º de julho de 1926, quando as...
- Advertisement -
- Advertisement -