sexta-feira, fevereiro 26, 2021

Gripen para o Brasil

Pantsir-S1: o que mudou nos requisitos para aquisição desse sistema antiaéreo?

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Pantsir-S1

Os sistemas russos Pantsir-S1 de defesa antiaérea de média altitude deverão ser operados pelas três Forças Singulares (MB, EB e FAB) e deverão ser negociados conforme novos Requisitos Operacionais Conjuntos (ROC) publicados em julho deste ano, que substituíram outros publicados em 2012.

Mas o que foi que mudou de 2012 para cá?

Clique aqui para conhecer essas mudanças, no blog das Forças Terrestres.

- Advertisement -

1 Comment

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Baptista Jr

Como já tive oportunidade de registrar no Poder Aéreo, as aquisições militares, bem como qualquer gasto público, deve atender a necessidades operacionais – uma carência identificada – e não serem destinadas a qualquer outro objetivo secundário: equilibrar balança de pagamentos, transferência de tecnologia, agradar empresa “a” ou “b” ou simplesmente porque estão a preços convidativos (as compras de oportunidade). Nos meus muitos anos de experiência, jamais vi qualquer compra de oportunidade (como dizem ser esta das baterias Pantsir 1) servir aos interesses públicos com eficiência ou eficácia. Geralmente, o barato acaba saindo caro; a chance de transferência irrestrita de tecnologia… Read more »

- Advertisement -

Combates Aéreos

Táticas de combate aéreo: ‘Head on Attack’

Este é o primeiro de uma série de vídeos da Força Aérea da República da Coreia (ROKAF) com manobras...
- Advertisement -
- Advertisement -