domingo, fevereiro 28, 2021

Gripen para o Brasil

Saab divulga desenvolvimento de sua ‘asa do futuro’ do programa CleanSky

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Clean Sky - estrutura integrada a painel de asa - foto Saab

Em nota publicada na quinta-feira, 13 de junho, a Saab divulgou informações sobre sua contribuição para a iniciativa europeia CleanSky (parceria público-privada entre a Comissão Europeia e a Indústria Aeronáutica, que visa realizar mudanças significativas em relação ao impacto ambiental da aviação). No momento, a Saab está envolvida no projeto “CleanSky Smart Fixed Wing Aircraft –  SFWA”  (literalmente “aeronave de asa fixa inteligente”), desenvolvendo e produzindo um completo painel de caixa de asa, integrado pelo bordo de ataque e cobertura superior, para a asa de bombordo de um demonstrador de voo denominado BLADE (clique nos links deste parágrafo para acessar textos em inglês e saber mais sobre os programas).

O demonstrador BLADE, que deverá validar características de fluxo laminar natural (Natural Laminar Flow – NLF) envolve diversos parceiros na Europa e, neste ano, está se aproximando do término de sua revisão final de projeto. Os requerimentos desafiadores de qualidade de superfície NLF foram atingidos com um original conceito de asa da Saab, além do uso de materiais e processos de fabricação inovadores.

O desenvolvimento de novos materiais compostos está encabeçado por um painel compósito de cura única. A tecnologia de ferramental permite que as partes compósitas, incluindo a estrutura interna (longarinas e “costelas”), sejam curadas num único ciclo de autoclave. A característica mais significativa é a ausência de parafusos, fixadores (fechos) e cabeças. No painel de testes, eles não existem, o que resulta num fluxo laminar.

sfwa-tech-target - imagem site CleanSkyComo próximo desafio em que trabalha a equipe no momento, está o alargamento da peça de testes para transformá-la num painel maior, mantendo tolerâncias similares e disponibilizando-o para o voo de provas, dentro de alguns anos, numa aeronaves Airbus A340 de testes. A grande ferramenta INVAR está em desenvolvimento e deverá ser fabricada ainda neste ano, enquanto a versão final do painel será entregue pela Saab em meados de 2014, no que é considerado um cronograma bastante agressivo. Quando pronto, esse painel de 9×3 metros será montado na asa de bombordo (esquerda) da aeronave, que deverá voar no início de 2015.

A tecnologia integrada para produzir asas de material composto, curando ao mesmo tempo a superfície com as estruturas internas, eliminará o uso de rebites que se projetam no exterior e poderá reduzir o consumo de combustível entre 5% e 8%. Para isso, também contribui a redução no peso.

FONTE / FOTO DO ALTO: Saab

IMAGEM DE BAIXO: CleanSky

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Advertisement -

Combates Aéreos

Caças Typhoon, Hurricane e Spitfire voarão nas comemorações dos 75 anos da Batalha da Inglaterra

Passagens das aeronaves, incluindo Typhoon com camuflagem que remete aos caças de 1940, estão programadas para 10 de julho...
- Advertisement -
- Advertisement -